Sign in to follow this  
hvalentim

Dana White põe Royce Gracie e Amanda Nunes entre os quatro imortais da história do UFC

Recommended Posts

Dana White põe Royce Gracie e Amanda Nunes entre os quatro imortais da história do UFC

Presidente da organização completa a galeria de quatro nomes com Jon Jones e Chuck Liddell, e deixa fora da lista histórica os supercampeões e lendas Anderson Silva e Georges St-Pierre

Por Combate.com — Las Vegas, EUA

18/06/2020 07h00  Atualizado há 3 horas

 

 

Dois brasileiros fazem parte da galeria de imortais do UFC, segundo Dana White. O dirigente, ao ser perguntado na última terça-feira sobre quem seriam os integrantes do "Monte Rushmore" da organização, em referência à escultura em pedra localizada no estado de Dakota do Sul que exibe os rostos dos quatro maiores presidentes da história dos EUA - George Washington, Thomas Jefferson, Theodore Roosevelt e Abraham Lincoln -, elegeu quatro atletas que, segundo ele, são obrigatórios em uma lista que seria eterna. E, entre esses quatro nomes, estão dois brasileiros.

Royce Gracie, Jon Jones, Chuck Liddell e Amanda Nunes são os imortais do UFC para Dana White — Foto: Infoesporte

Royce Gracie, Jon Jones, Chuck Liddell e Amanda Nunes são os imortais do UFC para Dana White — Foto: Infoesporte

- Se estamos falando do Monte Rushmore, no qual as cabeças estão esculidas na pedra para sempre, Royce Gracie tem que estar lá. Impossível não tê-lo. Amanda Nunes também, a maior lutadora de todos os tempos. Os outros dois é que são difíceis. Eu colocaria Jon Jones. O cara nunca perdeu. E o mais incrível em ele estar invicto, algo que poucos conseguem em qualquer esporte, é a quantidade de coisas que ele fez a si mesmo fora do octógono, e mesmo assim não foi vencido.

Faltando apenas um nome para completar o quarteto de imortais, Dana White surpreendeu e elegeu o ex-campeão dos pesos-meio-pesados Chuck Liddell, deixando fora nomes como os supercampeões Anderson Silva e Georges St-Pierre, considerados lendas do MMA.

- O quarto nome no Monte Rushmore do UFC eu diria que é Chuck Liddell. Naquele momento da história do UFC, ele era a grande estrela. Acho que você poderia decidir na moedinha entre Chuck Liddell e Forrest Griffin naquele tempo, e os dois são da primeira temporada do "The Ultimate Fighter". Chuck se tornou uma estrela de primeira grandeza, tinha o maior salário do UFC. Mas se você olhar para o que Anderson Silva fez pelo Brasil e o que Georges St-Pierre fez pelo Canadá, é inegável o impacto que eles tiveram nos seus países. Eles também são gigantes - concluiu.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/combate/noticia/dana-white-poe-royce-gracie-e-amanda-nunes-entre-os-quatro-imortais-da-historia-do-ufc.ghtml

Share this post


Link to post
Share on other sites

Falar em Forrest Griffin foi foda.

No mais, mesmo não tendo grandes feitos como Anderson e GSP, totalmente aceitável o Liddel lá, naquela época foi ele quem alavancou muito o UFC em tempos de Pride, tanto que era o representante da organização no Japão.

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, Ominöser disse:

Falar em Forrest Griffin foi foda.

No mais, mesmo não tendo grandes feitos como Anderson e GSP, totalmente aceitável o Liddel lá, naquela época foi ele quem alavancou muito o UFC em tempos de Pride, tanto que era o representante da organização no Japão.

Creio que ele tenha citado o Forrest Griffin mais pelo apelo comercial à época do TUF... O UFC estava em decadência, e o confronto Griffin Vs Bonnar colocou o evento novamente no topo. Mas, mesmo assim, concordo que foi forçado.

Quanto ao Chuck Lidell nessa lista, eu discordo. Seu desafeto Tito Ortiz foi um campeão mais dominante, além dos já citados monstros Anderson Silva e GSP.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tem que entender os critérios que ele usou pra elencar isso aí, se for grandeza pro público e apelo comercial não faz sentido a Amanda estar aí por exemplo, ela tá pelos grandes feitos. Aó não faz sentido estar o Lidell, pra mim teria que ser ou o AS ou GPS, na minha visão o GSP. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, Raphael Rezende disse:

Creio que ele tenha citado o Forrest Griffin mais pelo apelo comercial à época do TUF... O UFC estava em decadência, e o confronto Griffin Vs Bonnar colocou o evento novamente no topo. Mas, mesmo assim, concordo que foi forçado.

Quanto ao Chuck Lidell nessa lista, eu discordo. Seu desafeto Tito Ortiz foi um campeão mais dominante, além dos já citados monstros Anderson Silva e GSP.

Acredito que não seja necessariamente dominância o requisito, tanto que os citados AS e GSP não estavam na escolha do Dana.

Mas inegável a presença do Royce.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Falando apenas de UFC: Royce, Jones, Anderson, GSP, Demetrious e Amanda seriam merecedores. 

Royce e Jones não deveriam ser deixados de lado (um foi o pioneiro e o outro o mais dominante)... a escolha das outras duas vagas acabaria sendo entre os outros quatro. Particularmente, ficaria com Anderson e GSP pra compor a quadra. 

Edited by Cesar_Rasec

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 horas atrás, Ominöser disse:

Falar em Forrest Griffin foi foda.

No mais, mesmo não tendo grandes feitos como Anderson e GSP, totalmente aceitável o Liddel lá, naquela época foi ele quem alavancou muito o UFC em tempos de Pride, tanto que era o representante da organização no Japão.

2...Chuck Liddel era um monstro ..old school caia pra dentro um dos caras que mais gostei de assistir na historia...

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, Cesar_Rasec disse:

Falando apenas de UFC: Royce, Jones, Anderson, GSP, Demetrious e Amanda seriam merecedores. 

Royce e Jones não deveriam ser deixados de lado (um foi o pioneiro e o outro o mais dominante)... a escolha das outras duas vagas acabaria sendo entre os outros quatro. Particularmente, ficaria com Anderson e GSP pra compor a quadra. 

Eu tbm colocaria Royce, Jones, GSP e AS.

 

Amanda, Lidell e Griffin é coisa de doido, ou do Dana White, né? Rs.

Share this post


Link to post
Share on other sites

pra  mim faz sentido a lista do dana em termos de critérios...mas duas escolhas são tendenciosas ao meu ver

royce está lá como precursor

lidell pq foi estrela em um momento histórico pra companhia, e o dana sendo empresário não deixaria isso de fora

e na hora de escolher 2 campeões dominantes ainda em atividade....pra mim foi burocrático e quis fazer um afago no ego do JJ q está em atrito com ele, e com a amanda q fala em se aposentar

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, Andrey disse:

Eu tbm colocaria Royce, Jones, GSP e AS.

 

Amanda, Lidell e Griffin é coisa de doido, ou do Dana White, né? Rs.

A Amanda não ta no meu quarteto, mas eu entendo ele querer colocar a mulher que mais fez história no UFC... agora, Liddell e Griffin não tem como mesmo... aí nem forçando a barra rs.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Falando somente na questão esportiva : Royce - Jones - Coleman - Marco Ruas

Royce - Difundiu o Jiu-jitsu e o MMA pelo mundo

Jones - Campeão mais dominante

Coleman - Pai do GNP e quem abriu as portas para os Wrestlers

Marco Ruas - Primeiro a fazer cross training, que virou moda depois

 

Menções honrosas : Amanda Nunes, GSP, Anderson Silva, Demetrious Johnson, Henry Cejudo, Khabib, Jose Aldo, Ronda e McGregor. (Os dois últimos pela alavacagem que deram ao esporte).

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 horas atrás, Raphael Rezende disse:

Creio que ele tenha citado o Forrest Griffin mais pelo apelo comercial à época do TUF... O UFC estava em decadência, e o confronto Griffin Vs Bonnar colocou o evento novamente no topo. Mas, mesmo assim, concordo que foi forçado.

Quanto ao Chuck Lidell nessa lista, eu discordo. Seu desafeto Tito Ortiz foi um campeão mais dominante, além dos já citados monstros Anderson Silva e GSP.

dana valorizar o tito?hahaha jamais...

esse ele odeia mais que a cyborg.

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 hours ago, siso_ said:

pra  mim faz sentido a lista do dana em termos de critérios...mas duas escolhas são tendenciosas ao meu ver

royce está lá como precursor

lidell pq foi estrela em um momento histórico pra companhia, e o dana sendo empresário não deixaria isso de fora

e na hora de escolher 2 campeões dominantes ainda em atividade....pra mim foi burocrático e quis fazer um afago no ego do JJ q está em atrito com ele, e com a amanda q fala em se aposentar

 

Isso.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu gostei da relação do DW. Nesta estou com ele.

Como tbm entendo os que não concordam.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this