Sign in to follow this  
Eder Jofre55

Jon Jones expõe negociação frustrada com UFC por superluta com Ngannou

Recommended Posts

Trechos da entrevista falando sobre o assunto:

Aos 32 anos de idade, Jon Jones revelou também que a pandemia do coronavírus o afetou internamente, e acendeu dentro dele uma vontade de fazer as coisas sem ter que esperar muito. Uma delas, segundo ele, é intensificar a mudança corporal para se tornar um peso-pesado quando puder voltar a lutar.

- Essa pandemia me ensinou muito sobre a vida, e me mostrou o quanto eu sou abençoado, além de me fazer ver que devo viver enquanto tenho chance. Quando eu for velho, quero me olhar no espelho e dizer que aceitei os maiores desafios, e também quero ter sido recompensado por isso. Mas alguma coisa mudou dentro de mim durante a pandemia. Esse negócio de esperar para ver o que acontece acabou. Quero viver o agora. Estou pronto para ser o melhor pai que puder, o melhor atleta que eu puder, e também para me desafiar. Estou preparado para algumas coisas que sempre quis fazer e me pergunto: "Por que esperar?" Fiz tudo nos meio-pesados, e estou com 32 anos. É a idade perfeita para fazer o que eu quero. Estou em quarentena agora, e tenho tempo para ganhar peso e reaparecer como peso-pesado quando a pandemia acabar.

- Colocaram um limite à minha frente. Eu estava disposto a mergulhar de cabeça e dar um show para os fãs, e eles me frustaram dizendo que isso não tem valor algum. Eu ganharia literalmente a mesma coisa que se lutasse contra Jan Blachowicz. Pergunte a qualquer fã razoável: "Com quem você lutaria?" eles estão me dizendo que não importa contra quem você vá lutar, a sua valorização será a mesma. Eu posso falar a besteira que eu quiser, postar vídeos no Instagram o dia todo e me vestir da melhor maneira que puder, mas não posso controlar quem vai escolher as lutas. De certa forma, vocês estão amarrando as minhas mãos.

Também entrevistado pelo programa, o empresário de Jon Jones, Ibrahim Kawa, garantiu que o lutador está ciente do momento financeiro do UFC, abalado pela pandemia e eplas circunstâncias que o novo cenário traz para as empresas em geral, mas ressaltou que o risco que seu cliente corre com essa mudança precisa ser valorizado, independente da sua participação percentual nas vendas de pay-per-view.

- O risco de pegar essa luta precisa ser compensado, com ou seu participação no pay-per-view. Não importa. Uma luta contra Jan Blachowicz tem um determinado valor em dinheiro, e o risco é de certa forma muito menor. Quando o risco de enfrentar potencialmente muito mais danos enfrentando um cara que certamente pode causá-los aparece, acho que os números deveriam ser muito mais altos. Jon está assumindo o risco. Onde está o risco do UFC em Jones x Ngannou? Eles não correm risco nenhum. Vão ganhar muito dinheiro, essa é a verdade. Dizer que "não existe a possibilidade dessa luta vender menos de um milhão de pacotes de pay-per-view" não é correr risco.

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, Genilson Lopes disse:

Trechos da entrevista falando sobre o assunto:

Aos 32 anos de idade, Jon Jones revelou também que a pandemia do coronavírus o afetou internamente, e acendeu dentro dele uma vontade de fazer as coisas sem ter que esperar muito. Uma delas, segundo ele, é intensificar a mudança corporal para se tornar um peso-pesado quando puder voltar a lutar.

- Essa pandemia me ensinou muito sobre a vida, e me mostrou o quanto eu sou abençoado, além de me fazer ver que devo viver enquanto tenho chance. Quando eu for velho, quero me olhar no espelho e dizer que aceitei os maiores desafios, e também quero ter sido recompensado por isso. Mas alguma coisa mudou dentro de mim durante a pandemia. Esse negócio de esperar para ver o que acontece acabou. Quero viver o agora. Estou pronto para ser o melhor pai que puder, o melhor atleta que eu puder, e também para me desafiar. Estou preparado para algumas coisas que sempre quis fazer e me pergunto: "Por que esperar?" Fiz tudo nos meio-pesados, e estou com 32 anos. É a idade perfeita para fazer o que eu quero. Estou em quarentena agora, e tenho tempo para ganhar peso e reaparecer como peso-pesado quando a pandemia acabar.

- Colocaram um limite à minha frente. Eu estava disposto a mergulhar de cabeça e dar um show para os fãs, e eles me frustaram dizendo que isso não tem valor algum. Eu ganharia literalmente a mesma coisa que se lutasse contra Jan Blachowicz. Pergunte a qualquer fã razoável: "Com quem você lutaria?" eles estão me dizendo que não importa contra quem você vá lutar, a sua valorização será a mesma. Eu posso falar a besteira que eu quiser, postar vídeos no Instagram o dia todo e me vestir da melhor maneira que puder, mas não posso controlar quem vai escolher as lutas. De certa forma, vocês estão amarrando as minhas mãos.

Também entrevistado pelo programa, o empresário de Jon Jones, Ibrahim Kawa, garantiu que o lutador está ciente do momento financeiro do UFC, abalado pela pandemia e eplas circunstâncias que o novo cenário traz para as empresas em geral, mas ressaltou que o risco que seu cliente corre com essa mudança precisa ser valorizado, independente da sua participação percentual nas vendas de pay-per-view.

- O risco de pegar essa luta precisa ser compensado, com ou seu participação no pay-per-view. Não importa. Uma luta contra Jan Blachowicz tem um determinado valor em dinheiro, e o risco é de certa forma muito menor. Quando o risco de enfrentar potencialmente muito mais danos enfrentando um cara que certamente pode causá-los aparece, acho que os números deveriam ser muito mais altos. Jon está assumindo o risco. Onde está o risco do UFC em Jones x Ngannou? Eles não correm risco nenhum. Vão ganhar muito dinheiro, essa é a verdade. Dizer que "não existe a possibilidade dessa luta vender menos de um milhão de pacotes de pay-per-view" não é correr risco.

e o reyes? 

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, Pride Event disse:

e o reyes? 

Pelo teor das entrevistas e qdo é questionado sobre o meio-pesados ele praticamente está descartando uma revanche...isso que percebo...sempre coloca como possível adversário o Jan...

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, Genilson Lopes disse:

Pelo teor das entrevistas e qdo é questionado sobre o meio-pesados ele praticamente está descartando uma revanche...isso que percebo...sempre coloca como possível adversário o Jan...

porra...claramente perdeu a luta. e agora esta claramente evitando a revanche!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 5/22/2020 at 10:58 AM, Pride Event disse:

nao cara. nao existe isso ae que tu falou... um atleta x vence y logo... vence w  e todos outros que o y venceu. isso simplesmente nao faz sentido nenhum.

estilos fazem lutas. e nao essa logica sem nenhum sentido ae.

geral acha que da ruim pro jones no pesados. pq jones sempre teve uma vantagem de tamanho  nos meios pesados. todos adversarios com o mesma envergadura ou paracida com a dele, ele teve mta dificuldade de vencer. ate perder pro reyes.

nos pesados essa diferença de tamanho diminui consideravelmente. e os atletas sao visivelmente mais fortes. logo deve ser parada ruim para ele enfrentar pesados. tanto é que ate hj nao subiu de categoria.

A questão não é dizer que se um atleta x vence y e y vence w, logo x vence w

A questão é colocar que o atleta x, que venceu y, não teria a menor chance não só contra w coo contra nenhum outro desse nível

Isso para mim não tem sentido algum

E também acho bem raso dizer que o Jones só venceu nos meio-pesados por ter vantagem de tamanho. Evidente Jones é muito mais do que só tamanho

Também o fato de não ter subido até hoje não significa que quando subir não terá chance alguma

Vários lutadores passaram a carreira inteira em sua categoria de origem e nunca quiseram subir

Ou você diria, por exemplo, que o GSP não teria chance alguma com nenhum top dos médios apenas pq optou por fazer a carreira nos meio-médios?

Você diria também que o Aldo não teria chance alguma com qualquer dos tops dos leves? Ou diria que o Khabib não tem chance alguma com qualquer dos tops dos meio-médios?

Cada lutador constrói sua carreira de uma forma. O Jones sempre priorizou bater o recorde de vitórias em lutas de cinturão, até pq tinha idade para subir depois. Ele tem só 32 anos.

Eu sigo o que falei antes: a galera se envenenou pelas últimas lutas do Jones e começou a subestimar o cara sem parar. Eu não faria isso.

 

Edited by Helder F Floret

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, Helder F Floret disse:

A questão não é dizer que se um atleta x vence y e y vence w, logo x vence w

A questão é colocar que o atleta x, que venceu y, não teria a menor chance não só contra w coo contra nenhum outro desse nível

Isso para mim não tem sentido algum

E também acho bem raso dizer que o Jones só venceu nos meio-pesados por ter vantagem de tamanho. Evidente Jones é muito mais do que só tamanho

Também o fato de não ter subido até hoje não significa que quando subir não terá chance alguma

Vários lutadores passaram a carreira inteira em sua categoria de origem e nunca quiseram subir

Ou você diria, por exemplo, que o GSP não teria chance alguma com nenhum top dos médios apenas pq optou por fazer a carreira nos meio-médios?

Você diria também que o Aldo não teria chance alguma com qualquer dos tops dos leves? Ou diria que o Khabib não tem chance alguma com qualquer dos tops dos meio-médios?

Cada lutador constrói sua carreira de uma forma. O Jones sempre priorizou bater o recorde de vitórias em lutas de cinturão, até pq tinha idade para subir depois. Ele tem só 32 anos.

Eu sigo o que falei antes: a galera se envenenou pelas últimas lutas do Jones e começou a subestimar o cara sem parar. Eu não faria isso.

 

atleta x y w foi a logica que tu usou.

menor chance?quem falou isso ae? nao foi eu.

é logico que nao è so a vantagem de tamanho. jones é um lutador fora de serie. porem ele  se basea mto nessa vantagem sim. 

Edited by Pride Event

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 horas atrás, Pride Event disse:

atleta x y w foi a logica que tu usou.

menor chance?quem falou isso ae? nao foi eu.

é logico que nao è so a vantagem de tamanho. jones é um lutador fora de serie. porem ele  se basea mto nessa vantagem sim. 

N, cara. Sério mesmo. 

Um braço longo traz mais prejuízos do q parece piora as alavancas, gera menos torque, tende a te deixar mais lento, sem coordenaçâo e se um bom encaixe no soco. Veja o Borracha socando: a viloência, a explosão.  Vê o q o Gaethje fez com o Ferguson. De que serviu ter 1.94 de envergadura? 

Jones com o braço menor, veloz como é, muito provável q tivesse o boxe melhor e que a mão  ficasse mais pesada e ágil. 

Então, n existe isso de que são só louros. Até pq, analisando todas as divisões, nenhum campeão é o mais alto e o de maior alcance - apenas o Jones. 

 

Ele tem uma vantagem, assim como todos os campeâos tiveram Aldo, Demetrious, GSP, Anderson. A besta tem vantagem na velocidade,  na força,  no gás,  na coordenação( a desenvoltura extrema pra chutar e a ambidestria) na absorção, nos reflexos, mas a coisa n se limita ao tamanho do braço ou à altura. Mas, mesmo a força é segundo plano no seu jogo. Ele é mais talentoso que o Shogun, que o Glover, que o Rashad que o Rampage do que tem vantagens físicas em relação aos mesmos. N dá nem pra comparar...

Ele troca a luta toda com strikers, n emprega um jogo fe quedas como o russo, tbm n tem one punch. Os  adversários conseguem ser competitivos. 

Se for pra falar em vantagem, Khabib tem muito mais, já q é um jogo praticamente inescapável, e ngm consegue ficar em pé. Ou mesmo o Ngannou, q ngm aguenta meio soco do cara. Ngm da luta com os caras. Agora, o Jones ? É muito mais talento do que  vantagem. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, Luiz Melo disse:

N, cara. Sério mesmo. 

Um braço longo traz mais prejuízos do q parece piora as alavancas, gera menos torque, tende a te deixar mais lento, sem coordenaçâo e se um bom encaixe no soco. Veja o Borracha socando: a viloência, a explosão.  Vê o q o Gaethje fez com o Ferguson. De que serviu ter 1.94 de envergadura? 

Jones com o braço menor, veloz como é, muito provável q tivesse o boxe melhor e que a mão  ficasse mais pesada e ágil. 

Então, n existe isso de que são só louros. Até pq, analisando todas as divisões, nenhum campeão é o mais alto e o de maior alcance - apenas o Jones. 

 

Ele tem uma vantagem, assim como todos os campeâos tiveram Aldo, Demetrious, GSP, Anderson. A besta tem vantagem na velocidade,  na força,  no gás,  na coordenação( a desenvoltura extrema pra chutar e a ambidestria) na absorção, nos reflexos, mas a coisa n se limita ao tamanho do braço ou à altura. Mas, mesmo a força é segundo plano no seu jogo. Ele é mais talentoso que o Shogun, que o Glover, que o Rashad que o Rampage do que tem vantagens físicas em relação aos mesmos. N dá nem pra comparar...

Ele troca a luta toda com strikers, n emprega um jogo fe quedas como o russo, tbm n tem one punch. Os  adversários conseguem ser competitivos. 

Se for pra falar em vantagem, Khabib tem muito mais, já q é um jogo praticamente inescapável, e ngm consegue ficar em pé. Ou mesmo o Ngannou, q ngm aguenta meio soco do cara. Ngm da luta com os caras. Agora, o Jones ? É muito mais talento do que  vantagem. 

Eu concordo com quase tudo, pois também considero o Jones o lutador mais talentoso que já vi. Melhor que Lyoto, Shogun, Evans, Rampage, etc. Agora, discordo que seria uma vantagem ele ter braços menores, isso não tem nem cabimento no caso dele. Jones é espetacular no controle da distância e muito disso é por conta da sua envergadura. Chute no joelho e mão no rosto... pode ver que as lutas que o Jones foi acertado o maior números de vezes, foram contra caras grandes (em tamanho/envergadura). Os baixinhos não passaram nem perto de ameaça-lo. E não vejo isso como demérito, pelo contrário. Certo ele que sabe usar suas valências. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, Cesar_Rasec disse:

Eu concordo com quase tudo, pois também considero o Jones o lutador mais talentoso que já vi. Melhor que Lyoto, Shogun, Evans, Rampage, etc. Agora, discordo que seria uma vantagem ele ter braços menores, isso não tem nem cabimento no caso dele. Jones é espetacular no controle da distância e muito disso é por conta da sua envergadura. Chute no joelho e mão no rosto... pode ver que as lutas que o Jones foi acertado o maior números de vezes, foram contra caras grandes (em tamanho/envergadura). Os baixinhos não passaram nem perto de ameaça-lo. E não vejo isso como demérito, pelo contrário. Certo ele que sabe usar suas valências. 

Mas o meu ponto é que braços menores tbm gerariam benefícios. E se o punch aumentasse ? Talvez ele nem precisasse desse controle de distância todo  já q deitaria  a galera na mão. Que é o q rola com o Reyes, que é da mesma estatura, tem braços menores e é tem mãos muito rápidas. 

N que seja uma fórmula. Pode ser e pode n ser. Mas o meu ponto é que braços pequenos trazem vantagem tbm. Acho que controle de distância  é fruto de  bons reflexos e de velocieade. Ben Sandeurs só vive levando fumo. Ngm respeita ou bração do Ferguson nem do Lee. Cowboy BR tbm n controla a distância com o Jones, nem o Magny.

N acho que seja algo que esteja no campo do saber ou do n saber - acho que está ligado a conseguir ou n conseguir.

 Uns têm os braços grandes, são ágeis, muita mobilidade de tronco e, pra completar, tem um tempo de reação sinistro.

A ex do Anderson: Era maior que a galera, tbm superava na envergadura, mas o grande sucesso do controle da distância, acredito q se devia à velocidade pra se mover, " a soltura" do tronco, e ao tempo de reação que era sinistro. 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, Luiz Melo disse:

Mas o meu ponto é que braços menores tbm gerariam benefícios. E se o punch aumentasse ? Talvez ele nem precisasse desse controle de distância todo  já q deitaria  a galera na mão. Que é o q rola com o Reyes, que é da mesma estatura, tem braços menores e é tem mãos muito rápidas. 

N que seja uma fórmula. Pode ser e pode n ser. Mas o meu ponto é que braços pequenos trazem vantagem tbm. Acho que controle de distância  é fruto de  bons reflexos e de velocieade. Ben Sandeurs só vive levando fumo. Ngm respeita ou bração do Ferguson nem do Lee. Cowboy BR tbm n controla a distância com o Jones, nem o Magny.

N acho que seja algo que esteja no campo do saber ou do n saber - acho que está ligado a conseguir ou n conseguir.

 Uns têm os braços grandes, são ágeis, muita mobilidade de tronco e, pra completar, tem um tempo de reação sinistro.

A ex do Anderson: Era maior que a galera, tbm superava na envergadura, mas o grande sucesso do controle da distância, acredito q se devia à velocidade pra se mover, " a soltura" do tronco, e ao tempo de reação que era sinistro. 

 

Perfeito vc é chato mas entendi de luta!!

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, Luiz Melo disse:

Mas o meu ponto é que braços menores tbm gerariam benefícios. E se o punch aumentasse ? Talvez ele nem precisasse desse controle de distância todo  já q deitaria  a galera na mão. Que é o q rola com o Reyes, que é da mesma estatura, tem braços menores e é tem mãos muito rápidas. 

N que seja uma fórmula. Pode ser e pode n ser. Mas o meu ponto é que braços pequenos trazem vantagem tbm. Acho que controle de distância  é fruto de  bons reflexos e de velocieade. Ben Sandeurs só vive levando fumo. Ngm respeita ou bração do Ferguson nem do Lee. Cowboy BR tbm n controla a distância com o Jones, nem o Magny.

N acho que seja algo que esteja no campo do saber ou do n saber - acho que está ligado a conseguir ou n conseguir.

 Uns têm os braços grandes, são ágeis, muita mobilidade de tronco e, pra completar, tem um tempo de reação sinistro.

A ex do Anderson: Era maior que a galera, tbm superava na envergadura, mas o grande sucesso do controle da distância, acredito q se devia à velocidade pra se mover, " a soltura" do tronco, e ao tempo de reação que era sinistro. 

 

Sim, existem prós e contras. Mas aí seria outro lutador. Se você pegar o Adriano atacante e disser que com menos massa ele seria mais ágil, seria uma verdade, mas ele também perderia uma característica importante que é a força. Se desse mais tamanho e força pro Neymar, provavelmente ele perderia em agilidade.

Pra um cara com o talento e sucesso do Jones, que encontrou seu jeito de lutar e utiliza tão bem a envergadura, não vejo razão pra pensar que seria benéfico perder essa vantagem pra adquirir outras. Pra mim seria o mesmo que dizer que se o Pelé tivesse 1.80 seria melhor ainda porque poderia cabecear, ganhar força, etc. Nao acho que compensaria a troca do que ele já possuía pra apostar em outros ganhos. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 horas atrás, Cesar_Rasec disse:

Sim, existem prós e contras. Mas aí seria outro lutador. Se você pegar o Adriano atacante e disser que com menos massa ele seria mais ágil, seria uma verdade, mas ele também perderia uma característica importante que é a força. Se desse mais tamanho e força pro Neymar, provavelmente ele perderia em agilidade.

Pra um cara com o talento e sucesso do Jones, que encontrou seu jeito de lutar e utiliza tão bem a envergadura, não vejo razão pra pensar que seria benéfico perder essa vantagem pra adquirir outras. Pra mim seria o mesmo que dizer que se o Pelé tivesse 1.80 seria melhor ainda porque poderia cabecear, ganhar força, etc. Nao acho que compensaria a troca do que ele já possuía pra apostar em outros ganhos. 

Mas ele n iria trocar do nada sendo obrigado a se adptar à nova condição kk. No meu exemplo doidão , ele já teria nascido com braços menores, e aí, por ser talentoso e veloz, acho que tbm capitalizaria.

Mas é uma suposição bem louca mesmo hehe

O que estou querendo dizer aqui, é que, talvez  as valências mais relevantes sejam: Velocidade, Reflexo, força e coordenação.  Se o o camarada tiver essas 4 coisas acima da média... Já era: É material pra reinado - Vai se sobressair de qualquer maneira.

É tipo o DJ- baixinho, envergadura ruim, mas uma velocidade nunca antes vista; reflexos sinistros; coordenação, repertório; variedade;  improvisação,  gás tudo. Acho que é tudo derivação daquelas quatro qualidades.  Esse cara tbm aprende mais rápido que os demais.  

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 5/23/2020 at 4:19 AM, Pride Event disse:

gsp é um que sempre falou de sentir medo quando vai lutar. mtos atletas sentem isso por sinal. 

nao é medo do adversario. é medo de perder mesmo.

"Medo" é um sentimento inerente ao homem, mas não foi desse medo que critiquei que alguns colocam aqui...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 5/23/2020 at 3:22 PM, Luiz Melo disse:

N, cara. Sério mesmo. 

Um braço longo traz mais prejuízos do q parece piora as alavancas, gera menos torque, tende a te deixar mais lento, sem coordenaçâo e se um bom encaixe no soco. Veja o Borracha socando: a viloência, a explosão.  Vê o q o Gaethje fez com o Ferguson. De que serviu ter 1.94 de envergadura? 

Jones com o braço menor, veloz como é, muito provável q tivesse o boxe melhor e que a mão  ficasse mais pesada e ágil. 

Então, n existe isso de que são só louros. Até pq, analisando todas as divisões, nenhum campeão é o mais alto e o de maior alcance - apenas o Jones. 

 

Ele tem uma vantagem, assim como todos os campeâos tiveram Aldo, Demetrious, GSP, Anderson. A besta tem vantagem na velocidade,  na força,  no gás,  na coordenação( a desenvoltura extrema pra chutar e a ambidestria) na absorção, nos reflexos, mas a coisa n se limita ao tamanho do braço ou à altura. Mas, mesmo a força é segundo plano no seu jogo. Ele é mais talentoso que o Shogun, que o Glover, que o Rashad que o Rampage do que tem vantagens físicas em relação aos mesmos. N dá nem pra comparar...

Ele troca a luta toda com strikers, n emprega um jogo fe quedas como o russo, tbm n tem one punch. Os  adversários conseguem ser competitivos. 

Se for pra falar em vantagem, Khabib tem muito mais, já q é um jogo praticamente inescapável, e ngm consegue ficar em pé. Ou mesmo o Ngannou, q ngm aguenta meio soco do cara. Ngm da luta com os caras. Agora, o Jones ? É muito mais talento do que  vantagem. 

quem disse que é so vantagem?

e cara, é  claramente essa  vantagem  que mais ajuda ele.isso é mais que claro. 

falar isso nao o diminui como lutador...

  sobre o jones nao ter punch,nao é so pelos bracos longos. ele simplesmente nao tem. negonu tem bracos longos e bate como uma mula...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this