Sign in to follow this  
oriosvaldo costa

“Efeito UFC”: evento de MMA em RR pode ser o 1º evento esportivo do Brasil após paralisação

Recommended Posts

“Efeito UFC”: evento de MMA em RR pode ser o 1º evento esportivo do Brasil após paralisação

Marcado para 6 de junho, “Fight contra o Covid” tem caráter solidário, será transmitido em live e terá restrições como teste de atletas, técnicos e organizadores. Autoridades locais são contra

Por Lucas Luckezie, GE RR — Boa Vista
15/05/2020

Inspirados na volta do UFC, atletas e técnicos organizam para 6 de junho, em Boa Vista, o “Fight contra o Covid”. Sem público e com transmissão em live, o FCC pode ser o primeiro evento esportivo a ser realizado no Brasil, depois da paralisação total por causa da pandemia do coronavírus.

Segundo a organização, o FCC pretende arrecadar dinheiro para atletas e treinadores de Roraima impedidos de trabalhar na pandemia, uma vez que academias e atividades relacionadas estão proibidas desde março no estado.

Para realizar o FCC, os organizadores dizem trabalhar com “recomendações nacionais e internacionais de combate ao coronavírus”. Isso inclui restrições como:

*Testes rápidos para atletas, técnicos e organizadores (até um dia antes do evento); portanto, só participará do FCC com o exame negativo

*Local espaçoso (a ser definido)

*Número reduzido de lutas (nove)

*Horário agendado para chegada dos atletas, para evitar aglomeração

*Durante a luta, presença apenas do árbitro, dos atletas e dos técnicos

*Distância segura entre atletas (exceto na luta), técnicos e organizadores

- A gente tá totalmente dentro da legalidade. Os atletas que vão participar vão ficar fora do salão, na área externa. As equipes vão ficar separadas em uma distância correta e vai fazer com número reduzido de lutas, pra não ter tumulto, e vamos marcar o horário de chegada deles, pra não aglomerar. Os atletas vão lutando e vão embora, tudo dentro do horário - explicou Daniel Trindade, um dos organizadores.

Embora busque atender restrições semelhantes ao UFC, primeiro evento esportivo de alcance mundial a retornar à atividade com a pandemia, o FCC desagrada o governo de Roraima e a Prefeitura de Boa Vista, que mantêm a proibição de eventos esportivos até em caráter privado (confira as notas abaixo). No momento, o estado registra 1.587 casos de coronavírus.

O card
As nove lutas do evento reunirão atletas locais. Até o momento, apenas seis combates foram marcados:

Luan Tornado x Igor Muralha (categoria até 61kg)
Eduardo Muralha x Juney Souza (até 66kg)
Angelo Álvarez x Maycon Cavalo Doido (até 84kg)
Jorge Marreta x Yago Derzi (até 88kg)
Alexandre Bufalozinho x David Silva (até 61kg)
Magno Garcês x Magnos Ramon (até 110kg)

O que diz a prefeitura de Boa Vista

A Prefeitura de Boa Vista informa que eventos esportivos estão suspensos no município de Boa Vista, conforme decretos estadual e municipal.

O fato do evento em questão não contar com público não o enquadra nas exceções definidas nas medidas restritivas contidas nos decretos.

É importante dizer também que o teste rápido não deve, por recomendação do Ministério da Saúde, ser utilizado indiscriminadamente.

Quem insistir em desrespeitar as medidas sanitárias determinadas pelos Poderes Públicos e respaldadas pelos Ministérios Públicos de Roraima, Federal e do Trabalho, podem responder pelo crime definido no artigo 268 (Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa), com pena de detenção de um mês a um ano.

O que diz o governo de Roraima

A Secretaria de Comunicação Social informa que o Decreto N° 28.636-E, de 22 de março de 2020, como medida de prevenção à COVID-19, suspende a realização de eventos com a presença de público, ainda está em vigor. Sejam de caráter público ou privado, e inclui, inclusive cultos religiosos e afins. Nesse sentido, os espaços esportivos geridos pelo Instituto do Desporto de Roraima estão fechados, cumprindo o Decreto em vigor. A fiscalização do cumprimento do referido Decreto é de competência das Prefeituras Municipais.

Também em vigor, o Decreto Nº 28.662-E, de 27 de março de 2020, contempla a flexibilização dos segmentos do comércio onde a venda pode ocorrer em sistema de delivery e drive-thru sem o contato entre vendedor e consumidor e beneficia a maior parte dos empreendimentos comerciais do Estado.

Segundo a determinação do Ministério da Saúde, atividades comerciais cujo contato entre quem oferece o produto/serviço e o consumidor é inevitável, seguem com impedimento.

Também a fim de evitar aglomeração e o contágio da COVID-19 em larga escala, no dia 6 de abril foram retomadas as aulas não presenciais na rede estadual de ensino na Capital e Interior de Roraima, inclusive nas Comunidades Indígenas, como estabelecido no Decreto n° 28.663-E, de 31 de março de 2020.

https://globoesporte.globo.com/rr/noticia/efeito-ufc-evento-de-mma-em-rr-quer-ser-o-1o-evento-esportivo-do-brasil-apos-paralisacao.ghtml

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu sou totalmente à favor da realização do evento, pois este será realizando sem público e com a adoção de medidas de prevenção que fazem parte das “recomendações nacionais e internacionais de combate ao coronavírus”.


Quanto a Prefeitura de Boa Vista e ao Governo de Roraima, que são contra, eu gostaria de deixar registrado que eles, à exemplo da maioria dos Prefeitos e Governadores, devem ser também cínicos e hipócritas, pois em todos os estados já se sabia que o coronavírus estava aqui no Brasil desde janeiro e ninguém fez  nada para impedir a realização do carnaval, essa sim, uma festa com grande aglomeração de pessoas.


Eu gostaria ainda de parabenizar os promotores do evento e que iniciativas como essa sejam seguidas pelo Brasil, com eventos sendo realizados nos mesmos moldes, com as devidas medidas de segurança e prevenção.


Afinal, a própria Rede Globo exibiu matéria no sábado passado, sobre a volta dos eventos do UFC, para demonstrar o seu apoio ao esporte.


A entrevista contou com o depoimento de um renomado médico norte-americano afirmando que as competições como lutas de MMA não representam risco de transmissão para os competidores e que, devido ao fato destas serem promovidas atualmente sem aglomerações de pessoas, podem sim, ser realizadas nesses tempos de pandemia e de forma segura.


Se a Rede Globo falou, então está falado. Até porquê, eles não mentem.

Edited by oriosvaldo costa

Share this post


Link to post
Share on other sites

Também sou a favor. Há aglomerações de pessoas maiores que está espalhadas pelo Brasil inteiro.

No bojo deste evento há pessoas com dificuldades financeiras, precisando de recursos para sobreviver.

Também vejo positivo o lado emocional, pois dará alguma perspectiva para outras pessoas, em outras regiões.

Esse vírus ficará presente por muito tempo, precisamos nos reinventar para retomar a realidade.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this