Sign in to follow this  
oriosvaldo costa

“Efeito UFC”: evento de MMA em RR pode ser o 1º evento esportivo do Brasil após paralisação

Recommended Posts

“Efeito UFC”: evento de MMA em RR pode ser o 1º evento esportivo do Brasil após paralisação

Marcado para 6 de junho, “Fight contra o Covid” tem caráter solidário, será transmitido em live e terá restrições como teste de atletas, técnicos e organizadores. Autoridades locais são contra

Por Lucas Luckezie, GE RR — Boa Vista
15/05/2020

Inspirados na volta do UFC, atletas e técnicos organizam para 6 de junho, em Boa Vista, o “Fight contra o Covid”. Sem público e com transmissão em live, o FCC pode ser o primeiro evento esportivo a ser realizado no Brasil, depois da paralisação total por causa da pandemia do coronavírus.

Segundo a organização, o FCC pretende arrecadar dinheiro para atletas e treinadores de Roraima impedidos de trabalhar na pandemia, uma vez que academias e atividades relacionadas estão proibidas desde março no estado.

Para realizar o FCC, os organizadores dizem trabalhar com “recomendações nacionais e internacionais de combate ao coronavírus”. Isso inclui restrições como:

*Testes rápidos para atletas, técnicos e organizadores (até um dia antes do evento); portanto, só participará do FCC com o exame negativo

*Local espaçoso (a ser definido)

*Número reduzido de lutas (nove)

*Horário agendado para chegada dos atletas, para evitar aglomeração

*Durante a luta, presença apenas do árbitro, dos atletas e dos técnicos

*Distância segura entre atletas (exceto na luta), técnicos e organizadores

- A gente tá totalmente dentro da legalidade. Os atletas que vão participar vão ficar fora do salão, na área externa. As equipes vão ficar separadas em uma distância correta e vai fazer com número reduzido de lutas, pra não ter tumulto, e vamos marcar o horário de chegada deles, pra não aglomerar. Os atletas vão lutando e vão embora, tudo dentro do horário - explicou Daniel Trindade, um dos organizadores.

Embora busque atender restrições semelhantes ao UFC, primeiro evento esportivo de alcance mundial a retornar à atividade com a pandemia, o FCC desagrada o governo de Roraima e a Prefeitura de Boa Vista, que mantêm a proibição de eventos esportivos até em caráter privado (confira as notas abaixo). No momento, o estado registra 1.587 casos de coronavírus.

O card
As nove lutas do evento reunirão atletas locais. Até o momento, apenas seis combates foram marcados:

Luan Tornado x Igor Muralha (categoria até 61kg)
Eduardo Muralha x Juney Souza (até 66kg)
Angelo Álvarez x Maycon Cavalo Doido (até 84kg)
Jorge Marreta x Yago Derzi (até 88kg)
Alexandre Bufalozinho x David Silva (até 61kg)
Magno Garcês x Magnos Ramon (até 110kg)

O que diz a prefeitura de Boa Vista

A Prefeitura de Boa Vista informa que eventos esportivos estão suspensos no município de Boa Vista, conforme decretos estadual e municipal.

O fato do evento em questão não contar com público não o enquadra nas exceções definidas nas medidas restritivas contidas nos decretos.

É importante dizer também que o teste rápido não deve, por recomendação do Ministério da Saúde, ser utilizado indiscriminadamente.

Quem insistir em desrespeitar as medidas sanitárias determinadas pelos Poderes Públicos e respaldadas pelos Ministérios Públicos de Roraima, Federal e do Trabalho, podem responder pelo crime definido no artigo 268 (Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa), com pena de detenção de um mês a um ano.

O que diz o governo de Roraima

A Secretaria de Comunicação Social informa que o Decreto N° 28.636-E, de 22 de março de 2020, como medida de prevenção à COVID-19, suspende a realização de eventos com a presença de público, ainda está em vigor. Sejam de caráter público ou privado, e inclui, inclusive cultos religiosos e afins. Nesse sentido, os espaços esportivos geridos pelo Instituto do Desporto de Roraima estão fechados, cumprindo o Decreto em vigor. A fiscalização do cumprimento do referido Decreto é de competência das Prefeituras Municipais.

Também em vigor, o Decreto Nº 28.662-E, de 27 de março de 2020, contempla a flexibilização dos segmentos do comércio onde a venda pode ocorrer em sistema de delivery e drive-thru sem o contato entre vendedor e consumidor e beneficia a maior parte dos empreendimentos comerciais do Estado.

Segundo a determinação do Ministério da Saúde, atividades comerciais cujo contato entre quem oferece o produto/serviço e o consumidor é inevitável, seguem com impedimento.

Também a fim de evitar aglomeração e o contágio da COVID-19 em larga escala, no dia 6 de abril foram retomadas as aulas não presenciais na rede estadual de ensino na Capital e Interior de Roraima, inclusive nas Comunidades Indígenas, como estabelecido no Decreto n° 28.663-E, de 31 de março de 2020.

https://globoesporte.globo.com/rr/noticia/efeito-ufc-evento-de-mma-em-rr-quer-ser-o-1o-evento-esportivo-do-brasil-apos-paralisacao.ghtml

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu sou totalmente à favor da realização do evento, pois este será realizando sem público e com a adoção de medidas de prevenção que fazem parte das “recomendações nacionais e internacionais de combate ao coronavírus”.


Quanto a Prefeitura de Boa Vista e ao Governo de Roraima, que são contra, eu gostaria de deixar registrado que eles, à exemplo da maioria dos Prefeitos e Governadores, devem ser também cínicos e hipócritas, pois em todos os estados já se sabia que o coronavírus estava aqui no Brasil desde janeiro e ninguém fez  nada para impedir a realização do carnaval, essa sim, uma festa com grande aglomeração de pessoas.


Eu gostaria ainda de parabenizar os promotores do evento e que iniciativas como essa sejam seguidas pelo Brasil, com eventos sendo realizados nos mesmos moldes, com as devidas medidas de segurança e prevenção.


Afinal, a própria Rede Globo exibiu matéria no sábado passado, sobre a volta dos eventos do UFC, para demonstrar o seu apoio ao esporte.


A entrevista contou com o depoimento de um renomado médico norte-americano afirmando que as competições como lutas de MMA não representam risco de transmissão para os competidores e que, devido ao fato destas serem promovidas atualmente sem aglomerações de pessoas, podem sim, ser realizadas nesses tempos de pandemia e de forma segura.


Se a Rede Globo falou, então está falado. Até porquê, eles não mentem.

Edited by oriosvaldo costa

Share this post


Link to post
Share on other sites

Também sou a favor. Há aglomerações de pessoas maiores que está espalhadas pelo Brasil inteiro.

No bojo deste evento há pessoas com dificuldades financeiras, precisando de recursos para sobreviver.

Também vejo positivo o lado emocional, pois dará alguma perspectiva para outras pessoas, em outras regiões.

Esse vírus ficará presente por muito tempo, precisamos nos reinventar para retomar a realidade.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this