Sign in to follow this  
rivvithead

As crônicas de Mark Coleman

Recommended Posts

1 hora atrás, NEGO DÁGUA disse:

Pô Royce era pica viu.

Vejo resenhas querendo desmerecer os gracies , dizendo que invengaram nada que nível era rudimentar etc

Aí falo cadê a luta livre tatu, jiu jitsu koma, judô kosen e caralho.

Hélio Gracie , formou Carlson, e aí veio Rolls e Rickson, Royce esse último não era bom jiu jitsu sim de porrada , cabra macho entrou no GP pesado , com 80 quilos com monstros eu vi tapes dessa luta , mestre Hélio feliz vendo a valentia do filho.

Rickson , Rolls e alunos só Carlson mostrando a soberania no jiu jitsu sobre os outros estilos de grappling.

Pipo vc acha que Royce era bom de porrada vc que oriundo do jiu jitsu e viu a porra toda começar.

Esses ano vou aí trocar uns sopapos com esse capixabas tirados a brabos, ver se vocês aguentam o axé da Bahia kkk , brincadeira

 

Vimos o próprio Sakuraba usando o catch wrestling e vencendo 4 Gracies um atrás do outro, incluindo uma surra no Royce 

Carlson formado pelo Hélio, porém bebeu de outras fontes adaptando ao jiu-jitsu que é treinado hoje, coisa que o Rolls também fez

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 minutos atrás, Lucas Timbó disse:

Vimos o próprio Sakuraba usando o catch wrestling e vencendo 4 Gracies um atrás do outro, incluindo uma surra no Royce 

Carlson formado pelo Hélio, porém bebeu de outras fontes adaptando ao jiu-jitsu que é treinado hoje, coisa que o Rolls também fez

Vc tem certa razão.

Me responde cadê essas lutas aí?

Pq o jiu jitsu Gracie ficou e vc viu o vídeo do Carlão Barreto dizendo que mestre de jiu jitsu japonês se rendeu ao Carlson?

Carlson treinava luta livre realmente!!

Assim mostram relatos Rolls estudou que saiba judô, sambo , wrestling.

Engraçado wrestling chegou nos primórdios por aqui e nunca se desenvolveu

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
19 horas atrás, Lucas Timbó disse:

Nunca entendi aquilo, não era muito mais simples não ter comparecido na luta? Jogaram a toalha com 2 segundos de luta

Tbm nunca entendi. Podiam ter colocado um substituto.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 4/1/2020 at 9:03 PM, NEGO DÁGUA disse:

Pô Royce era pica viu.

Vejo resenhas querendo desmerecer os gracies , dizendo que invengaram nada que nível era rudimentar etc

Aí falo cadê a luta livre tatu, jiu jitsu koma, judô kosen e caralho.

Hélio Gracie , formou Carlson, e aí veio Rolls e Rickson, Royce esse último não era bom jiu jitsu sim de porrada , cabra macho entrou no GP pesado , com 80 quilos com monstros eu vi tapes dessa luta , mestre Hélio feliz vendo a valentia do filho.

Rickson , Rolls e alunos só Carlson mostrando a soberania no jiu jitsu sobre os outros estilos de grappling.

Pipo vc acha que Royce era bom de porrada vc que oriundo do jiu jitsu e viu a porra toda começar.

Esses ano vou aí trocar uns sopapos com esse capixabas tirados a brabos, ver se vocês aguentam o axé da Bahia kkk , brincadeira

 

na verdade era outro momento do MMA, ngm conhecia o JJ e o qnto era efetivo

o Royce so precisava jabear no vento e entrar de single ou duble leg, aí ele reinava.. mas isso não o torna menor na história do MMA, muito pelo contrario. O mundo das lutas deve muito a o Royce e a os Gracies em geral.

E pra mim o Royce foi pica. O cara que enfrentou Dan Severn, Shanrock, Kimo, Sakuraba.. muitas vezes caras mais pesados, muito mais fortes.. esse foi lenda

Royce, Hélio e Renzo tem meu respeito

Carlson que foi homem no MMA tb, por ter ido na contramão da família na questão de treinamentos.. e não é qualquer um que forma esses MONSTROS:

Amauri Bitetti, Murilo Bustamante, Carlão Barreto, De La Riva, Allan Góes, José Mário Sperry, Bebeo Duarte, Vitor Belfort, Ricardo Arona, Stephan Bonnar (essa história nunca soube direito), Wallid Ismail, Pederneiras, Libório, Paulão Filho, Allan Góis, Carlson Gracie Jr, Marcus Soares..

e alguns mais desconhecidos, mas que foram ótimos faixa pretas: Cássio Cardoso, Marcelo Saporito , Julio "Foca" Fernandez , Rodrigo Medeiros, Viktor Doria, Javier Vazquez , Carlão Santos, Marcos da Matta, Ari Galo.. vou sempre esquecer algum bom nome.. mas acho que aí já mostra o nível do técnico que foi o Carlson. DUVIDO que alguém tenha tido nas mãos, e formado uma geração como essa e tantos outros que foram formados por esses seus alunos.. a Nova União, BTT, ATT são uma prova disso

eu me emociono relembrando e pesquisando sobre esses caras.. uma pena que a memória coletiva é de curto prazo.. muitos não souberam nem quem foi o Helio, Carlson.. uma pena.. mas eles que perdem!! 

 

@Lucas Timbó

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 minutos atrás, pipo disse:

na verdade era outro momento do MMA, ngm conhecia o JJ e o qnto era efetivo

o Royce so precisava jabear no vento e entrar de single ou duble leg, aí ele reinava.. mas isso não o torna menor na história do MMA, muito pelo contrario. O mundo das lutas deve muito a o Royce e a os Gracies em geral.

E pra mim o Royce foi pica. O cara que enfrentou Dan Severn, Shanrock, Kimo, Sakuraba.. muitas vezes caras mais pesados, muito mais fortes.. esse foi lenda

Royce, Hélio e Renzo tem meu respeito

Carlson que foi homem no MMA tb, por ter ido na contramão da família na questão de treinamentos.. e não é qualquer um que forma esses MONSTROS:

Amauri Bitetti, Murilo Bustamante, Carlão Barreto, De La Riva, Allan Góes, José Mário Sperry, Bebeo Duarte, Vitor Belfort, Ricardo Arona, Stephan Bonnar (essa história nunca soube direito), Wallid Ismail, Pederneiras, Libório, Paulão Filho, Allan Góis, Carlson Gracie Jr, Marcus Soares..

e alguns mais desconhecidos, mas que foram ótimos faixa pretas: Cássio Cardoso, Marcelo Saporito , Julio "Foca" Fernandez , Rodrigo Medeiros, Viktor Doria, Javier Vazquez , Carlão Santos, Marcos da Matta, Ari Galo.. vou sempre esquecer algum bom nome.. mas acho que aí já mostra o nível do técnico que foi o Carlson. DUVIDO que alguém tenha tido nas mãos, e formado uma geração como essa e tantos outros que foram formados por esses seus alunos.. a Nova União, BTT, ATT são uma prova disso

eu me emociono relembrando e pesquisando sobre esses caras.. uma pena que a memória coletiva é de curto prazo.. muitos não souberam nem quem foi o Helio, Carlson.. uma pena.. mas eles que perdem!! 

 

@Lucas Timbó

Sei lá vc ver defendo o Hélio ou mestre Hélio cara aqui não aceito fazerem isso com nossa história ele foi foda, foi herói até querem botar o cara como forte com um foto de maio de chassi de grilo na boa eu com 15 anos tinha 75 quilos já, seco sem barriga .

 

Era seco como Hélio era forte ... Podia ser forte era atlético ter muita força mas grande.. não.

Eu sou um bosta , um nada só dei um exemplo.

Hélio Gracie desenvolveu sim muita coisa sozinho até o Rillion disse eu nunca fui aluno do meu pai sim do Tio Helio, Robson falou mesma coisa .

Acho o Hélio foda.

Carlson um Deus do esporte .

Rickson e Rolls botaram o jiu jitsu em outro patamar de luta de solo.

É isso minha opinião

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alguém disse aí que Sakuraba surrou o Royce, reveja a luta, aquilo foi longe de ser uma surra, foi uma guerra física e psicológica, lembro de uma entrevista do Sakuraba após a luta, o mesmo disse que pelo fisico não esperava que o Royce fosse tão forte e explosivo.

creio que é por isso que o Sakuraba se viu obrigado a lutar na defensiva quase a luta toda, só passou a levar vantagem do meio pro final quando o Royce cansado quebrou o pé naqueles chutes malucos  e já não tinha mais condições..

lembrando que o Sakuraba era o bicho papão da época, no auge, em plena atividade e pegou um Royce ex aposentado(5 anos sem lutar).

Se o Royce não tivesse o sobrenome Gracie sairia como herói mesmo derrotado e o Sakuraba campeao em atividade um tanto quanto envergonhado. 

Edited by Ultimate Fighter

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Ultimate Fighter disse:

Alguém disse aí que Sakuraba surrou o Royce, reveja a luta, aquilo foi longe de ser uma surra, foi uma guerra física e psicológica, lembro de uma entrevista do Sakuraba após a luta, o mesmo disse que pelo fisico não esperava que o Royce fosse tão forte e explosivo.

creio que é por isso que o Sakuraba se viu obrigado a lutar na defensiva quase a luta toda, só passou a levar vantagem do meio pro final quando o Royce cansado quebrou o pé naqueles chutes malucos  e já não tinha mais condições..

lembrando que o Sakuraba era o bicho papão da época, no auge, em plena atividade e pegou um Royce ex aposentado(5 anos sem lutar).

Se o Royce não tivesse o sobrenome Gracie sairia como herói mesmo derrotado e o Sakuraba campeao em atividade um tanto quanto envergonhado. 

Tu é a primeira pessoa que eu vejo colocando essa luta em algum pé de igualdade, e olha que frequento fóruns há anos. O que aconteceu ali foi um monólogo do Sakuraba, sendo superior em pé, no chão, tirando onda, zoando. O japa lutando na defensiva? Sairia envergonhado se não fosse o Royce ali? Que isso, velho..

Fora que quem quebrou a perna do Royce foi o Sakuraba depois de um chute, isso quem afirma é o próprio Gracie 

Edited by Lucas Timbó

Share this post


Link to post
Share on other sites
46 minutos atrás, Lucas Timbó disse:

Tu é a primeira pessoa que eu vejo colocando essa luta em algum pé de igualdade, e olha que frequento fóruns há anos. O que aconteceu ali foi um monólogo do Sakuraba, sendo superior em pé, no chão, tirando onda, zoando. O japa lutando na defensiva? Sairia envergonhado se não fosse o Royce ali? Que isso, velho..

Fora que quem quebrou a perna do Royce foi o Sakuraba depois de um chute, isso quem afirma é o próprio Gracie 

Se eu fosse lutador, considerado o bicho papão da época, e pegasse um lutador vindo de 5 anos de inatividade e considerado ulttapassado unidimentional e ainda assim precisasse de 90 min pra vence-lo mesmo sabendo que estava em um GP e iria enfrentar outras pedreiras em seguida me sentiria envergonhado.

acredite, as palhaçadas do Sakuraba na luta eram pra desestabilizar o Royce emocionalmente, pois durante a luta quem tomava a iniciativa era o Royce,  se o Sakuraba se sentisse tão superior como queria parecer nas suas palhaçadas teria vencido o royce o mais rápido possível, se poupando prãs lutas seguintes..Não venceu rápido pq nao conseguiu, viu que o unidimensional apesar de 5 anos parado era carne de pescoço..

tirar onda com palhaçadas não quer dizer nada, so demonstra insegurança de quem tá "tirando a onda".

Se vc não pode vencer alguém de maneira rapida e usando apenas sua forca e técnica,so lhe resta tirar onda, provocar, desestabilizar, até achar uma brexa e capitalizar em cima disso, Anderson silva se valeu dessa tática algumas vezes até cair diante do weidman..

Edited by Ultimate Fighter

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 4/3/2020 at 1:38 PM, Ultimate Fighter disse:

Se eu fosse lutador, considerado o bicho papão da época, e pegasse um lutador vindo de 5 anos de inatividade e considerado ulttapassado unidimentional e ainda assim precisasse de 90 min pra vence-lo mesmo sabendo que estava em um GP e iria enfrentar outras pedreiras em seguida me sentiria envergonhado.

acredite, as palhaçadas do Sakuraba na luta eram pra desestabilizar o Royce emocionalmente, pois durante a luta quem tomava a iniciativa era o Royce,  se o Sakuraba se sentisse tão superior como queria parecer nas suas palhaçadas teria vencido o royce o mais rápido possível, se poupando prãs lutas seguintes..Não venceu rápido pq nao conseguiu, viu que o unidimensional apesar de 5 anos parado era carne de pescoço..

tirar onda com palhaçadas não quer dizer nada, so demonstra insegurança de quem tá "tirando a onda".

Se vc não pode vencer alguém de maneira rapida e usando apenas sua forca e técnica,so lhe resta tirar onda, provocar, desestabilizar, até achar uma brexa e capitalizar em cima disso, Anderson silva se valeu dessa tática algumas vezes até cair diante do weidman..

Royce não fez basicamente nada na luta além de ficar clinchando sem efetividade. Sakuraba que deu KD, bons chutes, tentou finalizar, soltou gnp na guarda do Royce, e o brasileiro se mostrando meio perdido em todos os momentos

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 4/3/2020 at 1:38 PM, Ultimate Fighter disse:

Se eu fosse lutador, considerado o bicho papão da época, e pegasse um lutador vindo de 5 anos de inatividade e considerado ulttapassado unidimentional e ainda assim precisasse de 90 min pra vence-lo mesmo sabendo que estava em um GP e iria enfrentar outras pedreiras em seguida me sentiria envergonhado.

acredite, as palhaçadas do Sakuraba na luta eram pra desestabilizar o Royce emocionalmente, pois durante a luta quem tomava a iniciativa era o Royce,  se o Sakuraba se sentisse tão superior como queria parecer nas suas palhaçadas teria vencido o royce o mais rápido possível, se poupando prãs lutas seguintes..Não venceu rápido pq nao conseguiu, viu que o unidimensional apesar de 5 anos parado era carne de pescoço..

tirar onda com palhaçadas não quer dizer nada, so demonstra insegurança de quem tá "tirando a onda".

Se vc não pode vencer alguém de maneira rapida e usando apenas sua forca e técnica,so lhe resta tirar onda, provocar, desestabilizar, até achar uma brexa e capitalizar em cima disso, Anderson silva se valeu dessa tática algumas vezes até cair diante do weidman..

Kazushi Sakuraba pode ter sentido dezenas de emoções naquela luta, menos VERGONHA. 

O bicho fez 90 minutos com um cara top e invicto, com toda aquela mística da época, que era o Royce Gracie, e ainda voltou e fez mais 10 ou 15 minutos contra o monstro Igor Vovchanchin, inclusive levando a melhor em vários momentos na luta.

E, quanto ao Royce ser unidimensional, a maioria naquela época também era, vide o citado Igor Vovchanchin (não tinha wrestling, tampouco jogo de chão), Mark Kerr, Allan Góes, Mark Coleman, Randy Couture, Enson Inoue, Maurice Smith e etc.

Share this post


Link to post
Share on other sites
38 minutos atrás, Lucas Timbó disse:

Royce não fez basicamente nada na luta além de ficar clinchando sem efetividade. Sakuraba que deu KD, bons chutes, tentou finalizar, soltou gnp na guarda do Royce, e o brasileiro se mostrando meio perdido em todos os momentos

Nao senti isso  vendo a luta, vi o brasileiro tentando liquidar a fatura tomando a iniciativa  e nao conseguindo , normal, mas suponhando que Royce tenha se mostrado meio perdido em todos os momentos da luta, teoricamente seria uma presa facil pro japonês, mas entao pq a luta durou mais de uma hora? Po, um cara com a qualidade do Sakuraba ,número 1 da categoria na época, completo(bom em pé e no chão) precisaria de 1 hora e meia pra vencer um Gracie que segundo os haters parou no tempo, era arrogante, unidimensional, alem de vir de 5 anos de inatividade?não sou eu que acho isso, acho o Royce casca grossa e se fosse jovem hj em dia taria entre os tops, falo na visão dos que tentam desmerecer a familia Gracie e sempre usam esse argumento de que "pararam no tempo", "não sabem trocar", "dominavam pois ninguém sabia Jiu jitsu" etc.

So reforçando que ali era um GP, varias lutas em uma noite, o sakuraba sabia que quanto mais rapido vencesse mais energia pouparia pras proximas lutas, mas foram 90 min de porrada,  da maneira que falam parece que foi fichinha pro sakuraba.

Share this post


Link to post
Share on other sites
48 minutos atrás, Raphael Rezende disse:

Kazushi Sakuraba pode ter sentido dezenas de emoções naquela luta, menos VERGONHA. 

O bicho fez 90 minutos com um cara top e invicto, com toda aquela mística da época, que era o Royce Gracie, e ainda voltou e fez mais 10 ou 15 minutos contra o monstro Igor Vovchanchin, inclusive levando a melhor em vários momentos na luta.

E, quanto ao Royce ser unidimensional, a maioria naquela época também era, vide o citado Igor Vovchanchin (não tinha wrestling, tampouco jogo de chão), Mark Kerr, Allan Góes, Mark Coleman, Randy Couture, Enson Inoue, Maurice Smith e etc.

Vou usar seu comentário apontar algumas contradições que os haters da família gracie costumam entrar sem nem perceber ao comentar sobre qualquer derrota de um membro da família, especialmente  essa derrota do royce pro sakuraba, so lembrando que não considero vc um "hater de gracies" mas coincidiu desse seu argumento ser semelhante ao dos "haters"

Ao falar sobre essa luta do Royce contra o Sakuraba, muitos dos haters se referem como se o Royce tivesse sido surrado, humilhado pelo japonês, e ainda pra reforçar citam outras vitórias do sakuraba sobre outros membros da família, dando a entender que são uma familia lutadores ultrapassados, que só dominavam em uma epoca que ninguém sabia jiu jitsu.

 

Mas aí se aparece alguém com argumentos contrários, questionando os feitos do Sakuraba sobre os  gracies, que segundo eles são ultrapassados o discurso muda totalmente, de ultrapassados passam a ser tops, um exemplo é esse argumento dos haters para justificar a vitoria do sakuraba sobre Royce:  "Sakuraba não tem motivos para se envergonhar da vitória,   pois o Royce era top, invicto, campeão do ufc, com toda aquela mistica da época"

Quando é para "desmerecer" um gracie quando perde o discurso e de que eles são ruins e ultrapassados, mas para enaltecer a vitoria do sakuraba sobre um gracie, especialmente a vitoria sobre o Royce o discurso muda rapido, de unidimensional e ultrapassado o gracie passa a ser um lutador top  invicto, quase um Deus da luta.

Discordo que o Vovchanchin e Maurice smith fossem unidimensionais, o ucraniano se defendia muito bem por baixo, tinha uma defesa de quedas muito boa tbm, além de dar giro quando tava no chão por cima, era um cara completo, taria entre os tops hj se fosse jovem.

Maurice smith se defendia bem por baixo, trocava bem, mark kerr era monstro, derrubava, finalizava, ground ans pound destruidor, só sé mostrou falho quando teve que jogar por baixo nas primeiras derrotas, por ser muito pesado ele devia achar que jamais passaria por aquela situação e nem devia treinar por baixo, Coleman mesma coisa,.

"era pride" já não tinha mais leigos, todos sabiam um pouco de tudo, com excesso dos freak shows  que a organização promovia qdo traziam um cara do k1 pra enfrentar algum top do mma tipo branco ciático vs Mark Kerr.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 minutos atrás, Ultimate Fighter disse:

Vou usar seu comentário apontar algumas contradições que os haters da família gracie costumam entrar sem nem perceber ao comentar sobre qualquer derrota de um membro da família, especialmente  essa derrota do royce pro sakuraba, so lembrando que não considero vc um "hater de gracies" mas coincidiu desse seu argumento ser semelhante ao dos "haters"

Ao falar sobre essa luta do Royce contra o Sakuraba, muitos dos haters se referem como se o Royce tivesse sido surrado, humilhado pelo japonês, e ainda pra reforçar citam outras vitórias do sakuraba sobre outros membros da família, dando a entender que são uma familia lutadores ultrapassados, que só dominavam em uma epoca que ninguém sabia jiu jitsu.

 

Mas aí se aparece alguém com argumentos contrários, questionando os feitos do Sakuraba sobre os  gracies, que segundo eles são ultrapassados o discurso muda totalmente, de ultrapassados passam a ser tops, um exemplo é esse argumento dos haters para justificar a vitoria do sakuraba sobre Royce:  "Sakuraba não tem motivos para se envergonhar da vitória,   pois o Royce era top, invicto, campeão do ufc, com toda aquela mistica da época"

Quando é para "desmerecer" um gracie quando perde o discurso e de que eles são ruins e ultrapassados, mas para enaltecer a vitoria do sakuraba sobre um gracie, especialmente a vitoria sobre o Royce o discurso muda rapido, de unidimensional e ultrapassado o gracie passa a ser um lutador top  invicto, quase um Deus da luta.

Discordo que o Vovchanchin e Maurice smith fossem unidimensionais, o ucraniano se defendia muito bem por baixo, tinha uma defesa de quedas muito boa tbm, além de dar giro quando tava no chão por cima, era um cara completo, taria entre os tops hj se fosse jovem.

Maurice smith se defendia bem por baixo, trocava bem, mark kerr era monstro, derrubava, finalizava, ground ans pound destruidor, só sé mostrou falho quando teve que jogar por baixo nas primeiras derrotas, por ser muito pesado ele devia achar que jamais passaria por aquela situação e nem devia treinar por baixo, Coleman mesma coisa,.

"era pride" já não tinha mais leigos, todos sabiam um pouco de tudo, com excesso dos freak shows  que a organização promovia qdo traziam um cara do k1 pra enfrentar algum top do mma tipo branco ciático vs Mark Kerr.

 

 

Acho que os Gracie's poderiam ter ido muito mais longe, se tivessem aberto suas mentes e treinado outras artes marciais, especificamente wrestling e boxe/muay thai. Mas, isso não vem ao caso aqui...

Concordo contigo que Royce vendeu caro a derrota, pois é lógico que se a luta tivesse sido uma barbada, não teria durado 90 minutos.

Quanto a Igor Vovchanchin e Maurice Smith não serem unidimensionais, discordo. Vovchanchin era um grande kickboxer, bons chutes e mãos muito, mas muito pesadas; não concordo que tinha um bom wrestling defensivo, e menos ainda a respeito de seu jogo de chão... Sim, concordo que ele sabia se virar, era escorregadio, mas não deixava de ser fraco nessas áreas por isso. Quando ao Mo Smith, era fraco no wrestling, e no chão... Ele tinha um grande coração e era muito resiliente, mas parava por aí. Só ver o passeio que tomou do Randy Couture no solo, além de ter tomado sufoco do Mark Coleman (que era fraquíssimo nesse setor) no chão, tendo o wrestler inclusive passado a guarda e montado no kickboxer.

Share this post


Link to post
Share on other sites
21 horas atrás, Raphael Rezende disse:

Acho que os Gracie's poderiam ter ido muito mais longe, se tivessem aberto suas mentes e treinado outras artes marciais, especificamente wrestling e boxe/muay thai. Mas, isso não vem ao caso aqui...

Concordo contigo que Royce vendeu caro a derrota, pois é lógico que se a luta tivesse sido uma barbada, não teria durado 90 minutos.

Quanto a Igor Vovchanchin e Maurice Smith não serem unidimensionais, discordo. Vovchanchin era um grande kickboxer, bons chutes e mãos muito, mas muito pesadas; não concordo que tinha um bom wrestling defensivo, e menos ainda a respeito de seu jogo de chão... Sim, concordo que ele sabia se virar, era escorregadio, mas não deixava de ser fraco nessas áreas por isso. Quando ao Mo Smith, era fraco no wrestling, e no chão... Ele tinha um grande coração e era muito resiliente, mas parava por aí. Só ver o passeio que tomou do Randy Couture no solo, além de ter tomado sufoco do Mark Coleman (que era fraquíssimo nesse setor) no chão, tendo o wrestler inclusive passado a guarda e montado no kickboxer.

O problema é que os Gracie não tinham como objetivo serem os melhores, eles sempre frizaram que o objetivo era provar a eficiência da "arte marcial jiu jitsu" no confronto entre estilos, feito isso tivemos um ou outro membro da familia se arriscando no mma moderno, mas o foco da geração antiga era provar que a ARTE era boa, e isso eles conseguiram.

Quanto ao Vovchanchin e Maurice smith, acho que o fato de conseguirem se virar no chão a ponto de aguentarem o castigo e decidirem em pé já os coloca no time dos "completos" e longe dos unidimensionais, Vovchanchin não foi finalizado nem pelo carlao Barreto que era fora no chão.

Maurice smith apesar da montada do Coleman sempre repunha a posição e ficava confortavel, isso permitiu não sentir tanto o castigo imposto pelo Coleman.

Lutadorés totalmente completos são raros Até nos dias de hj. Nem Jon Jones que é goat pode ser considerado completo pois não sabemos como ele se comporta de costas no chão fazendo guarda.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Ultimate Fighter disse:

O problema é que os Gracie não tinham como objetivo serem os melhores, eles sempre frizaram que o objetivo era provar a eficiência da "arte marcial jiu jitsu" no confronto entre estilos, feito isso tivemos um ou outro membro da familia se arriscando no mma moderno, mas o foco da geração antiga era provar que a ARTE era boa, e isso eles conseguiram.

Quanto ao Vovchanchin e Maurice smith, acho que o fato de conseguirem se virar no chão a ponto de aguentarem o castigo e decidirem em pé já os coloca no time dos "completos" e longe dos unidimensionais, Vovchanchin não foi finalizado nem pelo carlao Barreto que era fora no chão.

Maurice smith apesar da montada do Coleman sempre repunha a posição e ficava confortavel, isso permitiu não sentir tanto o castigo imposto pelo Coleman.

Lutadorés totalmente completos são raros Até nos dias de hj. Nem Jon Jones que é goat pode ser considerado completo pois não sabemos como ele se comporta de costas no chão fazendo guarda.

Pois é, acho que discordamos no que tange ao assunto LUTADOR COMPLETO.

Igor Vovchanchin e Maurice Smith, no meu entender, não faziam parte deste grupo. Vovchanchin se defendia no chão pra poder voltar em pé, e isso era uma qualidade, pois ele sabia de seu ponto forte. Mas, não sabia fazer guarda, trabalhar com transições e tampouco finalizar... Como colocá-lo como completo? Mo Smith idem, nunca mostrou nenhuma qualidade técnica no solo, e salvo engano, só conseguiu finalizar o saudoso e bem limitado no chão, em uma submissão bizarra, o Branko Cikatic. Tomou um atropelo do Randy Couture, atraso do limitadíssimo Mark Coleman, além de outros, como Babalu, Kevin Randleman e etc.

Completo, pra mim, é um cara que sabe trocar, tem boa noção de wrestling (ofensivo e defensivo) e boas transições/finalizações no chão. Não acho que os nomes atuais sejam a minoria, vide José Aldo, Demetrious Johnson, Fabricio Werdum, Lyoto Machida, Glover Teixeira, Rafael dos Anjos, Charles Do Bronx, Tony Ferguson, Patricio Pitbull, Nurma, Luke Rockhold, Chris Weidman, e muitos outros.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this