Sign in to follow this  
rivvithead

As crônicas de Mark Coleman

Recommended Posts

Por Dylan Bowker

PARTE 1

Mark Coleman saiu das competições de wrestling e 30 dias depois, ele entrou em uma jaula. Ele nunca imaginou o que isso poderia ser e o que ele se tornou. Tanto no nível de macrocosmo do esporte em evolução quanto no nível de seu microcosmo, criando um caminho para os pesos pesados do UFC nos próximos anos. Foi uma transição convincente e um arco completo.

Um sonho de infancia de ser o melhor do mundo. Um sonho que veria dificuldades que testavam a coragem de “The Hammer”. Um esforço difícil, porém gratificante, que resultou na conquista de um objetivo ao longo da vida.

O TRAJETO DE COLEMAN NO WRESTLING AMADOR

“Era meu sonho de garoto ser um campeão olímpico. Eu vivi e morri para ser o melhor wrestler do mundo. Nunca me tornei o número um do mundo. Fiquei em segundo lugar no torneio em 91 e então, nas olimpíadas, não tive um bom torneio. Perdi para dois caras que eu venci no ano anterior. Terminei em sétimo. Acho que não consegui lidar com a derrota pois fui ladeira abaixo.

As olimpíadas foram em 1992, perto do começo do UFC. Assisti o primeiro evento e esperava que o que eu estava vendo era realmente verdade. Por sorte eu recebi uma ligação.

Eu estava nos testes olímpicos para 1996 e, quando eu perdi, um gerente me puxou para uma sala e disse que tinha uma vaga para o UFC 10.

AS LUTAS COM DON FRYE E DAN SEVERN

Eu lutei com Don Frye nas finais. Esse é o cara mais duro que eu enfrentei. Estava ficando preocupado pois ele não desistia e não parava de revidar. Estava ficando preocupado sobre sua saúde… Finalmente Big John parou a luta e finalmente senti que realizei meu sonho de infância. Eu senti que era o número 1 no mundo de alguma coisa, e aconteceu de ser na luta. UFC 10 foi uma noite incrível.

Deus abençoe Georgia e Alabama. Eu amei ir lutar lá. Tão grato que eles aceitaram o UFC pois sem eles, o esporte estaria em muitos apuros. Muitos problemas, muitos processos e muitos pensamentos negativos e Alabama/Georgia nos deixaram ir e fazer o show. Foram muito importantes para mim pois sem eles o show não poderia continuar. Eu não ligaria se fosse no Alabama, Nova York ou até mesmo em uma academia em algum lugar. Eu só queria lutar contra Dan Severn pelo primeiro título oficial de campeão peso pesado do UFC (que ocorreria no UFC 12).

O UFC 12 ocorreria em Nova York. Lá pelas 20:00 de sexta feira, nos disseram que o evento seria cancelado (em Nova York). Eles rapidamente fizeram nossas malas e voamos para o Alabama. Nós fomos para um avião e chegamos pelas 3 ou 4 horas da manhã. No dia seguinte estávamos lá Dan Severn e eu para o titulo, o título que eu tanto cobiçava. Ser o primeiro é muito especial para mim.

 

 

Fonte:https://mymmanews.com/mark-coleman-chronicles-part-one/

Edited by rivvithead

Share this post


Link to post
Share on other sites

cara a primeira vez q vi o coleman lutando fiquei assustado o cara era um monstro... quedava e amassava geral mesmo...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mark Coleman era um monstro, quem viveu aquela época sabe...

Mark Coleman Vs Don Frye no UFC X foi uma das melhores lutas que já vi... Frye vinha de grandes resultados, campeão do UFC VIII, um atropelo em cima do Amaury Bitetti no UFC IX, bom wrestler, bom boxer, era o cara a ser batido. Ambos foram até a final do evento de número 10, e fizeram uma luta histórica... Frye mostrou muito coração, aguentou um castigo que poucos aguentariam, e ali nasceu um dos maiores nomes do Vale Tudo, Mark Coleman.

Coleman nunca teve o gás como seu ponto forte, isso era notório. Mas, não era pra ter perdido pro Maurice Smith no UFC XIV, era mais lutador... Smith fez a tática certa, era um cara de muito coração e frieza, mas nunca mais repetiu sua atuação, ele fez a luta da vida dele ali. Disse que era o antídoto dos wrestlers, fato que eu nunca acreditei, vide sua apresentação posterior contra o Randy Couture.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Raphael Rezende disse:

Mark Coleman era um monstro, quem viveu aquela época sabe...

Mark Coleman Vs Don Frye no UFC X foi uma das melhores lutas que já vi... Frye vinha de grandes resultados, campeão do UFC VIII, um atropelo em cima do Amaury Bitetti no UFC IX, bom wrestler, bom boxer, era o cara a ser batido. Ambos foram até a final do evento de número 10, e fizeram uma luta histórica... Frye mostrou muito coração, aguentou um castigo que poucos aguentariam, e ali nasceu um dos maiores nomes do Vale Tudo, Mark Coleman.

Coleman nunca teve o gás como seu ponto forte, isso era notório. Mas, não era pra ter perdido pro Maurice Smith no UFC XIV, era mais lutador... Smith fez a tática certa, era um cara de muito coração e frieza, mas nunca mais repetiu sua atuação, ele fez a luta da vida dele ali. Disse que era o antídoto dos wrestlers, fato que eu nunca acreditei, vide sua apresentação posterior contra o Randy Couture.

coleman era assustador.um trator ambulante. gnp sinistro.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Uma coisa impressionante dele era a força 

Shogun é um cara forte e vc ver que Coleman velho nas trocas de pegada era mto mais forte

E pensar que Kerr era ainda mais forte

Escovava Coleman inclusive

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 minuto atrás, MV8 disse:

Uma coisa impressionante dele era a força 

Shogun é um cara forte e vc ver que Coleman velho nas trocas de pegada era mto mais forte

E pensar que Kerr era ainda mais forte

Escovava Coleman inclusive

Ele ter vencido o Pride GP 2000, anos após seu auge, mostra o quanto ele era duro.

Além disso, passou por Ricardão, Allan Góes e Don Frye novamente.

 

Edited by Raphael Rezende

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ate o momento tem 4 partes. Estou traduzindo a segunda!

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, MV8 disse:

Uma coisa impressionante dele era a força 

Shogun é um cara forte e vc ver que Coleman velho nas trocas de pegada era mto mais forte

E pensar que Kerr era ainda mais forte

Escovava Coleman inclusive

Dizem que pessoas que treinam wrestling e judô tem uma força descomunal

Share this post


Link to post
Share on other sites

Falaram sobre a força física descomunal do  mark coleman, isso eu sempre notei em suas lutas, nao só contra o shogun que o amigo de cima citou, diferenca de pegada absurda mesmo velho, mas contra o fedor no pride, levantava o fedor como se fosse uma moça, as únicas lutas que eu não vi o coleman se sobressair na força foi contra o gigante brasileiro Ricardo morais e contra o cro cop, o coleman disse que o cro cop foi o cara mais forte fisicamente que ele já enfrentou.

O mark kerr era outro muito forte, no adcc dava pra notar bem isso, contra o Arona, que é forte pra burro, mesmo o americano estando fora de forma na troca de pegadas ele dava umas puxadas na nuca do Arona e este caia de joelhos feito papel.

Dan henderson era outro apesar de leve era forte igual um cavalo, wanderlei silva no auge sentiu bem na primeira luta entre eles (pride 12).

Isso é uma característica dos wrestlers, não é possível que seja só bomba, senão todos de qualquer modalidade seriam monstros, alguém sabe o tipo de treino desses caras que da essa força?eu sei de histórias que o mark kerr ficava 15 min pendurado na barra com um braço só.

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, Ultimate Fighter disse:

Falaram sobre a força física descomunal do  mark coleman, isso eu sempre notei em suas lutas, nao só contra o shogun que o amigo de cima citou, diferenca de pegada absurda mesmo velho, mas contra o fedor no pride, levantava o fedor como se fosse uma moça, as únicas lutas que eu não vi o coleman se sobressair na força foi contra o gigante brasileiro Ricardo morais e contra o cro cop, o coleman disse que o cro cop foi o cara mais forte fisicamente que ele já enfrentou.

O mark kerr era outro muito forte, no adcc dava pra notar bem isso, contra o Arona, que é forte pra burro, mesmo o americano estando fora de forma na troca de pegadas ele dava umas puxadas na nuca do Arona e este caia de joelhos feito papel.

Dan henderson era outro apesar de leve era forte igual um cavalo, wanderlei silva no auge sentiu bem na primeira luta entre eles (pride 12).

Isso é uma característica dos wrestlers, não é possível que seja só bomba, senão todos de qualquer modalidade seriam monstros, alguém sabe o tipo de treino desses caras que da essa força?eu sei de histórias que o mark kerr ficava 15 min pendurado na barra com um braço só.

Schaub disse a mesma coisa, que nunca sentiu alguém tão forte como o Cro Cop

Share this post


Link to post
Share on other sites

Outro que era um monstro de forte: Randleman. Contra o Cro Cop, quando ele entra no clinch e vai igual um búfalo levando o croata pro canto do ringue e não deixando ele sair dali, é impressionante 

Share this post


Link to post
Share on other sites
13 horas atrás, Ultimate Fighter disse:

Falaram sobre a força física descomunal do  mark coleman, isso eu sempre notei em suas lutas, nao só contra o shogun que o amigo de cima citou, diferenca de pegada absurda mesmo velho, mas contra o fedor no pride, levantava o fedor como se fosse uma moça, as únicas lutas que eu não vi o coleman se sobressair na força foi contra o gigante brasileiro Ricardo morais e contra o cro cop, o coleman disse que o cro cop foi o cara mais forte fisicamente que ele já enfrentou.

O mark kerr era outro muito forte, no adcc dava pra notar bem isso, contra o Arona, que é forte pra burro, mesmo o americano estando fora de forma na troca de pegadas ele dava umas puxadas na nuca do Arona e este caia de joelhos feito papel.

Dan henderson era outro apesar de leve era forte igual um cavalo, wanderlei silva no auge sentiu bem na primeira luta entre eles (pride 12).

Isso é uma característica dos wrestlers, não é possível que seja só bomba, senão todos de qualquer modalidade seriam monstros, alguém sabe o tipo de treino desses caras que da essa força?eu sei de histórias que o mark kerr ficava 15 min pendurado na barra com um braço só.

Deve ter mta coisa de isometria... as lutas de grappling são isométricas e o wrestling parece ser mais que todas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this