Dudu show

Cigano admite erro de estratégia contra Blades

Recommended Posts

10 minutos atrás, Milden79 disse:

Pois é...vc pega caras como Shogun que tem 38 anos e umas 40 lutas, aliado ao castigo sofrido...não tem como, chega uma hora que o corpo cobra. 

Outro coroa fora da curva era o Couture, porém era tipo o DC...poucas lutas e pouco castigo sofrido.

 

Mas diferente do DC, Couture sempre foi muito superestimado como lutador.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
22 minutos atrás, Andrey disse:

Romero tem 17 lutas na carreira de MMA, apesar da idade avançada.

 

DC somente 24.

Mas tem o outro lado. O jogo de ambos têm menos furos em relação ao Shogun e ao Cigano.  N é apenas ação do tempo e as guerras que justificam o declínio. Claro que explicam em algum nível, mas a limitação de talento que cada um tem tbm é uma variável importante. Cormier se expõe menos em pé, apanha menos, é mais versátil etc. Bem como o Romero. Ambos são mais lutadores que o Shogun e que o Cigano. 

É um assunto complicado. Cheio de variáveis.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, Luiz Melo disse:

Mas tem o outro lado. O jogo de ambos têm menos furos em relação ao Shogun e ao Cigano.  N é apenas ação do tempo e as guerras que justificam o declínio. Claro que explicam em algum nível, mas a limitação de talento que cada um tem tbm é uma variável importante. Cormier se expõe menos em pé, apanha menos, é mais versátil etc. Bem como o Romero. Ambos são mais lutadores que o Shogun e que o Cigano. 

É um assunto complicado. Cheio de variáveis.

Romero não é mais lutador que Shogun nem aqui, nem na China. rs

Os dois no auge seria um massacre a favor do Shogun.

Edited by Milden79

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 minutos atrás, Luiz Melo disse:

Mas tem o outro lado. O jogo de ambos têm menos furos em relação ao Shogun e ao Cigano.  N é apenas ação do tempo e as guerras que justificam o declínio. Claro que explicam em algum nível, mas a limitação de talento que cada um tem tbm é uma variável importante. Cormier se expõe menos em pé, apanha menos, é mais versátil etc. Bem como o Romero. Ambos são mais lutadores que o Shogun e que o Cigano. 

É um assunto complicado. Cheio de variáveis.

São muitas variáveis, mas usar Romero, que tem somente 17 lutas de MMA, como exemplo não dá.

 

E Romero não chegou em 70% do nível como lutador que o Shogun chegou.

Share this post


Link to post
Share on other sites
18 minutos atrás, Luiz Melo disse:

Mas tem o outro lado. O jogo de ambos têm menos furos em relação ao Shogun e ao Cigano.  N é apenas ação do tempo e as guerras que justificam o declínio. Claro que explicam em algum nível, mas a limitação de talento que cada um tem tbm é uma variável importante. Cormier se expõe menos em pé, apanha menos, é mais versátil etc. Bem como o Romero. Ambos são mais lutadores que o Shogun e que o Cigano. 

É um assunto complicado. Cheio de variáveis.

Blz!

Sua argumentação é interessante no tocante à ação do tempo e batalhas que justifiquem o declínio, incluindo o talento e (diria eu) a motivação também. Mas colocar o Romero no mesmo nível técnico que o Shogum (que foi um dos mais talentosos lutadores no seu auge) complicou o assunto rsrs. Abraço!

Share this post


Link to post
Share on other sites

É uma parada muito complicada. Já falei isso aqui uma vez. A idade n te torna necessariamente lento e acabado. OBS: n vamos pegar casos extremos de um de um cara de 65 anos contra um de 25. Mas, por ex, O Vinício Anthony parece ser mais ágil e solto que o Lyoto. Da pra notar que existe uma diferença boa de velocidade. Tem vídeos dele chutando, o Vitor. Uma pessoa já chegando na casa dos 60. Tem o Cordeiro que treina feito um menino e da atraso na galera em pé. 

Então, n é o tempo em si que te prejudica. Acredito que o  grande complicador, o que piora a performance de fato, mais do que as guerras sofridas, é a exposição ao treinamento de MMA. Nem o Cordeiro nem o Antony devem se submeter aos treinos específicos, na mesma regularidade e intensidade, que os lutadores . A exigência cada vez maior de prejudica demais a velocidade.   Isso ao longo dos anos vai enferrujando o cara mesmo. Lembro do GSP ficando cada vez mais robótico e lento a medida q foi ficando forte.  Cigano é outro q ficou muito forte e tbm muito lento. Acho que com o Shogun, além das lesões, rolou o mesmo. O Anderson tbm está extremamente lento- mas tbm ta bem mais forte em relação a antes.

Um boxeador n é muito mais rápido que um lutador de MMA pq só treina boxe. Os tipos de força que as modalidades demandam e a vivência em treinos específicos é que justifica essa distância. Certeza que se colocar um lutador da mata do boxe pra treinar mma por 6 anos, voltando pra o boxe, a velocidade será piorada. 

Acontece que alguns caras conseguem preservar a velocidade enquanto ficam mais fortes, conseguem driblar a tendência da lentidão. Exemplo: Masvidal- ficou mais forte mas a velocidade ainda está em linha com a divisão. Tbm acho que o Aldo eu n tenha sofrido tanto nesse sentido. Ferguson preservou a velocidade. Cerrone, mesmo tomando esses atrasos, n acha que exista muita diferença entre os níveis de performance do passado e os de agora. Fisicamente ele parece estar bem. O Edgar tbm aparenta estar bem no quesito. Até mesmo o Cub- mesmo só perdendo, n consigo notar grandes prejuízos na performance.

Com o Marreta rolou o completo oposto: ficou mais forte e muito mais violento e arisco. 

 

 

Edited by Luiz Melo

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 minutos atrás, Bunito disse:

Blz!

Sua argumentação é interessante no tocante à ação do tempo e batalhas que justifiquem o declínio, incluindo o talento e (diria eu) a motivação também. Mas colocar o Romero no mesmo nível técnico que o Shogum (que foi um dos mais talentosos lutadores no seu auge) complicou o assunto rsrs. Abraço!

Rapaz...  minha opinião é polêmica, e sei que destoa do consenso daqui. Eu já expliquei minha visão sobre talento, que existem tipos de talento e que eu atribuo maior valor a um tipo. Mas, pra mim, julgando o todo da carreira e n os momentos pontuais, o Shogun é bem menos espetacular do que aparenta. Inclusive, diante de tantos tropeços- que são mais numerosos que os feitos grandes - n seria nenhum absurdo afirmar que ele foi um atleta de lampejos. Um grande lutador, mas um pouco menor do que pintam- seja na carreira, seja no talento em si. 

É maior que o Cormier pq o que vale são os feitos concretos. Mas continuo achando o Romero um lutador de mma melhor e menos vulnerável ma abordagem. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, Luiz Melo disse:

Rapaz...  minha opinião é polêmica, e sei que destoa do consenso daqui. Eu já expliquei minha visão sobre talento, que existem tipos de talento e que eu atribuo maior valor a um tipo. Mas, pra mim, julgando o todo da carreira e n os momentos pontuais, o Shogun é bem menos espetacular do que aparenta. Inclusive, diante de tantos tropeços- que são mais numerosos que os feitos grandes - n seria nenhum absurdo afirmar que ele foi um atleta de lampejos. Um grande lutador, mas um pouco menor do que pintam- seja na carreira, seja no talento em si. 

É maior que o Cormier pq o que vale são os feitos concretos. Mas continuo achando o Romero um lutador de mma melhor e menos vulnerável ma abordagem. 

Shogun conquistar o Pride GP de 2005 foi lampejo de sorte, conquistar cinturão do UFC também foi muita sorte...? 

Você gostando ou não amigo, Shogun é sem dúvida maior que Romero e na minha opinião maior que o DC. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, Milden79 disse:

Shogun conquistar o Pride GP de 2005 foi lampejo de sorte, conquistar cinturão do UFC também foi muita sorte...? 

Você gostando ou não amigo, Shogun é sem dúvida maior que Romero e na minha opinião maior que o DC. 

Lampejo n é sorte. Lampejo é mérito, mas algo n  contínuo. Feitos n sustentáveis a longo prazo. Entendo o Shogun como um cara de lampejos. Diferente do Anderson, Aldo, Max, Jones, DC, GSP, DJ etc...

E o que fortalece mais ainda a tese de lampejo, n é  nem a visão dos resultados- falar em lampejo apenas pq perdeu. N é isso. Estou me referindo a inconstância das performances mesmo. Péssima luta com o Grifin. Luta boa com o Lidell, luta horrível com o Colleman - duas excelentes contra o Lyoto. E essa dinâmica se manteve até certo ponto. Depois, foi só descendente.

Share this post


Link to post
Share on other sites
29 minutos atrás, Luiz Melo disse:

Lampejo n é sorte. Lampejo é mérito, mas algo n  contínuo. Feitos n sustentáveis a longo prazo. Entendo o Shogun como um cara de lampejos. Diferente do Anderson, Aldo, Max, Jones, DC, GSP, DJ etc...

E o que fortalece mais ainda a tese de lampejo, n é  nem a visão dos resultados- falar em lampejo apenas pq perdeu. N é isso. Estou me referindo a inconstância das performances mesmo. Péssima luta com o Grifin. Luta boa com o Lidell, luta horrível com o Colleman - duas excelentes contra o Lyoto. E essa dinâmica se manteve até certo ponto. Depois, foi só descendente.

Mas Shogun foi melhor nas 17 primeiras lutas da carreira do que o Romero em suas 17 lutas de MMA.

 

Colocar Romero como mais lutador do que Shogun chega a arder os olhos, Romero luta com mais cautela, mas é muito menos lutador, muito menos completo, sem falar em conquistas.

Share this post


Link to post
Share on other sites
31 minutos atrás, Andrey disse:

Mas Shogun foi melhor nas 17 primeiras lutas da carreira do que o Romero em suas 17 lutas de MMA.

 

Colocar Romero como mais lutador do que Shogun chega a arder os olhos, Romero luta com mais cautela, mas é muito menos lutador, muito menos completo, sem falar em conquistas.

E o Anderson foi pior, e aí ? Romero n é maior. Mas parece ser mais constante e é menos vulnerável na abordagem.  Quarta luta ele ja tava pegando o Feijão. Shogun acaba sendo maior pq foi campeão, mas o Romero n teve vida fácil tbm nas primeiras 17: teve Whitaker voando, Borracha voando, Lyoto, Weidman Jacaré, Kennedy . Acho que é equiparável às pedreiras que o Shogun pegou. Os 4 primeiros japas do Shogun n sei se da pra equiparar ao Rony ao Brunson e ao Brad Tavares. 

Mas acho o Romero mais cerebral, mais frio, menos porra louca, apanha menos, mais malandro( no sentido positivo)  mais imprevisível- tem mais truques na manga. Além de ser excelente nas quedas( apesar de n usar muito) Curto mais o estilo do Romero. Acho um lutador melhor e menos óbvio. Obs:  Melhor e n maior. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Luiz Melo disse:

Lampejo n é sorte. Lampejo é mérito, mas algo n  contínuo. Feitos n sustentáveis a longo prazo. Entendo o Shogun como um cara de lampejos. Diferente do Anderson, Aldo, Max, Jones, DC, GSP, DJ etc...

E o que fortalece mais ainda a tese de lampejo, n é  nem a visão dos resultados- falar em lampejo apenas pq perdeu. N é isso. Estou me referindo a inconstância das performances mesmo. Péssima luta com o Grifin. Luta boa com o Lidell, luta horrível com o Colleman - duas excelentes contra o Lyoto. E essa dinâmica se manteve até certo ponto. Depois, foi só descendente.

Grande parte desses lutadores que você citou foram melhores que o Romero. Bisping foi melhor que o Romero. 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, Andrey disse:

Romero tem 17 lutas na carreira de MMA, apesar da idade avançada.

 

DC somente 24.

Sim mas vc precisa considerar que esses dois lutam desde de crianca...devem tem mais de 100 lutas se contabilizar wrestling..em nivel olimpico...nao e brinquedo..os caras Sao fora da curva como disse nosso amigo forista

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, Luiz Melo disse:

Mas tem o outro lado. O jogo de ambos têm menos furos em relação ao Shogun e ao Cigano.  N é apenas ação do tempo e as guerras que justificam o declínio. Claro que explicam em algum nível, mas a limitação de talento que cada um tem tbm é uma variável importante. Cormier se expõe menos em pé, apanha menos, é mais versátil etc. Bem como o Romero. Ambos são mais lutadores que o Shogun e que o Cigano. 

É um assunto complicado. Cheio de variáveis.

Exato quanto mais de Alto nivel o lutador menos apanha e fato...Cigano so contra o Cain envelheceu uns 10 anos..kkkk

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, Luiz Melo disse:

E o Anderson foi pior, e aí ? Romero n é maior. Mas parece ser mais constante e é menos vulnerável na abordagem.  Quarta luta ele ja tava pegando o Feijão. Shogun acaba sendo maior pq foi campeão, mas o Romero n teve vida fácil tbm nas primeiras 17: teve Whitaker voando, Borracha voando, Lyoto, Weidman Jacaré, Kennedy . Acho que é equiparável às pedreiras que o Shogun pegou. Os 4 primeiros japas do Shogun n sei se da pra equiparar ao Rony ao Brunson e ao Brad Tavares. 

Mas acho o Romero mais cerebral, mais frio, menos porra louca, apanha menos, mais malandro( no sentido positivo)  mais imprevisível- tem mais truques na manga. Além de ser excelente nas quedas( apesar de n usar muito) Curto mais o estilo do Romero. Acho um lutador melhor e menos óbvio. Obs:  Melhor e n maior. 

Luiz o principal do Romero é explosão + quebra de ritmo. Ele se move naquela pegada mais lenta quando vc pensa que pegou o ritmo dele ele explode e vc nem ver 

De certa forma os Diaz usam uma estratégia parecida parecem lentos mas as mãos são mto rápidas

Mas apesar da melhora na trocação não acho Romero tão cerebral assim é ele inclusive tomou atraso em pé em mtas lutas de adversários inferiores qnd podia ter vencido mais facilmente se usasse seu excelente wrestling

Veja as primeiras lutas dele no UFC 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now