Sign in to follow this  
SgtBlackStar

Cerrone questiona especulações sobre salários do UFC 246: “Alguém é um mentiroso”

Recommended Posts

Cerrone questiona especulações sobre salários do UFC 246: “Alguém é um mentiroso”

b78a7ee0d5cbc0300d13c35500eb55b6.jpg

Conor McGregor projeta receber 80 milhões de dólares no UFC 246 – Diego Ribas

Enfrentar Conor McGregor normalmente significa, além de se testar contra um dos principais nomes do plantel do UFC, um retorno financeiro maior do que o lutador está acostumado. Um fenômeno na venda de pay-per-view, o irlandês é o lutador mais bem pago pela organização em suas lutas, e arrasta consigo seu oponente, que vê um aumento em seu salário quando escalado para duelar com ele. No entanto, segundo Donald Cerrone – que encara o ex-campeão peso-pena (66 kg) e peso-leve (70 kg) do Ultimate no próximo sábado (18), em Las Vegas (EUA) -, os números especulados pela imprensa não condizem com a realidade.

Em conversa com a imprensa em evento pré-UFC 246, ‘Cowboy’, como é conhecido, brincou com as altas cifras presentes nos rumores sobre sua remuneração para a luta contra McGregor. Algumas especulações levantadas justamente por seu próprio rival, que projetou seus rendimentos para esta peleja em torno dos 80 milhões de dólares (cerca de R$ 332 milhões).

“Em algum lugar nesse negócio, alguém é um mentiroso, porque o dinheiro que vocês me mostram que eu estou ganhando (por essa luta) não corresponde ao dinheiro que eu vou receber. Preciso encontrar essa pessoa e dizer: ‘De onde você tirou esses números? Eu os quero”, declarou Cerrone, antes de comentar sobre a quantia especulada como salário de Conor.

“Hey, bom para você. Se você quiser dar um pouco disso para o ‘Cowboy’, uma porcentagem ia ser bem legal. Como eu disse, se esse é o número real? P***, muito bom cara! Isso significa que eu fiz algo direito, que ele fez algo certo, e que estamos vendendo uma ótima luta. Muito bem, cara. Bom para você. Jogue um pouco dessa grana para o Cowboy”, brincou o americano, de acordo com o site ‘MMA Junkie’.

Donald Cerrone e Conor McGregor se enfrentam na luta principal do UFC 246 neste sábado, em Las Vegas (EUA). ‘Cowboy’ vem de duas derrotas seguidas no Ultimate, para Tony Ferguson e Justin Gaethje, respectivamente. Já o irlandês não sobe ao octógono desde outubro de 2018, quando foi finalizado por Khabib Nurmagomedov, em disputa pelo cinturão dos leves.

https://agfight.com.br/cerrone-questiona-especulacoes-sobre-salarios-do-ufc-246-alguem-e-um-mentiroso/

Share this post


Link to post
Share on other sites

Conor chutou pra cima o valor, mas pelo que eu lembre ele não disse que o valor que lucrará vem somente de bolsa + PPV.

 

Entra dinheiro de tudo o que é lado pra ele, incluindo dinheiro de patrocinadores, dinheiro ilegal, etc.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Henry Chinasky disse:

Boa! Já tinha postado matéria traduzida nesse tópico...

Tem esse aqui tb:


Conor McGregor pode não estar recebendo US $ 80 milhões, mas uma receita gigante está em jogo na luta de sábado

 

A luta de Conor McGregor contra Donald Cerrone coloca um lutador sem vitória no UFC em três anos contra um oponente que foi parado em suas duas últimas lutas. Para o público, isso dificilmente parece importar. Se passado é prólogo, o evento de sábado pode ser o evento de maior sucesso do UFC na era ESPN. McGregor é a maior estrela de bilheteria da história do UFC, com quatro dos maiores eventos de empate: sua vitória mais recente, que aconteceu em 2016 no UFC 205 contra Eddie Alvarez; duas lutas em 2016 contra Nate Diaz e um monstruoso pay per view de 2,4 milhões  com Khabib Nurmagomedov. McGregor era a maior estrela do UFC antes da luta. Ele não era apenas a atração principal das bilheterias, mas o primeiro lutador a conquistar dois títulos mundiais (peso pena e peso leve) simultaneamente. Então, ele se tornou ainda maior como uma personalidade esportiva após sua luta de boxe contra Floyd Mayweather. Na realidade, a peleja de agosto de 2017 colocou um boxeador profissional 0-0 contra um dos maiores boxeadores de todos os tempos. Era uma incompatibilidade óbvia. Mas o trabalho fácil de Mayweather ainda assim atraiu 4,3 milhões de pacotes de pay-per-view na América do Norte, não apenas o segundo maior número de todos os tempos, mas um número que dobrou o maior número que Mike Tyson já havia colocado no quadro. McGregor voltou ao octógono contra Nurmagomedov e foi a maior faturamento da história do UFC. Mas o negócio das grandes lutas do UFC mudou significativamente desde então. A mudança do pay-per-view da televisão para o streaming através da ESPN + provavelmente levou a grandes quedas no número total de compradores e espectadores. Embora a receita de pay-per-view do UFC para esse ano esteja amplamente garantida no mercado dos EUA, o retorno de McGregor sinaliza um aumento nos negócios. O UFC 246 é o primeiro pay-per-view nos tempos modernos, com a forte exibição nos mercados do Reino Unido e da Irlanda.

Embora os números sejam mantidos em sigilo, o proximo Sábado poderá marcar o maior de tofos os eventos, já que a ESPN comprou em grande parte o negócio de pay-per-view do UFC. Mas ainda é improvável que gere a receita total das lutas anteriores da McGregor, dada a aversão dos fãs mais velhos a comprar streaming pay-per-views depois de se adaptarem à facilidade e ao conforto de pedidos feitos apenas apertando um botão na televisão. Usando seu melhor marketing no estilo Chael Sonnen, McGregor ainda ganhou manchetes quando disse que esperava ganhar US $ 80 milhões pela luta. Mas essa alegação pode ser facilmente descartada quando vista contra as informações reveladas no processo antitruste do UFC em andamento. Segundo documentos internos, nenhum lutador do UFC jamais faturou mais de US $ 8 milhões por uma luta até o final de 2017, que inclui as lutas de McGregor contra Diaz e a luta de Alvarez. Não está incluída a luta de Nurmagomedov, que, dado o recorde estabelecido para os números de pay-per-view do UFC, deveria ter sido o maior pagamento de todos os tempos da promoção para seus headliners. Mas, diferentemente de um talento de geração como Jon Jones, o melhor lutador comprovado da história da empresa, ninguém faz o público em geral prestar atenção como McGregor. Não importa sua situação legal, ou mesmo perguntas sobre onde ele está agora como lutador. Não importa que nas duas últimas lutas ele tenha falado muito e perdido decisivamente. A luta de Mayweather, em particular, levou McGregor de ser um lutador bem conhecido para estar entre os atletas mais conhecidos do mundo, um nível que nenhum outro lutador do UFC na história jamais alcançou. Portanto, não importa que o adversário de McGregor, Cerrone, apesar de ser um dos lutadores mais populares e historicamente emocionantes da empresa, não seja um competidor de primeira linha e não derrote um adversário com nível de campeão desde a vitória em 2015 sobre Benson Henderson. A luta é inteligente para o UFC, mesmo que nem McGregor nem Cerrone tenham falado muito em comparação com as lutas anteriores. Cerrone, 36 anos, nunca venceu um cinturão do UFC e apenas uma vez alcançou o status de principal candidato. Mas seu estilo emocionante e vontade de lutar muitas vezes o levaram ao topo dos recordes do UFC. Ele tem mais vitórias (23), mais knockouts(20), mais finalizações(16) e mais bônus no geral (18). E esses números nem incluem suas seis vitórias, cinco bônus e três disputas de cinturão durante sua passagem como o peso leve mais popular do WEC quando esse já estava sob a chancela da Zuffa.

Cerrone parecia  sentir a idade  pela primeira ao perder  para Justin Gaethje. Mas para o UFC, o valor do nome é grande e, mais importante, Cerrone é o maior nome para que McGregor possa ter a melhor chance. Em teoria, o sábado é apenas o começo da jornada para McGregor. A estrela irlandesa quer dinheiro e grandes nomes, por isso vive pedindo  por lutas de boxe com Mayweather ou Manny Pacquiao. Isso faria sentido para os boxeadores. McGregor gera hype, e ele é mais conhecido do que qualquer boxeador legítimo que ambos possam enfrentar. Como recompensa de risco, também não haveria adversário melhor. Além disso, com o boxe ainda na televisão pay-per-view, o potencial de empate de McGregor não é prejudicado pelo modelo de streaming exclusivo do UFC. É apenas do ponto de vista esportivo que os confrontos apresentam pontos de interrogação, pois não são lutas sérias e o público pode não comprar McGregor como boxeador se ele voltar ao ringue. Para o MMA, o destino perfeito é a revanche com Nurmagomedov pelo título dos leves. Mas Nurmagomedov também tem o adversário mais difícil de sua carreira, Tony Ferguson, em sua próxima defesa do título em 18 de abril no Barclays Center no Brooklyn. McGregor foi finalizado por Nurmagomedov em seu primeiro encontro, mas há uma chance para ele nessa luta. Ele pode alegar que estava ferido ao entrar e ainda tem uma vantagem marcante. Uma luta de Ferguson é completamente diferente. Ferguson tem um estilo ofensivo selvagem que convida "counters" .a serem mais disciplinados. Ninguém foi capaz de implementar essa estratégia, é claro, e é por isso que se passaram sete anos desde que o ex-campeão interino experimentou a derrota. O cardio de Ferguson também é absurdo. Se McGregor não puder tirar proveito de um erro precoce, pode ser uma noite ruim, do tipo que prejudica ainda mais sua aura ao público. McGregor não seria favorecido contra Mayweather, Pacquiao, Nurmagomedov, Ferguson e os pesos-médios Jorge Masvidal ou Kamaru Usman também são embates difíceis. Mas a história mostra que ele poderá convencer as pessoas a gastar dinheiro com qualquer uma delas. Embora o número da bolsa de US $ 80 milhões que ele alegou possa ser uma fabricação completa, seria imprudente   dizer que esse número está absolutamente em risco quando se trata de uma receita futura.

https://www.mmafighting.com/2020/1/14/21065792/conor-mcgregor-may-not-be-getting-80-million-but-giant-revenue-is-at-stake-in-saturdays-fight

 

Abraço, Sargento!

Eu vi sim Henry. Só postei essa matéria, por frisar a frase do Cerrone, sobre mentiroso.

Abração

Share this post


Link to post
Share on other sites

Será que ele  não quis dizer 8 e o pessoal entendeu 80 por causa de sotaque não ???

Eu vi a entrevista que ele falou a cifra...Mas se fosse isso mesmo, a luta do Floyd não teria sentido algum.

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, Andrey disse:

Conor chutou pra cima o valor, mas pelo que eu lembre ele não disse que o valor que lucrará vem somente de bolsa + PPV.

 

Entra dinheiro de tudo o que é lado pra ele, incluindo dinheiro de patrocinadores, dinheiro ilegal, etc.

Estão inflados, mas é verdade que vem grana de outras fontes. Patrocínio, não. O UFC não deixa mais.

Share this post


Link to post
Share on other sites
36 minutos atrás, junior-sjc disse:

Estão inflados, mas é verdade que vem grana de outras fontes. Patrocínio, não. O UFC não deixa mais.

Deixa sim, só não pode aparecer com outra marca além da Reebok e do UFC uma semana antes da luta. Um cara como Conor mesmo com essa restrição, tem vários patrocinadores.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Andrey disse:

Deixa sim, só não pode aparecer com outra marca além da Reebok e do UFC uma semana antes da luta. Um cara como Conor mesmo com essa restrição, tem vários patrocinadores.

Não se vê o Connor com outras marcas esportivas. Não é patrocínio em si.

Ele deve ser, sim, garoto propaganda de outras marcas, mas isso é diferente se ser patrocinado.

Essas marcas, tipo relógio, roupa, suplementos, etc., devem pagar bônus por performance, vitória e outros tipos de gratificações "eventuais", com fins comerciais. Por isso ele diz poder receber 80 milhões de dólares. Esse tipo de ação é chamado de promocional. 

O que rebook faz no UFC é outro tipo de apoio. Esse sim é um patrocínio institucional. A rebook faz parte da instituiçao. Há uma associação entre rebook e UFC e, consequentemente, todos os funcionários desta empresa usam esta marca.

Uma analogia é o time do Real Madrid, que é patrocinado pela fly Emirates. A fly Emirates paga uma bolada para o Real para que o clube exiba a marca, e esta, por sua vez, ganhe alcance, expanda sua imagem.

No entanto, o Benzema, que é jogador do Real Madrid, tem um acordo comercial com a Nike, para que ele use uma chuteira específica da marca, com fins comerciais de vender aquele produto.

É sensível a diferença, mas existe. E sem dúvida alguma, pode colocar aí que uns 90% da grana, de um desportista de ponta, deve vir sucesso segunda fonte de renda.

Abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites
24 minutos atrás, junior-sjc disse:

Não se vê o Connor com outras marcas esportivas. Não é patrocínio em si.

Ele deve ser, sim, garoto propaganda de outras marcas, mas isso é diferente se ser patrocinado.

Essas marcas, tipo relógio, roupa, suplementos, etc., devem pagar bônus por performance, vitória e outros tipos de gratificações "eventuais", com fins comerciais. Por isso ele diz poder receber 80 milhões de dólares. Esse tipo de ação é chamado de promocional. 

O que rebook faz no UFC é outro tipo de apoio. Esse sim é um patrocínio institucional. A rebook faz parte da instituiçao. Há uma associação entre rebook e UFC e, consequentemente, todos os funcionários desta empresa usam esta marca.

Uma analogia é o time do Real Madrid, que é patrocinado pela fly Emirates. A fly Emirates paga uma bolada para o Real para que o clube exiba a marca, e esta, por sua vez, ganhe alcance, expanda sua imagem.

No entanto, o Benzema, que é jogador do Real Madrid, tem um acordo comercial com a Nike, para que ele use uma chuteira específica da marca, com fins comerciais de vender aquele produto.

É sensível a diferença, mas existe. E sem dúvida alguma, pode colocar aí que uns 90% da grana, de um desportista de ponta, deve vir sucesso segunda fonte de renda.

Abraço

Estamos falando da grana do Conor, pode ter certeza que ele tem patrocinadores eventuais e fixos.

 

Abs.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this