Sign in to follow this  
André Filho

Dominick Cruz provoca Henry Cejudo: "Se quer ser o melhor da história tem que passar por mim"

Recommended Posts

Afastado do octógono desde 2016, quando perdeu o cinturão para Cody Garbrandt, americano garante que está pronto para retornar e mostrar quem realmente manda na divisão até 57kg

Por Combate.com — San Diego, EUA

11/01/2020 11h17  Atualizado há 30 minutos

 

Houve uma época no MMA mundial em que Dominck Cruz reinava absoluto no peso-galo. Mas o tempo passou, uma série de lesões foram marcantes em sua carreira, e Henry Cejudo é o novo bicho-papão das divisões mais leves do UFC, já que detém o cinturão na categoria até 61kg e abdicou recentemente do título dos 57kg. No entanto, Dominick Cruz acredita que Henry Cejudo só pode ser considerado o melhor de todos os tempos se aceitar colocar o cinturão em jogo contra o ex-campeão.

image.jpeg.ae9ba2a954d2e8bb371a1c40ee43e2cd.jpeg
Dominick Cruz desafia o campeão peso-galo, Henry Cejudo, a enfrentá-lo pelo cinturão — Foto: Evelyn Rodrigues

Dominick Cruz desafia o campeão peso-galo, Henry Cejudo, a enfrentá-lo pelo cinturão — Foto: Evelyn Rodrigues

Estou em uma situação semelhante à de Nate Diaz (devido ao longo tempo de inatividade). Henry Cejudo me provoca, então por que eu iria querer lutar com mais alguém? Ele é o dono do cinturão, é campeão olímpico e pensa ser o melhor nos 52kg e 57kg. É o cara a ser batido e acredita ser o melhor de todos os tempos. Mas, para isso, ele precisa me vencer. Simples assim - disse Dominick Cruz no programa "Food Truck Diaries", antes de completar.

- Estou finalmente saudável, então vamos fazer isso. Nós dois operamos o ombro, somos do Arizona e fomos da mesma equipe nacional de wrestling, ou seja, eu conheço o estilo dele. Sei tudo do passado dele e como ele cresceu.

Campeão peso-galo duas vezes no UFC, Dominick Cruz não entra no octógono desde dezembro de 2016, quando perdeu o cinturão para Cody Garbrandt por decisão unânime. Mais de três anos depois e sempre lutando contra as lesões, o americano acredita que 2020 será finalmente o ano de seu retorno.

 
image.jpeg.15cad06627da36de639a605f847134e4.jpeg
Henry Cejudo foi o campeão dos pesos-moscas do UFC, e [e o atual detentor do cinturão dos pesos-galos — Foto: Gabriela Fernandes

Henry Cejudo foi o campeão dos pesos-moscas do UFC, e [e o atual detentor do cinturão dos pesos-galos — Foto: Gabriela Fernandes

 

Para o ex-campeão dos galos, Henry Cejudo tem provocado o brasileiro José Aldo porque não quer sair da sua zona de conforto. No entanto, Dominick Cruz deixa claro que o novo rival não vai poder evitar um confronto por muito tempo.

- Estou voltando em seis meses. Estou saudável e vou lutar esse ano o máximo possível. Aprendi muito e estou focado no meu retorno, sem me preocupar com as coisas que não posso controlar. Lutar comigo faz de você o melhor da divisão, caso você me derrote. Por isso que Cejudo está querendo lutar com o Aldo, que perdeu para o Marlon Moraes, que ele já venceu. Ou seja, isso deixa ele na zona de conforto. Eu perdi há três anos, mas estava muito bem antes. Meu estilo de luta não é convencional, e isso torna uma luta comigo muito mais difícil para Cejudo.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/combate/noticia/dominick-cruz-provoca-henry-cejudo-se-quer-ser-o-melhor-da-historia-precisa-passar-por-mim.ghtml

 
Edited by André Filho

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu também acho que o jogo do Dominick Cruz possa complicar a vida do Henry Cejudo.

Mas... Porra, o cara não luta há mais de três anos, e além do mais, foi derrotado nesse mesmo combate!!! Voltar direto pela cinta seria surreal, temos Petr Yan, Aljamain Sterling, Marlon Moraes e até mesmo o José Aldo na frente, mas como estamos falando de UFC, não duvido de nada.

Edited by Raphael Rezende

Share this post


Link to post
Share on other sites
42 minutos atrás, Último Imperador disse:

Deveria pedir o Cody pra se limpar daquela humilhação que sofreu. 

Como o mundo é doido, né? O Cody naquela luta parecia um ser divino, iluminado... Eu tava crente q ele iria defender mtos cinturões depois daquela atuação magnifica. Quem diria q um tempo depois iria perder a alma e ficar irreconhecível. Esse esporte é esplendido por essa e outras, é uma bela analogia a vida.

Como diria o Cascão do trilha sonora do gueto:  "Hoje tudo Hoppi Hari depois bom dia Vietnã!"

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Castor troy disse:

Como o mundo é doido, né? O Cody naquela luta parecia um ser divino, iluminado... Eu tava crente q ele iria defender mtos cinturões depois daquela atuação magnifica. Quem diria q um tempo depois iria perder a alma e ficar irreconhecível. Esse esporte é esplendido por essa e outras, é uma bela analogia a vida.

Como diria o Cascão do trilha sonora do gueto:  "Hoje tudo Hoppi Hari depois bom dia Vietnã!"

Concordo.

Duas atuações que me fizeram pensar em atletas invencíveis:

Cody contra Dominick

Lyoto contra Rashad

 

Vai entender...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Lembro da inatividade enorme do Cruz entre a luta dele contra o Johnson em 2011 e a luta dele da volta contra o mizugaki.... parecia décadas mas foram 3 anos quase....... agora ele já tá mais tempo ainda..... são 4 anos quase.... o alto nível desse gênio do mma... top 10 de todos os tempos infelizmente já foram..... era lindo ver esse cara no 8

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, Castor troy disse:

Como o mundo é doido, né? O Cody naquela luta parecia um ser divino, iluminado... Eu tava crente q ele iria defender mtos cinturões depois daquela atuação magnifica. Quem diria q um tempo depois iria perder a alma e ficar irreconhecível. Esse esporte é esplendido por essa e outras, é uma bela analogia a vida.

Como diria o Cascão do trilha sonora do gueto:  "Hoje tudo Hoppi Hari depois bom dia Vietnã!"

Pois é cara esse esporte é muito traiçoeiro 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Afastado do octógono desde 2016, quando perdeu o cinturão para Cody Garbrandt, americano garante que está pronto para retornar e mostrar quem realmente manda na divisão até 57kg

Por Combate.com — San Diego, EUA

11/01/2020 11h17  Atualizado há 30 minutos

 

a materia falaem 57kg, mas Cruz foi campeão da divisão de cima.

 

Eu aposto no Cruz

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 1/11/2020 at 4:39 PM, Último Imperador disse:

Concordo.

Duas atuações que me fizeram pensar em atletas invencíveis:

Cody contra Dominick

Lyoto contra Rashad

 

Vai entender...

achei a derrota do Max parecida com a do Cruz vs Cody.. não se encontrou hora nenhuma

Share this post


Link to post
Share on other sites
19 horas atrás, Andrey disse:

Primeiro lute, Cruz.

 

Ganhou 5 lutas em uma década e vem de uma derrota humilhante.

vc tem duvida que ele te nome pra voltar direto pra cinta?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this