Sign in to follow this  
Guest

Floyd no UFC? Nova classe de peso? Superluta e trilogia? 10 previsões para 2020

Recommended Posts

Guest
Floyd no UFC? Nova classe de peso? Superluta e trilogia? 10 previsões ousadas para 2020

Previsões, como resoluções, são uma parte essencial no inicio de cada novo ano. Também como as resoluções, a maioria das previsões está fadada ao fracasso. Então, por que não dar bater nelas tão forte quanto um cruzado certeiro de Justin Gaethje?

Com uma grande lista de pay-per-view do UFC já configurada para começar o primeiro trimestre, 2020 está se transformando em um grande ano para o MMA. O que mais os próximos 12 meses reservam? Aqui estão algumas previsões ousadas para o primeiro ano da nova década.

1. Floyd Mayweather lutará no UFC - mais ou menos...

Vamos resolver isso rapidamente: Mayweather nunca lutará no octógono sob regras de artes marciais mistas contra um lutador do UFC. Por que ele iria? Mayweather ainda é o lado A contra qualquer atleta de esportes de combate do mundo, então ele tem toda a força e pode definir todas as regras. Aos 42 anos, por que ele arriscaria sua saúde em uma verdadeira luta de MMA? Seria absurdo. Mas isso não significa que ele não esteja envolvido com o UFC de uma maneira ou de outra. Em novembro, Mayweather chegou a algum tipo de acordo de aperto de mão com o presidente do UFC, Dana White, quando se conheceram em um jogo da NBA. Nenhum dos dois entrou em detalhes, embora White tenha dito que o plano é que Mayweather concorra, não apenas seja um parceiro. O plano para algo não ortodoxo já está definido, a partir de quando Mayweather lutou contra o jovem fenômeno de kickboxing Tenshin Nasukawa em uma peleja de boxe de três rounds em um evento Rizin em 2018. A previsão é de que algo semelhante acontecerá com Mayweather e o UFC em 2020.

2. Conor Mcgregor competirá por um terceiro cinturão. 

OK, talvez essa previsão não seja tão ousada. White já afirmou que McGregor estará em uma revanche contra o campeão dos leves Khabib Nurmagomedov se vencer Donald Cerrone no UFC 246, em 18 de janeiro, em Las Vegas. A previsão é que a disputa pelo título de 155 libras não aconteça. O UFC e McGregor farão o possível, mas Nurmagomedov simplesmente não parece estar interessado - ele não acha que McGregor é merecedor. Se McGregor não luta pelo cinturão dos leves do UFC, há outra pessoa que já disse que está interessado em uma briga com McGregor: Jorge Masvidal. É isso mesmo, Masvidal x McGregor, com o título da BMF em jogo, encabeçará um card do UFC em 2020. Você o ouviu aqui primeiro.

3. Nenhum dos  irmãos Diaz lutará em 2020, mas o GSP lutará 

Apesar de alguns levarem  sua carreira de maneira esporádica no MMA e apesar disso incomodar os fãs, Nate Diaz tem sido um empresário experiente nos últimos três anos. Depois de ficar de fora do octógono após sua extremamente lucrativa série de duas lutas com McGregor em 2016, ele finalmente voltou ao esporte em agosto - mas apenas quando pensou que o tempo e o adversário eram adequados para ele. Essa situação não se apresentará em 2020, com McGregor, Masvidal e outros ocupados em outros lugares e o UFC não querendo atender às demandas de Diaz. O retorno potencial de Nick Diaz após uma dispensa de cinco anos também acontecerá. No entanto, a previsão é que Georges St-Pierre sairá da aposentadoria. Não há dúvida de que a lenda canadense ainda esta sedento; ele não luta desde novembro de 2017, mas continua treinando regularmente no ginásio Tristar, em Montreal. Ele quer um oponente - Nurmagomedov - e o sentimento é mútuo. O GSP retornará para lutar contra Nurmagomedov na atração principal do card anual do Madison Square Garden do UFC em novembro. Será em peso um combinado de 165 libras.

4. Jon Jones e Israel Adesanya transformarão um feudo da mídia social em uma superluta

Há muita fumaça entre esses dois para não haver fogo. Obviamente, cada um tem trabalho a fazer em sua própria divisão antes que essa luta possa acontecer. Adesanya provavelmente terá que vencer Yoel Romero para manter o cinturão dos médios. Jones precisa derrotar Dominick Reyes no evento principal do UFC 247, em 8 de fevereiro, em Houston, para manter o título dos meio-pesados. Quando tudo estiver resolvido, Jones e Adesanya se voltarão um para o outro. Será muito lucrativo se o UFC atacar enquanto o ferro está quente. Jones parecia entediado com a atual safra de concorrentes de 205 libras. Adesanya é o tipo de oponente que o deixará animado novamente. Basta olhar para as suas numerosas redes sociais. A coisa é real. É apenas uma questão de transformá-la em dólares.

5. Francis Ngannou terminará 2020 como campeão dos pesos pesados.

Ngannou não estava pronto em 2018 quando lutou com Stipe Miocic pelo cinturão. Ele vai te dizer isso dele mesmo. Ngannou era relativamente verde, apenas cinco anos em treinamento de MMA. Agora, dois anos mais velho e mais experiente, ele está pronto para conquistar seu lugar no topo do esporte. St-Pierre também não venceu sua primeira tentativa ao cinturão. Miocic defenderá seu título em uma trilogia contra Daniel Cormier em algum momento, presumivelmente no primeiro semestre de 2020. Será a luta final de Cormier. Em seguida, vem Ngannou, que terá a nova oportunidade ao cinturão se vencer Jairzinho Rozenstruik no evento principal do UFC Columbus em 28 de março. A chance virá este ano, e Ngannou,uma montanha de musculos de quase 2 metros, fará bem ao seu mundo tornando-se campeão e uma das maiores estrelas do UFC.

6. O UFC adicionará uma divisão de peso-atom feminino.

Os próximos 12 meses estão programados para o peso palha ser uma das divisões mais interessantes do UFC. Zhang Weili, a primeira campeã chinesa da promoção, defenderá seu título contra a ex-campeã Joanna Jedrzejczyk no UFC 248, no dia 7 de março, em Las Vegas. O vencedor terá vários candidatos disputando o cinturão, incluindo a ex-campeã Rose Namajunas e a invicta Tatiana Suarez. Com a crescente popularidade dessa divisão e o MMA feminino em geral, a previsão é que o UFC adicione outra categoria de peso: o das 105 libras. A primeira campeã será coroada no final do ano na conclusão de uma temporada renovada de "The Ultimate Fighter". Vários pesos de palha atuais, como Tecia Torres e Carla Esparza, perderão peso e farão parte do torneio.

7. Usman vs. Covington 2 será uma das maiores lutas do ano

Quando surge a perspectiva de revanche em 2020, os principais atores são Miocic vs. Cormier 3, McGregor vs. Diaz 3, McGregor vs. Nurmagomedov 2 e Diaz vs. Masvidal 2. Enquanto tudo isso seria ótimo e faria uma tonelada de dinheiro para todas as partes envolvidas, há outra por aí que as pessoas não estão falando: Kamaru Usman x Colby Covington 2. O peso médio está agitado e Usman terá muitos competidores aptos para enfrentar este ano. Mas não menospreze a capacidade de Covington se recuperar. Até o final do ano, Usman vs. Covington 2 se tornará uma possibilidade real e, quando acontecer, será um dos maiores eventos do ano. A primeira luta, que Usman venceu por nocaute técnico na quinta rodada, foi uma das melhores lutas de 2019. A revanche também não irá decepcionar.

8. Nunes x Shevchenko 3 será uma das melhores lutas no MMA feminino

Parece que Nunes, a maior lutadora feminina de MMA que já existiu, já limpou a divisão dos pesos galo. Quanto ao peso pena, não há muito nessa divisão, então a perspectiva de ela defender seu título lá parece relativamente inútil. O que sobrou? Que tal uma terceira luta entre Nunes e Valentina Shevchenko, a campeã de peso-mosca do UFC? Nunes venceu seus dois primeiros encontros, mas o mais recente em 2017 terminou em uma decisão dividida que realmente poderia ter ido para qualquer lado. Até Nunes reconheceu Shevchenko como sua rival mais difícil. Shevchenko ainda tem algum trabalho para fazer nas 125 libras, começando com Katlyn Chookagian no UFC 247 em 8 de fevereiro, mas ninguém nessa divisão parece tão impressionante quanto ela. A conclusão de uma trilogia Nunes x Shevchenko parece inevitável, e essa super luta entre campeãs acontecerá em 2020, e com grandes intrigas.

9. Kevin Lee será Jorge Masvidal deste ano 

Esta não é uma comparação exata, porque Lee já está saindo de um nocaute contra Gregor Gillespie no UFC 244 em novembro. Masvidal entrou em 2019 em uma sequência de derrotas em duas lutas, apenas para bater Darren Till, Ben Askren e Nate Diaz em sucessão e se tornar uma das maiores estrelas da lista do UFC. A última dessas lutas foi no UFC 244, no Madison Square Garden, em novembro. Lee sempre teve todas as ferramentas para ter sucesso - o atletismo, o poder de nocaute, a força e a capacidade de luta. Ele simplesmente não foi capaz de juntar tudo. Com 27 anos, ele o fará em 2020. E "The Motown Phenom" tem o carisma e o estilo para atrair a atenção das pessoas também. Lee já lutou com Tony Ferguson por um título interino leve, perdendo uma luta dura enquanto lutava com uma infecção por estafilococos. Ele subirá rapidamente no ranking dos leves este ano, enfrentando grandes lutas e se destacando entre os fãs casuais que talvez não conheçam sua história.

10. Outras promoções além do UFC farão ondas

A PFL já disparou a primeira salva, assinando com o meio-médio Rory MacDonald para sua temporada de 2020. Com a contínua ascenção de Kayla Harrison para o estrelato e mais aquisições esperadas, essa promoção pode ter um grande ano. Bellator está em um bom lugar, com Douglas Lima agora recebendo crédito por ser um dos melhores pesos meio-médios do mundo, depois de vencer MacDonald e ganhar o grande prêmio da promoção, recuperando o cinturão. E agora há um GP do peso pena em andamento. Se o triturador A.J. McKee e o bicampeão Patricio Freire se enfrentam na final, seria grande. O One Championship certamente não terminou de assinar com todis os agentes livres. Além disso, Eddie Alvarez e Sage Northcutt retornarão de lesões em 2020, e Demetrious Johnson lutará pelo cinturão dos pesos-moscas.

https://www.espn.com/mma/story/_/id/28416613/floyd-ufc-new-weight-class-trilogy-superfight-10-bold-predictions-2020

Share this post


Link to post
Share on other sites

Legal a matéria. 

Com relação ao Floyd, só por grana mesmo, só vai somar grana à conta de quem lutar contra ele, nada mais.

Conor disputar a cinta da 77kg acho que pode até rolar, mas será massacrado pelo Usman, caso mantenha a cinta.

Ngannou tem tudo para ser campeão.

Nurma x GSP seria uma ótima luta.

Adesanya x Jones tbm.

Amanda x Valentina quero ver tbm, tens o em vista que não somente eu, mas várias pessoas pelo mundo acham que a loira venceu uma das lutas.

Share this post


Link to post
Share on other sites
19 minutos atrás, Henry Chinasky disse:

Acredito muito que as previsões 2,3,5, 7 e 8 se confirmarão, e acho que a 9 tem boas chances de se materializar tb.

E, @Ominöser, eu sou um dos que viu vitoria da Valentina no segunda luta.

Também vi vitória da Valentina.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acredito que a 2 e 8 se concretize somente...

Acho que algum dos Diaz lute sim, mas GSP x Khabib não fará mais sentido qdo o russo perder o cinturão pro Tony;

Acho o JJ sobe pros pesados e Israel não subirá agora;

Se o Ngannou terminará o ano como campeão eu não sei, mas acredito que em algum momento ele será campeão sim;

Que o coloquem o Zé roela do covington com o Woodley ou o Edwards e perca novamente e caia no esquecimento;

Kevin Lee é porteiro de divisão;

Share this post


Link to post
Share on other sites

Jones e Nigeria tem que ser em 2020 pois depois do Reyes ta faltando desafios pro Jones!

Whisky e Rakic perderam, o Suíço que venceu o Rakic foi pressa facil pro Cormier e deverá ser pro Jones tb!

Adensaya tem que ganhar e provocar o Jones antes que ele suba pra lutar com o Miocic ou Cormier, principalmente se o Cormier ganhar pois Jones vai querer chutar o traseiro do gordinho pela 3 vez!

Adensaya tem o Romero, Borachinha e talvez Jones, todas lutas são bons desafios e rentáveis! Till e Cannonier se ganharem mais uma entram no bolo!

Usman tem duas lutas rentáveis, Masvidal e Covington!

Conor e Masvidal tem muita chance, luta pra cinturão BMF e bolso cheio de todos!

O Negonu tem que não travar na frente do Jairzinho e o Jones pode cortar a fila tb!

Lee pode pode ter melhorado mas ta longe do apelo e carisma do Masvidal, independente dos resultados tem que „suar“ pra conseguir TS.

Khabib se passar pelo Fergusson pode botar o p.. na mesa do Dana e exigir uma bolada pra lutar com Conor ou GSP e o Dana botar e dele pra fora e não concordar e pagar só a bolsa pra ele lutar com o Lee, Bronx ou Gaethe! Vai ser o „TOM“ da negociação!

Share this post


Link to post
Share on other sites

A nr 2 basta o Conor querer, Dana White já deixou isso bem claro.

 

Além dessa acredito que só a nr 10 também se confirme.

Share this post


Link to post
Share on other sites

que matéria bacana..

em relação ao Lee, eu sempre comentei que pelo jogo, seria um adversário duríssimo pro Khabib. mas se ele vai chegar la, eu já ão sei.. tem pelo menos 3 caras na sua frente: Fegurson, Gaethje, Connor..

uma menção: A apresentação perfeita do Rafael dos Anjos, que fez oq quis com  Lee

Sobre o Nggannou, pra mim não vence o Miotic nem o Comier.. mas com aqueles chumbos na mão, tudo pode acontecer

Rose x Amanda tem que acontecer.. e tem tudo pra ser uma guerra

Jones MATA o Adesanya (que pra mim não passa do Romero)!! E cima, derrubando, faz oq quiser.

Usman x Colby de novo não.  Pelo amor de deus

GSP era o cara pra vencer o Khabib, mas hoje é uma incógnita pela idade, em qual peso... Mas um cara com o nível do canadense de competitividade, de atleta...

 

e já comecei a rezar pra o Cerrone vencer o Connor e acabar com toda essa palhaçada do UFC em cima do irlanda

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this