Eder Jofre55

Joe Rogan perde a paciência com juízes do UFC e dispara: “Precisam demitir todo mundo”

Recommended Posts

Joe Rogan perde a paciência com juízes do UFC e dispara: “Precisam demitir todo mundo”

Ag Fight

Na maioria dos esportes que possuem seu resultado final atrelado ao julgamento subjetivo de um ou mais indivíduos, decisões polêmicas são tomadas e questionadas, e no MMA não é diferente. Lutadores, treinadores e fãs criticam os juízes há anos. E, aparentemente, Joe Rogan – comentarista oficial do UFC – também perdeu a paciência de vez com eles.

Após o UFC 245 – realizado no último sábado, em Las Vegas (EUA) –, que teve algumas decisões polêmicas, como na luta entre José Aldo e Marlon Moraes, e as pontuações discrepantes dos juízes depois dos quatro primeiros rounds da luta principal entre Kamaru Usman e Colby Covington, Rogan foi enfático em suas palavras. Em conversa com Max Holloway, ex-campeão peso-pena (66 kg) do Ultimate, em seu podcast, chamado ‘The Joe Rogan Experience’, o analista criticou duramente o sistema de escolha dos juízes e, ainda que não tenha uma solução perfeita para consertá-lo, deu algumas sugestões para tentar melhorar a situação e evitar resultados polêmicos.

“Os juízes deviam ao menos ter alguma experiência nas artes marciais, e eu sei que muitos deles nunca treinaram p*** nenhuma, eles só fizeram alguns cursos. É horrível e eles não sabem nada sobre isso. Eles precisam demitir todo mundo”, afirmou Joe Rogan, antes de completar.

“Sabe o que eles precisam fazer? Eles deveriam contratar ex-lutadores… É como passar na prova teórica, mas nunca ter dirigido um carro. É isso que se parece. ‘Aqui sua habilitação de motorista’. Mas você não sabe nem pisar na p*** do acelerador, não sabe com quanta pressão precisa pisar no freio. Quando você ve algumas dessas pessoas julgando, você sabe que eles nunca fizeram nada. (…) Existem tantos ex-lutadores que seriam ótimos árbitros ou juízes”, declarou o comentarista.

Como um esporte relativamente novo, o MMA trouxe alguns conceitos e regras do boxe, como a forma de pontuar os combates. Para o comentarista do UFC este é outro problema que deveria ser sanado o quanto antes. Além disso, Rogan sugeriu o aumento no número de juízes, a fim de diminuir o número de erros grosseiros e decisões equivocadas na modalidade.

“Eu acho que o sistema é uma m***. O sistema obrigatório de 10 pontos (para o vencedor do round). É um sistema do boxe, não é nosso. Nós não devíamos ter esse sistema. Deveríamos ter um sistema mais compreensivo que reconheça tudo”, sugeriu Rogan, antes de comentar sobre o número de juízes.

“Nós deveríamos ter mais de três juízes. Oito é um bom número. Nove seria um número melhor porque poderia ser o desempate se você tivesse quatro (dando) para um lado, e quatro para o outro. Sinto que três é ridículo. Por que só temos três? Você já sabe que os juízes são uma m***, então por que só ter três pessoas que são péssimos?”, concluiu o comentarista do UFC.

O UFC tem tido inúmeros casos de decisões dos juízes contestadas nos últimos tempos. O próprio Dana White, presidente da organização, já se queixou de alguns resultados polêmicos provenientes das papeletas dos jurados.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

tem fundamento.

metodo utilizado pelo pride era mto melhor. por sinal é o mesmo do ONE. pontuar a luta como um todo e nao por rounds estilo boxe.

o que faz falta tb é aquele primeiro round de 10 min. ali ja resolvia 90% dos problemas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas o Rogan é meio hipócrita também. Uma hora morde, na outra assopra, mas não deixa de ter razão nessa.

Aliás, a reformulação deveria começar pelos árbitros de luta também. O Herb Dean tem feito muita merda. Uma atrás da outra.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Pride Event disse:

tem fundamento.

metodo utilizado pelo pride era mto melhor. por sinal é o mesmo do ONE. pontuar a luta como um todo e nao por rounds estilo boxe.

o que faz falta tb é aquele primeiro round de 10 min. ali ja resolvia 90% dos problemas.

Isso mesmo, acho que deviam pontuar como no Pride, a luta como um todo. Essa pontuação de boxe é uma bosta.

Deixem a pontuação de boxe pro boxe.

Share this post


Link to post
Share on other sites

esse tipo de pontuação de round por round nunca gostei muito... na MINHA OPINIÃO não eh adequado pra o mma... esse estilo de pontuação mudou até a forma dos lutadores se comportarem, em que muitas vezes, fica evidente a preocupação em segurar a vitória do que de fato agredir o adversário

vai contra o vale tudo das antigas q eh matar ou morrer estilo briga de rua mesmo

no Pride por exemplo os caras não estavam nem aí para os juízes partiam pra agressão o tempo todo

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Pride Event disse:

tem fundamento.

metodo utilizado pelo pride era mto melhor. por sinal é o mesmo do ONE. pontuar a luta como um todo e nao por rounds estilo boxe.

o que faz falta tb é aquele primeiro round de 10 min. ali ja resolvia 90% dos problemas.

Concordo. Seria melhor assim

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, Pride Event disse:

tem fundamento.

metodo utilizado pelo pride era mto melhor. por sinal é o mesmo do ONE. pontuar a luta como um todo e nao por rounds estilo boxe.

o que faz falta tb é aquele primeiro round de 10 min. ali ja resolvia 90% dos problemas.

Verdade um primeiro de 10 min...alguns lutadores ja iam miar no setimo minuto..

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 horas atrás, junior-sjc disse:

Mas o Rogan é meio hipócrita também. Uma hora morde, na outra assopra, mas não deixa de ter razão nessa.

Aliás, a reformulação deveria começar pelos árbitros de luta também. O Herb Dean tem feito muita merda. Uma atrás da outra.

Correto!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bobagem. O próprio Joe Rogan é péssimo julgando lutas. Aliás, em algumas delas ele grita tanto de emoção para determinados lutadores que influí na luta, algo já confirmado no passado. Nesse próprio UFC o Cormier disse que o Keith Peterson só levantou a luta porque ele escutou o Rogan falando.

Essa coisa de juiz necessariamente ser lutador como solução também é furada, tem seus problemas como qualquer outra coisa. Quem vai garantir que não haverá conflito de interesses? Além disso já tivemos juízes ex-lutadores e não impediu luta polêmica; seja no Pride com Matt Hume, seja no UFC. O Cachorrão julgou uma resultado extremamente polêmico na luta do Allan Nuguette contra Makdessi.

O problema não está no indivíduo e sim no sistema. É quase impossível você calcular milimetricamente uma luta parelha e para piorar eles colocam um sistema que é basicamente um sim ou não (10-9), sendo que, a meu ver, o ideal seria uma pontuação de peso e medida de cada golpe, algo semelhante que se faz no sambo. 

O que precisa não são melhores juízes e sim uma mais transparência.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now