Sign in to follow this  
Daniel Mendoza

[UFC 244] Stephen Thompson vs Vicente Luque

Quem será o vencedor?  

40 members have voted

You do not have permission to vote in this poll, or see the poll results. Please sign in or register to vote in this poll.

Recommended Posts

2 horas atrás, hvalentim disse:

Surreal vermos lutadores que começaram no jiu-jitsu, evoluíram BEM na trocação, mas que na hora do aperto, em que enfrentaram um extraclasse do kickboxing, não tentam ao menos uma queda. Preferem ser surrados em pé por alguém nitidamente melhor tecnicamente, não dá pra entender... 

Concordo.

Porém, não é o caso do Vicente Luque.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sobre a luta agora, Thompson é um monstro da trocação, fiquei realmente impressionado com o quanto ele tem o timing das passadas principalmente na diagonal durante a troca de golpes, insano... Luque começou bem primeiro round, no segundo thompson fez o que faz de melhor que é abusar dos passos " lineares", quem andar reto contra ele pode ser o mais rapido e com timing que for, não vai achar.... Por sinal o Vicente achei muito bom o timing em si dos golpes, essas passadas que fizeram muita a diferença na hora das trocas dos golpes em si.

Share this post


Link to post
Share on other sites
30 minutos atrás, Duane Ludwig disse:

Brasileiros sempre falham no psicologico parece. Sempre mandam bem no primeiro e depois se perdem.

Nesse caso em especifico acho que o Thompson voltou mais focado e aumentou o nivel da movimentação, as porradas que entraram também foram sinistra viu, tinha uma GALERA da categoria que teriam levado nocaute com aquelas porradas que entraram.

Share this post


Link to post
Share on other sites
49 minutos atrás, Sartori disse:

Esta falando de outra luta? Porque o Luque desde sempre treinou Muay Thai, desde os 15 anos, inclusive primeira arte marcial dele.

Verdade, achei que rir tivesse começado no jiu-jitsu. Mas enfim, ele é também preta no BJJ, da mesma forma cabe criar alternativas numa área onde supostamente ele estaria em vantagem contra o adversário. O que não era o caso na trocação, mesmo sendo também a primeira arte marcial dele. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Raphael Rezende disse:

Concordo.

Porém, não é o caso do Vicente Luque.

Verdade, não achei de onde tirei que ele começou a treinar jiu-jitsu antes. Mas enfim, foi até logo depois de treinar MT, acho que a crítica se mantém, em pé ele estava em desvantagem, cabe buscar alternativas onde ele pelo menos na teoria seria mais completo, que é no chão. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, hvalentim disse:

Verdade, não achei de onde tirei que ele começou a treinar jiu-jitsu antes. Mas enfim, foi até logo depois de treinar MT, acho que a crítica se mantém, em pé ele estava em desvantagem, cabe buscar alternativas onde ele pelo menos na teoria seria mais completo, que é no chão. 

Sim.

Eu não entendo como muitos hoje tem essa "cisma" em se manter em pé.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Galera, por mais que alguns lutadores consigam fazer esse jogo de colocar para baixo etc é LONGE de ser simples conseguir e muitas vezes a falta de tentativa durante uma luta é porque sequer viram a oportunidade de entrada, ainda mais contra lutadores com footwork como Thompson ou postura corporal/ jogo de defesa de queda como outros ( que a galera reclama que os adversários não tentaram colocar para baixo)

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, Sartori disse:

Galera, por mais que alguns lutadores consigam fazer esse jogo de colocar para baixo etc é LONGE de ser simples conseguir e muitas vezes a falta de tentativa durante uma luta é porque sequer viram a oportunidade de entrada, ainda mais contra lutadores com footwork como Thompson ou postura corporal/ jogo de defesa de queda como outros ( que a galera reclama que os adversários não tentaram colocar para baixo)

Pô irmão, sei que não é simples, e a tendência é ficar cada vez mais difícil ainda, por conta do aprimoramento dos atletas em todas as áreas de uma luta, neste caso, o jogo de wrestling defensivo. Mas, nem sequer tentar?

Entrar em queda de uma vez é bastante complicado, mas pode-se clinchar, e daí, buscar a luta no solo, se embolando, usando o judô, puxando pra guarda, etc. 

Não digo no caso do Vicente Luque, mas tem muitos lutadores hoje que são grapplers por excelência, e se fazem de strikers. E não só oriundos do jiu-jitsu, que tem alguma dificuldade em levar a luta pro chão... Wrestlers também estão com esse hábito - vide Yoel Romero.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Poderia ter tentado o que fez com o Jalin Turner, no chão ficaria mais fácil como já disseram. Acredito que após algum golpe mais forte os lutadores percam essa percepção e o corner vacila em não avisar antes que entre no piloto automático.

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, hvalentim disse:

Surreal vermos lutadores que começaram no jiu-jitsu, evoluíram BEM na trocação, mas que na hora do aperto, em que enfrentaram um extraclasse do kickboxing, não tentam ao menos uma queda. Preferem ser surrados em pé por alguém nitidamente melhor tecnicamente, não dá pra entender... 

 

3 horas atrás, Sartori disse:

Esta falando de outra luta? Porque o Luque desde sempre treinou Muay Thai, desde os 15 anos, inclusive primeira arte marcial dele.

Além disto não importa a formação o lutador vai fazer na luta o que treinou no Camp 

O movimento fica automático

Segunda natureza do lutador

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 minuto atrás, MV8 disse:

 

Além disto não importa a formação o lutador vai fazer na luta o que treinou no Camp 

O movimento fica automático

Segunda natureza do lutador

Blz, mas o camp não deveria prever uma alternativa a trocação contra um striker notoriamente superior? Se não preveu tbm foi um erro de estratégia e preparação. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Luque fez um ótimo primeiro round, os chutes baixos estavam entrando e dificultando a movimentação do Thompson que foi obrigado a trocar a base algumas vezes. Também conectou ótimos golpes principalmente com o americano contra a grade, esse jogo estava funcionando bem. 
No segundo round o desempenho do Luque caiu muito, parou com os chutes nas pernas e ficou muito plantado tentando conectar um golpe mais forte nas entradas do americano, facilitou muito a vida do Thompson que pôde fazer o que faz de melhor sem ser muito ameaçado, brasileiro apanhou muito e só não caiu por conta do queixo duríssimo. Não sei se gastou muita energia tentando o nocaute no round inicial ou se já estava sentindo os golpes recebidos até ali. 
Não terceiro round, tive que sair de casa mas, pelo que li não foi muito diferente do segundo. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
40 minutos atrás, hvalentim disse:

Blz, mas o camp não deveria prever uma alternativa a trocação contra um striker notoriamente superior? Se não preveu tbm foi um erro de estratégia e preparação. 

Sim você está certo

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this