Dudu show

Adesanya ironiza Borrachinha após vitória contra Romero

Recommended Posts

4 horas atrás, Cesar_Rasec disse:

Peraí, o Borrachinha tinha feito 5 lutas no UFC e ganhou todas por KO/TKO. Essa sexta luta foi a primeira que foi pra decisão.

A Cyborg também não era uma lutadora de nocautear com um soco só, mas era a mais temida entre as mulheres, pelo menos até a luta contra a Amanda Nunes.

O Borrachinha não precisa necessariamente acertar uma mão só no Adesanya. Basta explodir com uma sequência pra cima do nigeriano que a luta pode acabar. O Gastelum tem apenas 4 KO/TKO em toda sua jornada no UFC. Tem tamanho de welterweight e quase conseguiu botar o Adesanya pra dormir.

Nao vejo esse cenário que você tá pintando de que o “nigeriano vence o Borrachinha de boa”.

2.

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Daniel Mendoza disse:

Não sei. O Israel dominou o Anderson totalmente, o AS lutou muito e foi dominado, Israel lutou no modo segurança e o Gastelum é bem mais rápido. E foi dominado na segunda metade da luta, um golpe que surpreendeu só.

Eu acho que o brasileiro pode nocautes impondo esse ritmo, claro, mas vejo como mais possível o Israel circular e dominar a distância com jabs, chutes, fazendo o brasileiro cansar, errar muito golpe, e o Israel passando a dominar mais a luta e impondo contra golpe fortes na segunda metade, com borrachinha já muito mais lento, menos potente e mais vulnerável. Mas se uma mão do brasileiro entrar em cheio, como entrou no Romero, esse jogo pernas do Israel e reflexos já era. A merda de cara com muito punch é isso, um golpe pode mudar tudo. Por isso acho as chances dele alta nos 2 primeiros rounds. Principalmente no primeiro.

Se o brasileiro fosse mais contido, usasse mais o jab, preparasse mais as blitz e tivesse movimentação melhor eu daria mais chance pra ele. Mas ele se expõe muito, só anda pra frente e manda golpes muito fortes, por conta disso bate mais plantados. Muito perigoso. Mas penso que pelo estilo de cada um o Israel leva vantagem.

Talvez seja uma boa para o brasileiro tentar quedar só para levar o Israel pra grade, clinchar, dali separar e bater soltando a mão. Pq de longe, são 20 cm de diferença na envergadura, alem  Israel ser mais alto. Israel ainda projeta o corpo pra frente ganhando mais alcance e dando una falsa posição pro oponente bater, e é muito mais ágil com os pés. Se o Borrachinha não cobseguir prender ele contra a grade não o vejo vencendo em pé, não deve acertar o Israel fácil. Ou isso ou um contra golpe em cima do jab, coisa que ele ate hoje não mostrou.

Mas AS não é de botar pressão como borracha

Eu acho que borracha tem boas chances dependendo do jogo que faça

Tem que sentar a perna

Chute nas pernas finas e no corpo. Se não tiver técnica apurada mete a bica estilo mestre aroma mas tem que castigar a mobilidade do negão

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, masterblaster disse:

Eu gostaria de ver Adesanya X Romero.

E seu desejo será atendido, pois o Adesanya não passa do Whittaker que é um Borrachinha com técnica.

Quanto a "trollada" do nigeriano, mais que normal pelo Borrachinha ter "trollado" ele de magricela ?

Edited by MMAniako

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu acho massa quando um lutador trolla o outro sem ofensa a família, religião.

Em outro tópico uma galera de cara q o JJ trollou o DC.

Da uma apimentada nas rivalidades e ajuda a vender as lutas.

Tbm geram notícias e apimenta os foruns q nem o nosso.

Edited by Diego Zottis

Share this post


Link to post
Share on other sites
32 minutos atrás, Maracatu disse:

Nao sobraria muita coisa do Adesanya...

 

6 minutos atrás, MMAniako disse:

E seu desejo será atendido, pois o Adesanya não passa do Whittaker que é um Borrachinha com técnica.

Quanto a "trollada" do nigeriano, mais que normal pelo Borrachinha ter "trollado" ele de magricela ?

Penso igual a vocês. Acho que complicado para o Borrachinha será o Whittaker.

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, Lucas Timbó disse:

Borrachinha bate pesado? Com certeza. Mas ele tá muito longe de ser esse one punch que muitos pintam, tanto que só tem 1 KO na carreira. One punch é o Rumble, por exemplo. 

Borrachinha é um lutador de volume que depende de uma quantidade de golpes considerável pra conseguir o nocaute. O problema é que ele já mostrou que cansa no decorrer da luta, cai de rendimento mesmo, e isso é algo bem prejudicial ao seu jogo, ainda mais numa luta de 5 rounds. Contra o Romero, no terceiro round, ele ficou bem suscetível aceitando os jabs que entravam, aliás, coisa que já mostrou ser bem deficiente, a guarda dele é vazada facilmente, tinha comido jab do Hall no primeiro round e tbm do Romero. Agora imaginem Israel com 1.93 de altura e 2 metros de envergadura com a movimentação que tem? Sim, não tem punch, mas compensa com enorme precisão e técnica nos golpes. Esse lance de que 'um soco e o Israel cai' é uma bela viagem. Pra mim, o nigeriano vence o Borrachinha de boa

Aconteceu o mesmo com o Jacaré quando lutou contra o cubano. Não é demérito nenhum cair o gás do cara contra um monstro como o Yoel. Ngannou é um lutador ruim por esse motivo? Sem contar as defesas de queda que eram ainda incógnitas. Reconheça que o cara lutou muito.

E acho que Adesanya vence sim, mas outro lutador e não o Eraser, pois deve perder para o campeão.

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, Lucas Timbó disse:

TKO é diferente de KO. Não há como negar que ele bate pesado e é nocauteador, mas one punch? Não. Mesma coisa do Conor, que até hoje só tem um KO no UFC. One punch é o Rumble, Lineker, Ngannou, etc. E é devido ao seu estilo de ir pra frente batendo que o Israel pode se beneficiar. Borrachinha tem problemas no gás e depende de volume e golpes pra impor seu jogo, isso contra um cara que se movimenta muito e trabalha no contragolpe como o Israel é complicado

 

Timbó, teus comentários geralmente são corretos e pertinentes,  e dessa vez é mais uma. Mas o que tá acontecendo é o seguinte, o pessoal da narração do Combate tá igual ao estilo da Globo e Galvão, tanto que tive que tirar o volume para poder acompanhar, devido a tanta bobagem e torcida desmedida. Tanto que o Carlão que é correto nos comentários chegou a pedir para se conterem e que ao ver o replay poderia opinar corretamente e mais acertado. O que tá acontecendo no momento com o Borrachinha, é o mesmo que ocorreu aqui durante o auge da Ronda, do McGregor, que o canal idolatrava e aqui ficava o mesmo. Depois que cai o hype, aí todos passam a opinar com a razão. Na época esses que citei eram super heróis.

Não que o Eraser não tenha talento, não tenha feito uma grande luta, só que a maioria fica no padrão da narração do Combate, eles lá disseram que o cubano era malandro, aí a todo instante repetiam isso, como se ele não levou um golpe baixo, que ficou só valorizando. Pode até ser, mas prefiro o estilo do Carlão que viu o replay e disse que tinha de haver a interrupção pelo golpe. Isso que fazem lá prejudica o esporte, aí os que vem aqui e passaram a acompanhar o esporte desde essas transmissões tendenciosas, (videm aquelas bobagens de percentual de fulano vence, fulano perde). Isso é para quem é pasteurizado, bitolado pela mídia. Quem curte o esporte como nós,e acompanha desde o início, duvido que opine nessas enquetes bobas do padrão Globo de imbecilizar. Mas é isso, alonguei demais, mas tentei mostrar que é necessário passar o Hype, para depois vermos comentários corretos e imparciais, tanto como os teus e de outros por aqui. 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, nocauteador disse:

Timbó, teus comentários geralmente são corretos e pertinentes,  e dessa vez é mais uma. Mas o que tá acontecendo é o seguinte, o pessoal da narração do Combate tá igual ao estilo da Globo e Galvão, tanto que tive que tirar o volume para poder acompanhar, devido a tanta bobagem e torcida desmedida. Tanto que o Carlão que é correto nos comentários chegou a pedir para se conterem e que ao ver o replay poderia opinar corretamente e mais acertado. O que tá acontecendo no momento com o Borrachinha, é o mesmo que ocorreu aqui durante o auge da Ronda, do McGregor, que o canal idolatrava e aqui ficava o mesmo. Depois que cai o hype, aí todos passam a opinar com a razão. Na época esses que citei eram super heróis.

Não que o Eraser não tenha talento, não tenha feito uma grande luta, só que a maioria fica no padrão da narração do Combate, eles lá disseram que o cubano era malandro, aí a todo instante repetiam isso, como se ele não levou um golpe baixo, que ficou só valorizando. Pode até ser, mas prefiro o estilo do Carlão que viu o replay e disse que tinha de haver a interrupção pelo golpe. Isso que fazem lá prejudica o esporte, aí os que vem aqui e passaram a acompanhar o esporte desde essas transmissões tendenciosas, (videm aquelas bobagens de percentual de fulano vence, fulano perde). Isso é para quem é pasteurizado, bitolado pela mídia. Quem curte o esporte como nós,e acompanha desde o início, duvido que opine nessas enquetes bobas do padrão Globo de imbecilizar. Mas é isso, alonguei demais, mas tentei mostrar que é necessário passar o Hype, para depois vermos comentários corretos e imparciais, tanto como os teus e de outros por aqui. 

 

Concordo em parte com o que você falou, mas essa sensatez só não pode fazer a balança ir pro outro lado né? 

O Romero trouxe essa fama pra ele, de catimba, de valorizar, de usar todas as artimanhas possíveis pra ganhar, nunca saberemos exatamente se ele valorizou ou não, é direito dele ficar lá sentado, sem dúvidas, mas sendo ele as pessoas tendem a desacreditar. 

Borrachinha tem 27 anos, está invicto, sábado foi sua primeira vitória por decisão. Logicamente ainda tem vários buracos no seu jogo, algo até normal pro patamar de desenvolvimento que ele está, mas o mais importante é que ele provou que é de verdade, não é só hype como muita gente desconfiava e falava. Independente do resultado, que foi realmente polêmico, ele lutou de igual os igual com uma aberração da natureza, top da categoria, se mostrou do mesmo patamar. 

Eu acho que ele tem muito a crescer ainda, vejo ele com chances reais de ser campeão, mas é azarão em ambas. Mas ele tem idade pra perder, melhorar seu jogo e voltar ao topo ainda, nada garante que esse é o auge dele. 

É quase unanimidade que o Borrachinha não conseguindo nocautear no começo, vai ficar ruim pra ele pelo gás. Mas qual outro caminho logístico que vocês veem? O jogo dele é esse, é inevitável cansar, ele aposta tudo no nocaute, tenho minhas dúvidas se ele conseguiria conservar energia pra explodir que nem o Romero faz, mas é uma opção. Acho que esperar e trocar em pé só na técnica é atraso de vida pra ele, tanto quanto o Adesanya, quanto com o Whittaker. Sinceramente acho que o mais tangível pro Borrachinha ser campeão HOJE com o tempo que ele tem pra próxima luta é continuar apostando num nocaute no começo, nisso ele já mostrou que pode vencer qualquer um. 

Outra coisa que muitos esquecem é que ele começou no jiu-jitsu né, dizem que tem um chão ajustado, talvez seja um caminho apesar de eu achar muito improvável... 

Share this post


Link to post
Share on other sites
34 minutos atrás, MV8 disse:

Mas AS não é de botar pressão como borracha

Eu acho que borracha tem boas chances dependendo do jogo que faça

Tem que sentar a perna

Chute nas pernas finas e no corpo. Se não tiver técnica apurada mete a bica estilo mestre aroma mas tem que castigar a mobilidade do negão

 

Verdade, atacar corpo e perna seria uma boa estratégia para uma luta de 5 round. Se ele tirar a mobilidade do Israel a chance de encurralar seria bem alta. Mas eu me surpreenderia se ele conseguisse minar a perna de um kickboxer do calibre do Israel.

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, Felipe Fernandes Medeiros disse:

acho que voce nao entendeu o que eu quis falar. 

Eu fui ironico em relaçao ao que o cara respondeu

Ok Felipe, desculpa a falta de interpretação. Acontece.

Share this post


Link to post
Share on other sites
26 minutos atrás, Daniel Mendoza disse:

Verdade, atacar corpo e perna seria uma boa estratégia para uma luta de 5 round. Se ele tirar a mobilidade do Israel a chance de encurralar seria bem alta. Mas eu me surpreenderia se ele conseguisse minar a perna de um kickboxer do calibre do Israel.

Eu acho que dá se ele combinar outra coisa como é Israel andando pra traz ele bate bem?

Sei que ele é preciso é finta bem mas não lembro dele batendo andando pra traz

Uma vantagem do borrachinha seria poder chutar sem medo de ser levado pro chão mas acho que a luta que vai acontecer é borracha vs Whitaker

Share this post


Link to post
Share on other sites

Borrachinha é um Wand mais forte e mais técnico, quando perder o queixo já era, tem que melhorar a distância e entrada/saída, está levando muitos golpes...

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, hvalentim disse:

Concordo em parte com o que você falou, mas essa sensatez só não pode fazer a balança ir pro outro lado né? 

O Romero trouxe essa fama pra ele, de catimba, de valorizar, de usar todas as artimanhas possíveis pra ganhar, nunca saberemos exatamente se ele valorizou ou não, é direito dele ficar lá sentado, sem dúvidas, mas sendo ele as pessoas tendem a desacreditar. 

Borrachinha tem 27 anos, está invicto, sábado foi sua primeira vitória por decisão. Logicamente ainda tem vários buracos no seu jogo, algo até normal pro patamar de desenvolvimento que ele está, mas o mais importante é que ele provou que é de verdade, não é só hype como muita gente desconfiava e falava. Independente do resultado, que foi realmente polêmico, ele lutou de igual os igual com uma aberração da natureza, top da categoria, se mostrou do mesmo patamar. 

Eu acho que ele tem muito a crescer ainda, vejo ele com chances reais de ser campeão, mas é azarão em ambas. Mas ele tem idade pra perder, melhorar seu jogo e voltar ao topo ainda, nada garante que esse é o auge dele. 

É quase unanimidade que o Borrachinha não conseguindo nocautear no começo, vai ficar ruim pra ele pelo gás. Mas qual outro caminho logístico que vocês veem? O jogo dele é esse, é inevitável cansar, ele aposta tudo no nocaute, tenho minhas dúvidas se ele conseguiria conservar energia pra explodir que nem o Romero faz, mas é uma opção. Acho que esperar e trocar em pé só na técnica é atraso de vida pra ele, tanto quanto o Adesanya, quanto com o Whittaker. Sinceramente acho que o mais tangível pro Borrachinha ser campeão HOJE com o tempo que ele tem pra próxima luta é continuar apostando num nocaute no começo, nisso ele já mostrou que pode vencer qualquer um. 

Outra coisa que muitos esquecem é que ele começou no jiu-jitsu né, dizem que tem um chão ajustado, talvez seja um caminho apesar de eu achar muito improvável... 

Claro, tens razão, em nenhum caso podemos tender a um lado somente. Tem de valer para ambos sempre, imparcialidade. Ainda mais, no que citei, na mídia, isso só traria benefícios ao nosso esporte. Mas o hype que cito não é do atleta, ele tem seus méritos, provou da melhor forma, lutando. Falar de fora não é a melhor maneira de citar ou criticar quem vai lá dentro e obtém seus resultados da forma correta que é lutando. Por isso, coloco que minhas críticas é a o hype momentâneo que sempre existe, em atletas que estão na mídia de tempos em tempos, e isso faz com que muitos analisem o que ocorre com a parcialidade que a mídia impõe. Esses atletas que citei, tem valores também, só o que ocorre é de massificar, de banalizar o valor deles em função da mídia. Só faço essa e outras críticas, se forem ver meus posts anteriores, que são poucos, pois acompanho sempre mas opino pouco, porém, na maioria eu estava certo, sempre fazendo menção ao crescimento de nosso esporte. O tempo passou e mostrou que o melhor para todos os envolvidos é lutarmos pelo crescimento, que hoje já há, mas nas épocas que critiquei algo, ainda não estávamos nesse patamar de crescimento.  E na tua análise de luta, concordo contigo. Valeu pela troca de opiniões. Grato.

Edited by nocauteador
Errei ao tentar responder o post

Share this post


Link to post
Share on other sites

Claro, tens razão, em nenhum caso podemos tender a um lado somente. Tem de valer para ambos sempre, imparcialidade. Ainda mais, no que citei, na mídia, isso só traria benefícios ao nosso esporte. Mas o hype que cito não é do atleta, ele tem seus méritos, provou da melhor forma, lutando. Falar de fora não é a melhor maneira de citar ou criticar quem vai lá dentro e obtém seus resultados da forma correta que é lutando. Por isso, coloco que minhas críticas é a o hype momentâneo que sempre existe, em atletas que estão na mídia de tempos em tempos, e isso faz com que muitos analisem o que ocorre com a parcialidade que a mídia impõe. Esses atletas que citei, tem valores também, só o que ocorre é de massificar, de banalizar o valor deles em função da mídia. Só faço essa e outras críticas, se forem ver meus posts anteriores, que são poucos, pois acompanho sempre mas opino pouco, porém, na maioria eu estava certo, sempre fazendo menção ao crescimento de nosso esporte. O tempo passou e mostrou que o melhor para todos os envolvidos é lutarmos pelo crescimento, que hoje já há, mas nas épocas que critiquei algo, ainda não estávamos nesse patamar de crescimento.  E na tua análise de luta, concordo contigo. Valeu pela troca de opiniões. Grato.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now