Eder Jofre55

Contra Jon Jones, Thiago Marreta aposta em versão "sniper" para fazer o que ninguém fez

Recommended Posts

Contra Jon Jones, Thiago Marreta aposta em versão "sniper" para fazer o que ninguém fez

Brasileiro faz a luta principal do UFC 239, dia 6 de julho, em Las Vegas (EUA). Anderson Silva, Junior Cigano, Glover Teixeira e Maurício Shogun opinam sobre o duelo

Por Ben-Hur Correia e Raphael Marinho

marreta.jpg

O sniper é um franco-atirador. Um especialista conhecido por dar tiros precisos. No esporte, o franco-atirador é o azarão, aquele que chega sem muita responsabilidade de ter que sair com a vitória e tenta conquistar o resultado em uma investida certeira. E esta é a versão que Thiago Marreta pretende colocar em prática no dia 6 de julho, quando fará a luta principal do UFC 239 contra ninguém menos do que Jon Jones.

A missão, é claro, é das mais difíceis. Afinal, não é à toa que o americano não perde desde 2009, quando sofreu o único revés da carreira. Ele enfrentava Matt Hamill e dominava o duelo até ser desclassificado por conectar cotoveladas ilegais. De lá para cá, foram 16 lutas, sendo 15 vitórias e um "No Contest" (luta sem resultado). Mas o retrospecto não parece assustar Marreta, que sabe que precisa aproveitar a chance que tiver para fazer o que ninguém fez até hoje: nocautear Jon Jones.

- Ele é uma caixinha de surpresas, assim como eu. Então eu acho que não tem uma coisa que eu tenha que me preocupar, eu tenho que me preocupar de uma maneira geral, é um cara bem completo, diferenciado. Eu vou sentir a luta, achar o momento de atacar, evitar os ataques dele, e achar o momento certo de dar o bote. Como um sniper. No momento certo, eu sou um cara explosivo, e não gosto de desperdiçar golpe - afirmou, em entrevista ao "Esporte Espetacular" (confira o vídeo abaixo).

https://globoplay.globo.com/v/7730347/

https://globoesporte.globo.com/programas/esporte-espetacular/noticia/contra-jon-jones-thiago-marreta-aposta-em-versao-sniper-para-fazer-o-que-ninguem-fez.ghtml

Nas casas de apostas, como não poderia deixar de ser, é de Jones o favoritismo para sair com o triunfo. A descrença na vitória do brasileiro serve de combustível para o atleta da Tatá Fight Team (TFT), que diz crescer nos momentos de mais dificuldade.

- Sei do meu potencial, sei o que posso fazer. Por mais que as pessoas duvidem... Se eu não me conhecesse também apostaria nele, ele é o favorito com certeza, é um grande lutador pela história dele. É um cara muito inteligente lutando. Eu sempre respeitei muito meus adversários, não vai ser agora… Respeito o Jones pra caramba, sei do potencial dele, É um lutador incrível, mas a galera não sabe do meu potencial. Nas dificuldades é que me sobressaio. Muita gente fala: "Você está de parabéns por aceitar lutar contra o Jon Jones". Mas por que eu não aceitaria? É uma luta para fazer história e mudar minha vida.

whatsapp-image-2019-06-24-at-19.53.18.jp

Thiago Marreta e Jon Kones farão a luta principal do UFC 239, no próximo sábado — Foto: Reprodução

Em qualquer luta, o aspecto mental também é fator preponderante para que o atleta tenha uma grande performance. Tatá Duarte, líder da TFT, conhece como poucos seu pupilo e explicou a importância de Thiago Marreta chegar no dia do evento com o psicológico forte. Caso isso aconteça, o treinador fez uma previsão ousada.

- Não penso no adversário, penso no atleta, penso em como o Thiago vai reagir. E ele reagiu super bem, super feliz, está super motivado. O Thiago motivado, vocês podem ter certeza, é luta dura para qualquer um. Quando eu acordo e vejo que o Thiago acordou Marreta… “Hoje vai ser dia mesmo, realmente vai ser aquele dia que vai vir com tudo”. Você sente no olhar dele aquele “eu quero, eu vou conseguir”, e realmente é isso que a gente está esperando no dia 6, quando ele acordar de manhã. Que ele acorde: “Hoje é meu dia”. Aí, meu irmão, certamente o Jones vai correr perigo. Se acordar assim, com certeza você vai ver Jones na lona.

A confiança do técnico é refletida em Marreta, que quer provar que é capaz de surpreender o melhor lutador da atualidade.

- Quero sair de lá com a consciência tranquila de que eu fui e deixei meu máximo. Sei que o Jones sabe que corre risco comigo. Então vai ser uma grande luta, o público vai gostar e, se Deus quiser, eu vou chocar o mundo.

whatsapp-image-2017-10-24-at-15.34.56.jp

Thiago Marreta com seus treinadores, Tatá Duarte (esquerda) e Phillip Lima — Foto: Marcelo Barone

Torcida contra de Spider, e conselhos de Glover, Shogun e Cigano

Na opinião de Marreta, um dos segredos para transpor a quase intransponível barreira que Jon Jones representa é tentar pressioná-lo durante a luta, o que, de acordo com o brasileiro, apenas Glover Teixeira fez até hoje. O compatriota evitou apontar o melhor caminho para vencer o americano, mas revelou que, caso tivesse nova chance de enfrentá-lo, estudaria mais seu jogo.

- Se eu soubesse eu tinha ganhado. Acho que o caminho é esse, o Marreta fazer o jogo dele, fazer o que ele sente melhor. O Jones estuda a luta, estuda o cara. tem que estudar ele também. Uma coisa que eu não fiz foi estudar o Jones como ele me estudou. Ele estuda a pessoa que ele vai lutar. Ele é um cara estudioso do jogo. Se eu fosse lutar contra o Jones, estudaria o jogo dele para tentar pegar algum erro. O mapa da mina eu não sei, porque perdi para ele na decisão (risos). Mas o Jones é um estudioso do jogo, de todos os lutadores que ele pega. Ele luta com cada um diferente.

Se Glover revelou torcida por Marreta, o mesmo não pode ser dito de Anderson Silva. O ex-campeão peso-médio do Ultimate declarou que prefere a vitória de Jon Jones, a quem diz considerar um irmão.

- Eu acho que o Marreta chegou onde tinha que estar. Ter a oportunidade de lutar pelo cinturão. É uma luta dura. Eu não vou ser hipócrita ao ponto de dizer: estou torcendo pelo Marreta porque ele é brasileiro. Tenho um carinho maior pelo Jones. Tenho uma relação de irmão mais velho com o Jones, mas é uma luta dura para os dois. Eu acredito que o Marreta vai estar bem treinado e vai dar o melhor dele. Acho que ele tem que manter o que vem fazendo e ter calma. O que a gente confunde quando chega para disputar um título é que a gente acha que vai mudar muita coisa. Não vai mudar nada. É mais uma luta. Que vença o melhor.

ufc-anderson-3.jpg

Anderson Silva revelou torcida por Jon Jones no duelo contra Thiago Marreta — Foto: Andre Durão

Jones conquistou o cinturão pela primeira vez em 2011, quando bateu Maurício Shogun, campeão dos meio-pesados na época. A performance dominante do americano assombrou o mundo e deu o recado de quem era aquele jovem de 23 anos. O paranaense analisou o jogo do rival de Marreta e acredita que o desafiante pode surpreender.

- Acho que a principal arma dele é que ele é um cara que mantém muito bem a distância. A maior envergadura do UFC é dele. Ele trabalha muito bem a distância e não deixa os adversários se aproximarem. Essa é a maior virtude que o Jon Jones tem, trabalhar bem a longa distância, que é a distância dele. Acho que se lutasse com o Jon Jones hoje, o que faria diferente era ir com mais calma. Mesmo sendo campeão, fui muito afoito, muito ansioso para cima. Hoje buscaria mais calma e deixaria a luta acontecer mais. Daria para o Marreta a dica de ir com calma, com paciência, ir para se divertir. Não pode ir com a cobrança de que tem que vencer. Ir com calma, com cautela, o Marreta tem pegada, é muito forte, uma hora ou outra vai encostar no Jon Jones e vencer essa luta. Se o Marreta encostar nele direito, ele pode cair. Acho que o Marreta tem chances - declarou.

gettyimages-110484840.jpg

Jon Jones conquistou o cinturão do UFC pela primeira vez ao bater Maurício Shogun em 2011 — Foto: Getty Images

Quem acompanhou de perto a preparação de Marreta foi Junior Cigano, ex-campeão peso-pesado, que crê que a movimentação será a chave para Jon Jones ser batido. Os dois treinaram juntos na American Top Team, onde Thiago fez boa parte de seu camp para o UFC 239.

- Eu acredito muito que ele vai surpreender, o Thiago é extremamente talentoso. Ele é muito bom treinando, mas é incrível o quanto ele cresce na luta. Se você assistir um treino do Thiago Marreta você vai ficar impressionado, mas se você prestar atenção na luta depois, ele impressiona ainda mais. É um lutador nato, tem coração de lutador, e eu acho que ele vai surpreender o mundo, vai acabar dificultando para o Jon Jones, que não vai encontrar o caminho como ele normalmente encontra. E o Thiago vai vencer essa luta. É a movimentação. Eu sou um fã da movimentação. É o segredo para conquistar bons golpes e se posicionar bem, ter uma posição de vantagem sobre o seu adversário. Então é trabalhar essas pernas para movimentar bastante, se posicionar e meter a mão - concluiu.

O Combate transmite o UFC 239 ao vivo e com exclusividade neste sábado a partir de 20h15 (horário de Brasília). O Combate.com exibe as duas primeiras lutas em vídeo ao vivo, e acompanha o evento em Tempo Real. Confira o card completo:

UFC 239
6 de julho de 2019, em Las Vegas (EUA)
CARD PRINCIPAL (0h, horário de Brasília):
Peso-meio-pesado: Jon Jones x Thiago Marreta
Peso-galo: Amanda Nunes x Holly Holm
Peso-meio-médio: Jorge Masvidal x Ben Askren
Peso-meio-pesado: Jan Blachowicz x Luke Rockhold
Peso-meio-médio: Diego Sanchez x Michael Chiesa
CARD PRELIMINAR (20h15, horário de Brasília):
Peso-pena: Gilbert Melendez x Arnold Allen
Peso-galo: Marlon Vera x Adversário a ser anunciado
Peso-palha: Cláudia Gadelha x Randa Markos
Peso-galo: Alejandro Perez x Song Yadong
Peso-médio: Edmen Shahbazyan x Jack Marshman
Peso-meio-médio: Ismail Naurdiev x Chance Rencountre
Peso-galo: Julia Avila x Pannie Kianzad

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

O que eu não gostaria de ver é toda essa conversa, estudo, etc, e nos primeiros 40 segundos de luta tomar uns 3 pisões daquele do Jones no joelho e começar a sentir a perna.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Lutá dificílima para o brasileiro. Se ele ganhar, talvez seja uma zebra maior do que GSP vs Serra. O brasileiro pode definir num soco, mas o Jones já cansou de pegar gente assim. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Marreta já merece todos os aplausos porque olhando pra trás vendo ele no TUF ninguém apostaria que ele chegaria num TS, tá de parabéns de qualquer forma.

Quanto a luta não precisa falar muito, a vitória é extremamente improvável. É mais fácil o Quentinho parar com essa babaquice de chamar o JJ de irmão mais novo.

 

 

Edited by Bombtrack

Share this post


Link to post
Share on other sites

" achar o momento de atacar"   ?

 

esse momento nunca irá aparecer

tem que ir com tudo surpreendendo igual ao sonem....pena q esse tem mãos de alface

 

acho q ele mesmo sabe que já perdeu

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Bombtrack disse:

Marreta já merece todos os aplausos porque olhando pra trás vendo ele no TUF ninguém apostaria que ele chegaria num TS, tá de parabéns de qualquer forma.

 

Muito bem colocado... já é um vencedor em ter o privilégio de lutar com o possível melhor de todos os tempos.  Vencer é puro lucro... JJ tem a "obrigação" de vencer... e eu me sinto na obrigação de torcer muito para o marreta surpreender nessa luta...   Já estou muito orgulhos de velho nesta posição, que, diga-se de passagem não veio de graça, e sim, com muito trabalho duro.

Share this post


Link to post
Share on other sites
15 minutos atrás, Peludo_SAS disse:

Muito bem colocado... já é um vencedor em ter o privilégio de lutar com o possível melhor de todos os tempos.  Vencer é puro lucro... JJ tem a "obrigação" de vencer... e eu me sinto na obrigação de torcer muito para o marreta surpreender nessa luta...   Já estou muito orgulhos de velho nesta posição, que, diga-se de passagem não veio de graça, e sim, com muito trabalho duro.

2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Toda a sorte do mundo para o Marreta! Jon Sujones é um fora da curva, totalmente favorito para esse fight, mas minha torcida vai para o Marreta.

Agora comentário bizarro do Anderson, não pelo fato de torcer para o Sujones, por mim não tem essa parada de torcer só porq fulano é brasileiro, não vejo problemas em ele torcer pelo Sujones...agora, ser como um "irmão mas velho", cara que forçada de barra! 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Marreta já merece todo nosso respeito, de "fracasso" no TUF, a um dos maiores nocauteadores do UFC e prestes a disputar a cinta contra o maior nome da história dos meio pesados.

Terá minha torcida e espero que entre uma bomba na fuça do Sujones.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Jones é inteligente, não vai querer ficar trocando socos com o marreta.. 

Ele vai bater o marreta no chão, castigar no gnp e encaixar uma americana brutal, daquela que leva braço e parte do ombro para casa.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now