Fabri

Resenhas PVT

Recommended Posts

Amanhã tem ao que tudo indica terá Resenha com o Rickson Gracie. Vou colocar o link abaixo de uma entrevista que saiu hoje do Rickson, fica como prévia, e um resumo opinativo do que ele falou.

Ele deu essa entrevista pro MMA Hoje, não conheço esse entrevistador, vi a entrevista do com o Renzo, aparentemente é amigo próximo dos Gracie, então não esperam contraponto, perguntas polêmicas ou assuntos mais espinhosos.

Mas apesar disso, é bom ver o Rickson falar depois de tanto tempo, acho que tem a ver com a intenção dele de divulgar o projeto que ele fala bastante no vídeo, de introduzir o público geral aos conceitos do jiu jitsu através de video aulas e tal. 

Impressionante a sabedoria, calma, frieza que o Rickson fala sobre as coisas, realmente é um sábio, tem uma visão muito singular, acredito que deveria e pode contribuir muito pro mundo do jiu jitsu e MMA em geral.

Gostei da leitura dele sobre o jiujitsu atual, realmente tem razão em muitas coisas que ele fala. Mas achei que faltou apontar soluções práticas, muitas das regras, tempo, foi o que permitiu o jiu jitsu crescer como esporte e passar a sustentar milhares de pessoas, o ônus foi em alguns momentos se distanciar do conceito de um combate real e de defesa pessoal.

Assim como no MMA, algumas dessas mudanças foram o que possibilitaram o crescimento do esporte, não gostei quando ele que as regras favorecem a trocação, falta de técnica, ue?! Trocação não é técnica?! Acredito que tenha se expressado mal, realmente tempo, round pode prejudicar o jiu jitsu, mas a luta em pé também é técnica. Mas enfim, ele tá dentro da coerência dele de não concordar e não ter participado sob essas regras. 

Bela leitura da luta do Kron, na época que a gente tinha até discutido isso aqui já, muitos falaram, foi uma luta zero estratégico, o próprio Rickson falou que aparentemente ele tava querendo se provar como um lutador, que aguenta porrada e tal, para si mesmo e para os outros, falou que é até aceitável por uma vez, mas que se repetir será burrice. Gostei da frieza da análise.

Falou sobre o contexto UFC/Rorion, falou que na época tinha acabado de se tornar independente e não trabalhava mais com o Rorion, abriu uma academia. Quando soube da criação do UFC achou que obviamente iria ser o lutador da família, mas segundo ele o Rorion pediu pro Rickson preparar o Royce, pra caso o Royce perdesse ter um plano B no Rickson. Também pelo motivo do Royce trabalhar com o Rorion na época, Rickson disse que sentiu que o Rorion tava querendo cortar as pernas dele, mas mesmo assim aceitou ser o treinador do Royce nos dois primeiros eventos.

Falou da áurea dele da época e tal, que era o melhor da família, amplamente reconhecido. Particularmente sempre que há essas discussões de quem foi o maior Gracie no MMA eu não tenho dúvidas de que não é o Rickson, no mínimo atrás do Royce, Renzo e Roger. Numa análise fria de feitos e legado no MMA, provavelmente o Rickson faria com igual ou até maior facilidade tudo que o Royce fez? Provavelmente sim. Rickson era melhor fisicamente e tecnicamente? Tudo indica que sim, era o que o próprio Royce falava e era amplamente reconhecido na época. Mas quando fala-se de legado e feitos não há comparação, o Rickson aparentemente por coerência preferiu se omitir desses confrontos.

É isso, se for uma preço acessível pretendo comprar essas videos aulas dele, é um sábio, merece respeito e reverencia eternos do meio. Independente das controvérsias em relação a criação do jiu jitsu, isso tudo, acho que o jiu jitsu só é o que é hoje, pela gana e força de vontade da família Gracie de manter um legado, criar uma dinastia e tal, foi isso que não deixou o jiu jitsu morrer e virar o judo, e levou depois a criação do MMA. Chega a ser meio doentio até, algo de seita que eles tinham, acho que isso tem muito a ver com esse projeto do Rickson que ele falou no vídeo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 hours ago, NEGO DÁGUA said:

Resposta do Marco Ruas

Opa, quando saiu eu postei mas só acabei de ver tudo agora. 

Quando ao famoso assunto do Boqueirão é a primeira vez que vejo o Rickson falar isso, uns anos atrás até o Ruas desafiou ele a falar algo diferente, aquela história do Rogério Camões e tal. Enfim, é a palavra de um contra o outro, eu TENDO a acreditar no Ruas, ele usou a palavra certa, nitidamente o Rickson é um cara vaidoso, isso é claro, até por outras coisas que ele fala no vídeo que falou falar mais abaixo. 

Fiquei meio chocado com o Rickson falando com aquela veemência toda que era melhor que o Rolls e que ambos sabiam disso, não esperava. Há relatos contraditórios da época, mas enfim, só os dois podiam saber, e um já se foi. Sou grande fã do Rickson, mas se mostrou bem vaidoso mais uma vez como o Ruas falou. 

Senti uma frieza dele falando do Rorion, vcs sentiram? Na entrevista do MMA Hoje ele já meio que falou que sentiu que não foi o escolhido no UFC pq o Rorion queria cortar as pernas dele e hoje ao ser perguntado do filme do Rorion ele praticamente não respondeu, falou "isso aí" e foi pra próxima pergunta, bem esquisito. Vi o Rickson falando com bem mais carinho dos irmãos Machado. 

Fez uma boa análise da carreira do Kron pra mim, sem o lado emotivo do pai, já comentei isso no outro comentário até. 

Curioso o jeito que ele fala da luta contra o Sérgio Penha, como se tudo estivesse sempre no controle dele, tudo calculado hahahaha... Mas enfim, é o jeito do cara, realmente é meio marrento. 

Boa entrevista, Alonso fez perguntas mais do passado, não se indispos, mas pelo menos perguntou. Muito bom ver um sábio, grande mestre falar, muita sabedoria. Sou grande fã, tirando essa marra dele que as vezes incomoda um pouco hahahaha 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now