Sign in to follow this  
acm979

O Homem que venceu Carlos Gracie: Rufino dos Santos (Mini-Documentário)

Recommended Posts

Confesso que não tô muito antenado sobre esse assunto de quem criou ou deixou de criar, quem nasceu primeiro o ovo ou a galinha.

Mas se alguém puder postar algum link em que os filhos do Hélio aparecam dizendo que o pai criou uma arte diferente, seria interessante.

Na minha memória eu me lembro do hélio dizendo que não inventou nada, apenas adaptou alguns movimentos por ser mais fraco etc...

As famosas alavancas, que apesar de já existirem,  não deixa de ser uma verdade o que ele dizia.

Até hoje cada lutador de jiu jitsu adapta a arte para o seu jogo de acordo com o seu biótipo,  isso faz com que muitos se sintam até inventores de algumas posições, de tanto que a utilizam a ponto de criarem vícios que só eles tem pra tal posição, que acabam funcionando só pra eles,  quem nao se lembra nos campeonatos da década de 90 do Roleta e do seu famoso "Esqui-jitsu"?  Com certeza se perguntar pra ele sobre o "esqui-jitsu" talvez ele diga com orgulho que se sente o criador daquilo ali, pois só ele fazia e só com ele funcionava na época.

tem muito improviso e posições malucas hoje que não se via no jiu jitsu do passado, pode ser que o hélio criasse situações na época que no jiu jitsu tradicional não se via tanto, nem com tanto êxito quando feito por outros,  aí o velhinho se sentia meio que o criador da parada.

É igual o futebol, nasceu aonde? Não foi no Brasil,  mas o mundo todo por decadas reconheceu que existiu um futebol com dribles e improvisos que só tinha aqui,  não se via em nenhum outro lugar do mundo aquilo que jogadores brasileiros faziam, o campo, as chuteiras,  a bola, eram iguais pra todos,  todos aprendiam os fundamentos do futebol  igualmente, mas a partir do básico surgiam coisas que só os brasileiros  faziam e criavam em campo.

No jiu jitsu acho que é a mesma coisa.

Edited by Ultimate Fighter

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, NEGO DÁGUA disse:

Parece que os fada vieram na linhagem do Helio  e tiveram influencia da luta livre .

Judoca éo lendário sensei Serrinha , professor de Daniel Valverde dono da MMA master, dizem pô que finalizou muita gente da carlson no auge, Charles Gracie o respeitou quando morou aqui .

Isso descobrir com um amigo que é Uber que preta de judô , coroa já.

Aí tivemos um papo que muito judoca não sabia chão mas outros eram apaixonados ele pegou logo a roxa e Serrinha foi testado logo como preta.

E disse quem botou o jiu jitsu no Brasil mesmo foram judocas ou vc acha que meia dúzia do Rio se espalhou rapidamente por aí...

A relatos de judocas que são excelentes lutadores de chão Flávio canto diz isso.

Os gracies eram melhores focaram nisso , Ruas contou na resenha que preta de judô demorou ser finalizado pelo Rickson.

Mas também numa resenha do Ricardo americano ele disse que era judoca e passou mal na carlson e foi pro Carlinhos e aprendeu jiu jitsu lá.

 

 

 

Acho que variava do Judoka

É como no jiu tem gente que especializa de guardeiro outros de passador

Acho que naquela época tinha Judoka que já não levava o chão a sério

Mas sim teve muito Judoka casca grossa que pulou faixa no JJ

Acho que aí no nordeste principalmente onde a influência dos Gracie era menor

Se não me engano quem introduziu o JJ e o Judô por aí foi o Takeo Yano

https://en.m.wikipedia.org/wiki/Takeo_Yano

Interessante que ele dá origem a escola baiana de Judô e a escola cearense de JJ

Então no começo era a msm coisas

Ele empatou com Hélio e venceu Waldemar Santana

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, Lucas Timbó disse:

E eles passaram a difundir isso após a morte do Carlos, que era o único que podia contestar 

Hélio era marketeiro 

Tem uma entrevista acho que na playboy que ele fala que só ensinou estás alavancas para os filhos que eles são invencíveis etc

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 hours ago, Ultimate Fighter said:

Confesso que não tô muito antenado sobre esse assunto de quem criou ou deixou de criar, quem nasceu primeiro o ovo ou a galinha.

 Mas se alguém puder postar algum link em que os filhos do Hélio aparecam dizendo que o pai criou uma arte diferente, seria interessante.

 Na minha memória eu me lembro do hélio dizendo que não inventou nada, apenas adaptou alguns movimentos por ser mais fraco etc...

 As famosas alavancas, que apesar de já existirem,  não deixa de ser uma verdade o que ele dizia.

R: Tem diversos registros aí dessa história, é a versão corrente até hoje inclusive, vou postar algumas matérias e videos com essa versão

PLAYBOY: Qual a diferença entre o jiu-jitsu que você ensina e o tradicional jiu-jitsu?

HELIO: Adaptei o jiu-jitsu às minhas características. Eu era fraco e desajeitado, leve [com 1,75 metros de altura e nunca ultrapassando 63 quilos]]. Não consegui fazer o que meu irmão [Carlos] fez, porque o jiu-jitsu dele dependia de força e habilidade. Eu não tinha nem um nem outro. Então eu fiz o que é conhecido hoje. Aperfeiçoei a técnica defeituosa de meu irmão em favor de pessoas mais fracas, usando os princípios da física, como força e força de alavanca. Você, por exemplo, não pode levantar um carro com a força de seus dois braços, mas com um macaco você pode levantar um carro. Isso é o que eu fiz. Eu descobri técnicas de alavancagem que otimizam a força. Essas modificações criaram uma forma de jiu-jitsu superior ao jiu-jitsu que existia antes disso, e hoje o jiu-jitsu que o mundo inteiro conhece é o meu jiu-jitsu. 

3 

PLAYBOY: Então, para lutar no jiu-jitsu não é preciso ser forte?

HELIO: Não, você está certo. Se você entende meu método de jiu-jitsu, pode dar uma surra em qualquer homem por lá [risos]. Não é uma questão de habilidade ou força, mas de saber como usar a alavancagem correta em uma técnica. Com um dedo, tenho a capacidade, mesmo na minha idade, de colocar um homem no chão. Você, por exemplo [ele se levanta e me coloca na frente dele. Então ele faz que eu tenha duas mãos em volta do pescoço. Dois segundos depois, sou presa de uma trava de braço.] {Risos]. É uma espécie de ratoeira. Uma armadilha de rato não persegue o mouse. Mas quando o rato coloca suas garras no queijo, a armadilha se fecha. Toda forma de agressão tem uma defesa. É o tipo de agressão que define qual é o tipo adequado de técnica defensiva. 

http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Lutas/0,,MUL977597-16314,00-MORRE+EM+ITAIPAVA+REGIAO+SERRANA+DO+RIO+DE+JANEIRO+AOS+ANOS+HELIO+GRACIE.html

Tem vários registros, é só jogar na internet algo sobre o tema vindo do Rickson, Royce, Rorion, Helio... 

 

Até hoje cada lutador de jiu jitsu adapta a arte para o seu jogo de acordo com o seu biótipo,  isso faz com que muitos se sintam até inventores de algumas posições, de tanto que a utilizam a ponto de criarem vícios que só eles tem pra tal posição, que acabam funcionando só pra eles,  quem nao se lembra nos campeonatos da década de 90 do Roleta e do seu famoso "Esqui-jitsu"?  Com certeza se perguntar pra ele sobre o "esqui-jitsu" talvez ele diga com orgulho que se sente o criador daquilo ali, pois só ele fazia e só com ele funcionava na época.

 tem muito improviso e posições malucas hoje que não se via no jiu jitsu do passado, pode ser que o hélio criasse situações na época que no jiu jitsu tradicional não se via tanto, nem com tanto êxito quando feito por outros,  aí o velhinho se sentia meio que o criador da parada.

 É igual o futebol, nasceu aonde? Não foi no Brasil,  mas o mundo todo por decadas reconheceu que existiu um futebol com dribles e improvisos que só tinha aqui,  não se via em nenhum outro lugar do mundo aquilo que jogadores brasileiros faziam, o campo, as chuteiras,  a bola, eram iguais pra todos,  todos aprendiam os fundamentos do futebol  igualmente, mas a partir do básico surgiam coisas que só os brasileiros  faziam e criavam em campo.

 No jiu jitsu acho que é a mesma coisa.

R: Blz, tendo a concordar, mas aí então pq o Hélio é visto como o criador? Foi somente mais um que fez isso, é o que vc falou, todos adaptam as técnicas ao seu biotipo, dai ao cara falar que inventou golpes com alavanca, dar exemplo do macaco, tem um marketing grande nisso né. Não estou condenando ele tbm, toda arte tem esses dogmas e lendas, ele tentou emplacar isso aí e a galera comprou na época, mas cabe a nós hoje tendo essa consciência procurar a versão mais fidedigna aos fatos. Reconhece a extrema importancia do Helio, assim como a do Carlos para o jiu jitsu atual e até MMA.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, hvalentim disse:

 

Olha aí @NEGO DÁGUA

Nunca que ele era tão fraco assim

E como assim o JJ de Carlos dependia de força se inclusive Carlos era mais fraco que ele?

Share this post


Link to post
Share on other sites
59 minutos atrás, MV8 disse:

Olha aí @NEGO DÁGUA

Nunca que ele era tão fraco assim

E como assim o JJ de Carlos dependia de força se inclusive Carlos era mais fraco que ele?

Verdade , fora Relson era mais forte que Rickson quando era jovem.

Rickson era muito forte 85 quilos rasgado, 1.78.

Até Royce não era franzino como se propaga 1.85 e uns 78 quilos.

Mestre Alm dizia que Mestre Hélio era magro forte.

Ruas disse que no seu auge 95 quilos ou mais Medhi do Judô o quedava com extrema facilidade

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, MV8 disse:

Acho que variava do Judoka

É como no jiu tem gente que especializa de guardeiro outros de passador

Acho que naquela época tinha Judoka que já não levava o chão a sério

Mas sim teve muito Judoka casca grossa que pulou faixa no JJ

Acho que aí no nordeste principalmente onde a influência dos Gracie era menor

Se não me engano quem introduziu o JJ e o Judô por aí foi o Takeo Yano

https://en.m.wikipedia.org/wiki/Takeo_Yano

Interessante que ele dá origem a escola baiana de Judô e a escola cearense de JJ

Então no começo era a msm coisas

Ele empatou com Hélio e venceu Waldemar Santana

Na verdade todo chão do nordeste veio do judô e de suas escolas japonesas.

Ivan Gomes era aluno do Takeo.

Por aqui quem começou o chão que saiba foi Yoshiza que era judoca até Waldemar fez jiu jitsu aqui antes de ao Rio.

Dizem que os alunos do Helio foram melhores que ele ( não há demérito algum nisso) Pedro hemerito, Flávio Bering, João Alberto Barreto, tantos outros , esse já venciam os japoneses

Dizem que 90% de minas gerais é Takeo Yano a origem do jiu jitsu .

Na verdade a muita influência que se imagina , mas não se pode falar muito isso praticantes de jiu jitsu não gostam

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, Ultimate Fighter disse:

Confesso que não tô muito antenado sobre esse assunto de quem criou ou deixou de criar, quem nasceu primeiro o ovo ou a galinha.

Mas se alguém puder postar algum link em que os filhos do Hélio aparecam dizendo que o pai criou uma arte diferente, seria interessante.

Na minha memória eu me lembro do hélio dizendo que não inventou nada, apenas adaptou alguns movimentos por ser mais fraco etc...

As famosas alavancas, que apesar de já existirem,  não deixa de ser uma verdade o que ele dizia.

Até hoje cada lutador de jiu jitsu adapta a arte para o seu jogo de acordo com o seu biótipo,  isso faz com que muitos se sintam até inventores de algumas posições, de tanto que a utilizam a ponto de criarem vícios que só eles tem pra tal posição, que acabam funcionando só pra eles,  quem nao se lembra nos campeonatos da década de 90 do Roleta e do seu famoso "Esqui-jitsu"?  Com certeza se perguntar pra ele sobre o "esqui-jitsu" talvez ele diga com orgulho que se sente o criador daquilo ali, pois só ele fazia e só com ele funcionava na época.

tem muito improviso e posições malucas hoje que não se via no jiu jitsu do passado, pode ser que o hélio criasse situações na época que no jiu jitsu tradicional não se via tanto, nem com tanto êxito quando feito por outros,  aí o velhinho se sentia meio que o criador da parada.

É igual o futebol, nasceu aonde? Não foi no Brasil,  mas o mundo todo por decadas reconheceu que existiu um futebol com dribles e improvisos que só tinha aqui,  não se via em nenhum outro lugar do mundo aquilo que jogadores brasileiros faziam, o campo, as chuteiras,  a bola, eram iguais pra todos,  todos aprendiam os fundamentos do futebol  igualmente, mas a partir do básico surgiam coisas que só os brasileiros  faziam e criavam em campo.

No jiu jitsu acho que é a mesma coisa.

Já postaram aqui, na verdade eles constantemente falam isso

Não faz sentido essa versão dele. Primeiro que ao alegar que judô é uma luta que requer força é um furo. Jigoro Kano tinha 1.50, assim como seus discípulos eram todos homens muito pequenos e franzinos. Os próprios irmãos do Hélio eram menores e mais magros do que ele

O judô que o Hélio disse ter criado nada mais é que o Kosen, que é a parte do judô em que deram mais ênfase ao chão. Lá já existia tudo isso, raspagens, ganchos, alavancas, etc

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito boa a discussão aqui! E para esclarecer, tem o Elton Silva (que lançou os livros), já eu sou o Elton Brasil, aluno do já saudoso Armando Wriedt (9º grau do mestre Hélio Gracie), e que entrevistou o Euclides em 2008!

Para enriquecer a discussão:

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, NEGO DÁGUA disse:

Verdade , fora Relson era mais forte que Rickson quando era jovem.

Rickson era muito forte 85 quilos rasgado, 1.78.

Até Royce não era franzino como se propaga 1.85 e uns 78 quilos.

Mestre Alm dizia que Mestre Hélio era magro forte.

Ruas disse que no seu auge 95 quilos ou mais Medhi do Judô o quedava com extrema facilidade

 

6 horas atrás, Lucas Timbó disse:

Já postaram aqui, na verdade eles constantemente falam isso

Não faz sentido essa versão dele. Primeiro que ao alegar que judô é uma luta que requer força é um furo. Jigoro Kano tinha 1.50, assim como seus discípulos eram todos homens muito pequenos e franzinos. Os próprios irmãos do Hélio eram menores e mais magros do que ele

O judô que o Hélio disse ter criado nada mais é que o Kosen, que é a parte do judô em que deram mais ênfase ao chão. Lá já existia tudo isso, raspagens, ganchos, alavancas, etc

Um dos fundamentos do Judo é justamente a ideia de usar a força do oponente contra ele.

 

7 horas atrás, NEGO DÁGUA disse:

Na verdade todo chão do nordeste veio do judô e de suas escolas japonesas.

Ivan Gomes era aluno do Takeo.

Por aqui quem começou o chão que saiba foi Yoshiza que era judoca até Waldemar fez jiu jitsu aqui antes de ao Rio.

Dizem que os alunos do Helio foram melhores que ele ( não há demérito algum nisso) Pedro hemerito, Flávio Bering, João Alberto Barreto, tantos outros , esse já venciam os japoneses

Dizem que 90% de minas gerais é Takeo Yano a origem do jiu jitsu .

Na verdade a muita influência que se imagina , mas não se pode falar muito isso praticantes de jiu jitsu não gostam

Esta parte do Ivan eu vi naquela página da wikipedia não tenho certeza

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Elton Brasil disse:

Muito boa a discussão aqui! E para esclarecer, tem o Elton Silva (que lançou os livros), já eu sou o Elton Brasil, aluno do já saudoso Armando Wriedt (9º grau do mestre Hélio Gracie), e que entrevistou o Euclides em 2008!

Para enriquecer a discussão:

 

Informações importantíssimas

Olha aí que relíquia @NEGO DÁGUA

Tudo que Hélio fazia a parte de defesa pessoal etc inclusive defesa contra oponente armado George fazia antes

Mano que injustiça terem apagado ele da história

Injustiça absurda

Edited by MV8

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 horas atrás, NEGO DÁGUA disse:

@Lucas Timbó @MV8  @hvalentim

Paulão Filho falando que Rickson é excepcional isso Paulão estava no auge.

 

Palavras de um dos maiores talentos da escola Carson Gracie: “É uma covardia o que fazem com o Rickson!”.

Até que enfim um pouco de lucidez por aqui. 

Falei que não me manifestaria mais, porém não me contive.

A “Graciefobia” ainda não atingiu a todos! 

🙏

Share this post


Link to post
Share on other sites
13 hours ago, NEGO DÁGUA said:

@Lucas Timbó @MV8  @hvalentim

Paulão Filho falando que Rickson é excepcional isso Paulão estava no auge.

 

Tinha visto já, com certeza o Rickson devia ser diferenciado no seu tempo de pano, é unanimidade praticamente entre os da época. Mas quanto a isso o próprio Drysdale fala bem, uma coisa é a qualidade do lutador, outra é avanço técnico, o próprio Paulão falou ai que a magia do jiu jitsu do Rickson está nos pequenos detalhes, na destreza dos movimentos mais básicos, mas realizados da maneira mais perfeita possível. O Drysdale dá até o exemplo do Roger Gracie, fala que era impossível lutar com o cara, era muito bom, mas era um jiu jitsu simples, extremamente bem executado, são coisas diferentes.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Jaison79 said:

Palavras de um dos maiores talentos da escola Carson Gracie: “É uma covardia o que fazem com o Rickson!”.

 Até que enfim um pouco de lucidez por aqui. 

 Falei que não me manifestaria mais, porém não me contive.

 A “Graciefobia” ainda não atingiu a todos! 

 🙏

Ninguém aqui pelo menos que eu tenha visto faltou com o respeito com ninguém, tão pouco desrespeitou o chão do Rickson, eu particularmente acho que deve ter sido o exponente na época no pano, depois da morte do Rolls, não vi ninguém aqui falando contra isso.

Querer que a história seja contada de forma correta e mais próxima a realidade dos fatos não é "Graciefobia", até pq outras figuras como George Gracie vão fanhar um espaço que antes não tinham, isso é ser contra os Gracie?!  

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this