Sign in to follow this  
Scolfield

Policial e lutador, Haroldo Cabelinho reconhece Johil de Oliveira como ‘um dos maiores nomes do Vale-Tudo’, mas avisa: ‘Vou passar por cima dele’

Recommended Posts

Policial e lutador, Haroldo Cabelinho reconhece Johil de Oliveira como ‘um dos maiores nomes do Vale-Tudo’, mas avisa: ‘Vou passar por cima dele’

por: Leonardo Fabri | @Fabri89
em 24 de agosto de 2018

 
Haroldo-Bunn-x-Johil-de-Oliveira.jpg

Cabelinho e Johil se reencontram nesta sexta – Foto: Leo C. Farias

Dois verdadeiros dinossauros da época em que MMA ainda era Vale-Tudo entram em ação nesta sexta-feira em luta válida pelo Shooto em homenagem ao BOPE, que este ano terá como palco a Arena Upper, no bairro do Flamengo. São eles Johil de Oliveira, 49 anos, e Haroldo Bunn, o Cabelinho, 41. O combate tem três temperos especiais: primeiro, trata-se da despedida de Johil; segundo, é a revanche de uma luta realizada em 2011; e por fim, embora o esporte tenha evoluído, não deixa de ser um clássico entre orgulhosos representantes do Jiu-Jitsu e da Luta-Livre. Representante da Polícia Federal, do BOPE e do Jiu-Jitsu, o anfitrião Haroldo Cabelinho reconhece o valor do adversário na história do esporte, mas não esconde que a ferida da derrota sofrida em 2011 dentro de casa ainda está aberta.

johil-braco-bunn.jpg

Johil venceu no primeiro duelo, agora Cabelinho quer dar o troco – Foto: Marcelo Alonso

“Para mim, o momento é de respeito e reverência a um dos maiores nomes do Vale-Tudo que encerrará sua carreira, mas nos 15 minutos em que estaremos frente a frente, vou passar por cima dele e fazer a Upper Arena, lotada de caveiras, explodir”, garante. “Como ele venceu a primeira luta no Shooto dentro do meu batalhão, eu confesso que essa luta tem um gosto especial de revanche para mim. Por isso fiz um camp bem melhor, terminei as 12 semanas de preparação recuperado de todas as lesões e muito bem fisicamente. Temos como característica lutar por amor, por nossa honra, porque isso é nossa essência; e quando dois homens assim lutam, é certeza de muito suor e sangue no octógono.”

Em relação à rivalidade entre Jiu-Jitsu e Luta-Livre, Cabelinho faz coro de que a hostilidade ficou no passado, exalta o respeito que existe nos dias de hoje, mas não faz cerimônias em levantar a bandeira de sua modalidade de origem.

“Somos da época em que a rivalidade entre Jiu-Jitsu e Luta-Livre era tamanha que se nos encontrássemos na rua era capaz de sairmos na porrada ali mesmo. Ambos lutamos no Vale-Tudo e hoje chegamos ao MMA, onde tudo está muito mais profissional. A rivalidade entre Jiu-Jitsu e Luta-Livre ainda existe, porém de uma maneira respeitosa. Eu poderia dizer inclusive que vou finalizá-lo e provar que o Jiu-Jitsu é superior à Luta-Livre, mas prefiro dizer que amo o Jiu-Jitsu. Sou quem eu sou por causa do Jiu-Jitsu e do meu amor por essa luta, mas também destaco que aprendi muito e continuo aprendendo com meus amigos da Luta-Livre da Cerrado MMA (Prof. Renato Ferreira) e com a lenda Mestre Leitão. Resumindo: quando eu vencer a luta, a torcida toda gritará Jiu-Jitsu, mas eu respeito e admiro a Luta-Livre.”

Vitorioso no Jiu-Jitsu, tendo inclusive finalizado Jean Jacques Machado, Haroldo Cabelinho poderia ter ido muito mais longe no MMA, mas a vocação para a polícia e o nascimento do filho falaram mais alto. Desde então, lutar, para ele, apenas por hobby.

cabelinho-bunn-azegracie.jpg

Haroldo Cabelinho orgulha-se da carreira de policial e da faixa preta de Jiu-Jitsu – Foto: Fernando Azegracie

“Sempre quis ser policial, bombeiro e lutador. Quando meu filho nasceu, decidi ter uma carreira mais sólida e estável e por isso fiz concurso para a Polícia Federal. Formei-me nos cursos das principais unidade de elite do Brasil: COT-PF, BOPE-PMERJ e CORE-PCERJ, e para isso não pude mais me dedicar exclusivamente à luta. Como eu gosto de me colocar em desafio, de tempos em tempos eu me planejo no trabalho para conseguir fazer um treinamento mínimo necessário para lutar em alto nível. Sou viciado em desafios e adrenalina, gosto de incursionar em área hostil e lutar MMA.”

Por fim, Cabelinho faz coro a Johil de Oliveira, que sugeriu uma categoria máster para que lutadores como eles, movidos pelo amor ao esporte, continuem se divertindo e fazendo o que amam.

“Mestre Renzo Gracie acabou de lutar… imagina um evento com uma luta entre Renzo Gracie e Eugênio Tadeu. As lutas não são na velocidade da luta do peso-mosca do UFC Demetrious Johnson, mas certamente poderão ser tão ou mais emocionantes. O evento que promover lutas desse tipo irá lotar o estádio. Além disso, não precisa ser um evento apenas da categoria ‘Master’, pode se fazer uma superluta como essa. Coloca Renzo x Eugênio, Fábio Gurgel x Hugo Duarte que os ingressos esgotarão rapidamente.”

Shooto Brasil 87: Bope

Data: Sexta-feira, 24 de agosto de 2018

Horário: 20h (Combate.com) e 21h ao vivo no Canal Combate e Sportv 2

Local: Upper Arena

Endereço: Rua Bibiano Pereira da Rocha n° 2-A – Flamengo, Rio de Janeiro

Card principal

Até 72,6kg: Marcio Bruno (72,5kg) (WGT/Boxe Thai/Gracie Barra) x Ronys Torres (72,3kg) (Nova União) – CINTURÃO

Até 56,7kg: Sidy Rocha (56,7kg) (Rocha Top Team) x Lara Procópio (58,1kg) (Nova União) – CINTURÃO

Até 78kg: Johil de Oliveira (74,1kg) (Johil Team) x Haroldo Bunn (78,3kg) (Nova União)

Até 74,8kg: Ugo Barbosa (75kg) (RMT Aicon) x Andrius Tigrão (74,1kg) (Nova União)

Até 70,3kg: Milson Barão (70,2kg) (Renovação Coari Team) x Junior Negão (70,6kg) (Nova União)

Até 70,3kg: Ricardo de Souza (70,1kg) (Careca MMA Team) x Guilherme Doin (70,8kg) (Nova União)

Até 68kg: Rafael Cacique (68,4kg) (ATS Tubarões) x Rafael Bernardo** (68,7kg) (CTLA Nova União)

Até 63,5kg: Patrizio de Souza (63,9kg) (Full House) x Adilson Pica Pau (63,8kg) (Nova União)

Até 63,5kg: Wandenberg Nascimento (65,7kg) (BPT) x Willian Ferreira (65,3kg) (Nova União Bope)

Card preliminar

Até 66,2kg: João Gilberto (65,8kg) (PRVT) x Keweny Lopes (66,2kg) (Nova União)

Até 57,1kg: Mairon Santos (57,1kg) (PRVT) x Leandro Zé Pequeno (57,1kg) (Nova União) – LUTA AMADORA

*Peso combinado

**O(A) Atleta não bateu peso limite da categoria e será multado em 20% da bolsa, repassada ao adversario(a)

 

http://portaldovaletudo.com.br/policial-e-lutador-haroldo-cabelinho-reconhece-johil-de-oliveira-como-um-dos-maiores-nomes-do-vale-tudo-mas-avisa-vou-passar-por-cima-dele/

Share this post


Link to post
Share on other sites

Verdadeiros guerreiros!

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Johil verdadeira lenda, ensinou o q é ground and pound ao Pelé na primeira luta!

Curto muito esses caras das antigas, esse é um cara q quase ficou cego guerreiro pra caramba, tomara q tenha saúde!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Estarei assistindo, com certeza.

Cabelinho Vs. Johil de Oliveira é um clássico, Jiu-jitsu Vs. Luta Livre, nostalgia total; Ronys Torres é (pelo menos, era) um lutador de primeira, muito agressivo e técnico, de bastante qualidade; e o Andrews Tigrão eu conheço, dá aula de jiu-jitsu no BOPE, excelente pessoa e um ótimo atleta.

Edited by Raphael Rezende

Share this post


Link to post
Share on other sites

Johil é lenda no vale-tudo o cara é muito cascudo. Duelo jiujitsu x luta livre como antigamente. O cabelinho é casca-grossa no jiujitsu, vale-tudo e na policia. Verdadeiros Highlanders vou assistir com certeza.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alguém aí sabe os resultados desse evento! E links das lutas?

Abraço a todos

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this