Eder Jofre55

‘Thominhas’ prevê reencontro com Cody no UFC: “Vai ser diferente”

Recommended Posts

On 2017-6-23 at 9:58 AM, Arona85 said:

Pra mim esse é o principal problema dos atletas brasileiros: começam a competir tarde e a dietar tarde, suplementar tarde. Os americanos, como competem desde criança, se suplementam desde criança, são acostumados com esse estilo de vida.

Lembro de um conuntdown: Barão x Tj, que mostrava o Barão em uma padoca comendo coxinha, correndo na rua, enquanto o TJ após o treino, fazia uma meia hora naquelas cãmaras de gelo ultra tecnológicas.

Isso não e nem de longe o fator mais influente. Shogum,Wanderlei no Pride e Anderson e Aldo no UFC dominaram por um longo período e nem sabiam o que e camera de gelo kkkkk

O problema e tática e técnica mesmo. Thominhas tem um jogo falho na defesa esse e a maior falha dele, eu vejo ele longe de chegar ao titulo se não corrigir isso.

Edson Barbosa também quando apareceu todo mundo se encantou e ele tinha um monte de falhas.

Deu uma sumida e corrigiu muita coisa. Ja usou uma tática e leitura de luta do adversário ao nocautear seu ultimo adversário marcando o tempo de entrada dele, que era sempre jogar um Jeb e entrar no Doulbe Leg, o que falta para os brasileiros e coach, alguém que faça a leitura da luta, nisso os americanos estão a nossa frente anos luz.

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 minutes ago, Josef Borges said:

Isso não e nem de longe o fator mais influente. Shogum,Wanderlei no Pride e Anderson e Aldo no UFC dominaram por um longo período e nem sabiam o que e camera de gelo kkkkk

O problema e tática e técnica mesmo. Thominhas tem um jogo falho na defesa esse e a maior falha dele, eu vejo ele longe de chegar ao titulo se não corrigir isso.

Edson Barbosa também quando apareceu todo mundo se encantou e ele tinha um monte de falhas.

Deu uma sumida e corrigiu muita coisa. Ja usou uma tática e leitura de luta do adversário ao nocautear seu ultimo adversário marcando o tempo de entrada dele, que era sempre jogar um Jeb e entrar no Doulbe Leg, o que falta para os brasileiros e coach, alguém que faça a leitura da luta, nisso os americanos estão a nossa frente anos luz.

Cara, você pegou exceções à regra, e na época do Pride todo mundo se bombava à vontade, não e parâmetro.

Quando a USADA entrou no jogo os brasileiros foram perdendo a hegemonia. A preparação física e alimentar dos americanos não se compara com a nossa. Com  a USADA isso está ficando cada vez mais evidente. Aldo é muito, mas muito mais técnico que o Holloway, e você viu o que aconteceu: abriu o bico no 2 round

Falar do Pride nesse aspecto não tem o menor cabimento, pois todos lutavam dopados. Olha como o Rafael dos Anjos decaiu, o Werdun, o Barão, o Aldo, o própro AS, que conseguia se manter com idade avançada até a USADA entrar no jogo

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não o vejo comoba maioria está falando não... Não o vejo como um porradeiro desenfreado ou roleta russa.

Ele é agressivo, mais do que a média, mas ele trabalha bem na longa também.

Como ele confia muito na mão, quando ele entra no raio de ação, vai pra derrubar.

O que aconteceu na luta contra o Cody é que lutou contra um cara que tem um timing muito foda na curta e pra contra-golpear, tanto que nem o Cruz conseguiu entrar naquele raio de ação sem ser atingido várias vezes.

De resto, acho que trabalhar um pouco o JJ vai bem, pra não ficar no chão, pois sua Fortaleza é soltando as mãos.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito talentoso o Thominhas mas precisa melhor bastante ainda, passou aperto em várias lutas, sim acabou nocauteando mas se expõe demais e não vejo ele passando pelo   Jimmie Rivera não hein, posso me equivocar mas o baixinho Rivera é bem pedreira, não é um nocauteador mas bate bem pesado, tem queixo é forte pra caramba e pode segurar o ímpeto do brasileiro no round inicial e ficar outros 2 rounds derrubando e usando o GP pra pontuar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 hours ago, cisao said:

Verdade. A luta deles deixou isso bem claro. 

E

Tem mtas falhas no jogo. Mtas brechas. Toda luta é uma roleta russa. O cara para ser campeão ou se manter entre os tops tem que ser o mais fechadinho possível - não necessariamente fazendo luta feia. Mas sendo um defensor tão bom como atacante. 

Ele ainda parece ter aquela mentalidade da Chute Boxe.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Embora Thomas precise melhorar muita coisa no jogo dele, não dá pra se ter como parâmetro a luta dele contra o Cody. Ali eram 2 atletas com nível e mentalidade diferentes.

Caso eu conceitue o Thomas por aquela luta, precisarei dizer também que o Cruz precisa melhorar muita coisa no jogo dele já que o ex-campeão levou uma tremenda surra do Cody. Pra mim, só Anderson na luta contra o Forrest fez uma apresentação mais técnica do que o Cody. A atuação do atual campeão foi impressionante, ainda mais sendo em cima de quem foi.

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 minutes ago, Último Imperador said:

Embora Thomas precise melhorar muita coisa no jogo dele, não dá pra se ter como parâmetro a luta dele contra o Cody. Ali eram 2 atletas com nível e mentalidade diferentes.

Caso eu conceitue o Thomas por aquela luta, precisarei dizer também que o Cruz precisa melhorar muita coisa no jogo dele já que o ex-campeão levou uma tremenda surra do Cody. Pra mim, só Anderson na luta contra o Forrest fez uma apresentação mais técnica do que o Cody. A atuação do atual campeão foi impressionante, ainda mais sendo em cima de quem foi.

Que baita exagero, comparação descabida. Cody destruiu o Thomas em 1 round, Andersn brincou com o Griffin. 

 

Cody teve uma apresentação fantástica contra o Cruz, mas teve ampla superioridade no 3 e 4 round, 1 e 2 muito parelhos, e o 5 do Cruz.

Share this post


Link to post
Share on other sites
33 minutes ago, Lucas Timbó said:

Que baita exagero, comparação descabida. Cody destruiu o Thomas em 1 round, Andersn brincou com o Griffin. 

 

Cody teve uma apresentação fantástica contra o Cruz, mas teve ampla superioridade no 3 e 4 round, 1 e 2 muito parelhos, e o 5 do Cruz.

"Anderson brincou com o Forrest" é verdade...

...mas o Cody chegou a dançar Break contra o Cruz. Não nocauteou porque claramente quis surrar e provar a superioridade sobre o ex-campeão, e provou!

Pra mim, uma atuação tão técnica quanto a apresentação do Anderson.

Mas entendo sua opinião de fã. Eu também sofro disso. Acho até que o Shogun fez um primeiro round mais ou menos parelho contra o Jones :rolleyes:

Edited by Último Imperador

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Arona85 said:

Cara, você pegou exceções à regra, e na época do Pride todo mundo se bombava à vontade, não e parâmetro.

Quando a USADA entrou no jogo os brasileiros foram perdendo a hegemonia. A preparação física e alimentar dos americanos não se compara com a nossa. Com  a USADA isso está ficando cada vez mais evidente. Aldo é muito, mas muito mais técnico que o Holloway, e você viu o que aconteceu: abriu o bico no 2 round

Falar do Pride nesse aspecto não tem o menor cabimento, pois todos lutavam dopados. Olha como o Rafael dos Anjos decaiu, o Werdun, o Barão, o Aldo, o própro AS, que conseguia se manter com idade avançada até a USADA entrar no jogo

Os Fans do MMA são muito imediatistas, embora acompanhem seus ídolos e diversas noticias da ocasião não costumam focar nos detalhes.

José Aldo sempre teve esse desgaste a partir do 3 round. E sempre cometeu o erro e continua cometendo em lutar da mesma formam nessa ultima um gênio disse a ele que não deveira chutar kkkk depois que pegou mal alegou que estava contundido.

O que o Holloway fez foi mapear o jogo do Aldo e traçar uma estratégia em cima das falhas dele. No momento certo ele apertou o ritimo e deu no que deu.

Esse papo de comida melhor é complexo de vira lata. Todo lutador top brasileiro tem um nutricionista e suplementa igual a qualquer americano. E americano antes de virar estrela se entope de Hot Dog e bacon na escola kkkk.

A diferença é que eles tem uma larga experiência de corte de peso advinda do Wrestling e boxe no colégio. Quanto a USADA os brasileiros foram afetados na recuperação devido a proibição do soro na veiam Dos Anjos e Barão que o digam.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu também não sei de onde tiram que o Cody atropelou o cruz. Eu vi uma luta parelha, com vantagem do Cody após aquela cabeçada, onde o cruz pareceu decair após  isso. 

E também o cruz entrou pra trocar, querendo dar show. Se tivesse feito o mesmo jogo de esperar pelo ataque do adversário pra se esquivar e soltar contra golpe, acho que tinha levado. 

Acho que o Cody só vai se consolidar mesmo após bater o TJ, aí sim vai fazer jus ao hype. 

E quanto ao Thomas, ainda vai evoluir muito, é novo ainda. Daqui alguns anos deve rolar essa revanche se o Thomas conseguir se manter constante... 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tominhas é bom, mas o outro malandro é muito maior e mais forte que ele...

A ultima luta foi covardia...a cada porrada q tomava voava pra trás mesmo defendendo , e a cada porrada que dava não fazia nem cosquinha. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

cara esse forum é  atolado de chupa ovo de gringo!pqp.

cody venceu e ponto. Foi melhor. .. agora só  tendo outra luta para sabermos se o tominhas evoluiu. 

"no brains" ja foi kozado tb.... e deu a volta por cima. tominhas tb pode.

Share this post


Link to post
Share on other sites

o Cody pra mim é um dos lutadores mais impressionantes da atualidade.

 

A luta dele contra o dominique foi uma das melhores apresentações de um artista marcial que eu já vi.

 

A luta do Cody com o Thominhas foi um atropelo. Acho que o thomas têm que evoluir muito pra tentar um resultado diferente numa revanche.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now