marcosleite

"Só se me vencer Pettis será campeão incontestável", diz Khabi

Recommended Posts

"Só se me vencer Pettis será campeão incontestável", diz Khabib

Atleta russo fala sobre a recuperação da lesão no joelho e prevê retorno ao octógono para abril ou maio: “Será um confronto muito ruim para ele”

10/12/2014 09h00 - Atualizado em 10/12/2014 09h00 | Por Evelyn Rodrigues - Las Vegas, EUA

No sábado passado, o russo Khabib Nurmagomedov, atual primeiro colocado no ranking dos pesos-leves do Ultimate, interrompeu a coletiva de imprensa pós-UFC 181 para desafiar o campeão Anthony Pettis. No dia seguinte, ele recebeu a nossa reportagem em um flat, em Las Vegas, para falar sobre o que achou da primeira defesa de cinturão de “Showtime”:

- Pettis é um campeão real, mas eu não acho que ele seja incontestável. Ele é o campeão, venceu vários caras duros, mas só se ele me vencer se tornará incontestável. Ele é um lutador muito duro, mas tem que lutar contra alguém com uma boa experiência de wrestling. Ele nunca teve um oponente assim, já enfrentou caras bons de jiu-jitsu, de trocação, mas nunca um cara assim do wrestling. E, agora, o UFC tem um cara que tem um esse topo de experiência, é o desafiante, invicto, novo, forte, eu acho que é um confronto muito bom para os fãs e para o UFC... e muito ruim para o Pettis.

khabib_evelyn_rodrigues.jpg

Nurmagomedov quer o cinturão de Pettis (Foto: Evelyn Rodrigues)

O lutador passou três meses na “capital mundial da luta” se recuperando de uma cirurgia no joelho, à qual se submeteu em julho devido a um estiramento no menisco. A temporada na cidade se encerrou no domingo, quando ele voltou para a Rússia para continuar o tratamento por lá. Embora o retorno ao octógono dependa da recuperação total de seu joelho, o atleta garante que vai estar pronto para voltar ao octógono a partir de abril:

- Fiquei três meses em Vegas fazendo reabilitação todos os dias. Eu alongava meu joelho, massageava, fazia tudo… Meu joelho está 50%, já comecei a correr e a pular, mas ainda não posso começar a treinar wrestling. Eu treino todo dia, duas vezes por dia. Estou machucado, mas eu treino braços, a minha outra perna, tudo o que eu posso. Meu médico disse que posso começar a treinar duro no final de janeiro. Na minha última consulta, ele disse que eu devo poder lutar em março ou abril, mas eu acho que isso deve acontecer em abril, maio ou junho.

Nurmagomedov também analisou o combate entre Pettis e Melendez e disse que o ex-campeão do Strikeforce mostrou o caminho para se derrotar “Showtime”. Entre outros assuntos, o lutador comentou a declaração de Dana White, que disse que Anthony é o melhor atleta peso por peso do mundo, e deu a sua opinião sobre a possível ida de José Aldo para a divisão dos leves no futuro.

Confira a entrevista na íntegra:

Como foi o processo de reabilitação do seu joelho aqui em Las Vegas?

- Fiquei três meses em Vegas fazendo reabilitação todos os dias. Eu alongava meu joelho, massageava, fazia tudo… Meu joelho está 50%, já comecei a correr e a pular, mas ainda não posso começar a treinar wrestling. Eu treino todo dia, duas vezes por dia. Estou machucado, mas eu treino todo dia meus braços, a minha outra perna, o que eu posso. Meu médico disse que posso começar a treinar duro no final de janeiro. Na minha última consulta, ele disse que eu devo poder lutar em março ou abril, mas eu acho que isso deve acontecer em abril, maio ou junho.

O que você achou do duelo entre o Anthony Pettis e o Gilbert Melendez?

- Foi uma luta muito boa, Pettis finalizou o Melendez. Se você finaliza Gilbert Melendez, você é um lutador duro. Pettis é um lutador muito duro, mas ele tem que lutar com alguém com uma boa experiência de wrestling. Ele nunca teve um oponente assim, já enfrentou caras bons de jiu-jitsu, de trocação, mas nunca um cara assim do wrestling. E, agora, o UFC tem um cara que tem um esse topo de experiência, é o desafiante, invicto, novo, forte, eu acho que é um confronto muito bom para os fãs e para o UFC... e muito ruim para o Pettis.

Você acha que a estratégia mostrada pelo Melendez no primeiro round é o caminho para se derrotar o Pettis?

- Antes da luta eu achava que não seria um bom negócio para o Melendez tentar quedá-lo, pois era uma luta de 25 minutos e você cansa muito ao tentar derrubar o adversário, então precisa ser inteligente em um duelo de cinco rounds. Acho que seria bom se ele pudesse pegar a perna do Pettis para, só então, quedá-lo. Seria mais fácil. Mas, para mim, derrubar é o meu trabalho, eu já faço isso há 20 anos. Eu vou tentar quedá-lo, vou colocar pressão, não vou voltar atrás, vou pressioná-lo o tempo todo, como fiz com o Rafael dos Anjos. Pettis tem um chute muito bom, tem socos rápidos, mas não tem a mão pesada. Gilbert estava um pouco lento. No primeiro round, Gilbert o venceu, mas eu sou diferente dele. O tempo muda tudo. Gilbert é um dos melhores pesos-leves da história da divisão, mas agora o tempo dele já passou. Ele foi campeão do WEC, do Strikeforce e já disputou o cinturão do UFC duas vezes, mas está com 34 anos (nota da redação: Melendez tem 32). Agora é o meu tempo, tenho 26 anos, sou mais jovem, estou faminto. Depois de cinco ou seis anos, o meu tempo também vai passar e um cara mais jovem vai aparecer com mais fome, sendo mais forte e vai tomar o meu lugar. O tempo muda tudo, mas eu acho que agora é o meu tempo e eu quero enfrentar os melhores.

Por que você acha que merece a chance ao título?

- Eu quero essa luta porque eu treinei muito duro a minha vida toda e eu gosto quando eu posso ter um bom adversário, gosto de desafios. O tempo todo eu digo: “Me dê os melhores”. Eu não peço o número 15 ou o número 20, eu quero o número um. Agora, eu digo, me dê a chance ao título, porque eu mereço, estou invicto. Eu adoro desafios e eu quero enfrentar os melhores lutadores dessa divisão. Acho que mereço.

Você acha que o Pettis provou no sábado que é o verdadeiro campeão da divisão?

- Pettis é um campeão real, mas eu não acho que ele seja incontestável. Ele é o campeão, venceu vários caras duros, se ele me vencer, talvez ele se torne incontestável. Eu o sigo no instagram e o vejo toda hora em festas, com bebidas… Sei que é problema dele, mas se você é o campeão, você tem que treinar todos os dias. Se você não fizer isso, um dia um cara novo e forte chega e esmaga a sua cara. É a verdade.

O que você achou do Dana White falar que ele é o atual melhor peso por peso do mundo?

- Dana White quer promovê-lo porque ele é bonito, tem o cinturão, teve várias lutas loucas, os fãs gostam disso. Mas isso é MMA, é um esporte. Se ele quer ser o número um peso por peso ele tem que me vencer. Se não me vencer, muitos podem falar que ele é o campeão, mas não venceu um cara, um cara invicto. Ele precisa vencer esse cara para se tornar o melhor peso por peso do mundo.

O que é mais difícil: derrubar um urso nos treinos ou quedar o Pettis?

- Eu acho que eu teria menos trabalho para derrubar o Pettis (risos)

Você já disse em um entrevista anterior que admira o trabalho do José Aldo. Agora que ele praticamente limpou a divisão dos penas, você acha que ele deveria subir para a dos leves?

- Eu não sou só um lutador, também tenho o meu lado fã, mas acho que o José Aldo é pequeno para subir para a divisão dos leves e o Pettis é um lutador muito grande para o peso-pena. Se eles querem mesmo se enfrentar, acredito que deveria ser em peso combinado. É uma grande luta para saber quem é o melhor trocador. Mas eu acho que o UFC tem que respeitar os lutadores que estão alinhados em fila, esperando sua chance ao título. Espero que essa luta só não aconteça agora.

Você estava presente na arena durante o UFC 181. Como você pontuou o duelo entre Robbie Lawler e Johny Hendricks?

- Eu acho que foi uma luta muito equilibrada, mas não acho que o Hendricks perdeu. Toda vez que o UFC tem uma luta assim equilibrada, o campeão mantém o cinturão. Acho que o Hendricks merecia ter ficado com o título. Eu acho que foi empate. Dei o segundo, terceiro e quarto rounds para o Hendricks e o primeiro e o último para o Lawler, mas o último por 10-8. Para mim, seria empate.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Um campeão nunca será incontestável, pois sempre terá um novo desafiante p testá-lo. Pro Jon Jones, temos DC e Gustaffson. Weidman, temos Vitor, Jacaré... E assim vai. Mas Pettis é, sem dúvida, um grande lutador.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Maracatu

O russo é jogo muito ruim pro Pettis, acho que ele pega a cinta porém ainda acredito no Rafael numa segunda luta com o Russo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Khabib está correto em se promover. Esse tipo de lógica não existe em mma, mas o Pettis já pegou um cara chato no Wrestling sim.

Clay Guida... e o momento era outro, mas Showtime não arrumou nada.

Nunca vi o Khabib em perigo real e o Pettis pode fazer isso, porém acredito que o mais fácil de acontecer seja vitória chata do russo na decisão.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Triste demais esse tipo de lutador ter chance real de ser campeão.

Perdi as contas de quantas madrugadas o GSP me estragou!

ps: Quanto a declaração o russo ta certo, Pettis hj é tempo ruim para qualquer LW do UFC.

Edited by Renato Boxe

Share this post


Link to post
Share on other sites

Triste demais esse tipo de lutador ter chance real de ser campeão.

Perdi as contas de quantas madrugadas o GSP me estragou!

ps: Quanto a declaração o russo ta certo, Pettis hj é tempo ruim para qualquer LW do UFC.

axo q realmente o russo tem um jogo meio chato

mais vejo mais chance dele finalizar a luta nos rounds de

campeonato do que o gsp

pro russo ganhar, soh quebrando o impeto inicial do pettis.

do terceiro pra frente, com o pettis mais cansado(se cansar)

GnP pra acabar com a luta.

pedreira. mais vou de russo!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Triste demais esse tipo de lutador ter chance real de ser campeão.

Perdi as contas de quantas madrugadas o GSP me estragou!

ps: Quanto a declaração o russo ta certo, Pettis hj é tempo ruim para qualquer LW do UFC.

Tambem, torço muito pra esse Russo não ser campeão, jogo extremamente chato, de quedar e quedar e quedar e amarrar no chão

sempre torço contra esse tipo de lutador, apesar de ser um jogo extremamente efetivo

Share this post


Link to post
Share on other sites

O russo é jogo muito ruim pro Pettis, acho que ele pega a cinta porém ainda acredito no Rafael numa segunda luta com o Russo.

Concordo sobre ele ganhar do Pettis mas numa segunda luta com Rafael acho que seria replay da primeira (jogo não casa apesar do brasileiro estar voando). Quem talvez fizesse frente ao russo (caso ele se torne campeão) seria Melendes, Josh tompson, Benson. Agora quem eu aposto que ganharia do Khabbibs é Jose Aldo caso suba p os leves.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now