Sign in to follow this  
wolve22

[UFC Brasilia] Antonio Pezão vs. Andrei Arlovski

Recommended Posts

O UFC chegou neste sábado ao Brasil pela quarta vez em 2014, com o primeiro evento da história da organização na capital federal, Brasília. O card principal foi composto por seis lutas, sendo a última delas a revanche entre os pesos pesados Antônio Pezão e Andrei Arlovski. Confira o que de melhor aconteceu no evento, além de fotos exclusivas de todas as lutas da noite.

Antônio Pezão x Andrei Arlovski

Os dois pesos pesados começaram o duelo se respeitando e estudando um ao outro e pouco se tocaram nos primeiros minutos de luta. Entretanto, fazendo jus à fama de nocauteador, o bielorrusso precisou de apenas um golpe para levar Pezão ao chão e completou o serviço com uma sequência de marteladas que deixaram o brasileiro desacordado. Vitória por nocaute para Arlovski, que se vinga da derrota sofrida para Pezão em 2010 pelo Strikeforce.

Gleison Tibau x Piotr Hallmann

Tibau e Hallmann fizeram uma luta tecnicamente aquém do esperado. Os pesos leves não conectaram muitos golpes contundentes e trocaram muita força no clinch e na grade. O brasileiro tentou imprimir seu jogo de quedas, muito bem defendidas pelo polonês. No final das contas, dois jurados marcaram o duelo em favor do brasileiro, que venceu em sua 23ª luta no UFC.

Léo Santos x Efrain Escudero

Vencedores do TUF Brasil 2 e TUF 8, respectivamente, Léo Santos e Efrain Escudero fizeram um clássico duelo de estilos e estratégias. Multicampeão no jiu jitsu esportivo, o brasileiro conseguiu levar o combate para sua zona de conforto no primeiro e terceiro rounds. No segundo, que se desenrolou predominantemente em pé, o mexicano foi melhor e até conseguiu um knockdown. Fácil decisão para os jurados e vitória tranquila para o brasileiro.

Santiago Ponzinibbio x Wendell Negão

Finalista da segunda temporada do TUF, Santiago prometeu que iria se redimir da derrota em sua estreia na organização e entrou no octógono decidido a cumprir. O argentino "gente boa" andou para frente durante todo o combate e não fugiu da trocação franca com Wendell, apesar da mão pesada do adversário. Ponto para Santiago, que atordoou o brasileiro com uma esquerda e manteve a pressão até conquistar a vitória por nocaute no primeiro round.

Iuri Marajó x Russell Doane

Enquanto o brasileiro entrou no octógono para uma luta franca em pé, o havaiano deixou clara a estratégia de tentar controlar o combate no chão. Marajó foi superior no primeiro round e, no segundo, alternou bons e maus momentos, chegando perto de nocautear o adversário em pé, mas passando muito tempo neutralizado com as costas no chão. No terceiro, Doane não deu espaços, foi superior e mandou a difícil decisão para a mão dos jurados, que apontaram dois rounds a um em favor do brasileiro.

Jéssica Andrade x Larissa Pacheco

O luta que abriu o card foi entre as pesos galo brasileiras Jéssica Andrade e a estreante Larissa Pacheco, de apenas 19 anos. Campeã do Jungle Fight na categoria, Larissa aceitou a luta de última hora para substituir a contundida Valerie Letourneau e sofreu com a falta de experiência. Apesar da diferença de estatura, Jéssica não teve problemas para encurtar a distância, levar o duelo para o chão e castigar a adversária no ground and pound até conseguir uma brecha para encaixar a guilhotina vencedora ainda no primeiro round.

UFC Fight Night: Pezão x Arlovski 2

Ginásio Nilson Nelson, Brasília

Sábado, 13 de setembro

Andrei Arlovski venceu Antônio Pezão por nocaute no 1º round;

Gleison Tibau venceu Piotr Hallmann por decisão dividida (28-29, 29-28, 29-28);

Léo Santos venceu Efrain Escudero por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Santiago Ponzinibbio venceu Wendell Negão por nocaute técnico no 1º round;

Iuri Marajó venceu Russell Doane por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Jéssica Bate Estaca venceu Larissa Pacheco por finalização no 1º round;

Godofredo Pepey venceu Dashon Johnson por finalização no 1º round;

George Sullivan venceu Igor Araújo por nocaute no 2º round;

Francisco Massaranduba venceu Leandro Buscapé por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Sean Spencer venceu Paulo Thiago por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27);

Rani Yahya venceu Johny Bedford por finalização no 2º round.

http://portaldovaletudo.com.br/br/noticias/item/1262-acompanhe-pelo-pvt-o-card-principal-do-ufc-bras%C3%ADlia.html

Share this post


Link to post
Share on other sites

pezao é muito lerdo... a movimentação é completamente diferente comparada ao do AA, derrota previsível ja...

Uma pena, bate forte, tem envergadura, mas quando pega adversários com altura próxima e mais agéis, se perde todo

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alguém mais considera a hipótese do Pezão ter sido a 1ª vítima do banimento do TRT?

Pezão não pareceu estar diferente do que era, ele sempre foi lento assim.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Andrey bate muito pesado, já deitou o Nelson!!!!!!!!!!

Aliás já venceu : Werdum, Pezão, Nelson, Sylvia, Big Ben

AA é um puta Lutador, quem ele pega agora? ele era o 14 e deitou o 4 colocado do Ranking.

Da o Travis pra ele!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que o Arlovski deveria pegar o vencedor de Nelson vs Hunt. E o Pezão podia pegar o Napão ou o Barnett.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quem chama o pezão de queixo de vidro(com todo respeito ao nobre user :D) nunca tmou um soco bem dado.Não é possivel,pô!! :D

Ali foram 3 e na ponta do queixo.Ficar em é depois daquilo seria algo para Nelson ou Hunt.

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk Olha, acho que não foi legal isso, meu queixo é sensívelunsure.gifdry.gifrolleyes.gif

...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Share this post


Link to post
Share on other sites

O problema do Big Queixo Pezão não é que ele tem o meu relativo queixo de vidro, mas é que o queixo de vidro dele é muito grande e muito visível. Aí ficou fácil pro Arm Lovisqui.

Share this post


Link to post
Share on other sites

PQP! Tem que fazer força para errar aquele queixinho do pezão.

Share this post


Link to post
Share on other sites

O problema do Big Queixo Pezão não é que ele tem o meu relativo queixo de vidro, mas é que o queixo de vidro dele é muito grande e muito visível. Aí ficou fácil pro Arm Lovisqui.

Além de ser muito mais lento comparado à maioria dos demais HW

Edited by The Trooper

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this