Nabuco

Paulão Filho: Estou em um momento que não posso mais desperdiçar

Recommended Posts

Paulo Filho já foi apontado como o peso-médio número 2 do mundo na década passada, viveu dias de glórias no Pride, mas viu a carreira despencar por causa do vício em um remédio para dormir. Em 2008, invicto após 16 combates, concedeu uma revanche a Chael Sonnen na disputa do título do WEC. Paulão não bateu o peso e, ao contrário do primeiro duelo entre ambos, quando finalizou com uma chave de braço, perdeu por pontos. Mesmo com a luta não valendo título, deu o cinturão ao rival. Era o início de uma queda vertiginosa na vida profissional.

paulofilho_lutador_brunolimadiv-2.jpg_95.jpg

Nessa época, Paulo Filho já lutava contra o vício. Na segunda luta contra Sonnen, teve uma apresentação completamente apática. O grupo que gerencia o UFC tinha comprado o WEC havia pouco tempo e optaram por demitir o brasileiro. Paulão ainda emendou uma sequência de quatro triunfos, mas já não era o mesmo. Depois, variou vitórias, empates e derrotas.

Na última aparição, bateu por nocaute Murilo Ninja, irmão de Mauricio Shogun. Chegou a 23-4-2 na carreira. E aos 34 anos, ganhou uma chance de recomeçar a carreira internacional. Foi contratado pelo World Series of Fighting e vai estrear em março.

- Agora estou em um momento que não posso mais desperdiçar. Infelizmente, no passado, muitas vezes por escolhas erradas, não conseguimos enxergar o mal que cometemos com nossas vidas, mas o que importa é o futuro. Estou bem, treinando duro, com a cabeça já focada no WSOF, independente de adversário, pois luto com qualquer um. Nunca escolhi e nem nunca vou escolher adversários, pois onde fui criado (Academia Carlson Gracie) isso não existe. Então, estou sempre pronto para qualquer adversário - disse o lutador, via assessoria de imprensa.

paulofilho_lutador_brunolimadiv-1.jpg_95.jpg

De empresário novo, o amigo Paulo Butty, Paulão dá de ombros para os críticos e prevê um recomeço de sucesso. As fotos mostram que ele está em boa forma. Só resta saber se as apresentações em solo americano vão relembrar o lutador que assombrou a categoria no Japão.

- Para quem duvida que eu não sou mais o Paulão de antes ou que gostariam de ver minha aposentadoria, posso afirmar que estou pronto para encarar qualquer desafio que venha pela frente e que estou me sentindo ainda melhor do que antes, porque a maturidade chega e quero não cometer mais os mesmo erros do passado. Orgulhando meu pai, que sempre esteve do meu lado e ainda sei que continua, mas infelizmente não está fisicamente mais conosco e minha mãe, que é uma verdadeira guerreira. Agradeço ao carinho que recebo dos meus fãs espelhados pelo mundo e podem ter certeza que ainda vou trazer muitas alegrias para todos vocês - concluiu.

A estreia de Paulo Filho no World Series of Fighting vai ser em março. O adversário, entretanto, ainda não foi divulgado pela organização.

fonte: http://sportv.globo.com/site/eventos/combate/noticia/2012/12/paulao-filho-estou-em-um-momento-que-nao-posso-mais-desperdicar.html

Share this post


Link to post
Share on other sites

Minha mulher se esbarrou com o Paulao em copa e falou q ele ta grande ,mas ela nao perguntou se ele tava treinando nem nada

Se ele focar ainda pode ser top

Share this post


Link to post
Share on other sites

Torcendo muito pro Paulão voltar a dar certo, tomara que tenha superado o vício de verdade, não como nas outras vezes. :/

Tô botando uma fé agora com el bigodón estilo Machida! hehe

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now