^^Annie^^

Dicas de treino - Tratamento da Obesidade

Recommended Posts

Eu não quero ficar musculosa não, gente. Eu já notei que sou fácil pra ganhar massa magra também, acho que deve ser genética, seilá. Quando era mais nova (uns 14 anos) eu fiz natação por 1 ano, e fiquei ombruda! :S

Eu já tenho braço grande, já me chamam de mulher grande, então eu acho que meu medo de fazer musculação é ficar grande demais, quando eu quero ficar mais magra possível.

Annie,

Voce pode treinar nos proximos 3/4 anos, duro e pesado.

Que com 88kilos não existe muita chance de voce ficar musculosa. Levando em consideração o que voce narrou ao longo do topico.

Em relação a fazer 1 ano de natação e ficar ombruda, deve ter sido impressão.

Porque nem o Arnold com a genetica mais privilegiada do planeta ficou ombrudo rapido assim.

Jogue duro nos treinos.

A palavra pra voce agora é dedicação aos exercicios.

Se preocupe com as medidas, e não o peso na balança.

Força

Share this post


Link to post
Share on other sites

Annie,

Voce pode treinar nos proximos 3/4 anos, duro e pesado.

Que com 88kilos não existe muita chance de voce ficar musculosa. Levando em consideração o que voce narrou ao longo do topico.

Em relação a fazer 1 ano de natação e ficar ombruda, deve ter sido impressão.

Porque nem o Arnold com a genetica mais privilegiada do planeta ficou ombrudo rapido assim.

Jogue duro nos treinos.

A palavra pra voce agora é dedicação aos exercicios.

Se preocupe com as medidas, e não o peso na balança.

Força

hauhauhaha ok, fico mais tranquila! :lol:

Galera, vocês são fodas! Muito obrigada! Continuem dando mais dicas que eu vou atualizando sempre o que acontecer por aqui! ppunkk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Oi Annie

Bem, em 2011, por problemas de saúde eu inchei 10 kilos, num tratamento aliando sulfato ferroso injetável + hormônios, n fiquei tão grilada pq sempre tive um corpo legal, mas batia um desespero, a cada vez q eu me pesava ... depois que regularizei minha saúde, os 10 foram embora rapidinho e retornei ao meu peso normal, engraçado q ninguém percebia, ja q sempre malhei muito.

Hoje eu corro/caminho rápido e pratico kickboxing 4 x por semana, já q enjoei um pouco da musculação... Mas, pretendo voltar no início do ano.

Acho q vc faz bem, aliar musculação e aeróbico + uma dieta balanceada, desanima não, força aí. Tenho uma amiga q perdeu 40 em 1 ano, sem remédios só com atividade física.

Qquer coisa manda MP, que te passo o contato dela ;)

que legal seu depoimento...mas lendo .. fica vago...pensar no resultado... poderia postar umas fotos(se for mulher mesmo)....se nao for muito.. de corpo inteiro, frente/verso.. so para fins de avaliar o resultado...

Edited by LOCO

Share this post


Link to post
Share on other sites

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

fica esperto neh... q depois pega a fama de lover de "maria salame"/, nunca mais limpa o nome no "SPC", pergunta pro rama como eh a bagaça da fama...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bem, eu estou tomando uma tonelada de remédios. Estava com colesterol e triglicerídeos altíssimo, além de apresentar novamente a disfunção na tireóide (hipotireoidismo, o que engorda).

Meu médico me passou sibutramina em dosagem baixa, além de medicação para o colesterol alto e para a tireóide.

Eu notei que tenho suado bem mais, pois ele disse que a sibutramina ia acelerar o meu metabolismo. Mas as sensações de fome, ansiedade, compulsão, continuaram as mesmas. Daí veio o tratamento em paralelo com a terapeuta. Como estou muito mais alerta, depois do susto da balança, eu estou conseguindo me segurar na alimentação e procurando me reeducar, tem dado certo, então vou manter assim.

Ok, muito bem...ta certo tem que se cuidar mesmo...e toma cuidado com a dosagem de Sibutramina.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Annie, dá uma olhada nessa minha amiga

Ela conseguiu esse resultado seguindo uma dieta MUITO rígida, treinando musculação, e claro, colocando muito aeróbico na rotina.

Em menos de um ano perdeu uns 30kg.

Exite esse mito de que musculação atrapalha na perda de peso, mas em parte é pq no começo, ao mesmo tempo que vc perde gordura, ganha músculos, "empatando" a balança.

Isso mesmo! Avaliação física e se basear somente em % de gordura e se possível somatotipo.

Era o que eu queria fazer. hauhauhauh Mas né, vamo ver se na outra academia que eu vou hoje à tarde eles deixam fazer tudo por um pacote acessível.

Abraçe! Se tiver as duas opções num mesmo pacote, melhor!

O mais importante nessa história é o foco e a determinação de seguir a dieta e os treinos por um longo período de tempo. Não adianta perder 10kg no primeiro mês e recuperar tudo logo depois, vc tem que por na sua cabeça que vai levar tempo, mas vai valer a pena. O primeiro passo é acertar a dieta, calcular as kcal, usar carbos nos momentos oportunos e seguir isso ai, sem chutar o balde nas kcal no fds, a dieta é a base de tudo. Depois que acertar vai pro treino. Eu faria musc. e aeróbico, mas o treino tem que ser sério, não só ficar levantando pesinhos de 2kg e fazendo 15min. de esteira, treine pesado e não exagere nos aeróbicos pra não forçar o joelho, se possível faça em jejum com baixa/media intensidade. Se tiver com deficit calórico e treinando bem não tem erro, vc vai perder peso, só ter paciência e foco no seu objetivo.

Perfeito, foco e frequência. O que fará diferença é o dia a dia, não faltar por nada neste mundo, é um compromisso com a sua pessoa, um horário reservado pra você. Eu trabalho em academia, mas no meu horário de treinar eu largo o celular na mochila e deixo os outros compromissos pra depois, como se eu estivesse indo em uma consulta no médico. Pense que o médico é pra quando tempos problemas e a atividade física alidada a alimentação correta é a precaução, pra nunca precisar ir no mesmo, a não ser que seja exames de rotina.

Vou fazer um paralelo: Você estuda/estudava sempre quando está de recuperação já na faculdade/colégio ou estudava e fazia os trabalhos pra não se preocupar no final de ano? O médico é sua recuperação, é o reforço que terá que vir, é as férias sem descansar, ou pior, é sua saúde indo embora porque você não deu atenção a você mesma. Diferente da escola/colégio/faculdade, se você não se cuidar por muito tempo, não terá o ano seguinte para refazer a matéria, repetir o ano. Já parou pra pensar, não pode ter ano que vem?! fearww

Esqueça o nome dieta! Nós crescemos comendo errado! Na época dos nossos pais, se o filho não era gorducho, ele era "desnutrido", era sinal de "ser saudável ter alguns kilos a mais". Pense em re-educação alimentar. Vai aprender a comer direito, na hora certa, as coisas certas.

Um exemplo pessoal. Eu sou magro, certo!? Um pouco antes de voltar a treinar e estudar Educação Física, estava treinando 6x na semana musculação e ganhei 10 kilos em 10 meses de treino. O engraçado era que no começo o % de gordura estava próximo a 12% e não baixava de jeito nenhum. Era algo aceitável, saudável, mas pra quem estava ganhando massa magra, a tendência seria esse B.F. (bodyfat) diminuir (porcentagem, logo, se existe mais massa magra, a porcentagem de gordura era pra diminuir).

Enfim, comecei a prestar atenção em alguns detalhes bobos, como por exemplo eu ainda não tomava leite desnatado, não conseguia de jeito nenhum tirar o integral! Passei uma semana de sufoco tomando whey com água [sim, eu tomava com leite integral hahahaha] e quando coloquei o desnatado na semana seguinte ficou parecendo milk shake! rs.. Passei uma semana com algo "pior" para conseguir tirar o dito cujo, me adaptando muito melhor ao desnatado logo depois disto. Foi uma semana de batalha pra mudar um único hábito alimentar e já foi difícil, imagina se estivesse mudando tudo de uma vez só.

Resultado: Nos dois meses seguintes o meu peso chegou a cair 2 kilos e o % foi pela primeira vez abaixo de 10% na vida. Achei estranho e peguei uma caixa de leite integral e fui fazer as contas. Eu tomava entre 1~2 LITROS DE LEITE POR DIA! Multipliquei pela quantidade de gramas de gordura que tem descrito na caixa e descobri que os 4 kilos a menos de gordura [ganhei 2kg de massa magra, por isto a baixada de 2kg no geral] eram resultantes somente do leite integral!

Um mero detalhe, que fez total diferença. Hoje eu nem tomo leite desnatado, mas não por opção, não sinto vontade mais. Só sou viciado em yogurte, só tomo os sem gorduras também.

Eu nunca estive tão ciente da minha situação, Vitão. É a primeira vez que eu sinto de verdade a necessidade de ser mais ativa fisicamente. Se eu continuo disposta depois de 2 meses de tratamento, isso quer dizer que está funcionando, pois antigamente eu perdia o interesse logo depois de 1 mês. Não tenho a mínima pressa, afinal dizem que quanto mais devagar vc perde peso, melhor vc consegue manter, então esse está sendo meu objetivo. A minha média está nos 4kg por mês, pelo menos no início, mas eu sei que se não tomar cuidado, esse peso volta rapidinho, por isso eu estou trabalhando não só o lado físico como o mental também.

Está perdendo bastante até, parabéns! Mas essa evolução vai diminuir com o tempo, quanto mais perto dos seus objetivos estiver.

Eu não quero ficar musculosa não, gente. Eu já notei que sou fácil pra ganhar massa magra também, acho que deve ser genética, seilá. Quando era mais nova (uns 14 anos) eu fiz natação por 1 ano, e fiquei ombruda! :S

Eu já tenho braço grande, já me chamam de mulher grande, então eu acho que meu medo de fazer musculação é ficar grande demais, quando eu quero ficar mais magra possível.

Hehe, esquece que não vai ficar monstra de um dia para o outro!

Sua capacidade de ganhar massa magra é a mesma da minha, a mesma do Jazz. A diferença é que, em você aparenta mais do que em mim, por exemplo.

Por que? Altura, sexo, estrutura óssea, dentre outras. Eu preciso colocar 10kgs de massa magra para aparentar estar mais forte. Você por ser mulher e ainda sedentária, mais baixa do que eu, com mais gordura [que é mais volumoso do que músculo] e provavelmente com estrutura óssea mais pesada, 2kgs já será muito visível! Mas vai por mim, é difícil pra todo mundo, não tem essa rs...

Quanto ao peso, demorou quantos anos sedentária pra chegar neste peso? Então pense que se você conseguir tirá-lo em menos tempo do que ganhou, já será uma grande vitória! Uma perda saudável e segura de peso é de meio quilo semanal. O que vier a mais é lucro e mérito seu, mas não fique triste se uma semana não conseguir o seu resultado, pois não será uma descida linear, seu peso ondula conforme semana a semana, tanto pra ganhos ou pra perdas. Se você sempre se pesar nos mesmos horários e nos mesmos dias da semana, verá como ele oscila diferente durante a semana e em uma semana estará mais fácil e na outra mais difícil de baixá-lo, mapeie a sua "semana pesada".

Por último, faça o que te fazer ir pra academia todo santo dia! Seja musculação, seja jump, seja o que for! Primeiro você tem que fazer disto um hábito, algo que não sairá nunca mais da sua vida. Nada lhe impede de uma época treinar mais musculação e na outra mais aulas, mantendo uma vida saudável é o que interessa.

Em suma, O MELHOR é aquilo que te dê frequência. SE tiver um bom acompanhamento, justamente para não ficar monótono e treinar com qualidade, eu escolheria a musculação com trabalhos aeróbios no final de cada treino. Treinos em formato de circuito aumentam bastante o gasto calórico de uma sessão de musculação, valendo tanto ou mais do que aulas de sala, dependendo do tipo de aula.

Pense que cada kilo de massa magra consumirá energia mesmo enquanto estiver dormindo, logo esse "peso extra" será sempre bem vindo! Melhor consumir energia dormindo, não acha? :lol:

Gordura é peso morto, não consome energia. Aliás, é energia estocada.

Espero ter ajudado, tenho que dar aula,

Beijos e parabéns!

Share this post


Link to post
Share on other sites

que legal seu depoimento...mas lendo .. fica vago...pensar no resultado... poderia postar umas fotos(se for mulher mesmo)....se nao for muito.. de corpo inteiro, frente/verso.. so para fins de avaliar o resultado...

n tem como não rir desse medo de vocês, bem justificado por sinal rsrsrs

fotos ...

depoimento de alguém vale ?

Edited by Alê ²

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fiz matrícula na academia! \o/ Consegui um preço que eu posso pagar nas 2 modalidades, musculação e ginástica, que eu posso fazer de acordo com as minhas necessidades. Tô animada!

Abraçe! Se tiver as duas opções num mesmo pacote, melhor!

Perfeito, foco e frequência. O que fará diferença é o dia a dia, não faltar por nada neste mundo, é um compromisso com a sua pessoa, um horário reservado pra você. Eu trabalho em academia, mas no meu horário de treinar eu largo o celular na mochila e deixo os outros compromissos pra depois, como se eu estivesse indo em uma consulta no médico. Pense que o médico é pra quando tempos problemas e a atividade física alidada a alimentação correta é a precaução, pra nunca precisar ir no mesmo, a não ser que seja exames de rotina.

Vou fazer um paralelo: Você estuda/estudava sempre quando está de recuperação já na faculdade/colégio ou estudava e fazia os trabalhos pra não se preocupar no final de ano? O médico é sua recuperação, é o reforço que terá que vir, é as férias sem descansar, ou pior, é sua saúde indo embora porque você não deu atenção a você mesma. Diferente da escola/colégio/faculdade, se você não se cuidar por muito tempo, não terá o ano seguinte para refazer a matéria, repetir o ano. Já parou pra pensar, não pode ter ano que vem?! fearww

Esqueça o nome dieta! Nós crescemos comendo errado! Na época dos nossos pais, se o filho não era gorducho, ele era "desnutrido", era sinal de "ser saudável ter alguns kilos a mais". Pense em re-educação alimentar. Vai aprender a comer direito, na hora certa, as coisas certas.

Um exemplo pessoal. Eu sou magro, certo!? Um pouco antes de voltar a treinar e estudar Educação Física, estava treinando 6x na semana musculação e ganhei 10 kilos em 10 meses de treino. O engraçado era que no começo o % de gordura estava próximo a 12% e não baixava de jeito nenhum. Era algo aceitável, saudável, mas pra quem estava ganhando massa magra, a tendência seria esse B.F. (bodyfat) diminuir (porcentagem, logo, se existe mais massa magra, a porcentagem de gordura era pra diminuir).

Enfim, comecei a prestar atenção em alguns detalhes bobos, como por exemplo eu ainda não tomava leite desnatado, não conseguia de jeito nenhum tirar o integral! Passei uma semana de sufoco tomando whey com água [sim, eu tomava com leite integral hahahaha] e quando coloquei o desnatado na semana seguinte ficou parecendo milk shake! rs.. Passei uma semana com algo "pior" para conseguir tirar o dito cujo, me adaptando muito melhor ao desnatado logo depois disto. Foi uma semana de batalha pra mudar um único hábito alimentar e já foi difícil, imagina se estivesse mudando tudo de uma vez só.

Resultado: Nos dois meses seguintes o meu peso chegou a cair 2 kilos e o % foi pela primeira vez abaixo de 10% na vida. Achei estranho e peguei uma caixa de leite integral e fui fazer as contas. Eu tomava entre 1~2 LITROS DE LEITE POR DIA! Multipliquei pela quantidade de gramas de gordura que tem descrito na caixa e descobri que os 4 kilos a menos de gordura [ganhei 2kg de massa magra, por isto a baixada de 2kg no geral] eram resultantes somente do leite integral!

Um mero detalhe, que fez total diferença. Hoje eu nem tomo leite desnatado, mas não por opção, não sinto vontade mais. Só sou viciado em yogurte, só tomo os sem gorduras também.

Está perdendo bastante até, parabéns! Mas essa evolução vai diminuir com o tempo, quanto mais perto dos seus objetivos estiver.

Hehe, esquece que não vai ficar monstra de um dia para o outro!

Sua capacidade de ganhar massa magra é a mesma da minha, a mesma do Jazz. A diferença é que, em você aparenta mais do que em mim, por exemplo.

Por que? Altura, sexo, estrutura óssea, dentre outras. Eu preciso colocar 10kgs de massa magra para aparentar estar mais forte. Você por ser mulher e ainda sedentária, mais baixa do que eu, com mais gordura [que é mais volumoso do que músculo] e provavelmente com estrutura óssea mais pesada, 2kgs já será muito visível! Mas vai por mim, é difícil pra todo mundo, não tem essa rs...

Quanto ao peso, demorou quantos anos sedentária pra chegar neste peso? Então pense que se você conseguir tirá-lo em menos tempo do que ganhou, já será uma grande vitória! Uma perda saudável e segura de peso é de meio quilo semanal. O que vier a mais é lucro e mérito seu, mas não fique triste se uma semana não conseguir o seu resultado, pois não será uma descida linear, seu peso ondula conforme semana a semana, tanto pra ganhos ou pra perdas. Se você sempre se pesar nos mesmos horários e nos mesmos dias da semana, verá como ele oscila diferente durante a semana e em uma semana estará mais fácil e na outra mais difícil de baixá-lo, mapeie a sua "semana pesada".

Por último, faça o que te fazer ir pra academia todo santo dia! Seja musculação, seja jump, seja o que for! Primeiro você tem que fazer disto um hábito, algo que não sairá nunca mais da sua vida. Nada lhe impede de uma época treinar mais musculação e na outra mais aulas, mantendo uma vida saudável é o que interessa.

Em suma, O MELHOR é aquilo que te dê frequência. SE tiver um bom acompanhamento, justamente para não ficar monótono e treinar com qualidade, eu escolheria a musculação com trabalhos aeróbios no final de cada treino. Treinos em formato de circuito aumentam bastante o gasto calórico de uma sessão de musculação, valendo tanto ou mais do que aulas de sala, dependendo do tipo de aula.

Pense que cada kilo de massa magra consumirá energia mesmo enquanto estiver dormindo, logo esse "peso extra" será sempre bem vindo! Melhor consumir energia dormindo, não acha? :lol:

Gordura é peso morto, não consome energia. Aliás, é energia estocada.

Espero ter ajudado, tenho que dar aula,

Beijos e parabéns!

Saddock, muito obrigada pelas dicas, foram de suma importância pra mim nesse momento.

Tem certeza que é melhor deixar os aeróbicos pra depois da musculação? Faz diferença se faço antes ou depois?

Share this post


Link to post
Share on other sites

No final das contas o que importa é o gasto total de calorias, embora alguns profissionais digam que a musculação feita primeiro ativa melhor a queima de glicogênio, aumentando o gasto durante o aeróbico.

Não tenho como avaliar se realmente tem fundamento, mas o instrutor da minha academia orienta fazer 10 minutos de esteira ou bicicleta pra elevar a temperatura, como um aquecimento, depois a musculação, e no final o tempo regular de aeróbico (no meu caso, 40 min).

Bom ver a opinião da galera aí que é formada em Ed. Física ou saca muito...

foi justamente o q eu fiz, pra voltar ao peso normal

Share this post


Link to post
Share on other sites

Jazz já deu a letra. Quanto ao aquecimento inicial, tem muitas estratégias/linhas diferentes de trabalho. EU trabalho com aquecimento específico. Esteira só nos casos de frio extremo e/ou sonolência na hora de começar.

Acho que de início eu falei coisa pakas já, rs... Vou deixar os outros complementarem.

Espero ter ajudado,

Fui.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Day One:

Fui hoje, depois de um dia que eu andei pra lá e pra cá na universidade. Mesmo morrendo de cansada e desmotivada por causa de uma noticia ruim que eu recebi hoje, eu fui pra ver se adquiria uma endorfina pra amenizar as coisas.

Fui né? Primeiro o treinador me fez umas perguntas de praxe e me falou pra fazer esteira pra aquecer (20 min em velocidade de caminhada rápida). E fiz 3 séries de 15 repetições cada da parte inferior do corpo (perna, panturrilha, coxa, bumbum). Quando saí da esteira já comecei a sentir uma leve tontura, mas deu pra continuar. Quando fui fazer as séries que comecei a passar um pouco mal: enjoo, tontura mais forte e umas pontadas de dor de cabeça.

Quase pedi arrego. O professor viu que eu tava no limite e só me pediu pra fazer mais uns 10 min de bicicleta. Fiz, e ainda passando mal, me hidratei e fui andando pra casa. Só comecei a me sentir bem quando deitei e bebi mais água.

Foda viu? A gente só percebe que os exercícios fazem falta quando a gente volta a fazer! :D

Edit: erro de digitação.

Edited by ^^Annie^^

Share this post


Link to post
Share on other sites

annie, se você se permitiu chegar ao estado de obesidade é porque nunca gostou muito de praticar atividade física. Tem muita teoria e especulação a respeito do assunto, mas isso serve para quem gosta de atividade física, o que não parece o seu caso, por mais que esteja disposta a mudar agora. Minha recomendação é que você faça o que gostar mais não importando se é muscula, spinning, jump, corrida, para mim em casos parecidos com o seu o importante é se manter ativo, em primeiro lugar vem gostar do que está fazendo, em segundo a especificidade do que se está fazendo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

annie, se você se permitiu chegar ao estado de obesidade é porque nunca gostou muito de praticar atividade física. Tem muita teoria e especulação a respeito do assunto, mas isso serve para quem gosta de atividade física, o que não parece o seu caso, por mais que esteja disposta a mudar agora. Minha recomendação é que você faça o que gostar mais não importando se é muscula, spinning, jump, corrida, para mim em casos parecidos com o seu o importante é se manter ativo, em primeiro lugar vem gostar do que está fazendo, em segundo a especificidade do que se está fazendo.

KO, entendo o seu ponto de vista, mas honestamente não abri esse tópico para arrumar motivos que me desmotivem a fazer o quer que seja. Muito pelo contrário.

Os motivos pelos quais me levaram a chegar nesse estado de obesidade foram outros, que não tem absolutamente nada a ver com a prática de atividade física. É claro que se eu fizesse com maior frequência talvez eu não chegaria onde estou, mas não vou me justificar o porquê de eu não ter feito, porque sinceramente não vem ao caso.

Claro que nunca fui muito ativa. Já procurei tentar arrumar algo que eu goste de fazer, mas eu nunca gostei de academia, musculação, ginástica, spinning, o que for, então não adianta gostar, tem que fazer. Quem sabe eu acabo tomando gosto quando ver os resultados? Nada é imutável, né? Eu se pudesse escolher voltaria a jogar volei, mas nunca foi um esporte muito ativo, e meu médico me proibiu de jogar porque eu posso me lesionar, devido ao peso. Quem sabe depois?

Pra mim, hoje, o importante é que esse tratamento vai ser lento, mas que eu sei que vai ter resultado, além de eu ter que manter isso pra sempre, eu gostando ou não. Graças ao meu problema eu tenho plena consciência disso e pela primeira vez na vida.

Share this post


Link to post
Share on other sites

annie, desculpe-me se pareceu que minha intenção foi te desmotivar, muito pelo contrário. Peço desculpas também pela minha sinceridade, mesmo sem te conhecer. Mas você mesma reconheceu que nunca foi grande fã dos esportes e possivelmente também nunca foi alguém que se atentou muito a aparência física. Porém isso ou os motivos que te levaram a ganhar peso, ou não praticar atividade física com a regularidade que deveria não vem ao caso, e você mesma deixou claro que não deseja entrar nesses meéritos ou discutir isso comigo.

Minha intenção foi apenas deixar claro que as milhares de teorias sobre dieta e métodos de treinamento são excelentes para pessoas que tem adesão total ao tratamento proposto, o que infelizmente é minoria, principalmente entre pessoas que já chegaram a obesidade. Muito mais eficiente é inciar uma atividade física que se goste, independente de qual seja, e a partir dai começar a focar em resultados.

Tenho problemas semelhantes na minha família e na da minha namorada, e a minha recomendação é sempre a mesma que eu dei para você, procure alguma coisa que você goste e foque-se em praticá-la com regularidade, os resultados podem até não ser tão bons ou aparecer tão rápido quanto se você usasse outros método, mas ao menos será uma atividade com uma carga menor de obrigação e que você conseguirá manter com facilidade maior.

Minha mãe passou uns 15 anos ou mais com sobrepeso, sozinha para cuidar de 3 filhos, acordando todos os dias as 5 da manhã, chegando em casa as 8 da noite para cozinhar, lavar, passar, limpar a casa... era impossível manter um ritmo de vida saudável nesse período, sem contar que ela nunca foi muito fã de atividades em academia, odeia correr, e nunca se deu muito bem com as aulas de natação. Porém nos últimos anos teve a oportunidade de voltar a fazer o que sempre gostou: caminhadas, nos últimos anos ela fez inúmeras trilhas pelo BR, subiu as principais montanhas do BR, e mais recentemente começou a fazer trekking/hiking por outros países (nas últimas semanas tenho a incentivado a tentar montanhas mais desafiadoras pelo mundo, a princípio ela está receosa, mas quero ver se consigo convencê-la a subir pelo menos o aconcágua, atualmente ela anda mais na vibe do mergulho, rsrsrs), e hoje aos 53 anos ela está bem próximo do peso ideal, claro que se ela tivesse feito outra escolha as perdas seriam mais rápidas, mas possivelmente não seriam tão duradouras. Tenho exemplos semelhantes com meu tio e a natação, alguns conhecidos e o jj, e alguns outros casos parecidos. No momento tenho tentado fazer meu pai voltar a pedalar, mas ali é parada duríssima.

Espero ter conseguido me explicar, e boa sorte na sua caminhada.

Share this post


Link to post
Share on other sites

annie, desculpe-me se pareceu que minha intenção foi te desmotivar, muito pelo contrário. Peço desculpas também pela minha sinceridade, mesmo sem te conhecer. Mas você mesma reconheceu que nunca foi grande fã dos esportes e possivelmente também nunca foi alguém que se atentou muito a aparência física. Porém isso ou os motivos que te levaram a ganhar peso, ou não praticar atividade física com a regularidade que deveria não vem ao caso, e você mesma deixou claro que não deseja entrar nesses meéritos ou discutir isso comigo.

Minha intenção foi apenas deixar claro que as milhares de teorias sobre dieta e métodos de treinamento são excelentes para pessoas que tem adesão total ao tratamento proposto, o que infelizmente é minoria, principalmente entre pessoas que já chegaram a obesidade. Muito mais eficiente é inciar uma atividade física que se goste, independente de qual seja, e a partir dai começar a focar em resultados.

Tenho problemas semelhantes na minha família e na da minha namorada, e a minha recomendação é sempre a mesma que eu dei para você, procure alguma coisa que você goste e foque-se em praticá-la com regularidade, os resultados podem até não ser tão bons ou aparecer tão rápido quanto se você usasse outros método, mas ao menos será uma atividade com uma carga menor de obrigação e que você conseguirá manter com facilidade maior.

Minha mãe passou uns 15 anos ou mais com sobrepeso, sozinha para cuidar de 3 filhos, acordando todos os dias as 5 da manhã, chegando em casa as 8 da noite para cozinhar, lavar, passar, limpar a casa... era impossível manter um ritmo de vida saudável nesse período, sem contar que ela nunca foi muito fã de atividades em academia, odeia correr, e nunca se deu muito bem com as aulas de natação. Porém nos últimos anos teve a oportunidade de voltar a fazer o que sempre gostou: caminhadas, nos últimos anos ela fez inúmeras trilhas pelo BR, subiu as principais montanhas do BR, e mais recentemente começou a fazer trekking/hiking por outros países (nas últimas semanas tenho a incentivado a tentar montanhas mais desafiadoras pelo mundo, a princípio ela está receosa, mas quero ver se consigo convencê-la a subir pelo menos o aconcágua, atualmente ela anda mais na vibe do mergulho, rsrsrs), e hoje aos 53 anos ela está bem próximo do peso ideal, claro que se ela tivesse feito outra escolha as perdas seriam mais rápidas, mas possivelmente não seriam tão duradouras. Tenho exemplos semelhantes com meu tio e a natação, alguns conhecidos e o jj, e alguns outros casos parecidos. No momento tenho tentado fazer meu pai voltar a pedalar, mas ali é parada duríssima.

Espero ter conseguido me explicar, e boa sorte na sua caminhada.

Claro que eu entendo, não quis também parecer chata não. Eu agradeço pela sua sinceridade, mas você não é a primeira pessoa que me fala isso, hahaha. É que esse tipo de conselho eu já segui, e ainda assim não me ajudou a continuar. Mas foi o que eu te expliquei. O que eu AMO fazer na minha situação atual eu não posso =/. Mas eu estou disposta a seguir em frente com a academia, e pra não ficar sempre na mesma e enjoativa coisa, minha academia deixa eu fazer todas as que eu quiser. Então acredito que isso vai me ajudar bastante.

Sua mãe é um exemplo, eu mesma ando tentando motivar a minha a voltar as aulas de dança que ela tanto gostava! ;D

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.