EduardoSLK

Membros
  • Content Count

    24
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutra

About EduardoSLK

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Nunca fui ao Japão, mas a impressão que tenho acompanhando de longe é que os únicos esportes realmente populares lá são o beisebol em primeiro e futebol em segundo. Outros esportes como MMA (na época, tava mais próximo do vale tudo) e kickboxing me parecem que foram febres passageiras que passaram com o fim do Pride e K1 respectivamente. Seria legal se surgisse um evento com regras diferentes para desafiar a hegemonia do UFC. As regras do pride, chutes e pisões na cabeça do lutador caído, pedaladas, joelhadas na cabeça do adversário caído, fundidas com as regras do UFC, cotoveladas permitidas e rounds de 5 minutos (só aumentaria o intervalo entre os rounds para 2 minutos) seriam regras perfeitas para o MMA! E também prefiro cage do que ringue, mas um cage no formato retangular de 7 x 7 metros. Aliás, me tira uma duvida, se o Rizin tem feito sucesso no Japão, porque em 2019, antes do inicio da pandemia, eles realizaram apenas 6 eventos? Lembro que pride também realizava poucos eventos, mas naquela época o UFC também fazia poucos eventos, o MMA ainda não tinha a aceitação (em partes, é verdade) que tem hoje. Outra coisa que você comentou foi que as suspeitas do envolvimento do pride com a yakuza nunca foi confirmada, mas quero saber sua opinião, você acredita ou não que o pride mantinha relações com a yakuza? Na minha opinião, acho que esses boatos foram criados por algum jornalista americano. O pride era um evento japonês, seu principal publico era japonês, se tivesse lutas “compradas” por que os lutadores japoneses só tomavam surras de brasileiros, russos e americanos? 95 % dos lutadores japoneses do pride eram sacos de pancadas de estrangeiros, as exceções eram Sakuraba, Gomi, Sakurai e Kawajiri, sendo que desses apenas o Gomi foi campeão da categoria. Já o melhor lutador deles (na minha opinião) e mais famoso, o Sakuraba, tomou duas surras do Wanderlei. Acha mesmo que se a yakuza mandasse no pride e as lutas fossem vendidas, Sakuraba o caçador de Gracies, herói japonês do pride, não teria ganho do “gaijin” Wanderlei e sido campeão da categoria 93 kg?
  2. Com todo respeito, o pessoal viaja demais! Arona com 70 kg ou 77 kg é impossível! Por exemplo, Zabit Magomedsharipov mede 1.86 m, o Mike Tyson mede 1.78 m, quem entre os dois é maior? O Tyson é maior! Ninguém nas divisões peso leve e peso meio médio, é maior que o Arona! Mesmo o Usman que as pessoas acham um meio médio grande, é menor que o Arona! O tronco do Usman é forte, seus braços tem músculos de bom tamanho e seu peitoral é grande e por isso passa a impressão dele ser grande para a divisão, mas sua cintura é estreita e suas coxas são finas e suas panturrilhas também são finas! É por causa da sua cintura estreita, coxas finas e panturrilhas finas que ele consegue bater 77 kg! O Arona, com um bom nutricionista, conseguiria bater 84 kg saudável e Fedor conseguiria bater 93 kg.
  3. Sim, é por causa da comissão, mas se o UFC fizesse lobby pelo fim do limite de 120 kg, a comissão aceitaria! O UFC se tornou gigante e tem muito dinheiro envolvido. Veja por exemplo, eles conseguiram realizar eventos em Nova York, conseguiram fazer o Jon Jones ficar impune nos casos de doping! Nada é impossível para quem tem muito dinheiro! Se engana quem acha que nos Estados Unidos é diferente daqui!
  4. A divisão peso pesado não deveria ter limite de peso! Peso pesado deveria ser acima de 93 kg, ou então cria uma nova divisão, peso cruzador até 102 kg e faz peso pesado acima de 102 kg. O MMA deveria ser inclusivo e não excluir ninguém! UFC tem mulheres e homens muito pequenos lutando, mas homens acima de 120 kg não podem lutar?
  5. Por mais que eu odeie o cara por ser um bandido, marginal fora dos cages, concordo que não devemos misturar sua vida profissional com a pessoal na hora de julgar suas qualidades como lutador, mas esse cara também trapaceia em suas lutas! Não estou me referindo apenas aos casos de doping, porque acredito que muitos ainda usam e conseguem burlar para não ser pegos pela USADA, me refiro ao fato desse filho da puta enfiar os dedos nos olhos dos adversários durante várias lutas de propósito e não ser desclassificado! Assista as lutas contra Rampage e Glover, ele intencionalmente enfia os dedos nos olhos dos dois e o árbitro não desclassifica ele! E antes que os fãs desse filho da puta apareçam para dizer que não foi intencional, deixo aqui dois vídeos, onde em um deles ele inclusive admite que faz isso de propósito!
  6. Onde eu disse que não é esporte e não tem técnica? Mostra lá! Eu disse que é violento e que a analogia feito com o futebol e Formula 1, era equivocado pelos motivos que eu expliquei! Ser um esporte violento, não tira o aspecto técnico da luta! Sou apenas fã, não pratico porque não tenho grana pra pagar academia, além do trabalho que me deixa com pouco tempo sobrando. Mas me interesso em ver vídeo para tentar ser menos leigo. Vi um vídeo analise do Vitor Miranda sobre a luta Charles do Bronx vs Kevin Lee, achei incrível como a luta parecia uma partida de xadrez! Tem tantos detalhes que na hora da luta, eu não tinha percebido. Como leigo, é muito mais fácil pra mim entender uma luta em pé do que uma luta agarrada. Mas não vou negar que o aspecto da violência do esporte, também é o que me atrai, mas entendo o porque da maioria das pessoas que conheço, acharem repulsivo.
  7. Exatamente! O caso recente do estuprador Robinho, mostrou como a maioria dos homens são misóginos! Cada comentário que eu li de homens passando pano...
  8. Cara, adoro MMA! É meu esporte favorito, mas não e nunca vai ser um esporte que dá pra ver com a família! No futebol, pra conseguir a vitória, o time precisa marcar mais gols que o time adversário! Tem brigas? Tem! Porém, isso é punido com expulsão! As regras proíbem agressão física! Na Fórmula 1, pra conseguir a vitória, o piloto precisa ser mais rápido que o piloto adversário! Tem morte? Tem! Porém, são acidentes! As regras proíbem agressão física! No MMA, pra conseguir a vitória, o lutador vai ter que agredir fisicamente o adversário, causar dano, machucar! Percebe como não faz sentido a analogia que você usou? Nos fãs de MMA, precisamos assumir que gostamos de algo que a maioria repudia! E não tem nada de errado nisso! Errado é brigar na rua! Mas assistir um esporte violento, não é errado!
  9. O Cejudo tem apenas 1,63 m de altura, ele também é anão! Então porque colocar ele a frente do Aldo, já que você disse que anão não pode entrar na lista? Qualquer peso abaixo de 70 kg, é muito pequeno, mas você está esquecendo do corte de peso. Até mesmo um anão como o Demetrious (1,60 m de altura), corta uma quantidade razoável de peso.
  10. Acho errado usar o número de defesas como critério para avaliar qual é o melhor, porque o UFC não tem um critério justo e definido para chegar a uma disputa de título como em outros esportes. No futebol, você sabe antes do início de qualquer competição, qual é o caminho para chegar a disputa de título, seja do campeonato brasileiro, da libertadores, da champions league ou da copa do mundo. No basquete, você sabe antes do início da competição, qual é o caminho para chegar a disputa de título da NBA. E no UFC, o que um lutador precisa fazer para chegar a disputa de título? Popularidade? Preferência do patrão por determinado lutador? Sequência de vitórias? Qualidade dos adversários? Viu, ninguém sabe! Pega como exemplo o Anderson, que aparece em qualquer lista de GOAT. Ele chegou a disputa de título com apenas um vitória, logo após vencer o Chris Leben, ou seja, se somar essa vitória com a conquista de título e as defesas de título, ele teve 13 vitórias consecutivas no peso médio antes de perder para o Chris Weidman. Já o Khabib, precisou de 9 vitórias consecutivas para chegar a disputa de título! Somando a conquista de título e as defesas de título, ele tem 13 vitórias consecutivas no peso leve. Ou seja, Khabib tem apenas 3 defesas de cinturão contra as 11 defesas de cinturão do Anderson, porque o caminho para disputar o título para ele, foi muito mais longo do que para o Anderson, mas o número de vitórias consecutivas em suas respectivas divisões, são mas mesmas 13 vitórias! Recentemente, Romero e Aldo ganharam de presente uma disputa de título mesmo ambos vindo de 2 derrotas consecutivas! Se eles tivessem vencido a luta e depois defendesse o cinturão 3 vezes, eles teriam apenas 4 vitórias consecutivas, isso seria o suficiente para você classificá-los como GOAT? Lutadores com por exemplo, Holly Holm, Frankie Edgar, BJ Penn, Randy Couture, sempre receberam várias disputas de título! Basta vencer apenas uma luta, ou as vezes, até vir de derrota, para eles disputarem o título! Quando tem tantas chances assim, é evidente que uma hora vai conseguir ser campeão! Temos também o outro oposto, como por exemplo, lutadores como Tony Fergunson, Jon Fitch, Leon Edwards, Charles Oliveira, que precisam de longas sequências de vitória para chegar a uma disputa de título. Portanto, enquanto o UFC não tiver um critério justo e definido para se chegar a disputa de título, não deveríamos usar defesas de cinturão como critério definitivo para definir quem é o GOAT.