Cesar_Rasec

Membros
  • Content Count

    1473
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutra

About Cesar_Rasec

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Aí o Khabib perde do Ferguson, Cejudo ganha do Aldo e pronto! Em alguns meses teremos um novo melhor da história, sendo aclamado por Joe Rogan, Dana White... até o cabeçudo perder e o Adesanya defender contra o Romero e o Borrachinha... aí o nigeriano será o melhor da história... esse imediatismo pelos donos do evento é compreensível, estão tentando vender o peixe deles... difícil é ver quem não tem nada a ver com isso, caindo nesse papo.
  2. Cesar_Rasec

    [UFC 246] Conor McGregor x Donald Cerrone

    Tão verdadeiro quanto dizer que o Brasil entregou a copa de 1998 pra França... Se o Cerrone lutasse contra o Conor em qualquer época, cairia fedendo. Cerrone não deve nada ao ufc, pelo contrário. Sempre fez lutas empolgantes, tapou buraco e esteve disposto quando o evento precisou. Daqui a pouco o Conor perde uma luta “nada a ver”, como foi contra o Diaz, dai acham uma desculpa pra dizer porque não foi comprada... e se por um milagre ele vencer o russo, vão inventar outra teoria da conspiração dai.
  3. Mais claro que isso não tem como. Concordo com o que você falou. Só destaco que o Conor também não é um cara que correu de grandes desafios. Eu não acho que ele seja 8, nem 80. Vou nessa sua linha de raciocínio. Quando ele pode escolher, foi nos adversários mais convenientes. Quando não pode, enfrentou quem teve que enfrentar. Então não classificaria o irlandês pela sua bravura, mas também não colocaria o rótulo de “fujão”. No quesito “adversários enfrentados”, enquadraria ele na média.
  4. Pra mim, revanche imediata deve existir quando a luta for polêmica. Por exemplo, Machida vs Shogun. Muita gente ficou com impressão que o Shogun venceu, então uma revanche imediata foi justa. Couture vs Napão foi até mais polêmica e também rolou... nesses casos, eu gosto e acho justo. Quando um campeão é dominante (muitas defesas de título), eu até compreendo que casem uma revanche. Particularmente, não gosto, mas consigo entender os motivos. No caso do Holloway, entendo que ele vinha de uma ótima sequência, mas como campeão ele venceu quem? O Aldo, Edgar e o Ortega? 3 defesas?! O Woodley tinha defendido contra quem? Thompson, Maia e Till? Também não ganhou a revanche imediata. O Weidman tinha tirado a invencibilidade do Anderson e defendido contra o próprio Spider, Machida e Belfort. Três vezes também e não ganhou revanche imediata contra o Rockhold. O Holloway é excelente (segundo maior pena da história, para mim), tem chances de voltar a ser campeão, mas eu não casaria uma revanche dele nesse momento. Mesmo porque tá cheio de opções novas nos penas.
  5. Cesar_Rasec

    [UFC 246] Conor McGregor x Donald Cerrone

    Conor by (T)KO.
  6. Só pra ficar claro, o John McCarthy comparou as 20 primeiras lutas do Anderson, com as 20 primeiras lutas do Page. Ele não falou do tempo que o brasileiro esteve no UFC. Mas mesmo assim, acho que o Big John errou. O Anderson pegou alguns adversários melhores... não que tenha sido tão melhor também... mas teve Carlos Newton, Jeremy Horn, Roan Jucão, Luiz Azeredo, Fabrício Morango, Hayato Sakurai... tem até o Okami naquela desclassificação polêmica. Mas o ponto principal é que antes do UFC ninguém tratava o Anderson como um lutador brilhante, como tratam o Page. Ou pelo menos como o Big John está tratando. A grande diferença está aí. Quando o Anderson batia em “medianos” ou bons, ele não era alçado à um patamar que o ex-árbitro está querendo colocar o Page. Pode ser que um dia o ingles chegue lá? Pode ué. Só que nesse momento não da pra tratar o cara como esse fenômeno. Ele pegou duas lutas duras, venceu o Daley de maneira insossa e perdeu do Douglas Lima. Acho muito cedo pra tirar conclusão sobre o “Venom”. No dia que o Bellator jogá-lo aos tubarões, poderemos saber do que ele realmente é feito.
  7. Bem por aí mesmo... aliás, se ele raciocinasse só um pouquinho, iria ver como o title shot pro Aldo poderia ser benéfico a ele. Imagina se o brasileiro vence? O Marlon teria a faca e o queijo na mão pra oferecer a revanche e o tira teima em uma nova disputa de cinturão contra o Aldo. Mas o que ele faz? Coloca Sterling e Yan como merecedores (fica até subentendido que na frente dele mesmo). Eu realmente entendo o lado do Marlon. Você venceu uma luta polêmica, o seu adversário tá dizendo que ganhou, você vai lá e reafirma sua vitória. Até aí tá tudo certo. Só reitero que por uma questão de inteligência, ele deveria bater apenas nessa tecla e até torcer pro Aldo pular na frente do russo, por exemplo. No lugar do Moraes, eu faria isso. Diria que venci, mas que se o UFC quiser casar a luta entre Aldo e Cejudo, que eu merecia ser o próximo a ter uma segunda luta contra qualquer um dos dois. Nem citaria nome de outros caras como possíveis desafiantes.
  8. Cesar_Rasec

    Quem foi o melhor lutador de 2019?

    Volkanovski tá no bolo também. Ganhou do Aldo e do Holloway em 2019 e se sagrou campeão.
  9. Cesar_Rasec

    Belfort oferece revanche de Natal para Wand

    Eh bem por aí kkkkkkk... falam do Belfort no TRT, como se o Wand tivesse lutado limpinho... a luta contra o “Sonnã” teve que ser cancelada porque ele fugiu do exame. O período de maior sucesso na carreira foi no pride sem controle de substâncias. Fora de lá nunca teve regularidade... mas só o Vitor que é “monstrão” nos venenos rs
  10. É sempre tanta besteira em textos tão longos que fica cansativo. Vai mudando de assunto, fala da janela que é branca aí muda pra porta que é cinza... Ainda fica tentando colocar palavras que não foram ditas. Óbvio que ninguém monopoliza uma técnica. O Khabib é ruim na trocacao, perde do Barboza em pé, mas no conjunto da obra é melhor. Voce disse a respeito do Thompson e dos feitos dele. Fiz a analogia com futebol. Aí você simplesmente veio falar do Poatan. Que por sinal não luta mma. Igual comparar o boxe de um profissional com um lutador de MMA que não treina especificamente pra isso. Enfim, o ponto central e que não precisaria ser alongado (mas tudo com você vira textão e começa a envolver outros elementos), seria a respeito dos adversários do Thompson. Contra quem ele mostrou essa técnica. Contra quem conseguiu ser efetivo. Eu posso driblar todo mundo na pelada do meu condomínio, se vier um Thiago Silva me marcar, não vou conseguir fazer nada. Em compensação outros caras, como o Messi, conseguem se sobressair contra ele. Ai você veio comparar o que o Thompson fez contra o Luke com o que o Anderson fez contra o Belfort. Dai se deu conta da bobagem que falou e pra não dar o braço a torcer, como sempre, começou a tentar encontrar outros elementos pra entrar na discussão, outro esporte, técnica disso, daquilo, etc. Dai vai responder meu comentário com outro textão falando mais bobagem, tentando justificar de alguma forma que o Thompson foi fenomenal contra o Luque who? bla bla bla. Mas enfim, feliz ano novo aí. Não da pra ficar girando nessa discussão sem fim com você.
  11. Você acha que uma fala rebuscada encobre as asneiras que diz... Como falar que o Robinho era técnico no Santos, jogando contra o segundo escalão, pra depois não conseguir repetir os feitos na seleção ou no real Madrid, Como comparar o que o Ronaldo fez na final contra Alemanha em 2002, ou o que o Zidane fez contra o Brasil em 1998, com o que o Bruno Henrique fez contra o Corinthians. Facil ser técnico lutando no pelotão intermediário. Quero ver ser técnico ali na hora que o bicho pega, valendo cinturão, lutando contra os melhores, em seus melhores momentos. Ah, pode acontecer de pegar um ótimo lutador sem ser em luta pelo cinturão? Claro. Pode acontecer de uma luta por cinturão ser mais fácil do que uma luta regular? Pode. Mas não vou me pautar por exceções, mesmo porque esse não foi o caso do Thompson nem de longe. O chute do Edson Barboza contra o Etim talvez tenha sido o mais bonito que já vi. Agora quero ver ele conseguir aplicar esse mesmo nocaute contra o Khabib, Ferguson, Gaethje, etc. Cerrone é recordista de prêmios de performance, Charles do Bronx recordista de finalizações, agora quero ver repetirem esses feitos com a cinta na mão! Se isso não valesse nada, não precisava existir cinturão. Na verdade quem é fanático é você. Você tenta encontrar um argumento pra defender seus queridinhos, ou falar mal dos brasileirinhos, ao invés de construir uma linha de raciocínio lógico, independentemente de quem seja. Aí começa a tentar desvirtuar e ver se encontra alguma razão pra embasar qualquer besteira. Vem com aquele papinho que todos são parciais, bla bla bla. Aliás, não é difícil separar gosto pessoal por raciocínio lógico. O Jones é um babaca, sujo, dopado, mas não tem como negar que foi o cara mais talentoso que já subiu no octógono. Independentemente da minha preferência, não sou idiota a ponto de achar que o Wanderlei, Liddell, ou qualquer outro, foi maior que ele. Nao gosto nada do Khabib, nem dos estilo de luta, nem do comportamento hipocrita, nem do tempo de inatividade... mas não é por isso que não consigo enxergar o brilhante lutador que ele é. Gosto do Belfort (vou na contramão da maioria aqui), inclusive torci pra ele contra o Anderson. Mas isso não me faz ficar cego em relação ao cara. Era um coração de galinha apanhando, entregava a paçoca na primeira pancada. Enfim, não entendo a necessidade de ficar procurando argumentos pra rebaixar quem não gosto ou enaltecer quem gosto. Não tenho esse amor ou ódio a qualquer lutador. Por isso quando falo a respeito de qualquer assunto (o ponto que você tem insistido são as lutas por cinturão), não estou me baseando em gosto, mas no que acredito que seja o certo. Se o Covington tivesse batido no Usman, defendido contra Woodley e cia, alcançando os feitos do GSP, não penso que porque um era legal e o outro um imbecil, isso iria mudar algo. Fatos são fatos. Não vou ficar procurando pelo em ovo pra puxar a sardinha pra um lado ou pro outro.
  12. Mas é óbvio!!! Tem que ser retardado pra achar que o que o Anderson fez contra o BELFORT em uma LUTA DE CINTURÃO tem o mesmo peso do que o Thompson fez contra o LUQUE!!! E não tem nada a ver com ser brasileiro, mas apenas com bom senso. Aliás, vimos o brilhante Thompson em duas lutas pelo cinturão e o que ele conseguiu fazer (talvez a luta mais chata da história, antes do Demian ter tido a chance dele). Depois vimos ele cair duro pra um peso leve.
  13. Cesar_Rasec

    Boas festas!

    Um feliz natal e próspero ano novo pra toda turma aqui do PVT! Que 2020 traga muita saúde, paz, alegrias e sucesso! Que venham ótimos eventos, muita luta boa, mas principalmente, desejo que cada um aqui vença suas próprias batalhas que são as que realmente importam. Grande abraço a todos!
  14. Carlão Barreto é outro que tem uma boa leitura. Aliás, acho que é o único comentarista do combate que eu gosto.
  15. Cesar_Rasec

    PBP UFC Busan - Edgard x Jung

    Pena mesmo... e imagina se o Max vencer de forma apertada o Volkanovski? Vão fazer o que dai? Inventar uma trilogia? Dava pra ter dois casamentos inéditos e que seriam justos. Mas enfim, como diria o próprio Max: It is what it is