Mantovani

Membros
  • Content Count

    303
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by Mantovani

  1. O Bonnar está pela luta icônica do TUF 1 que na tem o mérito de ser o divisor de águas do MMA nos EUA em termos de popularidade. Merece estar onde está, na categoria que está. Agora o Ruas fechou em uma participação um a vitória por trocação, outra por grappling e outra com low kick. O primeiro lutador multidimensional do UFC. Tinha que estar.
  2. Melhor que isto: veja este texto do Fernando Cappelli: http://sextoround.com.br/16777-afinal-conor-mcgregor-e-tudo-isso-mesmo/
  3. Fonte: http://www.tatame.com.br/lyoto-machida-sobre-caso-de-spider-acho-que-anderson-silva-e-uma-vitima/ Desde que Anderson Silva foi pego doping, muito se falou a respeito – seja pela mídia ou pelos fãs de MMA. Desde então, diversos questionamentos foram feitos, e o UFC prometeu tratar o caso com rigor, aplicando duras punições se os acontecimentos se repitirem. Além disso, os lutadores passaram a dar suas versões sobre os testes antidoping no esporte. Um deles foi Lyoto Machida, que, em entrevista ao canal online MMA Digest, falou sobre o Spider, dizendo acreditar que o brasileiro tenha sido uma vítima. “Estou muito surpreso, mas eu acho que Anderson é uma vitima. Acho que ele tem uma história e prefiro não falar sobre isso, porque é uma situação muito difícil. Tenho muita confiança nele. Talvez ele não tenha utilizado isso. Estou em treinamento, e ele está nos Estados Unidos agora. Faz um tempo que não tenho falado com ele e não sei o que aconteceu. Prefiro ficar longe dessa situação. Eu não sei. Voltando aos tempos em que era permitido usar esteroides através do TRT (Terapia de Reposição de Testosterona), mas, de repente, tudo foi banido. Não sei o que aconteceu, talvez alguns caras usando TRT tenham sido flagrados. Tento ficar longe disso, porque sei que é perigoso”, disse Lyoto Machida. No próximo dia 28 de fevereiro, Vitor Belfort enfrentaria Chris Weidman pelo cinturão da categoria dos médios. No entanto, uma lesão do americano impediu o confronto, que foi remarcado para maio. Antes disso, o presidente do UFC, Dana White, ofereceu a Belfort um duelo com Lyoto pelo título interino da divisão, o que foi prontamente negado pelo Fenômeno. O Dragão falou sobre o assunto, afirmando que entende o lado de seu compatriota em não aceitar o confronto. “Achava que Belfort poderia lutar contra mim. Ele é um atleta bem preparado, bom na luta em pé e no chão. É um lutador completo, mas ele tem razões para não aceitar a luta. Respeito a decisão dele, porque gosto de que respeitem as minhas. Estava preparado para lutar. Assim que o Dana White me ligou perguntando sobre a luta, eu respondi: ‘Estou pronto para lutar a qualquer hora’. Nunca paro de lutar, e Belfort tem as suas razões para não aceitar a luta”, concluiu. XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX Sou muito fã do Lyoto. Acho top 5 entre lutadores que mais gosto de ver lutando, mas sem demérito para o atleta e ser humano, dentro do MMA eu acho ele é um amigo meio merda! Não bota a mão no fogo por ninguém, fique sempre no murinho dele, desmente os caras... hehehehehehe #wardragon
  4. Então, eu concordei contigo! Eu vou não vou SÓ suar! Eu vou ficar tenso pra kct! Com relação a bater peso, eu não imaginei nada da NU, pois isso é muito do atleta. A academia não tem como ficar nas costas do cara o tempo todo, por melhor que seja. Olha o Lineker. Nem com o Michael Dolce (seja como for o cara tem fama) rolou. E deve ter pago uma baba por isso. O Aldo confia até o brioco a NU também. Não achei que fosse problema. Chad era o problema. O cara é muito, mas muito melhor do que o que foi demonstrado na primeira luta. Na primeira eu já fiquei muito tenso e os desempenhos anterior nem se comparavam aos da segunda. E apesar do Corno Mc Gregor ser campeão de boxe amador, eu acho as mãos dele muito mais lentas que as do Aldo. Acho ele fraco de esquiva também. Mas tem um controle de distância muito bom, envergadura, potência e chutes altos inacreditavelmente rápidos. É risco pro Aldo sim.
  5. Suar frio? Perdão da palavra, mas eu vou é cag** mole! Tanto quanto foi com o Chad. Eu acho que o Pastor não passa do Weidman. Vejo umas 5 maneiras do americano ganhar e uma só para o brasileiro. Agora, sem campeões, as academias vão dar uma esvaziada forte.
  6. Isto é exatamente o que eu desejo. Mas cada vez que eu revejo as lutas do Mc Churrasco Gregor eu vejo que o buraco é mais embaixo. Chutes rápidos, grande envergadura e punch forte. Derrubar o Irlandês não vai ser mole. Ele não é preconceitos ou resistência em aprender. O chão dele também não vai estar aquela babinha, não.
  7. X_______________________ Amém, irmão! Se todo mundo usa, mostra o exame de todo mundo. Se 1% MOSTRA O EXAME DE TODO MUNDO. Dopping é problema desde sempre. Olha até o nerdologia falando a respeito: Falar sem prova é conversa de Dona Cotinha.
  8. Sei lá. Vou ser massacrado aqui, mas acho que na atual conjuntura foi uma boa notícia para o AS. Primeiro ponto, já era praticamente certo a contraprova acusar o mesmo que a prova. Contra isso era ter esperança de ganhar na mega sena. Assim sendo, a linha mais forte de argumentação contra o legado do Spider é que ele sempre se dopou e foi pego pela novidade dos testes surpresa. O teste pré e pós luta funcionam desde 2006 ou 2007, mais ou menos quando ele entrou e ele nunca foi pego. Acaba sendo um reforço no argumento de que "algo de extraordinário" aconteceu para acusar o dopping e que o desempenho dele nada tem a ver com a atual, mas apenas um acidente no qual ele pode se colocar como vítima. E mais, ainda acho que o melhor caminho é a negação ou um boi de piranha da equipe. Digo isso porque, se ele se assume culpado, ciente e responsável se afunda mais ainda por ter pedido a análise da contraprova, ou seja, tendo a esperança de ter feito merda e conseguir uma dúvida razoável ou absolvição. Sem contar as "declarações/desmentidos/desmentidos do desmentido". z Estou louco demais?
  9. acho que foi o seguinte: 9/1 - urina e sangue 19/1 urina (só pega GH e outras drogas não hormonais - acho) 31/1 urina e sangue. Por isso deu limpo... acho.
  10. Jonas Bilharinho, atleta promissor do MMA nacional e atual campeão peso galo do Jungle Fight, aguarda ansioso pelo anuncio da sua próxima luta pelo evento. Com apenas 24 anos, o lutador que treina na Team Nogueira tem ousados planos para sua carreira em 2015. “O principal objetivo é pegar o cinturão de 66kg do Jungle Fight e me tornar o primeiro da história a ser campeão em duas categorias diferentes do evento. Sei da importância de entrar para o UFC, isso está sempre na minha cabeça e nunca deixou de ser um objetivo, mas eu realmente gostaria de deixar essa marca para a minha equipe”, disse Jonas. Em seis lutas como profissional de MMA, Jonas Bilharinho fez 5 delas no Jungle, tendo vencido todas. Com uma envergadura privilegiada para a categoria e trocação afiada, três adversários foram nocauteados pelo “Speed” que prefere não citar nomes ao ser perguntado sobre o próximo adversário. “Cresci como atleta no Jungle Fight ouvindo do Wallid: “Bilharinho, seu próximo adversário tem dois braços e duas pernas. Fui educado a não me preocupar com quem é o próximo”, finalizou. Fonte: http://www.tatame.com.br/jonas-bilharinho-quer-ser-o-primeiro-campeao-em-duas-categorias-no-jungle-fight/ XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX A questão que me surge agora é, qual é o posicionamento do Wallid com relação a isso, se permitiria um atleta manter as duas cintas. Acho um tiro no pé de certa forma, se não há uma política mais firme de número de defesas de cinturão. Imagina o Cain, Cruz, ou até o Weidman com dois cinturões, travando duas categorias. Isto é ruim para o evento. Mas tenho que admitir que é maneiraço ver um atleta ostentando mais de um cinturão.
  11. Gosto de ver o Erick lutar! Ele é showman, mas os resultados dele corroboram com o que a maioria diz...
  12. A tão aguardada luta entre Chris Weidman e Vitor Belfort pelo cinturão dos pesos-médios do UFC já tem uma nova data. O Ultimate está planejando o duelo para o dia 23 de maio, quando realiza seu evento comemorativo do Memorial Day, feriado americano em homenagem aos veteranos de guerra dos EUA, em Las Vegas. O contrato ainda não foi assinado pelos lutadores, mas já está em negociação, segundo apurou o Combate.com. A coluna "Radar on-line", do site da revista "Veja", foi a primeira a noticiar a nova data. É a terceira vez que o duelo entre os dois lutadores é remarcado; os dois deveriam se enfrentar originalmente no UFC 173, em 24 de maio de 2014, mas Belfort foi substituído por Lyoto Machida quando a Comissão Atlética do Estado de Nevada baniu a Terapia de Reposição de Testosterona, tratamento ao qual o carioca se submetia, em fevereiro daquele ano. Belfort recebeu a licença de lutador da comissão em julho e a luta foi novamente marcada, para 6 de dezembro, no UFC 181. Contudo, Weidman sofreu uma lesão na mão em setembro e o combate foi adiado para 28 de fevereiro, no UFC 184, em Los Angeles. No final de janeiro, foi anunciado que o campeão dos pesos-médios sofreu nova lesão, desta vez na costela, e a luta foi retirada do card. A nova data, 23 de maio, foi listada no anúncio do calendário da organização para 2015 como UFC 187. Há rumores de que a disputa do cinturão dos pesos-meio-pesados, entre Jon Jones e Anthony Johnson, pode acontecer no mesmo evento. Fonte: http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/2015/02/ufc-planeja-chris-weidman-x-vitor-belfort-para-evento-do-dia-23-de-maio.html XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX De tanta zica que este casamento já deu, estou achando que esta luta não vai nem entrar no papel, quanto mais sair dele.
  13. Eu sou fã antigo de MMA e fã do AS porque foi o melhor que eu vi lutar. Ser fã do cara a ponto de ignorar este fato aí já passa da muito minha cota. Senão deixa o cara entrar com motosserra e vamos comemorar a lenda desmembrar o adversário. O esporte tem regras e ninguém está mais sujeito a elas que seu maior ícone. Tem uma história que me envergonha muito, mas bate com o que você diz. O Pelé (do futebol) fez duas faltas grosseiras em um jogo amistoso qualquer e foi expulso. A galera que queria ver o Pelé jogar, voltou com ele para campo expulsou o juiz e colocou outro no lugar. Eu não consigo ver isso como certo. E o discurso do Anderson voltado para as "origens da arte marcial" também não bate.
  14. Pelo Lombard eu botava minha mão no fogo. #desepiçaum :rolleyes:
  15. Também não. O primeiro que eu vi mencionar isso foi o Mousasi e só.
  16. Cara, na minha visão ser comum não importa se é proibido. Quem for pego, tem que pagar e pagar caro. Ou vira um game changer. Libera para todos, o que vai seria terrível e um passo para a proibição em larga escala do MMA. Agora, com relação ao JJ, veja todos os blogs especializados, brasileiros ou não, todos os podcasts, brasileiros ou não. O pior que falam é somente relacionado ao "exemplo para os fãs" ou da nocividade para ele mesmo, não para o UFC ou MMA. Para o esporte é nulo, muito diferente do Spider. Se o que o uso de cocaína fosse para esconder algo pior, não teria um monte de lutador cuspindo nele? O Cormier seria o primeiro e muito outros viriam. Só falam que o UFC deveria ser mais duro pela "moralidade", não por esconder algo maior. Lutador não fica com medinho de falar essas coisas não. Muito pelo contrário. Olha os "Tim Kennedy"s da vida aí. O Anderson é o atleta que mais deu show no MMA. Não tenho dúvida disso. E a habilidade e ousadia dele vai muito além do que o dopping pode oferecer. Agora, como melhor de todos os tempos e com o discurso que ele tinha... é uma senhora cagada que não dá para limpar não...
  17. Puuuuuuuuuutz! o UFC já sabia. Tanto que tirou de antemão a luta do card sem explicar nada: http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/2015/02/johnson-defende-titulo-no-ufc-186-e-macdonald-x-lombard-deixa-card.html Agoooooooooora virou festa!
  18. Magrinho desse jeito. Quem diria??? :rolleyes: :rolleyes:
  19. Após a lesão de Chris Weidman, que deixou Vitor Belfort sem adversário no UFC, o brasileiro sugeriu os nomes de Mark Muñoz e Yoel Romero para enfrentar em uma possível disputa de cinturão interino do peso-médio. Muñoz, em entrevista ao "Fight Hub TV", afirmou que o "Fenômeno" o considera um adversário fácil de ser batido, por isso, ventilou a hipótese junto à organização. - Eu respeito Vitor e acho que ele está pensando que eu serei uma luta fácil para ele. Mas não vou ser. Um Mark Muñoz saudável , com a cabeça boa, você não quer dentro do octógono. Se eles me oferecerem essa luta, irei aceitá-la - afirmou o atleta. Mark Muñoz está escalado para encarar Roan Jucão, no próximo dia 28, pelo UFC 184, evento que seria encabeçado por Chris Weidman, campeão dos médios, e Vitor Belfort. Apesar da luta marcada, o americano, de origem filipina, está de olho na estreia do Ultimate em Manila, programada para 16 de maio. - Estou tentando entrar no card das Filipinas, mas se não acontecer, ainda assim estarei lá apoiando o MMA filipino. Fonte: http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/2015/02/apos-pedido-de-belfort-mark-munoz-diz-ele-acha-que-serei-uma-luta-facil.html XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX O Vitor acha porque anda muito inseguro... Pastor, pode ter certeza! :rolleyes: Basta ver: Se ganhar o quanto é vantagem? Se perder o quanto é demérito?
  20. Deixa eu discordar um pouco, Dudu: O cara fez merda de grandes proporções. Se tivesse matado era cadeia e tal. Não há comparação e ninguém está agindo como se fosse. Mas o cara tem um legado em risco com esta história sim. Se o Papa Francisco é pego dando uns pegas em um cardeal, vai manchar tudo que ele já fez? Vai. Porque vai contra o que sempre pregou, e o que representa. E você vai pensar que foi uma vez só? Não, porque a confiança foi quebrada e isto é atemporal. Agora, não seria diferente com um americano não. O JJ foi pego com algo irrisório se comparado com o AS e foi execrado aqui. Acho que o ato fala por si só.
  21. O UFC vive uma crise por conta do comportamento de suas duas maiores estrelas fora dos octógonos. Em menos de um mês, Jon Jones foi flagrado em antidoping usando cocaína e Anderson Silva testou positivo para duas substâncias ilícitas. O trabalho agora é de reconstrução, não só da própria organização, que sofre com as manchas provocadas pelos lutadores, mas de cada um deles. É o "gerenciamento de crise", e os comportamentos de Jones e do Spider, bastante diferentes, são fundamentais para eles serem perdoados pelo público. Myron Molotki é presidente da organização "rival" Xtreme Fighting Championships (XFC). Apesar de reconhecer um momento complicado para o UFC, ele analisou o quadro enfrentado pelo evento e afirmou que não vê uma queda, mas uma chance de renovação do Ultimate, principalmente no seu plantel de estrelas. E destacou que o modo com que Anderson Silva enfrenta as acusações pode dificultar suas chances de continuar no esporte. Se passar por mentiroso, ficará em maus lençóis. O dirigente destacou que ainda é cedo para julgar Anderson, pelo fato de o brasileiro ainda passar por um longo processo para ser considerado culpado ou não pelo uso de duas substâncias anabólicas encontradas em um teste surpresa. Mas não é só o resultado do julgamento, mas a forma como é feita a defesa que importa na imagem do Spider. "Nos EUA, todo mundo tem uma segunda chance. Sejam atores, celebridades, políticos, atletas... Os fãs são muito propensos a perdoar, as pessoas são assim. Mas o problema é que Anderson já desenhou uma linha clara ao dizer que não se dopou. Se for descoberto que não é verdade, fica muito difícil que ele consiga se reconstruir, porque uma coisa é tomar responsabilidade e outra é mentir sobre isso", analisou Molotki, em entrevista ao UOL Esporte. No caso de Jon Jones, que não teve punições pelo fato do uso de cocaína ter sido feito fora do período de competição, a chance de reconstrução do ídolo é mais simples. E justamente porque ele se abriu sobre o tema, ainda que tenha acabado enfrentando polêmica por conta de sua reabilitação de apenas 24 horas. "Jon Jones pode se reconstruir, porque ele admitiu ter cometido um erro. Ou tem o caso do Nick Diaz, que fala: 'eu fumo maconha, se você não gosta, problema seu'. É por isso que fãs voltam a abraçar esses lutadores. Eles podem ser maus, mas eles são honestos, são humanos, erram", afirmou o presidente do XFC. Ele acrescentou: "Quem não entenderia se Anderson explicasse que estava fazendo de tudo para se curar de uma lesão grave? Que não era para ter uma vantagem contra o oponente, mas para se curar... Mas ele escolheu negar, e agora futuro do Anderson está no que os fãs vão concluir ao fim do caso." Divulgação Myron Molotky é o presidente do XFC, evento norte-americano que fincou base no Brasil. Foram oito edições no país em 2014, em parceria com a RedeTV! e 2015 tem uma programação de sete eventos Para Myron, quem também acaba sofrendo é a organização como um todo, que além de ter um baque com seus maiores astros, já estava sem Georges St-Pierre, outro pilar da organização, que se afastou dos octógonos por tempo indefinido. Ele acredita que o MMA, como um todo, não precisa temer uma crise. E, para o Ultimate, o prejuízo por um lado, pode ser uma nova chance de sucesso por outro. "Vimos flagras em muitos esportes, e normalmente não há erros. O que posso dizer é que isso gera grandes marcas contra o esporte. Mas agora o UFC tem de fazer seu gerenciamento de crise. Eles são inteligentes, são os melhores no que fazem, e agora têm de ser honestos com o que está acontecendo dentro da organização e com os atletas. Eu acho que veremos uma mudança de quem eles promovem. Falamos de Jones e Anderson Silva. Mas quem temos depois? Ronda Rousey, Conor McGregor, José Aldo. São grandes lutadores e que talvez agora ganhem de vez os holofotes", concluiu Myron. XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX É bem claro que, a exceção de haters e lovers o público médio vai acreditar em qualquer história que o Spider contar. Estou muito curioso de como o público americano e o UFC irão se posicionar. Não sei porque tenho a sensação que o tempo fechará para o AS por lá. Torço para que não.
  22. E mais, quando eu li achei que era algo tipo troca jiu por boxe, thai, ou algo do gênero. Balé? o que tem a ver com o PVT? Está mais para Amaury Jr que vale tudo ou qualquer luta.