OGROdrigo

Membros
  • Content Count

    1221
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by OGROdrigo

  1. Não faz sentido o que o Cruz falou. A Dern vai ficar no olho do furação. Venceu bem a luta mas se não bater o peso de novo, as coisas complicam.
  2. Eu já acho que o Borrachinha passa tranquilo pelo Hall. A coisa fica complicada pra ele no Brad Tavares ou no David Branch.
  3. Vejamos por outro ângulo então... Borrachinha tem 11-0. 10 KO e 1 finalização. Só no UFC são 3-0 com 3 KO e uma performance da noite. O Borrachinha mira para cima, não para baixo.
  4. “Acabou, eu quero que acabe.” “Não termine assim. Vamos lá, eu sei que machuca. Vamos passar por isso. Respire, mude o seu pensamento. Vamos lançar tudo o que temos. Vamos nos recuperar depois.” Isso é um treinador incentivando sua atleta. Se ela fala "Chega, não quero mais" é outra coisa. Ninguém obrigou a Raquel a voltar.
  5. Entrevista dela para a Tatame em Ago/17 – Não gostar de treinar MMA Eu odeio, odeio (risos). Eu não posso mentir, falar que gosto de treinar MMA. Eu não gosto. Eu sou atlética, gosto de fazer esporte, gosto de aprender, de fazer as manoplas de Muay Thai sem pensar, aí eu penso que realmente estou melhorando. Todo dia eu treino machucada. Isso é algo muito difícil e realmente é preciso estar muito motivada para fazer. Eu estou fazendo luta a minha vida toda. São 21 anos que eu estou envolvida em luta, desde os 3 anos de idade. Então, chega uma hora que eu não sei o que eu quero fazer. Mas no fundo, vejo que eu nasci para fazer isso. Com certeza, eu não quero fazer MMA por muito tempo. Não quero ganhar cinturão e ficar defendendo por muitos anos, quero ganhar o cinturão e defender uma ou duas vezes e voltar para o Jiu-Jitsu depois. Não quero ficar levando soco na cara para sempre e acho que nem o meu pai vai deixar isso (risos). – Corte de peso para o MMA Na minha primeira luta de MMA, eu não senti muito. Senti, lógico, mas a primeira vez o corte achei bem diferente. Eu fiz com um nutricionista, só que no Jiu-Jitsu a gente luta naquele peso, não tem como desidratar tanto, como no MMA. No Jiu-Jitsu é pouco. Eu estava comendo muita coisa, que para eu bater peso no Jiu-Jitsu eu nunca ia comer tanto assim. Eu falava: é normal isso? Eles falaram que era. Eu pesada, ia pesar na semana da luta e super-pesada. E pensava: como eu vou perder 4kg em três dias? Mas falaram que era tudo água. Eu comecei o corte de água. Eu bati, mas era tudo diferente. Daí, depois, eu me senti mais inchada. Me sentia rápida, mas não era igual no Jiu-Jitsu. Eu mexia meu corpo, mas ficou difícil. Depois, subir do MMA e bater peso do Jiu-Jitsu, porque eu fui lutar o Pan, é bem diferente. Além de serem duas dietas diferentes e pesos, porque luto MMA de 52kg e Jiu-Jitsu de 58,5kg, mas são estilos de cortes de peso diferente. Por isso, também tenho que me decidir o que quero fazer, para não me matar no final. Se não, meu corpo não vai aguentar.
  6. A categoria dela é essa mesma. O problema é falta de comprometimento. Parece que nem se esforçou para bater o peso.
  7. Dizem que o desligamento dela da MMA Lab foi por causa disso. Comprometimento "0".
  8. Mackenzie Dern passou mais de 3 Kg do limite da categoria na pesagem. Se por um lado a Amanda não é carismática, profissionalmente não tem o que falar dela. Foi para a pesagem debilitada pra caramba mas bateu o peso.
  9. Esse cachorro já deve ter passado a vara em uns 4 ou 5 por aqui.
  10. Não acho que quem ganhar ou quem perder, nem quem ganhar nem perder, vai ganhar ou perder. Vai todo mundo perder.
  11. Eu acho que o Rockhold chega forte como meio pesado. Já deram uma pedreira logo de cara para ver qual é a dele e eu penso que isso é ótimo.
  12. Eu acho o Ivanov pequeno. Um bom lutador que arranjaria algo no UFC se fosse Meio Pesado e olhe lá. Não vejo o Cigano tendo trabalho com ele de forma alguma.
  13. Se precisou conversar com treinadores para decidir se continua então é porque já acabou.