FredLopes

Membros
  • Content Count

    2762
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutra

About FredLopes

  • Birthday 02/12/1978

Profile Information

  • Gender
    Male

Contact Methods

  • Yahoo
    lopesdepaula@yahoo.com.br

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Se for pra comparar caráter com quem votamos... tá todo mundo fudido. E sobre o post também achei que se referia ao UFC não ao Durinho
  2. Conseguiu até aquele golpe improvável contra o McGregor ... nessa luta se mostrou bem melhor
  3. Difícil, hein. No auge acho o Cigano, mas no geral penso que foi o Werdum... bateu Fedor e Velásquez
  4. UFC: Masvidal acusa Dana White de intimidá-lo durante negociação por luta de título Em rota de colisão com o UFC após as tratativas para a disputa do cinturão peso-meio-médio (77 kg) contra Kamaru Usman fracassarem em virtude de um impasse financeiro entre as partes, Jorge Masvidal voltou a atacar o presidente da organização, Dana White, e seus métodos de negociação. Em publicação na sua conta oficial no ‘Twitter’ (veja abaixo ou clique aqui), o lutador acusou o dirigente de utilizar táticas de intimidação para tentar forçá-lo a assinar o contrato e, com isso, encarar o campeão nigeriano. O americano também se defendeu das críticas que tem sofrido por parte dos fãs por querer renegociar seu salário mesmo tendo um longo contrato ainda em vigor com o Ultimate, ao justificar que o acordo era a única opção na mesa caso quisesse ser pago à época. Irritado, Masvidal ainda fez mais uma publicação em sequência, desta vez direcionada aos lutadores e ex-lutadores que trabalham como comentarista atualmente. “Eu já expliquei o porquê eu assinei um novo acordo. É pegar ou largar e não ser pago. Eu teria assinado outro acordo se ele tivesse sido feito de boa fé. Ele (Dana) me ligou na noite anterior, ele queria anunciar (a luta), e me disse para pegar ou largar. Isso não é negociar, isso é intimidar”, reclamou Masvidal, antes de mudar o alvo de suas críticas para os comentaristas. “E para os #CavaleirosDoWhite que tem empregos como comentarista com o UFC, que dizem: ‘Apenas lute’. Vocês deveriam estar envergonhados de chamar vocês mesmos de lutadores ou ex-lutadores. Nenhum de vocês tem feito isso por mais tempo do que eu e como eu tenho feito. Existe uma razão para vocês estarem ‘comentando'”, cutucou o meio-médio. Sem chegar a um acordo com Jorge Masvidal, o Ultimate escalou Gilbert ‘Durinho’ como próximo desafiante ao título dos meio-médios. O brasileiro encara o campeão Kamaru Usman na luta principal do UFC 251, marcado para o dia 11 de julho, na ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi. https://www.espn.com.br/artigo/_/id/7046684/masvidal-acusa-dana-white-de-intimida-lo-durante-negociacao-por-luta-de-titulo
  5. Não sabia que o Anderson estava correndo desse duelo. Pode mandar fonte ou link dessa matéria por favor?
  6. Torço pelo Cigano, mas é difícil saber qual lutador vai se apresentar. Cigano com boa movimentação e imprimindo ritmo na luta como foi contra Lewis por exemplo ou aquele que "não estava lá" como contra Nganou, Miocic, etc
  7. Como fã do Anderson não gostaria de ver essa luta. Também acho que não agrega nada na carreira dele. Contra Weidman por exemplo eu apoiaria. Mas foi desafiado e aceitou. Se tivesse negado tinha hater chamando ele de frouxo
  8. Rs ... difícil ir contra seu argumento
  9. não acredito que vai repetir os erros dessa luta ... cara tá sinistro. Acredito que põe qualquer um pra dormir
  10. Khabib no UFC: POIRIER - 07.09.19 MCGREGOR - 06.10.18 IAQUINTA - 07.04.18 BARBOZA - 30.12.17 JOHNSON - 13.11.16 HORCHER - 16.04.16 DOS ANJOS - 19.04.14 HEALY - 21.09.13 TRUJILLO - 25.05.13 TAVARES - 20.01.13 TIBAU - 07.07.12 SHALORUS - 20.01.12
  11. Sou fã do Khabib, mas porra ... o que acontece? Ele lutou em outubro de 18 contra o Conor, em em setembro de 19 contra Poirier e se tudo der certo luta em setembro de 20 contra o Justin .... e tem quem fica histérico quando a Amanda pára por 6 meses.
  12. Ultimate negocia Khabib Nurmadomedov x Justin Gaethje para o UFC 253, 19 de setembro Companhia encaminha realização da disputa de título dos pesos-leves para ser luta principal em local a ser definido Uma das lutas mais esperadas do ano está perto de ser oficializada. O Combate.com apurou que o Ultimate planeja realizar Khabib Nurmagomedov x Justin Gaethje, pela unificação do cinturão do peso-leve (até 70kg), no UFC 253, que está previsto para acontecer no dia 19 de setembro, em local a ser definido. Procurada pela reportagem, a organização não retornou o contato. Khabib Nurmagomedov x Justin Gaethje — Foto: Info Esporte Campeão dominante dos leves, Nurmagomedov, de 31 anos, ostenta um cartel impressionante de 28 vitórias em 28 lutas. O atleta da American Kickboxing Academy (AKA), que tem por hábito controlar seus oponentes com seu jogo de quedas imparável até aqui, vem de vitória por finalização contra Dustin Poirier, em setembro do ano passado. Gaethje também tem 31 anos e possui 22 triunfos e duas derrotas na carreira. O americano, de estilo extremamente agressivo e nocauteador nato, venceu quatro seguidas para conseguir a chance de enfrentar o russo. Na última delas, pelo cinturão interino, nocauteou Tony Ferguson no quinto assalto, em maio deste ano. UFC 253 19 de setembro, em local a ser definido CARD DO EVENTO (até o momento): Peso-leve: Khabib Nurmagomedov x Justin Gaethje https://globoesporte.globo.com/combate/noticia/ultimate-negocia-khabib-nurmadomedov-x-justin-gaethje-para-o-ufc-25319-de-setembro.ghtml
  13. Cormier vence e aposenta. Deixa o cinturão vago pro Ngannou espancar alguém e pegar ele
  14. Jon Jones volta a atacar UFC e Dana White, fala em ‘roubo’ e ameaça deixar a organização Em uma nova série de críticas e acusações, Jon "Bones" Jones dispara contra Ultimate e Dana White, fala em 'extorsão' e mais uma vez ameaça deixar a organização; saiba mais Depois de ter sua negociação para enfrentar Francis Ngannou frustrada pelo Ultimate, Jon Jones iniciou uma série de críticas contra a organização e, consequentemente, a Dana White. Atual campeão meio-pesado da franquia, “Bones” passou a exigir mais reconhecimento, melhor valorização financeira e, em uma de suas declarações, chegou a dizer que abriria mão do seu título, dando a entender que se afastaria do MMA se a sua situação com a companhia não fosse resolvida.E não parou por aí. Na última segunda-feira (8), o lutador voltou a utilizar suas redes sociais para disparar mais críticas contra o UFC e Dana White. Jones voltou a dizer que merece ser melhor recompensado financeiramente e chegou a falar em “roubo” ao se referir à organização e ao mandatário. - Tudo estava bem, até eu pedir uma fatia maior do bolo. O UFC está confortável comigo tendo concussões por mais de uma década, mas pedir por riqueza… dê o fora daqui! Você não escuta o Dana (White)? Quase toda entrevista ele menciona como o UFC está quebrando recordes históricos. Dana mencionou que eu quero dinheiro de Wilder (boxeador americano), enquanto na minha carreira toda, eu nunca fiz nem um quarto disso - escreveu “Bones”, prosseguindo logo em seguida.- Quando eu estava no meu auge, o jeito do UFC não me pagar era me dizendo que eu não era uma estrela. Me agraciou com um carro enquanto fazia dezenas de milhões sem eu saber. Impressionaram um garoto com um Bentley para lutar contra Lyoto Machida (luta que foi realizada em 2011), enquanto eles ganhavam milhões. Não estou pedindo para me devolverem o que me extorquiram durante meus 20 anos, só queria ser tratado de forma justa daqui pra frente - disparou o campeão, que ainda deixou um conselho para os lutadores mais jovens.- Conselho para os lutadores jovens: se você está quente agora, seja pago. Por mais que o UFC esteja construindo a sua marca, você está construindo a deles. Se vocês acham que o pagamento virá depois de estar um tempo com a empresa, está enganado -.Sem lutar desde fevereiro, quando derrotou Dominick Reyes por decisão unânime na luta principal do UFC 247, Jon Jones ainda voltou a falar sobre uma possível saída do Ultimate. No entanto, pouco tempo depois, apagou o tweet, onde chegava a afirmar que seria mais valorizado nas mãos de um “promotor diferente”.- Se o UFC me dispensa, eu não tenho dúvidas de que um promotor diferente vai me pegar. Talvez eu não seja pago da mesma forma, mas talvez eu seja. Uma coisa é certa: eu teria apoio total. Um chefe atrás de mim que de fato me promove - concluiu. https://www.lance.com.br/lutas/jon-jones-volta-atacar-ufc-dana-white-fala-roubo-ameaca-deixar-organizacao-confira.html
  15. Esse caso da Amanda é incomparável. Ela varreu a categoria dos galos e venceu quem tinha que vencer em uma categoria esvaziada. Não tem mais adversárias. Acho merecido esse descanso. Mas, como já disse, uma boa proposta faz ela lutar sim. Imagina Megan Anderson em um estádio na Austrália, por exemplo... ela luta