Tiago Bentes

Membros
  • Content Count

    365
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutra

1 Follower

About Tiago Bentes

Profile Information

  • Gender
    Male

Recent Profile Visitors

3735 profile views
  1. Creio que no Kickboxing, assim como no Boxe, esse trânsito entre categorias seja comum. Tomando por base que ele veio dessas modalidades, é compreensível essa mentalidade dele.
  2. Estranho é tanta gente ter excedido em muito o peso limite, foram 4 atletas ao todo. Alguém sabe dizer se esses atletas passaram a semana (ou as últimas duas semanas) sob as dependências do UFC?
  3. Receio de no "realinhar das estrelas", Dustin não lute pelo cinturão, faça a trilogia com McGregor; Charles lute com Chandler por cinturão e na sequência: Dustin perde, McGregor vem pro cinturão e daí pra frente o caminho fique muito difícil pro Diamante. Esse esporte é cruel demais e muito incerto, uma vez que o você perde o cavalo selado que passa na porta, talvez nunca mais passe outro.
  4. Amém, master! Feliz Natal! A todos os meus confrades de fórum: Feliz Natal também. Deus os abençoe!
  5. Deiveson tá às portas de virar uma estrela. O interessante é que o cara tá conseguindo a torcida dos estrangeiros sem falar inglês, com um pouco de marra e ainda assim com carisma. Quando ele abre a boca pra falar - principalmente no pós-luta -, logo se cria simpatia por ele.
  6. Curioso é a quantidade de gente com nome iniciando em "J" nesse evento. Das 9 lutas, 6 possuem lutador de nome iniciando com essa letra.
  7. RESULTADOS do Bellator 252 CARD DO EVENTO Peso pena: Patrício Pitbull derrotou Pedro Carvalho por nocaute a 2m10sdo R1 – Luta pelo cinturão Peso meio-médio: Yaroslav Amosov derrotou Logan Storley na decisão dividida dos juízes (28-29, 29-28, 29-28) Peso pena: Emmanuel Sanchez derrotou Daniel Weichel na decisão unânime dos juízes (48-46, 49-46, 49-45) Peso pena: Aaron Pico derrotou John De Jesus por nocaute a 4m12 do R2 Peso palha: Keri Taylor-Melendez finalizou Emilee King com um mata-leão a 3m02s do R1 Peso leve: Manny Muro derrotou Devin Powell na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27) Peso galo: Jornel Lugo derrotou Schyler Sootho na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 30-27) Peso pena: Lucas Brennan derrotou Andrew Salas na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-26, 30-26) Peso meio-médio: Roman Faraldo derrotou Pat Casey por nocaute a 2m30s do R2 Peso meio-medio: Trevor Gudde derrotou Khonry Gracie por nocaute técnico a 3m28s do R3 Fonte: https://www.superlutas.com.br/noticias/130848/bellator-252-patricio-pitbull-x-pedro-carvalho-resultados/ __ O evento ontem foi bastante importante, mas a gente acabou não criando PbP de novo. Abraço, galera!
  8. A questão toda sobre ser um esporte de aceitação e forte adesão familiar tá bastante relacionada à estética do esporte. Futebol, na minha opinião, é extremamente violento em alguns momento, mas a estética desse esporte é limpa o suficiente para atrair a família e a sujeira costumeira do futebol é lama, suor, grama, etc. Não envolve sangue, não é algo que sai do corpo de alguém. Considerem que o sangue tá muito ligado à vida, por isso tanta gente se assusta quando vê. Também é um esporte pouco relacionado com deformidades faciais. É muito comum no MMA alguém sair com o rosto desfigurado. Nesse sentido, precisamos lembrar que o rosto é a parte do corpo mais ligada à nossa identidade, é por onde somos reconhecidos. Quando alguém sai desfigurado, no inconsciente popular é que é algo tão brutal que faz com que você tenha lesada uma parte importante de si mesmo, que é sua identidade. Futebol tem sua violência, Hockey também, esportes que promovam contato físico, em geral. Mas o MMA consegue ficar acima quando o quesito é caos estético explícito. Por fim, pensem num pai que vê os lances mais bonitos de um jogo de futebol, que é o que faz com que jogadores se consagrem, e finge replicar aquilo com os filhos. Agora considerem aquilo que torna um lutador legendário, como o Jones batendo no Shogun daquela forma, ou o Korean Zombie tendo o ombro deslocado e tomando chutes do Aldo. É algo diferente e com um apelo diferente. É mais complexo e a estética é o que atrai no esporte. Além de que a violência explícita é algo sempre questionável.
  9. CARD PRINCIPAL Peso médio (até 83,9kg.): Gegard Mousasi derrotou Douglas Lima na decisão unânime dos juízes (48-47, 49-46, 49-46) Luta pelo cinturão Peso casado: Henry Corrales derrotou Brandon Girtz na decisão dividida dos juízes (30-27, 27-30, 30-27) Peso médio (até 83,9kg.): Dalton Rosta derrotou Ty Gwerder na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27) CARD PRELIMINAR Peso pesado (até 120,2kg.): Jake Hager derrotou Brandon Calton na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29.28) Peso meio-médio (até 77kg.): Sabah Homasi derrotou Bobby Voelker por nocaute a 0m20s do R2 Peso médio (até 83,9kg.): Johnny Eblen derrotou Taylor Johnson na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 30-27) Peso casado: Adam Borics derrotou Erick Sanchez na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 30-27) Peso casado: Cody Law derrotou Orlando Ortega por finalização a 2m41s do R1 Fonte: https://www.superlutas.com.br/noticias/129534/bellator-250-douglas-lima-x-gegard-mousasi-resultados/ ----- O evento ocorreu numa noite de quinta-feira, talvez por isso sequer tenhamos atentado para a criação de um PBP.
  10. Se o Gilbert estiver com fôlego financeiro, que ele se agarre a esse Title Shot e a gana só aumente. Se lutar contra outro, pode ficar pra trás mesmo que ganhe a próxima luta. Lesão, cansaço, a criação de outra querela com outro lutador por parte do Usman, etc. Muito risco.
  11. Na verdade, é difícil imaginar o Thompson perdendo pra alguém que não vá pra amarrar (e com muita competência) ou que acerte um golpe bem inesperado, como o Pettis fez depois de apanhar um bocado.
  12. Reyes se comportando como se fosse um campeão dominante. Sequer é campeão, cuidado pra não cair.
  13. Borrachinha pode ter alguns pontos reprovados por alguns aqui, mas ele tem tudo pra se tornar um campeão muito popular - caso consiga o cinturão.