Fórum Portal do Vale Tudo: Médico terá de trabalhar dois anos no SUS para se formar, anuncia gove - Fórum Portal do Vale Tudo

Ir para

  • 25 Páginas +
  • « Primeiro
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • Último »
  • Novo tópico
  • Responder

Médico terá de trabalhar dois anos no SUS para se formar, anuncia gove

#271 Membro offline   RHRP 

  • Grupo: Membros
  • Posts: 3079
  • Cadastrado: 22-October 06

Postou 09 July 2013 - 06:23 AM

quem é da area pode tirar uma duvida que surgiu... para fazer o revalida o medico "impoortado" precisa passar por residência aqui no brasil...??

Este post foi editado por RHRP: 09 July 2013 - 06:36 AM

Pior que a ditadura imposta, é a ditadura aceita ! mais quatro anos de PSDB socorro....
0

#272 Membro offline   shotokanRS 

  • Grupo: Banned
  • Posts: 1619
  • Cadastrado: 05-June 09
  • Gender:Male
  • Interests:Shotokan, boxe, skate, business.

Postou 09 July 2013 - 07:34 AM

Aconteceu o que Ronald Reagan e Milton Friedman preveram nos anos 80, e antes disso nos USA... Com estas atitudes o estado acabou com a liberdade do brasileiro de escolher onde e por quanto trabalhar. Se aceitarmos isso vamos olhar pra trás com curiosidade sobre o que era liberdade.
Don't ask what you can do for your country, ask what your country can do for you.
100% Shotokan.
0

#273 Membro offline   sak 

  • Grupo: Membros
  • Posts: 5531
  • Cadastrado: 06-August 03
  • Gender:Male
  • Location:Rio de Janeiro

Postou 09 July 2013 - 07:47 AM

Ver postshotokanRS, em 09 July 2013 - 07:34 AM, disse:

Aconteceu o que Ronald Reagan e Milton Friedman preveram nos anos 80, e antes disso nos USA... Com estas atitudes o estado acabou com a liberdade do brasileiro de escolher onde e por quanto trabalhar. Se aceitarmos isso vamos olhar pra trás com curiosidade sobre o que era liberdade.


Liberdade? Isso é coisa de reacionário, neoliberal, conservador e blablabla... :rolleyes: . O negócio é o 'bem comum'.
0

#274 Membro offline   K.O 

  • Grupo: Membros
  • Posts: 4505
  • Cadastrado: 31-December 06

Postou 09 July 2013 - 09:39 AM

Ver postRHRP, em 09 July 2013 - 06:23 AM, disse:

quem é da area pode tirar uma duvida que surgiu... para fazer o revalida o medico "impoortado" precisa passar por residência aqui no brasil...??

procurei no site do inep e no diário oficial, nenhum faz referência a isso.
0

#275 Membro offline   K.O 

  • Grupo: Membros
  • Posts: 4505
  • Cadastrado: 31-December 06

Postou 09 July 2013 - 09:43 AM

Ver postkrokop, em 09 July 2013 - 05:45 AM, disse:

Sim, não é negado isso. Mesmo assim ganham mais, e estão com 92% de ocupação, ou seja, mesmo melhorando salários e equipamentos pra que o resto venha pro SUS não vai ter gente suficiente.

Grande parte do problema hoje em dia é falta de médico, o caboclo só atende dias tal e tal horário tal e tal na semana, e dá-lhe uma população inteira esprimida nesses horários, e meses e meses de espera (eu também vivo essa realidade, estou em grande centro e não sou atendido em favela).

não krokop, da maneira que fica parece que o médico ganha uma puta grana trabalhando de boa em cidade grande, o que não é verdade. Tem muita gente que trocaria a vida corrida, trabalhando mais de 60h/semana, atendendo telefone de paciente particular no meio da noite, por 40h de UBS, férias, décimo terceiro, plano de aposentadoria, e uma vida menos corrida. Em um dos hospitais da minha faculdade tinha um plano de carreira (bom não fenomenal), e vários assistentes já se limitavam a trabalhar só nele e abdicar da vida de consultório e hospital particular.
0

#276 Membro online   Koupe 

  • Grupo: Membros
  • Posts: 2522
  • Cadastrado: 15-August 12

Postou 09 July 2013 - 09:52 AM

Ver postkiko!, em 09 July 2013 - 06:01 AM, disse:

Koupe, com todo o respeito meu caro, mas o que o sabe nada está afirmando está de acordo com vários estudos e teses econômicas. Nessa questão voce está indo totalmente contra os livros de economia, finanças públicas e os doutrinadores.

Afirmando que os médicos vão ter um choque de realidade no sus?
Ele só demonstrou que nao tem idéia do que disse.
Ainda disse que os formandos de universidades publicas vão direto pra hospitais particulares sem conhecerem a realidades...

Nunca contaram a ele de residência em hospital universitários né?
O cara me fala que vão mandar estudantes? Estudante aonde, o cara já teria formado, nao vai fazer prova, matéria nada...governo quer mão de obra barata e ta cometendo esse crime.

Ainda foge que nem o diabo da Cruz do revalida.
Todo pais serio no mundo o medico tem que fazer uma prova pra revalidar o diploma...
Aqui sabe-se lá porque ele não é necessário

O jovem medico brasileiro vai ganhar de 3 a 8 e só poderá trabalhar no SUS por 2 anos.
O medico cubano, nao fará prova, ganhara 10k e poderá trabalhar fora do Sus se cumprir a carga de 40 h...

Sabe tudo...
0

#277 Membro offline   krokop 

  • Grupo: Membros
  • Posts: 6594
  • Cadastrado: 22-August 08
  • Gender:Male

Postou 09 July 2013 - 09:52 AM

Ver postK.O, em 09 July 2013 - 09:43 AM, disse:

não krokop, da maneira que fica parece que o médico ganha uma puta grana trabalhando de boa em cidade grande, o que não é verdade. Tem muita gente que trocaria a vida corrida, trabalhando mais de 60h/semana, atendendo telefone de paciente particular no meio da noite, por 40h de UBS, férias, décimo terceiro, plano de aposentadoria, e uma vida menos corrida. Em um dos hospitais da minha faculdade tinha um plano de carreira (bom não fenomenal), e vários assistentes já se limitavam a trabalhar só nele e abdicar da vida de consultório e hospital particular.

Concordo em não demonizar eles. Médico tem que ganhar bem e ter uma vida menos corrida, ainda mais pra não antender o povo todo estressado e fazer cagada com vida alheia. O que falo é que falta médico. Tem que melhorar a estrutura e ter mais médico ganhando bem porque estão em falta. Que tragam de fora pra curto prazo e, porque não, vamos ver o que sai desse 'modelo inglês' também... que façam bem feito... mais pessoal pra cobrir a demanda.
DEADLY BICUDA de esquerda no pé do ouvido!

"For me sport is my be-all and end-all. I believe sport should primarily be about understanding and friendship. It should bring people closer together, make the world a better place to live in". Fedor

"Como ele, como a mãe dele, que eu conheci também, como a Vânia, que é sua mulher, como o Damião, como a Andréia, como a dona Maria, como Secretário, como Deputado, como Ministro, como Governador, como Prefeito, e ofereço minha experiência pra você". José Serra

"Eu investi bastante em treinamentos, terapias, e penso que 2011 será o meu ano. Melhor que 2006." 2011, O ANO DO CRO COP!!! WAR!! <---- E foi.. O ano da aposentadoria...! Valeu por tudo, Cro Cop!!

Esse post foi lido e aprovado por Barack Obama através do programa espião Fairview da NSA.

Rogério Ceni > Pelé
0

#278 Membro online   Koupe 

  • Grupo: Membros
  • Posts: 2522
  • Cadastrado: 15-August 12

Postou 09 July 2013 - 09:54 AM

Acho que nem precisamos discutir o problema da educação né?
Já sabemos como resolver.
Problema é que tem muito professor mercenário que só quer dar aula em particular né...
0

#279 Membro offline   K.O 

  • Grupo: Membros
  • Posts: 4505
  • Cadastrado: 31-December 06

Postou 09 July 2013 - 10:04 AM

Ver postRHRP, em 09 July 2013 - 06:18 AM, disse:

pronto desta vez aparentemente estamos do mesmo lado .. rsrs


com a nova regra ele estudaria os seis e teria que passar por mais dois, como grade do curso ainda, atendendo no sus.. sendo supervisionado e orientados por professores...

se eles conseguirem montar estas equipes de professores, será ideal...

e só para os tontos de plantao.. ah nossa aqui é a nova cuba.. trabalho forçado.., meu deus que horror...que patifaria...


O modelo é inspirado em países como Inglaterra e Suécia, onde os estudantes passam por um período de treinamento com registro provisório para só depois exercer a profissão com o registro definitivo. sem mais !

tem muitas incoerências nessa proposta, até procurei um edital oficial do MAIS MÉDICOS, mas não existe, o máximo que dá pra encontrar é notícia superficial nos sites do MEC, MS, planalto, e café com a presidenta. Volto a repetir a pergunta:

se para a maioria dos postos de saúde que vão receber esse programa não conseguem levar médico, o que vão fazer para levar um supervisor com vínculo acadêmico?

Não é assim uma inspiração completa em Suécia e Inglaterra, falta muito para poder falar que está perto disso, e surgem mais pontos de discórdia:

1. até recentemente o governo discutia o fechamento de cursos de medicina pela baixa qualidade oferecida de acordo com avaliação do MEC, 2. de repente o discurso muda e querem inundar o país de acadêmicos em medicina, 3. ao mesmo tempo eles criam uma dificuldade ainda maior para abrir esses tais novos cursos médicos, esses 2 anos a mais de graduação. Se já tem um monte de faculdade que não consegue oferecer o exigido hoje em dia como as coisas vão ficar com o aumento dessa exigência? O MEC vai fazer vista grossa? De acordo com a apresentação feita pelo Mercadante uma das exigência seria que a faculdade pudesse oferecer 5 leitos hospitalares para cada aluno, veja hoje em dias quantas são as faculdades que conseguem cumprir essa meta.
Cada mudança curricular de um curso de medicina é um processo que passa por anos de avaliação e discussão, existem diferentes abordagens de ensino, e o governo em um decreto reestrutura todos os cursos do país? Me desculpa, mas então tem muito palhaço incompetente estudando essa área e trabalhando nela se o governo com meia dúzia de ministros consegue fazer tão rápido o que se discute anos.

Torço para que o CFM e os CRMs acelerem o processo de criação para prova de título, aí quero ver como vai ficar o monte de gente que se formou, as vezes pagando bem caro, e não vai poder trabalhar, qual será a canetada presidencial para resolver esse problema futuro?

Para mim, o governo lançou essa proposta só para mudar o foco. De acordo com o próprio governo essas medidas dependem de aprovação do congresso nacional e do conselho nacional de educação, ou seja pode ser que nada mude apesar do barulho que a medida vem fazendo. Ao mesmo tempo o governo reforçou a ideia de trazer profissionais sem revalidação de diploma, que passariam por uma preparação de 3 semanas (menos que um estágio de internato, menos que os 3 meses de período de teste da CLT) e iriam após essa preparação trabalhar. Mas agora ninguém mais está falando disso. Uma bela artimanha política.
0

#280 Membro offline   K.O 

  • Grupo: Membros
  • Posts: 4505
  • Cadastrado: 31-December 06

Postou 09 July 2013 - 10:09 AM

Ver postkrokop, em 09 July 2013 - 09:52 AM, disse:

Concordo em não demonizar eles. Médico tem que ganhar bem e ter uma vida menos corrida, ainda mais pra não antender o povo todo estressado e fazer cagada com vida alheia. O que falo é que falta médico. Tem que melhorar a estrutura e ter mais médico ganhando bem porque estão em falta. Que tragam de fora pra curto prazo e, porque não, vamos ver o que sai desse 'modelo inglês' também... que façam bem feito... mais pessoal pra cobrir a demanda.

acontece que estamos muito longe do modelo inglês, não só pelo financiamento e pelo plano de carreira, mas pela estrutura da educação médica também. No BR não existe a obrigação de fazer residência para poder exercer a profissão, na Inglaterra sim, só isso já quebra toda essa inspiração, a não ser que mudem as regras vigentes atualmente. Por isso eu bato tanto na tecla de que enquanto não houver melhora no financiamento do SUS e não valorizarem o profissional da atenção primária a saúde pública vai continuar a merda que está.
Essa inspiração inglesa/sueca é um recurso retórico para convencer o povo que não sabe como as coisas funcionam de verdade.
0

#281 Membro online   Koupe 

  • Grupo: Membros
  • Posts: 2522
  • Cadastrado: 15-August 12

Postou 09 July 2013 - 10:10 AM

Ver postK.O, em 09 July 2013 - 10:04 AM, disse:


Torço para que o CFM e os CRMs acelerem o processo de criação para prova de título, aí quero ver como vai ficar o monte de gente que se formou, as vezes pagando bem caro, e não vai poder trabalhar, qual será a canetada presidencial para resolver esse problema futuro?

Para mim, o governo lançou essa proposta só para mudar o foco. De acordo com o próprio governo essas medidas dependem de aprovação do congresso nacional e do conselho nacional de educação, ou seja pode ser que nada mude apesar do barulho que a medida vem fazendo. Ao mesmo tempo o governo reforçou a ideia de trazer profissionais sem revalidação de diploma, que passariam por uma preparação de 3 semanas (menos que um estágio de internato, menos que os 3 meses de período de teste da CLT) e iriam após essa preparação trabalhar. Mas agora ninguém mais está falando disso. Uma bela artimanha política.

Ko cara , concordo totalmente com esse ultimo parágrafo.
Ninguém explica a brecha que estão abrindo pros estrangeiros...
Qual o medo de fazerem a prova?
O governo insiste tanto em trazer-los sem prova que da pra ficar desconfiado...
0

#282 Membro offline   K.O 

  • Grupo: Membros
  • Posts: 4505
  • Cadastrado: 31-December 06

Postou 09 July 2013 - 10:17 AM

Pra vocês verem como são as coisas. O curso de medicina da UFSCar (Univ. FEDERAL de São Carlos, interior de São Paulo), já existente há alguns anos, até hoje enfrente problemas para ter um hospital escola... quero ver como vão fazer para as 10 mil novas vagas...
0

#283 Membro offline   krokop 

  • Grupo: Membros
  • Posts: 6594
  • Cadastrado: 22-August 08
  • Gender:Male

Postou 09 July 2013 - 10:21 AM

Ver postK.O, em 09 July 2013 - 10:09 AM, disse:

acontece que estamos muito longe do modelo inglês, não só pelo financiamento e pelo plano de carreira, mas pela estrutura da educação médica também. No BR não existe a obrigação de fazer residência para poder exercer a profissão, na Inglaterra sim, só isso já quebra toda essa inspiração, a não ser que mudem as regras vigentes atualmente. Por isso eu bato tanto na tecla de que enquanto não houver melhora no financiamento do SUS e não valorizarem o profissional da atenção primária a saúde pública vai continuar a merda que está.
Essa inspiração inglesa/sueca é um recurso retórico para convencer o povo que não sabe como as coisas funcionam de verdade.

Por isso que tem que ver o que vão fazer. Conseguindo adaptar bem feito, tendo mais gente pro SUS vai ser grande ajuda no futuro.

------------------

Agora, é vero que vão sofrer um pouquinho se passar as mudanças :D

Folha - O que o sr. achou das mudanças propostas para a mudança do ensino médico?

Adib Jatene - O ensino médico está formando candidatos à residência médica. Isso estimula a especialização precoce. Precisamos formar um médico capaz de atender a população sem usar a alta tecnologia. O médico precisa se transformar num especialista de gente.


E como ficará a supervisão?

É a própria faculdade de medicina que cuidará disso. A proposta [original] é que ele fique dois anos no Estado que se formou, supervisionado pela faculdade. A escola vai fazer parte do sistema de saúde, não simplesmente dar o diploma. Com telemedicina e teleconferência fica fácil.

O sr. foi consultado sobre isso?


Vínhamos trabalhando nessa proposta, mas não sabíamos que já seria anunciada. O ministro Mercadante me telefonou dizendo que a presidenta Dilma iria anunciar, mas não deu maiores detalhes. Mas parece que está está dentro dos princípios.

A proposta era mesmo de aumentar para oito anos?

Sim. Quando me formei em medicina, em 1953, o curso já era de seis anos, e o conhecimento era muito pequeno. Hoje é colossal e o curso continua de seis anos.

http://www1.folha.uo...-em-gente.shtml

Este post foi editado por krokop: 09 July 2013 - 10:26 AM

DEADLY BICUDA de esquerda no pé do ouvido!

"For me sport is my be-all and end-all. I believe sport should primarily be about understanding and friendship. It should bring people closer together, make the world a better place to live in". Fedor

"Como ele, como a mãe dele, que eu conheci também, como a Vânia, que é sua mulher, como o Damião, como a Andréia, como a dona Maria, como Secretário, como Deputado, como Ministro, como Governador, como Prefeito, e ofereço minha experiência pra você". José Serra

"Eu investi bastante em treinamentos, terapias, e penso que 2011 será o meu ano. Melhor que 2006." 2011, O ANO DO CRO COP!!! WAR!! <---- E foi.. O ano da aposentadoria...! Valeu por tudo, Cro Cop!!

Esse post foi lido e aprovado por Barack Obama através do programa espião Fairview da NSA.

Rogério Ceni > Pelé
0

#284 Membro offline   K.O 

  • Grupo: Membros
  • Posts: 4505
  • Cadastrado: 31-December 06

Postou 09 July 2013 - 10:22 AM

Segue excerto de um texto de um professor universitário que até o fim do semestre passado esteve ligado ao ministério da saúde, não sei porque ele saiu, hahaha, (isso porque segundo consta o cara está no PT desde sua criação).

"A presidenta Dilma Rousseff lançou ontem o programa “Mais médicos para o Brasil”. Houve pressa em anunciar medidas para melhorar a assistência à saúde para dar uma resposta às manifestações populares das últimas semanas. Entretanto, esse programa, que propõe mudanças radicais na formação dos médicos e no seu exercício profissional, foi elaborado e anunciado sem uma consulta ampla à sociedade, resultando em algumas propostas profundamente equivocadas.

Pretende-se criar 11.400 novas vagas em cursos de medicina. Essa expansão é impossível de ser efetivada e desnecessária. Já houve uma enorme expansão em vagas de medicina, agora o fundamental é garantir a qualidade dos cursos de medicina já existentes, e muitos tem sérios problemas, incluindo falta de docentes qualificados e de hospitais.

A formação dos médicos passaria de seis para oito anos, a partir de 2015, com a instituição de dois anos obrigatórios em serviços da rede pública. Não houve, por parte do Governo, consulta à Associação Brasileira de Educação Médica, à comissão de especialistas presidida pelo Prof. Adib Jatene, nomeada pelo próprio governo e até mesmo ao Conselho Federal de Medicina, que tem a responsabilidade legal de controlar o exercício da medicina. Fica a impressão de que o Governo Federal se considera autossuficiente para propostas como essa, distanciando-se de muitas entidades e pessoas que poderiam colaborar para aperfeiçoar a formação dos médicos e melhorar sua distribuição."
0

#285 Membro offline   K.O 

  • Grupo: Membros
  • Posts: 4505
  • Cadastrado: 31-December 06

Postou 09 July 2013 - 10:26 AM

Ver postkrokop, em 09 July 2013 - 10:21 AM, disse:



krokop, essa parte ainda não me preocupa tanto, segundo consta tais alterações ainda precisam passar pelo crivo do congresso e do CNE. O que me preocupa é a mudança no foco que esse anúncio deu e a falta de discutir medidas não paliativas.
0

Compartilhar este tópico:


  • 25 Páginas +
  • « Primeiro
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • Último »
  • Novo tópico
  • Responder

1 usuário(s) está(ão) lendo este tópico
0 membro(s), 1 visitante(s) e 0 membros anônimo(s)