All Activity

This stream auto-updates     

  1. Past hour
  2. Neto Muay Thai

    Adesanya ironiza Borrachinha após vitória contra Romero

    Agora, contra o Wittaker já vejo uma luta mais complicada para o brasileiro.
  3. Lucas Timbó

    Adesanya ironiza Borrachinha após vitória contra Romero

    Borrachinha bate pesado? Com certeza. Mas ele tá muito longe de ser esse one punch que muitos pintam, tanto que só tem 1 KO na carreira. One punch é o Rumble, por exemplo. Borrachinha é um lutador de volume que depende de uma quantidade de golpes considerável pra conseguir o nocaute. O problema é que ele já mostrou que cansa no decorrer da luta, cai de rendimento mesmo, e isso é algo bem prejudicial ao seu jogo, ainda mais numa luta de 5 rounds. Contra o Romero, no terceiro round, ele ficou bem suscetível aceitando os jabs que entravam, aliás, coisa que já mostrou ser bem deficiente, a guarda dele é vazada facilmente, tinha comido jab do Hall no primeiro round e tbm do Romero. Agora imaginem Israel com 1.93 de altura e 2 metros de envergadura com a movimentação que tem? Sim, não tem punch, mas compensa com enorme precisão e técnica nos golpes. Esse lance de que 'um soco e o Israel cai' é uma bela viagem. Pra mim, o nigeriano vence o Borrachinha de boa
  4. Neto Muay Thai

    Adesanya ironiza Borrachinha após vitória contra Romero

    Romero só aguentou os chutes do Borracha e os cruzados na linha de cintura porque é do pelotão de elite do UFC. Não à toa está nas cabeças. Borrachinha surpreendeu a mim e muitos outros que não imaginavam aquela pressão inicial. Ele demonstrou estar extremamente confiante e preparado - inclusive absorveu uns golpes que mais pareciam bombas... Se conseguir imprimir esse ritmo, até pelo que mostrou o Adesanya contra Anderson e Gastelum, já era para o nigeriano.
  5. É por aí! Borrachinha movimentando e bem a categoria!!! Passou bem pela prova de fogo para quem o questionava! Tem falado muito e tem feito! Receita pro sucesso no UFC!!!
  6. Cesar_Rasec

    Adesanya ironiza Borrachinha após vitória contra Romero

    Eu já apostaria no Borrachinha. O nigeriano não é um cara com tanto punch e que obviamente não vai tentar colocar o brasileiro pra baixo. Acredito que o Borrachinha iria dar uma blitz ferrada no começo, sem se preocupar tanto em ser quedado, ou ser acertado (como no caso do Romero). Acredito que ele faria o Adesanya dormir no primeiro round. Caso a luta se prolongasse, aí também iria com o gringo. Mas é que eu penso que ele não aguenta a pressão inicial do Borrachinha. Pra ser sincero, acho que por agora essa luta nem vai rolar. Acredito muito no Whittaker dominando o nigeriano e depois lutando contra o brasileiro. E contra o australiano, eu já vejo o Borrachinha como underdog. Acho que o Whittaker tem um queixo bom, bate firme e tem gás pra 5 rounds.
  7. Dudu show

    [UFC 241] Yoel Romero vs. Paulo Borrachinha

    Cara, às vezes eu acho que ele tem dificuldade em aprender e executar foot work e esquivas. Faz tempo que falamos disso por aqui e de verdade não consigo ver evolução. Quanto ao tronco, acho que ele faz muito bem os movimentos para atacar, o que potencializa muito seus golpes, mas defendendo tem muita oportunidade de melhoria, principalmente para pendular.
  8. Daniel Mendoza

    Adesanya ironiza Borrachinha após vitória contra Romero

    Penso que o Israel vai vencer o Borrachinha sem maiores dificuldades. Acho o brasileiro extremamente perigoso no 1R, no máximo até a metade do segundo, mas depois cai bastante. Se o Israel vier com o trabalho de pé em dia e não se deixar encurralar nos dois primeiros rouns, acho que ele leva e sobra mais para o final da luta. Mas um cara que impõe a pressão que o brasileiro impõe e com o punch que ele tem é perigoso e pode vencer qualquer um.
  9. Daniel Mendoza

    [UFC 241]  Anthony Pettis vs. Nate Diaz

    Tbm achei o boxe do Diaz bem pior, menos fluído, menos preciso, menos volume. O 1-2 foi o que eu achei que piorou mais. Antes ia igual uma flecha, como se um golpe só, nessa luta, fora um ou outro mais pro final, estava cada mão para um lado, espaçados, menos retilíneos. Mas penso que seja a falta de ritmo mesmo.
  10. Já eu não interpreto que ele queria uma derrota, o que eu vi foi uma luta com resultado apertado, mas eu acho que o 2° round foi do Romero também, pois, começou perdendo, mas virou . O 1° foi do Borrachinha e o 3° do Romero, estes sem sobra de dúvidas.
  11. Normal.. E ele no saco do pai dele, viu como é a evolução
  12. Concordo. Se não quisesse manter em pé, usasse o wrestling e fizesse ground and pound tinha ground and pound não deixaria margem para dúvidas. Mesmo assim no fight métrics o Romero acertou mais golpes. Para mim foi 1° do Borrachinha, 3° do Romero e 2° apertado para o Romero que igualou as ações da metade do round para frente e conseguiu dar uma queda no final do 2° round.
  13. Daniel Mendoza

    [UFC 241] Yoel Romero vs. Paulo Borrachinha

    Acabei de ver a luta. Mas me surpreendeu positivamente. Não soltou tantos golpes no vazio quanto imaginei. Mas ainda acho que ele tem que preparar mais os golpes forte. Apesar de demostrar evolução no boxe e menos afobação, algo importante pra lutador explosivo. Defendeu bem as quedas. Ponto muito positivo para alguém que tem o striking como ponto forte. Deu um kd mas tomou outro logo em seguida. Foi muito inocente de cair no truque de olhar pra onde o Romero apontou. Isso não é artimanha suja como foi dito por ele depois. É uma tática inteligente, o cara vindo pra cima, Vc tonto, distrai ele. Bobo foi ele de cair. Mas no replay não parece que ele olhou pro lado não, me parece que foi desculpa. A valorizada do golpe baixo foi catimba claramente. Mas mesmo de conquilhas dói mesmo não pegando em cheio. Usou menos tempo tem que eu imaginei pelo que falaram. Mas rolou uma catimba ali sim, Romero sempre foi catimbeiro. O dedo no olho foi criminoso, deveria ter perdido ponto. 1R claramente do borrachinha. 3R do cubano 1. O 2 abre margem pra discussão, mas acho que o brasileiro venceu, ganhou no mínimo 3/5 do round claramente. Pra mim foi até mais. Não acho que dê para falar em garfo. Mas pontuei para o braileiro. A defesa de striking do brasileiro é bem falha, ao meu ver, vira e mexe vai em linha reta atacando e esquece de mover cabeça e tronco, bloqueio deixa a desejar. Esse excesso de agressividade será um problema contra strikers melhores. E na metade do segundo round já estava morto no gás e com una queda clara de agilidade e potencia. Penso que o Israel vence ele, fazendo ele comer muito jab, fazendo se expor e socar o vazio morrendo no gás, se expondo a contra golpes. Mas se o Israel for encurralado na grade, borrachinha pode deitar qualquer um no começo. O trabalho de pé do Israel fará muita diferença, e acho o dele é bem melhor que o do usadinha. Acho que o brasileiro perde se não nocautear no 1R. Será um confronto clássicos de estilos em pé, ao meu ver vantagem para o Israel. Acho que o Borrachinha ganhou antipatia de muitos pelo jeito de se promover, pelo excesso de confiança chegando a ser convencido (algo que brasileiro de forma geral não gosta muito), declarações polêmicas em temas delicados e por posicionamentos políticos dentro do octógono. Mas independente de se simpatizar ou não com ele, sem dúvida essa luta o consolidou como realidade na divisão. Me surpreendeu positivamente. Achei que a movimentação do Romero iria pesar mais, mas aqueele belo cruzado na ponta do queixo que levou mudou tudo. E o brasileiro não deixou ele se recuperar. Borrachinha mais contido e nao se esquecendo de defender seria muito mais perigoso, ao meu ver. Deveria usar mais o jab e não esquecer da movimentação de cabeça e tronco mesmo quando está pressionando.
  14. Deixando de lado essa questão do wrestling, que é real, fiquei surpreso como o Miocic conseguiu fazer três rounds mais estúpidos da sua vida e voltar no quarto como deveria ter entrado. A aceitação que ele estava tendo com a luta das mãos, o trapping e a manipulação do posicionamento corporal estava irritante. Mas, sem dúvida, o Cormier estava "dando" o jogo para ele. Alias isso é uma constante nos grandes lutadores, começam a confiar demais em certas coisas e esquecem outras. Para mim o próximo a cair assim será o Jones.
  15. Sim, certamente. Pra mim, e pelo o que já li além das entrevistas do Hélio e de quem era aluno dele, bjj era um movimento que contém mais nomes além dos Gracies
  16. Bem lembrado Master ,a luta teve de tudo um pouco, imposição do campeão e domínio das ações nos dois primeiros rounds ,resiliência e estrategia do desafiante para superar o prejuízo e um final digno de uma luta por cinturão na HW ,alguém foi nocauteado,brutal e tecnicamente!
  17. Blz PVT! Os 2 tem uma das maiores rivalidades do MMA, DC já tinha trollado o JJ com a história de fazer mais grana que o Bones no ano com apenas uma luta. Tem a questão de rankings e etc. Posto isso tudo achei até leve a trollada do Jones. Difícil de entender é quem tá criticando isso com tanta veemência. Témas!!
  18. Bom, temos visões diferentes então. Hélio Gracie e sua família são os alicerces do que hoje conhecemos como BJJ, tanto no tatame quanto no MMA.
  19. Dudu show

    [UFC 241] Yoel Romero vs. Paulo Borrachinha

    Achei bem legal esse vídeo onde o Vitor Miranda comenta o resultado da luta...
  20. Ele é muito bom sim, porém não faz parte dos TOP 10 por exemplo, nem TOP 30 de todos os tempos.
  21. Felipe Fernandes Medeiros

    Adesanya ironiza Borrachinha após vitória contra Romero

    Verdade. Ele preferiu ter uma derrota no curriculo do que ganhar. blz
  22. Entrevistas do Hélio, dos filhos dele, dos alunos dele? E vc realmente acha que o cara ia falar negativamente de si próprio? O único que poderia contestar qualquer coisa que o Hélio falasse, seria o próprio Carlos
  23. Cormier muito mais lutador. Poderia apenas administrar a luta e ter saído vencedor com certa facilidade.. tenho certeza que em uma eventual trilogia, ele ganha com relativa facilidade..
  24. Primeiro escalão pra mim é o cara que tá sempre lutando com os melhores fazendo frente e vencendo. Isso o Keennan sempre faz. Ele falou besteira? Com certeza. Mas não é por isso que tem que negar um fato. O cara é bom pra cacete e tem uma das guardas mais enjoadas do jiu-jitsu mundial
  1. Load more activity