----

Treinos a porta fechada

Recommended Posts

Conforme  prometido,  a Materia da Revista Kiai numero 19 .  Embora nao tenha sido mencionado, a  luta ocorreu em 30 de Junho de 1995.  ( @masterblaster, @FrankBassi, @MV8 , @Daniel Mendoza, @SuperBushido, @dvd1975 )

 

Briga Edson versus valente Deflagra nova onda de boatos e deprecia o meio marcial

O que poderia ter sido uma sensacional luta de vale tudo tão ao gosto dos cariocas, envolvendo duas expressivas figuras das artes marciais Wallid Ismail e Edson Carvalho do Rio, acabou por transformar se em um violenta briga de rua que culminou com Wallid no hospital Sao Lucas, onde permaneceu por 3 dias recuperando-se dos ferimentos recebidos, tal a furia com o que Edson partiu para cima do desafeto.  E o fato ganhou espaço no noticiário policial da mídia carioca. 

A polêmica  em torno do fato ganhou ressonância com várias versões sobre o ocorrido, uma em desacordo com outras.  E a revista KIAI não poderia ficar alheia ao ocorrido e assim procurou através de fontes idôneas  ouvir os dois envolvidos,  bem como colher o depoimento de dois extraordinários mestre das artes marciais do Rio, professores Carlson Gracie e Jorge Mehdi, o ultimo em cuja academia (Ipanema) foi aceso o estopim que culminou com o entrevero entre os conhecidos lutadores.

Assim nossos leitores podem tirar suas proprias conclusões esquerda nossa parte nos limitamos apenas a informá-los.

Resumo dos Fatos

Wallid Ismail 27 anos e Edson carvalho 29 envolveram-se  em enorme confusão na academia do professor Mehdi em Ipanema, Rio de Janeiro,  que resultou na internacao de Wallid no hospital  por 3 dias. Wallid apresentou ferimentos nos olhos, nariz,  na orelha direita, nas mãos e o joelho direito ralado. Wallid  afirma ter sido espancado por Edson e seu irmão Ricardo Carvalho que também estava na academia. Por sua vez Edson afirma que lutou sozinho contra Wallid. A confusão virou caso de policia, uma vez que Wallid registrou queixa na Quarta DP no Leblon. Wallid  diz que a ação faz parte de um vingança de Edson por  ele ter sido expulso da academia do professor Carlson Gracie.

Edson alega que a briga aconteceu porque ao voltar para o brasil vindo do Japão soube que foi ofendido por Wallid. A história ainda está rendendo e vai render mais, uma vez que  os alunos de Mehdi estão recebendo telefonemas ameaçadores de amigos de Wallid,   enquanto Mehdi está sendo acusado (por Wallid) de omissão por não ter evitado a briga, uma vez que esta começou na sua academia. Ele disse que chamou a policia que demorou meia hora para chegar ao local. 

A Versao de Wallid Ismail

K: Wallid, O que aconteceu na academia do professo Mehdi ?

Fui treinar na academia do professor  e quando cheguei lá tinha um rodinha onde estavam o Ricardo  e o  Edson carvalho  e mais dois alunos. Eu cumprimentei a todos mas não falei com Edson que aliás, não ia para a academia há muito tempo, pois estava no Japão,  e eu não dirijo a palavra a ele desde que foi expulso lado da Carlson por ter ido  treinar com o Marcos Ruas da luta livre.  Foi quando seu irmão ricardo começou a falar: " Estou com um carta aqui onde o Carlson afirma que vai treinar o Marcos Ruas"  eu disse: " não vai não,  é  especulação ".

Enquanto eu falava com o Ricardo , o Edson me deu um soco na cara na crocodilagem. Eu o coloquei para baixo ele esperneou e tentou levantar,  e eu botei para baixo novamente. Foi então que o professor Mehdi  me tirou de cima dele, dizendo "para com isso que eu não quero briga aqui dentro,  se vocês querem brigar vão brigar lá fora".

Foi então que ele me colocou para fora no corredor junto com Edson e seu irmão Ricardo, trancando a porta da academia. Eu cinturava o Edson e o Ricardo não deixava que eu o derrubasse. Neste momento gritei desesperado para o Mehdi:  "P****  Mehdi,  dois contra um,  ricardo está ajudando Edson". Ele abriu a porta e me empurrou e empurrou o Ricardo. Neste momento eu já estava cinturando,  e botei o Edson para baixo sentado. E o Mehdi voltou a gritar que não queria briga.  Então soltei o Edson e foi quando me empurraram para fora novamente e o Ricardo me deu um joelhada e o Edson me cinturou na crocodilagem, e o  Mehdi fechou a porta novamente.

A partir dai começou o massacre: eu tentava cinturar o Edson, mas o Ricardo não deixava,  eles me botaram para baixo e fizeram a festa; me seguraram e bateram com minha cabeça na parede e a partir deste momento não lembro de muita coisa. O Edson pisou nas minhas articulações,  o Ricardo chutava as minhas costas e a cabeça.

O caras foram para me matar, horrorizar geral,  tanto que no final o Zé Luis da globo, que ia fazer um entrevista comigo, viu que os dois estavam sujos de sangue. Se apenas um tivesse batido apenas um estaria sujo de sangue.  Continuando,  eles enfiaram o dedo no meu nariz e puxaram e depois ainda tentaram pegar meu braço esticado para tentar me finalizar. Mas eu já estava suado e ainda consegui tirar.

Já no finalzinho quando estava todo ferrado,  quase desacordado,  o Mehdi ainda falou “Pede pra parar Wallid!”. Eu respondi "nem morto!". Eu não ia dar esse gosto para eles poderiam ser 10 ou 1000,  podiam me matar,  mas eu não pediria para parar. Então os caras me jogaram escada abaixo,  e lá embaixo ainda me deram um sacode. Foi um carnificina total, mas so' que que eles se ferraram , pois não quebraram nada meu e ainda bateram mal. Logico que me machucaram legal, meus olhos,  minha orelha,  eles machucaram legal mas isso é mole para quem é guerreiro isso faz parte, o que não faz parte é covardia,  não faz parte ou omissão e traição. Eu não entendo como o professor que pega tanta moral tanta disciplina dizer abertamente no depoimento, o que teve medo e me trair desse jeito.

Mas um coisa que eu fiquei amarradão foi esse apoio que toda a comunidade do Jiu Jitsu,  independente da academia, vem me dando. Agradeço a todos que estiveram aqui me apoiando: Jorge Pereira, Traven , Leonardo Castelo Branco, Carlinhos Gracie, Zé Beleza, Renzo, Royler, Big Head. Meus irmãos da academia,  Carlson Gracie nem se fala, ficaram aqui direto me apoiando. Meu mestre Carlson Gracie veio dos Estados Unidos exclusivamente para me apoiar.

Esse apoio da comunidade do jujitsu fez com que eu modificasse meu modo de pensar,  inclusive desfazendo alguns mal entendidos. Hoje por exemplo,  depois de conversar com o Carlinhos,  resolvi dar total apoio da Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu. Inclusive vou participar do campeonato mundial que já está marcado para janeiro.

O Jacaré e o Fábio Gurgel também me deram a maior força, e nos desfizemos aquele mal entendido. Eu aprendi que adversário e' uma coisa,  inimigo é outra. No Jiu-Jitsu  somos apenas adversários.  Mais uma vez ficou provado que o Jiu Jitsu é maior luta do mundo não so pela eficiencia, mas pela uniao. Eu nunca vou deixar que alguém de fora se fortaleça a ponto de ganhar de alguém do Jiu Jitsu. (...)

Edited by Gurkha

Share this post


Link to post
Share on other sites

A Versao de Edson Carvalho

K:  O que de fato ocorreu entre você e o Wallid de na academia do professor Mehdi? 

Foi um ajuste de contas de um homem de conduta contra um fanfarrão,  ou pode ser considerado como um em combate entre dois profissionais de luta em seu ambiente familiar (o tatame), e  não o matei porque não quis , e' cachorro pequeno,  sei esperar.

K: Wallid esta' afirmando que foi vitima de um covardia,  isso é verdade?

Será que alguém cometeria um ato criminoso premeditadamente na presença de testemunhas?  o que ganharia?  no confronto haviam três cinegrafistas que estavam  contratados por Wallid para fazer um entrevista com ele na academia. Como sempre, mais uma propaganda mentirosa. So' me resta perguntar porque não se apresenta ao grande público a gravação de tal massacre onde o mesmo foi atacado covardemente por um,  dois ou dez. Que  chance singular para esse descarado provar o que diz e  ser santificado! O  problema é que este moleque imbecil mente tanto que acredita na própria mentira . E ainda clama a Deus para testemunhar.. E' um doente.  Além do mais,  desde quando alguém precisa vestir o kimono para agredir ou fazer o vale tudo?

K: Edson depois de sua briga com válido ele foi hospitalizado,  e  você está totalmente inteiro como você explica o fato?

Wallid  fala em selva total, então imagine o combate entre o leao e uma hiena...

K: E’ verdade que  você foi expulso do Jiu Jitsu?

Eu desconheço tal fato,  até porque nunca sofri qualquer constrangimento por parte de nenhum membro honesto do Jiu Jitsu, então caberia ao dono da academia afirmar e não esse tolo que não tem autoridade,  muito menos moral para dizer alguma coisa. Até porque perdedor não faz história. Mas tudo o que Wallid  fala parece que vira dogma, por que ele é sustentado por um instituição chamada mentira e, por tabela,  bati em ambos.”

K: Edson você está inteiro e Wallid todo deformado, como voce explica isso?

Quem sabe sabe,  quem não sabe fica se corroendo de inveja,  competido e perseguido a fama,  prevalecendo-se das fraquezas, da ignorância da inocência da omissão,  dos interesses enfim,  da fraqueza humana

K: Você tem fama de estourado,  isso faz sentido?

Depende do que você chama de pavio curto. Sou apenas um pessoa consciente e  não confundo disciplina com frouxidão. Vejam por exemplo, o  episodio Mamede. Fui destruído miseravelmente por um covarde que se apossou de um cargo e cortou as ambições  honestas de um jovem solitário. Na época foi acusado de bater num velho louco, quando na realidade eu fui sozinho da confederação,  e dei porrada em uma vara de porcos porque infelizmente,  eles so' respeitam a chibata. Fui difamado,  caluniado,  incompreendido e  injustiçado. Agora sou novamente acusado de comandar gangue e espancar um coitadinho  inofensivo. Desafio se algum porteiro de boate me conhece na noite. E' mais fácil matar no ringue do  que provar fora dele, para  a canalhada fanática,  a verdade.

Até porque invoco as pessoas de bom senso para raciocinarem,  e desafio qualquer um para que faça o que eu fiz,  tomando um atitude dessa natureza,  correndo os riscos incalculáveis sem nenhuma compensação econômica, apenas pelos meus princípios morais e pelo meu senso de justiça, porque o luto pela minha honra, pela moral e não por dinheiro

Edson, Sobre o Japão e a Coreia o quê tem a falar? 

Estive lá e rodei tudo e todo o Japão em busca da comprovação dos meus conhecimentos e ensinamentos onde não entra dinheiro,  apenas a verdade dolorosa mas realizadora. O Japão guerreiro há muito que não existe mais. Lá somente encontrei a brincadeira do esporte e do lazer, confirmando o que me foi dito pelo meu próprio mestre, o último fenômeno vivo ou seja, ele é o único que mantém os conhecimentos perdidos do antigo Oriente, quero dizer o caminho do Bushido.  Controla as 7 emoções alegria e ansiedade, adoração, pesar, medo e ódio.

Isto é ser paciente é um dos pré requisitos para ser um verdadeiro Samurai.

Edited by Gurkha

Share this post


Link to post
Share on other sites

O que disse Carlson Gracie

Carlson, que deu as faixas pretas para Edson e Wallid,  disse que não se mete na confusão:  "Foi um briga entre os dois lutadores faixas- preta" afirmou,  dizendo que "resta saber se foram dois contra um, ou um contra um. Eles se desentenderam, são dois faixas pretas,  ótimos lutadores que resolveram brigar. O que posso fazer? não vou ficar contornando luta na rua dos alunos aqui". 

O depoimento do professor Mehdi

Apesar de procurar ficar afastado do classificou como baixaria, o professor Jorge Mehdi acabou dando seu depoimento sobre o entrevero Wallid e  Edson Carvalho que ainda agita os meios cariocas da arte marcial.

Eis o que disse o professor:

“A briga começou dentro da minha academia eu mandei parar. Eles obedeceram, mas logo em seguida voltaram a se atracar.  Foi horrível. Ai mandei que fossem para o lado de fora da academia pois ela não é lugar de brigas.  Aliás em 40 anos que tenho de Judo nunca tive esse tipo de problema.  Como eles não se soltavam,  fui obrigado a empurrá-los para fora da academia e fechar a porta chamando a policia em  seguida. 

Continuaram do lado de fora, pois a policia demorou muito para chegar. A briga rolou por mais de meia hora no corredor.

Em alguns momentos eu abria a porta e tentava interromper,  mas era como separar um briga de cachorros. O Edson não obedecia então pedi ao Wallid que parasse. O Wallid Respondeu nem morto! É importante lembrar que em nenhum momento o Ricardo,  irmão do Edson ajudou,  os dois brigaram sozinhos. Quando a policia chegou, os dois homens mesmo armados,  ficaram assustados e resolveram pedir reforços. Foi quando o Edson foi embora,  eu peguei o Wallid  completamente desfigurado e com a ajuda de outros alunos o limpei no vestiário,  sendo então levado para o hospital". 

Prosseguindo: " Quando permitir a entrada dos dois na minha academia,  o fiz com a melhor das intenções pois sempre achei que o Judo e  Jiu Jitsu são a mesma coisa.  Aliás até o encontro,  diga se de passagem,  ambos sempre se portaram muito bem aqui na academia. Quando aceito um aluno tento lhe passar a minha filosofia a filosofia do Judo. Eu treino atletas, e não lutadores. Sou e sempre serei contra a violência sempre fui contra vale tudo. Nunca vi nada igual em toda a minha vida fiquei com pressão alta durante um semana nunca mais permitirei  a entrada de brigadores da minha academia,  não aceito briga da minha academia em hipótese alguma.

Finalizando recebi ameaças durante um semana dizendo que eu quebrar minha academia. Não tenho mais idade pra essas coisas.

Edited by Gurkha

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gurkha, Meus Parabens pela excelente postagem ! 

 

Eu tiver esta Kiai ele tinha ate capa azul era uma relíquia. E sempre bom trazer artigos que ficaram perdido nesta revista ! 

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 horas atrás, Franck disse:

Gurkha, Meus Parabens pela excelente postagem ! 

 

Eu tiver esta Kiai ele tinha ate capa azul era uma relíquia. E sempre bom trazer artigos que ficaram perdido nesta revista ! 

Obrigado amigo. Vem mais coisas ai. Aguarde!

Edited by Gurkha

Share this post


Link to post
Share on other sites

Excelente matéria @Gurkha, parabéns! Acredita que eu tinha essas revistas Kiai e ficou tudo perdido numa mudança? Esse seu acervo é de um valor incalculável. Muito obrigado, grande abraço!

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 minutos atrás, masterblaster disse:

Excelente matéria @Gurkha, parabéns! Acredita que eu tinha essas revistas Kiai e ficou tudo perdido numa mudança? Esse seu acervo é de um valor incalculável. Muito obrigado, grande abraço!

Obrigado amigo! eu guardei estas Kiai e as trouxe para este fim de mundo. Inclusive a do Royce no UFC. Estas revistas sao uma raridade agora. Tambem tenho outros materiais para divulgar assim que possível. Valeu!

Edited by Gurkha

Share this post


Link to post
Share on other sites

Me lembro de uma reportagem da TV quando estava na Marinha que mostrava (antes de 90 ) problemas com academias clandestinas. Resolveram, na base do sensacionalismo,  justamente mostrar os treinos da Academia do ( falecido, acho) Mestre João Dragão, um praticante esforçado,  mas também foclorico.  A primeira vez que vi os treinos naquele escola (durante a  noite)  me impressionou o dojo, "tudo vermelho" 😉 . Mestre Joao parecia ter vindo daqueles filmes antigos de Kung Fu.  Na reportagem ele afirmava categoricamente,  com voz dramática; "Nosso golpes são penetrantes", "meus dragões são invencíveis". Quem não gostou nada da reportagem e do homem foi meu professor de karate (na época campeão carioca). E ate'acho que se ele pudesse,  teria ido fazer uma "visita" ao  Mestre João para um treino a portas fechadas.

 

Edited by Gurkha

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se alguem tiver alguma historia ou alguma informacao sobre o Mestre Joao Dragao acima, nao hesitem em postar aqui, pois tenho curiosidade. Obrigado!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gardenal_JJ  este negocio do Vítor Belfort ser faixa azul era verdade Calson só passou ele para Faixa Preto pois o UFC só aceitava lutar lá que force faixa preta 

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 minutos atrás, masterblaster disse:

@NEGO DÁGUA, @Gurkha, @MV8  achei esse vídeo espetacular. Muito antigo, Muay Thai x Karate, cada um exclusivamente dentro de sua modalidade e muito guerreiros, lutando até o limite e dando tudo de si. Divirtam-se!

https://youtu.be/px1Ivctja4w

 

Irado mestre , se não me engano essa parada deu a origem a Savamur um desenho animado que diz que pessoal da chute boxe se inspirou até os treinamentos.

Eu acho irado como kickboxing e muay thai no Brasil foram moldados..

Tipo pouca informação , vendo vídeo na VHS, revista hj se tem tudo.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now