----

Treinos a porta fechada

4,289 posts neste tópico

Hoje Lacerda tem quase 70 anos mas ainda  continua "sinistro". Ele ainda trabalha como advogado ate onde sei morou um tempo fora do eixo-Rondonia-Rio apos  a derrota do Edson. Seus filhos vivem em Dubai/Emirados. Aqui numa foto recente com um amigo ( aposentado do Exercito ). Quanto ao Edson e Ricardo, eles curiosamente ainda o tem em alta estima e fazem parte de seu circulo de amigos, mas evitam comentar sobre o assunto sempre que perguntam. Estes dias ouvi o Ricardo falar dele como uma especie de "guru".  Ate' o Ruas que treinou com ele (mas perdeu a paciencia) tambem evita falar sobre o assunto.

 

DSC04500%255B1%255D.JPG

Kiai 17(1994), antes da treta Wallid Edson.

 

IMG_3900 (768x1024).jpg

 

Espero que tenham gostado. Tenho outras informacoes, mas prefiro encerrar este assunto por aqui.  Assim que puder posto sobre a historia do Professor de Karate o conhecido "João Dragão".

Editado por Gurkha

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O Ricardo gosta dessa onda de japonês, cultura, lutar até a morte essas coisas de doido..

Mas em resumo esse Lacerda era foda mesmo?

Já lê que ele tinha pacto com coisa ruim ninguém queria meia com ele!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
12 hours ago, NEGO DÁGUA said:

O Ricardo gosta dessa onda de japonês, cultura, lutar até a morte essas coisas de doido..

Mas em resumo esse Lacerda era foda mesmo?

Já lê que ele tinha pacto com coisa ruim ninguém queria meia com ele!!

Sim , o Lacerda era (ou e')  osso mesmo, tem uma energia descomunal para seu fisico franzino. Embora suas tecnicas de pincamento e outros tipos de atemi sejam de uso limitado em luta franca ( muitas sao mais para dominar um adversario ou "pain compliance" como certas chaves e imoblizacoes) , ele ja ganhou pelo menos duas lutas de vale-tudo usando uma destas tecnicas.

Editado por Gurkha

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tipo ele venceria um peso médio campeão de kickboxing

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
24 minutes ago, NEGO DÁGUA said:

Tipo ele venceria um peso médio campeão de kickboxing

Nao acredito, a nao ser que o adversario (kickboxer) fosse um cara muito ruim. Estas tecnicas nao deveriam ser o primeiro arsenal disponivel. Se voce pode socar/chutar para que tentar algo cuja eficiencia e' limitada?

Editado por Gurkha

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
20 minutos atrás, Gurkha disse:

Nao acredito, a nao ser que o adversario (kickboxer) fosse um cara muito ruim. Estas tecnicas nao deveriam ser o primeiro arsenal disponivel. Se voce pode socar/chutar para que tentar algo cuja eficiencia e' limitada?

Isso que eu quis dizer , tipo que sempre digo você pesa 65 quilos aí vc faz um boxe ou jiu jitsu nível normal aí vc pega um leigo grandão, desengonçado é fácil.

Pega um cara com noção de luta pra vc ver...

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 minutes ago, NEGO DÁGUA said:

Isso que eu quis dizer , tipo que sempre digo você pesa 65 quilos aí vc faz um boxe ou jiu jitsu nível normal aí vc pega um leigo grandão, desengonçado é fácil.

Pega um cara com noção de luta pra vc ver...

 

Perfeito!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gurkha meus parabéns sempre quis saber que fim tinha levado este cidadão

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
8 hours ago, FrankBassi said:

Gurkha meus parabéns sempre quis saber que fim tinha levado este cidadão

 

Obrigado amigo. Quando puder posto mais alguma coisa aqui.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Porra, essa do Vovchanchin x Edson Carvalho foi histórica...acho que nunca vi ninguém apanhar tanto.

Na verdade, acho que nunca vi ninguém com o coração do brasileiro também.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
On 11/25/2017 at 7:39 PM, Raphael Rezende said:

Porra, essa do Vovchanchin x Edson Carvalho foi histórica...acho que nunca vi ninguém apanhar tanto.

Na verdade, acho que nunca vi ninguém com o coração do brasileiro também.

Pra voce ver como o Edson era um cara dureza. Essencialmente lhe faltou um treino adequado, parece que ele aprendeu somente a apanhar em todos estes anos com o Lacerda, mais nada.  :chuva: .  Para falar a verdade, mesmo se ele tivesse se preparado corretamente, ainda seria dificil mas nao impossivel ( vide Ze Mario) derrotar o russo que estava na sua melhor fase (o Igor espancou o Mark Kerr algum tempo depois).  

 

Editado por Gurkha

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 25/11/2017 at 9:39 AM, Raphael Rezende disse:

Porra, essa do Vovchanchin x Edson Carvalho foi histórica...acho que nunca vi ninguém apanhar tanto.

Na verdade, acho que nunca vi ninguém com o coração do brasileiro também.

Exato e se tivesse usado seu grapling teria vencido, antes de treinar com o Lacerda ele já era preta sinistro de judô (até socou um dos irmãos mafiosos do judo) e preta do carlson.

Quanto ao Lacerda,  o lawer falou que os caras do karate do RJ (que era sinistro na epoca) diziam que quando ele conseguia agarrar era foda mas na porrada mesmo ele não era tão sinistro.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 minutos atrás, Garfield disse:

Exato e se tivesse usado seu grapling teria vencido, antes de treinar com o Lacerda ele já era preta sinistro de judô (até socou um dos irmãos mafiosos do judo) e preta do carlson.

Quanto ao Lacerda,  o lawer falou que os caras do karate do RJ (que era sinistro na epoca) diziam que quando ele conseguia agarrar era foda mas na porrada mesmo ele não era tão sinistro.

Problema era botar o ucraniano pra baixo, né... bicho era muito compacto, rápido e escorregadio. Até o monstro do Mark Kerr teve dificuldade.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A muto tempo enviarão isto para outro fórum agora estou publicando novamente aqui !

 

MARCELO GIUDICI BATE EM WALLID ISMAIL EM BRIGA NA ACADEMIA  

O Circuito Free-Style foi um dos principais  eventos da história do vale-tudo moderno em São Paulo. Dele saíram vários nomes que hoje são bastante conhecidos por quem acompanha as lutas sem regras, como Marcelo Giudici, Jorge 'Macaco' e José 'Pele', Mesmo afastado dos ringues há alguns anos, Giudici, que possui um recorde de 11 vitórias e apenas uma derrota, está de volta cheio de disposição e um pouco mais pesado (70kg). 'As pessoas dizem para eu lutar o IVe, mas eu vou acabar enfrentando um brasileiro e isso eu não quero.
Já lutei 12 vezes aqui, não preciso provar mais nada. Tenho visto alguns brasileiros indo lutar lá no Japão e perdendo, então quero ir lá também para ver como é. Eu sou mais eu', afirma o ex-campeão mundial de Boxe Chinês - morou dois anos na China e chegou a lutar pela Universidade de Pequim  e faixa-roxa de Jiu-Jitsu da Gracie SP ('O Ryan e o pessoal da academia me dão muita força').
Um exemplo sempre citado por Giudici como prova de sua autoconfiança é o treino dado com Wallid Ismail, na academia de Carlson Gracie, em Los Angeles, em 96. 'Não treinei com ele, nós saímos na porrada realmente. Ele diz que foi só um treininho, mas no fundo sabe que não foi só isso porque saiu com o olho roxo. O Vítor Belfort estava presente (ver foto), São Paulo inteira estava lá vendo, gente da federação inclusive. Fui na academia do Carlson por considerá-Ia um dos maiores técnicos da história do vale-tudo e porque queria entrar para a sua equipe. Mas ele falou que eu tinha que fazer um teste antes, e me botou com o Allan Góes.
Treinamos uns 10, 15 minutos, fui um sparring para ele, que estava se preparando para um vale-tudo no Japão. Logo que acabou, falaram para eu treinar com ó Wallid. Pedi uns minutos para descansar mas eles falaram para ir direto. Dei uma queda nele, uma 'baiana'. Caí na meia-guarda e quase passei. Ele fechou a guarda, queria me pegar numa americana aí eu me fechei e comecei a dar porrada na cara dele e tal. Ele veio me dar um armlock, mas eu tirei o braço. Eu tentava sair e não conseguia, então pensei: 'Bom, vou ficar aqui mesmo até esse cara abrir a perna'. Porra, ele tem umas pernas grossas que parecem uns troncos. Comecei a dar porrada nele e foi aí que o Carlson falou: 'Oh, tá bom, tempo'. Paramos e, quando vi, ele estava com a cara inchada', narra.
'Como muita gente presenciou o que aconteceu, a história acabou se espalhando. Até que um dia ele me liga e fala: 'Porra, que negócio é esse aí de você ficar falando que deu porrada em mim? Eu estava brincando, aquilo foi só uma brincadeira com você'. Falei para ele que não era verdade e que se ele tivesse alguma diferença, era só vir para o Brazil Open, em São Paulo, onde inclusive o Crêzio (de Souza) ia lutar, e a gente acertava alguma coisa. Aí ele apareceu mesmo, só que me cumprimentou e não falou mais nada. Pensei: Ué, ficou por isso mesmo?' Ou ele esqueceu ou se fez de esquecido, sei lá. E, como sou discípulo do Ryan, acho que está na hora de defender o nome do mestre. Se o Wallid topar lutar comigo, ótimo. Não quero saber essa história de 'pegar a senha'. E também não tem problema de bolsa, os empresários aqui de Campinas me bancam', provoca, fazendo questão de ressaltar que sua carreira no vale-tudo não está nem ria metade.

kY5WVhj.jpg

24fmcna.jpg

Editado por krugans

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora