Sign in to follow this  
Dudu show

Darren Till diz ter pensado em fingir lesão

Recommended Posts

Darren Till diz ter pensado em fingir lesão na ida para o octógono para não ter de lutar no UFC 244

 

Darren Till não parecia ser a mesma pessoa que os fãs conheciam antes do UFC 244. O agora peso-médio inglês, que era famoso pela confiança que demonstrava antes, durante e depois das suas lutas, deu após a vitória sobre Kelvin Gastelum no último sábado, no Madison Square Garden, uma das entrevistas mais sinceras dos últimos tempos. O lutador afirmou, sem rodeios, que, momentos antes de caminhar para o octógono, estava pensando em fingir uma lesão para não ter de lutar.

 

- Eu pensei em fingir uma lesão antes da ida para o octógono. Estava tentando imaginar que lesão eu iria alegar, porque simplesmente não queria entrar lá. Todo lutador, não importa o que qualquer um deles diga a vocês, tem medo. Se alguém disser que não, é uma mentira total. Eu não estava com medo, estava apavorado. Não cheguei a tremer, e meu medo não era da luta em si - eu amo lutar - mas não queria ir para o octógono. O tamanho deste evento me deixou com dúvidas sobre mim mesmo e fiquei pensando em dar um jeito de não lutar. Isso só aconteceu hoje. Eu estava com muito medo. Mas aí o primeiro round acabou e eu pensei: "Vamos lá, se controla. Agora vamos vencer essa luta do jeito que planejamos. Não vou deixar que ele me toque e vou vencer". Eu sabia que seria difícil nocauteá-lo, e que ele tinha muita força. O cara é um gordinho muito duro.

 

Till lembrou que, antes de enfrentar Tyron Woodley, ele realmente acreditava ser invencível no peso-meio-médio. Mas as derrota na disputa de cinturão sendo finalizado no UFC 228, e em seguida por nocaute diante de Jorge Masvidal em Londres, arrancaram a coragem e a confiança do "Gorila". A fase, que era ótima, se tornou sombria dentro e fora do octógono, com problemas pessoais e profissionais. O inglês reconhece que teve de enfrentar seus demônios, mas garante que a sua confiança já voltou.

 

- Isso é, provavelmente, algo sobre o que os lutadores não falam. Mas vocês me conhecem e sabem que eu sou honesto e franco. Foi o que aconteceu comigo desde a hora em que acordei. Antes de Tyron Woodley, não havia lutador que pudesse me vencer. Mas sofri duas derrotas como as que sofri, e elas tiraram muito do que havia dentro de mim. Eu não falei, mas enfrentei demônios internos terríveis. Depois acabei sendo preso, além de passar por muitas outras coisas. Perdi patrocinadores e entrei em um turbilhão. Foi bom e foi ruim. Mas agora estou aqui. A confiança voltou, como com todos os outros pesos-médios. Eu voltei e estou aqui para o que der e vier. A vitória não foi o mais importante hoje. O que mais importou foi eu ter conseguido superar esse medo.

 

 

FONTE: https://sportv.globo.com/site/combate/noticia/darren-till-diz-ter-pensado-em-fingir-lesao-na-ida-para-o-octogono-para-nao-ter-de-lutar-no-ufc-244.ghtml

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
15 minutos atrás, Daniel Mendoza disse:

Bacana a entrevista, acho legal quando os lutadores saem do "personagem" e se "humanizam"

Olá Daniel!

 

Consegui editar o título e colocar: Fingir lesão. Por favor?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu me lembro de uma entrevista do Rashad Evans que disse que a pior sensação era a entrada ate o octogono, ele tremia , o coração palpitava tanto que ele tinha medo de morrer de ataque cardíaco, mas quando começava se tranquilizava, so quem ja lutou sabe a adrenalina qie dá

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 minutos atrás, Paulo wand disse:

Eu me lembro de uma entrevista do Rashad Evans que disse que a pior sensação era a entrada ate o octogono, ele tremia , o coração palpitava tanto que ele tinha medo de morrer de ataque cardíaco, mas quando começava se tranquilizava, so quem ja lutou sabe a adrenalina qie dá

Verdade, Paulo. Seja uma final faixa azul de torneizinho regional de jiu, seja nas lutas para graduação no Kyokushin, ou disputa de cinturão no maior evento do mundo, quem já vestiu kimono ou calçou luvas entende a sensação. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, Henry Chinasky disse:

Verdade, Paulo. Seja uma final faixa azul de torneizinho regional de jiu, seja nas lutas para graduação no Kyokushin, ou disputa de cinturão no maior evento do mundo, quem já vestiu kimono ou calçou luvas entende a sensação. 

Pois é.

Eu já sinto essa adrenalina forte, quando entra a semana do campeonato. Só para quando eu subo no tatame.

Recomendo a quem nunca competiu, depois que termina o evento, ganhando ou perdendo (principalmente ganhando), a sensação é ótima.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Impressionante como existem derrotas que realmente sugam a alma de um lutador. O Tiil beirava a arrogância de tanta confiança, agora com essas declarações, dizendo que tem medo do Romero. 

Apesar de humanizar o lutador, não consigo ver com bons olhos esse tipo de comportamento. Todos nós sabemos o quanto a confiança é importante no MMA, em vc entrar no octógono acreditando que vai massacrar o adversário, qual a chance dele enfrentar um Romero de igual pra igual já entrando com o psicológico assim? 

Mas ele é muito novo, 26 anos só eu acho, tomara que se recupere, tem muito potencial. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Till foi bem honesto na entrevista. Já lutei varios campeonatos de Jiu e a sensação é essa ai mesma. Depois que eu começava a lutar o nivel de tensão descia quase a zero, mas antes de entrar no tatame eu ficava bem nervoso. Agora imagina isso ai no nivel que esses caras lutam? deve ser insano.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Medo, ansiedade, incerteza. São as sensações, seja no amador ou profissional. Boa entrevista do Till, depois ser tirado para nada pelo o Woodley e pelo Masvidal, parece que ele se reencontrou. Curiosidade, se o TIill tem 1,83cm o Gastelum parece que não tinha 1,75cm, parecia bem menor. 

Edited by Rody Stark
ortografia

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, hvalentim disse:

Impressionante como existem derrotas que realmente sugam a alma de um lutador. O Tiil beirava a arrogância de tanta confiança, agora com essas declarações, dizendo que tem medo do Romero. 

Apesar de humanizar o lutador, não consigo ver com bons olhos esse tipo de comportamento. Todos nós sabemos o quanto a confiança é importante no MMA, em vc entrar no octógono acreditando que vai massacrar o adversário, qual a chance dele enfrentar um Romero de igual pra igual já entrando com o psicológico assim? 

Mas ele é muito novo, 26 anos só eu acho, tomara que se recupere, tem muito potencial. 

Ele não disse que tem medo do Romero, e sim que temeu subir no octógono, pra enfrentar o Gastelum.

Eu já não vejo nada demais nessas declarações, foi algo pontual, ele não vai ser taxado de frouxo por conta de uma fala. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
43 minutos atrás, Raphael Rezende disse:

Ele não disse que tem medo do Romero, e sim que temeu subir no octógono, pra enfrentar o Gastelum.

Eu já não vejo nada demais nessas declarações, foi algo pontual, ele não vai ser taxado de frouxo por conta de uma fala. 

https://www.google.com/amp/s/www.sportskeeda.com/amp/mma/ufc-news-darren-till-doesn-t-want-to-fight-beast-yoel-romero

Quem sou eu pra chamar alguém que sobe no octógono pra lutar com um adversário altamente preparado até um desistir de frouxo? No conforto do meu sofá, longe disso... 

Só falei que esse tipo de pensamento na minha visão pode fazer mal para o seu próprio desempenho, tem um fator psicológico que no MMA faz muita diferença. 

Quanto ao Romero ele disse que ele é uma besta, que não quer lutar com ele. Isso não seria medo? Mas enfim, longe de mim chamar o cara de frouxo. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this