Sign in to follow this  
Lucas Timbó

Bate-Estaca admite que sentiu potência da chinesa: “Ela conseguiu isso”

Recommended Posts

éssica "Bate-Estaca” Andrade disse durante a semana que ninguém poderia piscar na disputa de cinturão entre ela e Weili Zhang. E acertou, mas com final feliz para a chinesa. Na luta principal do UFC Shenzhen, a brasileira sofreu uma derrota com apenas 42 segundos, o terceiro mais rápido entre as mulheres em disputa de cinturão no Ultimate, perdendo apenas para Ronda Rousey no UFC 175 e 184, de acordo com o evento.

- Estou muito orgulhosa do que fiz. Enfrentar fuso horário, vir aqui para enfrentá-la, o que ninguém fez. Ela colocou a mão certa. Eu nunca tinha sido nocauteada, sentir a mão e ela conseguiu isso. Quem sabe um dia eu possa reencontrá-la de novo e aí vamos lutar de verdade.

O título é o primeiro de uma asiática no UFC é óbvio, o primeiro de um lutador chinês na franquia, seja no masculino ou feminino. Jéssica ficou apenas pouco mais de três meses com o cinturão, conquistado diante de Rose Namajunas no UFC Rio, em maio. Ainda no octógono, ela viu Dana White entregar a cinta para Zhang, que abraçou o chefe.

- Senti o soco, depois ela veio com as cotoveladas. Eu ia, voltava, apagava de novo. Não teve muito o que fazer. Não consegui colocar minha agressividade, meus golpes. O pouco que coloquei ela sentiu. Faz parte, um dia a gente ganha, no outro a gente perde - contou Jéssica.

A forma fulminante como Zhang foi para cima não surpreendeu Jéssica. A rival lutava em casa e ela sabia que a chinesa buscaria a luta franca. Para a brasileira, não houve falha da sua parte.

- A ideia era fazer ela sentir o peso da mão, assustá-la para fazer o nosso jogo e não deixar ela fazer o jogo que gosta. Mas quando a mão entra, você vai para o automático. Foi uma vitória justa dela. Soube aproveitar os momentos da luta - citou Jéssica.

Agora, Jéssica promete retornar para Niterói, focar nos treinos na PRVT e voltar ainda mais forte. Há dois anos, ela esteve em posição parecida, mas não tinha o cinturão. Foi derrotada por Joana Jedrzejczyk por decisão. E voltou mais forte para então conquistar o título. A promessa é de fazer o mesmo.

- Pela forma como ela venceu, eu não tenho uma disputa de cinturão rápida. Devo fazer duas, três lutas de novo. Eu vou ter a chance de disputar esse cinturão de novo. Já foi meu, eu sou brasileira, não desisto nunca e esse cinturão vai voltar a ser meu. Estava três degraus acima, agora três abaixo. Mas sigo campeã e dando o meu melhor - finalizou Jéssica.

https://sportv.globo.com/site/combate/noticia/nocauteada-por-zhang-bate-estaca-admite-que-sentiu-potencia-da-chinesa-ela-conseguiu-isso.ghtml?fbclid=IwAR2aL1VjfOJ85a1yMeAdkuqcNv-XgfLMy-hXUsMph_7XHgnQRjqp1OF2_Qk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Isto aí, voltar a treinar, ganhar bem mais umas lutas e tentar retomar. Pensamento de campeã. A chinesa é sinistra não vejo ninguém a derrotando hoje na categoria.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não acho essa chinesa tudo isso ainda. Mas verdade seja dita, a atuação dela ontem foi impecável, rebocou a Jéssica na porrada. Aquela sequência de cotoveladas em pé foi muito bem aplicada assim como as joelhadas. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu acho que ela não esperava isso ela foi pega de surpresa e ficou sem reação no octogno e acabou levando a surra ( não que ela fosse ganhar a luta )

Mas mesmo assim não acredito que ela consiga a cinta de volta 

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 horas atrás, Anderson Azevedo disse:

Tatiana  Suarez.

Ela sera o teste. 

Sei não, sem dúvida é uma das maiores promessas da categoria mas na última luta ficou sem gás no terceiro round contra uma atleta fisicamente mais fraca se comparada com a chinesa, contra a atual campeã não terá a vantagem física. Salvo uma finalização nos rounds iniciais acredito que a chinesa domine e vença bem a luta. 

Quanto a Jessica sempre muito pé no chão nas entrevistas, poderia estar reclamando das cotoveladas e não fez em nenhum momento. Vi somente uma vez com alguns replays de diferentes ângulos e me pareceram todas na parte de trás da cabeça, não seria nenhum absurdo se o árbitro tivesse parado e dado o tempo para a Jessica se recuperar dos golpes teoricamente ilegais. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Jéssica poderia começar a lutar focando em gnp,na força pra quedar e bater por cima ela leva vantagem contra muitas.... Em pé ela precisa melhorar a parte defensiva,entra sempre aberta e se expõe muito

Share this post


Link to post
Share on other sites

Discurso de campeã.

Sem mimimi e papo reto.

Isso ae Jessica, agora é treinar e passar o carro em quem vier pela frente, que com mais 2 ou 3 vitórias vc está nas cabeças de novo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu assisti um Confraria na Porrada com o treinador da Jéssica e me impressionei com a arrogância do rapaz.  Sei q ele nesse papel precisa sempre motivar e colocar sua atleta confiante, mas me parecia demais.  Citava a Jessica como um queixo de pedra onde nem Joana ou Rose poderiam derrubar e debochou dos q disseram q a Jessica tava levando uma ruim da Namajunas.  Parecia q o título era um desabafo pelas críticas q ele recebeu do "cala a boca" que mandou p Pedrita numa das maiores surras q o UFC já viu (e uma dos maiores missmatches contra Valentina).  Ou mesmo de ter treinado todas sem mtas ajudas externas. 

 Há grande méritos nele nisso, porém era perceptível uma visão equivocada q ele tinha sobre os defeitos q a Jessica já apresentava.  É um curitibano fã da Chute Boxe q comparava ela com Wand, dizendo q qdo o brasileiro tentou se qualificar tecnicamente foi qdo chegou ao declínio sendo q os knockdowns q Wandeco sofreu de Oyama, Tamura e outros japas nao seriam perdoados por um Liddell no ql a nova versão de Wand fez uma luta dura.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ganhou da Rose Namajunas na brutalidade. Estava perdendo para a americana em uma categoria rasa. Vamos ver o legado da chinesa, que até agora se mostrou com boa técnica e punch.

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 horas atrás, Lucas Timbó disse:

 

- Estou muito orgulhosa do que fiz. 

- A ideia era fazer ela sentir o peso da mão, assustá-la para fazer o nosso jogo e não deixar ela fazer o jogo que gosta. Mas quando a mão entra, você vai para o automático. Foi uma vitória justa dela. Soube aproveitar os momentos da luta - citou Jéssica.

 

Olha o sentimento dela com a luta. Olha o game plan... SURREAL!

 

Ganhou um HATER!

Share this post


Link to post
Share on other sites

O bate estaca da jessica na rose foi muito mais que só força bruta.

E ngm vence a claudinha apenas na brutalidade.

Excelente lutadora com falhas no jogo, mas isso todos têm.

E a cabeça ta certinha, bora treina mais evoluir e tentar pegar a cinta.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu já sabia que essa chinesa era dureza mas não sabia que era tanto assim. Dana deve ter ficado muito feliz com essa luta. Quanto mais essa chinesa defender esse título mais crédito e facilidades ele vai dar para ela para entrar cada vez mais no mercado asiático/chinês. Quanto a Jéssica, achei que ela foi muito displicente. Ela que era a campeã, a chinesa que deveria ir atrás dela. Pagou um preço alto por isso. Agora é recomeçar. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this