Sign in to follow this  
Henry Chinasky

Walker fará camp na Rússia, analisa Corey e garante: "Tempo de Jones está acabando"

Recommended Posts

Eu já tive lesão menos grave no ombro e vira e mexe incomoda ainda. Ombro é muito chato. Uma vez um médico me disse "100% só nascendo de novo", e é isso mesmo.

Sempre fico me perguntando desse lutadores antigos. Digo época da Grécia e Roma, muito a paravam pro lesões que hoje são "tranquilas".

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 horas atrás, mourninghall disse:

Eu ñ sei se essa mudança de academia toda hora significa q ele tá buscando evoluir. Me falaram q o q ele faz é procurar um lugar q permita ele treinar de graça ou até q pague pra ele treinar. Em troca ele diz q vai trazer mais clientes pra academia. Quando isso ñ acontece ele procura outra academia.

Ele tem academia própria na Tailândia pelo que entendi.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Johnny Walker anuncia mudança para Tailândia e revela sociedade em academia

 
WhatsApp-Image-2019-02-27-at-02.34.48.jp

Walker substituiu Ovince St-Preux na luta contra Misha Cirkunov – Diego Ribas

Johnny Walker é um cidadão do mundo. Natural do Rio de Janeiro (RJ), morou alguns anos na Inglaterra e, desde o fim de 2018, adotou a Tailândia como casa. No UFC Fortaleza, no início deste mês, tentou representar o país no octógono, mas acabou impedido por problemas burocráticos. Mas, para enfrentar Misha Cirkunov no UFC 235, neste sábado (2), o carismático meio-pesado (93 kg) garantiu o uso da bandeira tailandesa, já que está de mudança para a nação do sudeste asiático, onde já iniciou um investimento para o futuro.

Em entrevista exclusiva à Ag. Fight, Walker revelou que iniciou uma sociedade com a academia Chokchai Muay Thai, em Phuket (THA). Ele vai divulgar o empreendimento e ajudar com recursos humanos. O brasileiro explicou que a relação cada vez mais próxima com o país justifica o fato de representá-lo.

“Vou ajudar a promover a academia com o meu nome, vou fazer meus camps lá, levar alguns professores de jiu-jitsu, wrestling… Vou dar um ‘upzinho’ na academia, que é muito grande, tem um ginásio, dá para fazer eventos, então é um investimentozinho”, disse. “A maioria do tempo eu ficaria lá na Tailândia. É um teste que eu vou fazer. Pelo menos uns seis meses eu vou ficar lá. Mas se eu precisar viajar uma ou duas semanas para fazer um camp em outro lugar, com certeza eu vou”, acrescentou.

Embora embasada, a atitude de Walker é incomum. O lutador declarou, entretanto, que não teme uma reação ruim dos torcedores brasileiros. Segundo o fluminense, não se trata de falta de patriotismo, mas de profunda gratidão pela nação que o acolheu.

“Por que (ser) hater? Eu amo o Brasil, sou muito patriota. Só estou representando a Tailândia porque vou abrir uma academia lá, vou treinar lá. Quando eu voltar para o Brasil eu representar o Brasil. Se eu estiver morando nos Estados Unidos, boto a bandeira dos Estados Unidos também. Tem que abraçar quem está me abraçando no momento”, esclareceu.

Mesmo vinculado à Tailândia, Johnny afirmou que não pretende encerrar seu périplo pelas academias do mundo. O meio-pesado revelou à reportagem da Ag. Fight dois outros países nos quais pretende fazer uma temporada de treinamentos.

“Eu sempre busco aprender e aprimorar todas as minhas habilidades. As que eu tenho e as que eu não tenho. Quero aprender. Meu objetivo vai ser sempre estar em um país diferente, em uma cultura diferente, para aprender mais: Sambo, na Rússia, Kung Fu, na China… Coisas que eu não tive oportunidade e quero aprender, para colocar no meu jogo também e estar sempre diferente, sempre imprevisível. E eu represento o mundo todo. Eu sou um ser humano. Sou patriota, mas é paz e amor, gosto de representar todo mundo”, disse o sorridente atleta, que fez no Rio de Janeiro (RJ), em São Paulo (SP) e Curitiba (PR) sua rápida preparação para o duelo contra Cirkunov.

https://agfight.com.br/johnny-walker-anuncia-mudanca-para-tailandia-e-revela-sociedade-em-academia/

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se o Reyes perder e ele ganhar da forma que ele vem ganhando , acho que é Title shot . Vale lembrar que A última luta do Reyes foi uma vitória controversa , vários acharam que ele perdeu . 

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, rivvithead disse:

Ele tem academia própria na Tailândia pelo que entendi.

Acho q é só uma parceria, dessa forma q eu expliquei anteriormente.

1 hora atrás, SgtBlackStar disse:

Johnny Walker anuncia mudança para Tailândia e revela sociedade em academia

 
WhatsApp-Image-2019-02-27-at-02.34.48.jp

Walker substituiu Ovince St-Preux na luta contra Misha Cirkunov – Diego Ribas

Johnny Walker é um cidadão do mundo. Natural do Rio de Janeiro (RJ), morou alguns anos na Inglaterra e, desde o fim de 2018, adotou a Tailândia como casa. No UFC Fortaleza, no início deste mês, tentou representar o país no octógono, mas acabou impedido por problemas burocráticos. Mas, para enfrentar Misha Cirkunov no UFC 235, neste sábado (2), o carismático meio-pesado (93 kg) garantiu o uso da bandeira tailandesa, já que está de mudança para a nação do sudeste asiático, onde já iniciou um investimento para o futuro.

Em entrevista exclusiva à Ag. Fight, Walker revelou que iniciou uma sociedade com a academia Chokchai Muay Thai, em Phuket (THA). Ele vai divulgar o empreendimento e ajudar com recursos humanos. O brasileiro explicou que a relação cada vez mais próxima com o país justifica o fato de representá-lo.

“Vou ajudar a promover a academia com o meu nome, vou fazer meus camps lá, levar alguns professores de jiu-jitsu, wrestling… Vou dar um ‘upzinho’ na academia, que é muito grande, tem um ginásio, dá para fazer eventos, então é um investimentozinho”, disse. “A maioria do tempo eu ficaria lá na Tailândia. É um teste que eu vou fazer. Pelo menos uns seis meses eu vou ficar lá. Mas se eu precisar viajar uma ou duas semanas para fazer um camp em outro lugar, com certeza eu vou”, acrescentou.

Embora embasada, a atitude de Walker é incomum. O lutador declarou, entretanto, que não teme uma reação ruim dos torcedores brasileiros. Segundo o fluminense, não se trata de falta de patriotismo, mas de profunda gratidão pela nação que o acolheu.

“Por que (ser) hater? Eu amo o Brasil, sou muito patriota. Só estou representando a Tailândia porque vou abrir uma academia lá, vou treinar lá. Quando eu voltar para o Brasil eu representar o Brasil. Se eu estiver morando nos Estados Unidos, boto a bandeira dos Estados Unidos também. Tem que abraçar quem está me abraçando no momento”, esclareceu.

Mesmo vinculado à Tailândia, Johnny afirmou que não pretende encerrar seu périplo pelas academias do mundo. O meio-pesado revelou à reportagem da Ag. Fight dois outros países nos quais pretende fazer uma temporada de treinamentos.

“Eu sempre busco aprender e aprimorar todas as minhas habilidades. As que eu tenho e as que eu não tenho. Quero aprender. Meu objetivo vai ser sempre estar em um país diferente, em uma cultura diferente, para aprender mais: Sambo, na Rússia, Kung Fu, na China… Coisas que eu não tive oportunidade e quero aprender, para colocar no meu jogo também e estar sempre diferente, sempre imprevisível. E eu represento o mundo todo. Eu sou um ser humano. Sou patriota, mas é paz e amor, gosto de representar todo mundo”, disse o sorridente atleta, que fez no Rio de Janeiro (RJ), em São Paulo (SP) e Curitiba (PR) sua rápida preparação para o duelo contra Cirkunov.

https://agfight.com.br/johnny-walker-anuncia-mudanca-para-tailandia-e-revela-sociedade-em-academia/

Exatamente o q eu havia comentado. Essas "parcerias" são estranhas, pq normalmente o lutador paga para fazer o camp. A impressão q fica é q ele tá ganhando pra isso. Mas isso q eu falei é só fofoca de academia. Tava só levantando essa bola. No entanto, realmente é incomum esse negócio de fazer a preparação de cada luta em um lugar diferente.

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, Henry Chinasky disse:

Esse HL pode me ajudar a pontuar o que quis dizer. O JW é um lutador pouco ortodoxo, imprevisível, de golpes eficientes e que vem evoluindo. Eu acho que o fato das lutas não terem durado é mérito absoluto dele. O rapaz tem mais de 80 % das vitorias por nocaute( 14 de 17). O termo sorte não cabe ai nem de longe. Todavia tb ja foi finalizado e nocauteado. Nas próximas lutas poderemos te-lo apanhando e de costas no chão pra vermos se nesses quesitos ele progrediu. Enfim, como falei antes, ainda que perca do Anderson  a minha impressão é de que tenos um sujeito um tanto fora da curva e em evolução.

 

Eu acredito q ele seja um cara extremamente explosivo. E, por conta de toda essa explosão muscular, ele tem uma chance real de nocautear qualquer um, inclusive lutadores de nível alto. No entanto, pela técnica limitada, ele tb tem uma chance considerável de perder para lutadores de nível baixo. Acho q a carreira dele no UFC vai ser muito inconstante. Espero estar errado, no entanto, e q ele de fato tenha tido essa evolução absurda.

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, Arona85 disse:

Cara...eu já tirei os  2 ombros do lugar, e nunca mais foi a mesma coisa. Inclusive  foi por isso que larguei o Jiu Jitsu.. muita isometria, os ombros nao aguentaram. 

Pra treinar boxe e Muay thai é  mais tranquilo. Mas pra grappling é foda.

Não importa o fortalecimento que vc faça no ombro..nunca mais ficará 100%, mesmo pessoas que colocaram pino  no ombro dizem que não fica 100%.

Portanto, acho que o JW prejudicou a carreira, e muito, devido àquelas palhaçadas dele.

 

5 horas atrás, Rafo disse:

Então... estou indo pra segunda cirurgia no mesmo ombro. Infelizmente nunca mais fica a mesma coisa...

O ombro do cara vai cair no meio da luta. Parem de jogar praga.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 8/21/2019 at 10:22 PM, Lucas Timbó disse:

Melhor lugar pra afiar o wrestling não existe. Boto fé nesse cara

e para fugir da usada. axo que um forista falou nesse ponto. axo que é isso mesmo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, JUnior Box disse:

e para fugir da usada. axo que um forista falou nesse ponto. axo que é isso mesmo.

Sem essa. Khabib já foi parado num estacionamento de shopping lá, o Bibulatov que é apadrinhado pelo ditador checheno tbm foi testado lá 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 8/21/2019 at 10:10 PM, Ominöser disse:

JW está voando baixo, mas antes de falar sobre Jones, que vença o Corey. Se atropelar como fez até agora, tem total moral pra pedir Jones.

 

Em 8/21/2019 at 10:50 PM, hvalentim disse:

Vocês acham que o JW passando BEM do Corey Anderson, ele ganha o TS? Tem alguém na frente dele? 

Até tem outros nomes a cima dele

Mas este ranking nunca valeu nada

A categoria está morta

Quem tem mais hype é ele msm

Olha só um tópico dele rendendo isto tudo no PVT

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 horas atrás, Lucas Timbó disse:

Sem essa. Khabib já foi parado num estacionamento de shopping lá, o Bibulatov que é apadrinhado pelo ditador checheno tbm foi testado lá 

Sim mas isto foi o que uma vez só?

Rússia é máfia igual Brasil que chamaram aquele policial federal na NU pra prender o fiscal da USADA

Se Khabib não tiver limpo a KGB bota a mão no usada antes dele botar a mão no Khabib

É totalmente diferente dos USA e Canadá que vc pode ser testado toda semana, todo mês

Depois deste teste no estacionamento Khabib podia tomar o que quisesse quais as chances do fiscal voltar em breve?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 8/21/2019 at 10:22 PM, Lucas Timbó disse:

Melhor lugar pra afiar o wrestling não existe. Boto fé nesse cara

Acho inclusive burrice ele ir morar nos USA

O que os USA tem a oferecer para um lutador que a Rússia não tem? Só USADA todo dia

Se fosse ele ficava na Rússia

Treino de alto nível, população que idolatra lutadores, mulheres lindas

Nós USA ele só vai arrumar trouble com a USADA e aquelas vadias que seduzem vc é ficam extorquindo depois

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, MV8 disse:

Acho inclusive burrice ele ir morar nos USA

O que os USA tem a oferecer para um lutador que a Rússia não tem? Só USADA todo dia

Se fosse ele ficava na Rússia

Treino de alto nível, população que idolatra lutadores, mulheres lindas

Nós USA ele só vai arrumar trouble com a USADA e aquelas vadias que seduzem vc é ficam extorquindo depois

A russas se amarram nos brasileiros. Mil vezes mais fácil pegar mulher gata no leste europeu do q nos EUA.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this