Sign in to follow this  
MV8

Keenan Cornelius diz que Rickson e Hélio tinham nível de faixa roxas duros

Recommended Posts

 

 

A matéria está em inglês mas é basicamente isto que ele diz

infelizmente estou no celular e não tenho como traduzir

 

 

 

.

 

 

Keenan Cornelius On Helio & Rickson Gracie: ‘Their Level Was Probably Tough Purple Belt’

AUG 18, 2019BJJEEBJJ News, Featured

Keenan Cornelius On Helio & Rickson Gracie: ‘Their Level Was Probably Tough Purple Belt’

There are many stories of Rickson Gracie manhandling and submitting BJJ world champions when they came to visit him in his academy  during the 90’s.

One of the names that come up are bjj greats Fabio Gurgel, Roberto Traven, and Saulo and Xande Ribeiro.

Gurgel and Traven were interviewed and asked about their experience training with the master, and they were very humble about it:

Gurgel & Traven Describe Training with Rickson ‘It Was Very Humbling’

Coral belt Jean Jacques Machado went on in detail on the Joe Rogan podcast explaining about Rickson’s greatness and what sets him apart from the rest:

Jean Jacques Machado on Why Rickson Gracie Was So Good

On the recent Mat Burn podcast (check it out. It is excellent) Hosts Keenan Cornelius and Josh Hinger discuss Rickson Gracie and how Jiu-Jitsu practitioners seem to put the old school Masters on a pedestal.

Keenan was critical of this way of thinking as it goes against his principles.

Keenan stated:

BJJ is kinda like that (Turkmenistan- an autocratic country ruled by an egomaniac dictator). If you say anything about Helio or Rickson, like if you say that their Jiu-Jitsu wasn’t good. People will be like “are you kidding me? Rickson is the greatest black belt of all time”.

I get that you have to show respect to pioneers who came before you but their Jiu-Jitsu was definitely not as good as it is today. Their level was probably tough purple belt level…

It is not known if Keenan has ever trained with Rickson.

There has been a lot of criticism recently of BJJ legend Rickson Gracie. He was heavily criticised for harbouring 3 convicted sexual offenders in his Jiu-Jitsu global federation. They have since been exposed by BJJEE and expelled from the JJGF:

2 More Convicted Sexual Predators Are Members of Rickson Gracie’s JJGF Federation

jjgf-1-300x208.jpg

 

In the midst of this controversy, Atos black belt and world No Gi champion black belt Josh Hinger wrote a pice on  flograppling arguing that Rickson views on sport Jiu-Jitsu and self defense were outdated:

It is well known that Rickson has made other negative statements about sport jiu-jitsu practitioners.

I have a problem with these statements and Rickson’s consistent belittlement of jiu-jitsu athletes who chose to exercise their skills in a tournament setting.

First of all, the sport-based branch of the activity does not negate the essence of a martial art…
Without rules, very few people would care to practice them, especially not children. If there were no rules, I would just bite every single person who tried to touch me.

 

Henry Akins, the third American to receive a Brazilian Jiu-jitsu black belt from Rickson Gracie had to answer Hinger. Akins trained under Rickson Gracie for 15 years. Akins became the head instructor or “Professor” at the Rickson Gracie Academy from 2005 to 2008 before resigning due to a back injury.

 

There’s nothing wrong with competing or competitors. I think Rickson’s argument focuses on Brazilian Jiu-Jitsu being advertised as a self defense art but being taught 100% from a competition perspective.

It’s pretty much common sense: If you train regularly with strikes your going to be be way more comfortable in a fight then someone who does not.

There’s a reason so many greats of BJJ who focused primarily on competition had a very difficult time transitioning to MMA. Marcelo Garcia, Saulo, Xande, Andre Galvao. These guys are the best of the best. Those that have transitioned and have had success like Roger Gracie and Damien Maia have stated publicly many times how much they had to change or alter their game to be able to be effective. Roger even mentioned only about 30% of his jiu-jitsu translated well for MMA.

Football and Rugby both help athletes to develop strength, speed, power, coordination and the ability to tackle or take someone down. All these attributes and abilities can also translate to fighting but you don’t do football and rugby drills when training for a fight.

I’m sure if you asked John Danaher how he trains his athletes who are getting ready to compete in the UFC vs Abu Dhabi, his methodology would be dramatically different.
If competition training is so effective for fighting why don’t you see all the UFC fighters doing gi competition training?

Again I think the distinction needs to be made. There’s nothing wrong with competing or competitors. Training 100% competition style jiu-jitsu is not ideal for someone who’s focus was learning jiu-jitsu as a self defense art. It’s better then no training at all but there is certainly a more effective way to train if the focus is to learn how to defend oneself.

Now when you take into consideration all the people out there who’s focus is not competition and only have 2-3 hours a week to train and are spending hours learning a “competition style” jiu-jitsu focused on using grips to control and how to score points and never being exposed to strikes or learning how to use strikes, that’s where the real problem lies.

https://www.bjjee.com/bjj-news/keenan-cornelius-on-helio-rickson-gracie-their-level-was-probably-tough-purple-belt/

 

 

 

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não tem como comprar o bjj da época deles com os de hoje. E nem digo só pela evolução da arte em si. Mas comparar o Hélio com os atuais competidores a nível de competição mundial, tem que levar em conta toda a evolução dos... Ãhn... "suplementos" e treinos físicos.

Acho que ele quis dizer algo mas foi extremamente infeliz na forma que falou.

Mas estou de acordo com o fato que o nível de jiu-jitsu competitivo hoje é incomparável com antigamente. Tbm mas menos pela evolução técnica, mais pela questão física mesmo, eu acho. 

Acho que temos que comparar cada qual para a sua data e importância histórica.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se trancar ele e o Rickson, que já é um senhor em um quarto escuro... aposto no Rickson... em tempos de competição o Gracie jiu Jitsu pode até estar "basico" demais, mas em defesa pessoal o que salva é o básico bem feito

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ele é livre para fazer esses comentários e eu sou livre para achar ele um idiota. Ele mesmo nunca fez parte do primeiro escalão do jiu jitsu atualmente. Só sabe lutar amarrando os adversários com a lapela do kimono. Bota ele em um MMA atual da mesma forma que o mestre Hélio e o Rickson fizeram em suas épocas. Ele vive do que os caras praticamente criaram do nada e hoje vem com essa. Leandro Lo, Buchecha e tantos outros que te castiguem por essa heresia. 

Edited by Toolbox

Share this post


Link to post
Share on other sites

Kron disse esses tempos no podcast do Rogan, que Rickson pediu 3 minutos no gás de competição, Kron disse que passou apertado

Edited by phslobo

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tá em inglês e na seção errada. 

Mas levanta esse velho e bom tema. No fim,  eu acho que considerando a época e a evolução do esporte é um bocado complexo  tais comparações. Eu gosto de ler e aprender, sobretudo, com que entende e vive  tudo o tatame. 

Abraço, meu velho.✌️

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cornelius é pela saco, mas ele tá certo nisso . O jiu jitsu evoluiu , como todos os esportes , tênis, futebol , basquete... Qualquer um que acompanha o JJ , sabe reconhecer  que a geração do Rickson teve imenso valor no desenvolvimento do esporte . Sem Helio, sem rickson, hoje Cornelius iria está trabalhando na caixa do Starbucks. 

Porem   acho pouco provável que qualquer grande lutador dos anos 80 , se enfrentassem os campeões de hoje , não ganhariam.  

Share this post


Link to post
Share on other sites

Para quem não entendeu o que o gringo disse:
 

Keenan stated:

"BJJ is kinda like that (Turkmenistan- an autocratic country ruled by an egomaniac dictator). If you say anything about Helio or Rickson, like if you say that their Jiu-Jitsu wasn’t good. People will be like “are you kidding me? Rickson is the greatest black belt of all time”.

I get that you have to show respect to pioneers who came before you but their Jiu-Jitsu was definitely not as good as it is today. Their level was probably tough purple belt level…"

"Jiu Jitsu é tipo isso (Turquemenistão, um país autocrático governado por um ditador ego-maníaco). Se você fala qualquer coisa sobre Hélio ou Rickson, por exemplo, se você diz que o Jiu Jitsu deles não era bom, as pessoas dirão algo como: você tá de brincadeira comigo? Rickson é melhor faixa preta de todos os tempos."

"Eu entendo que você deve demonstrar respeito aos pioneiros, os caras que vieram antes de você, mas o Jiu Jitsu deles definitivamente não era tão bom quanto o nível atual. O level deles era provavelmente o de um duro faixa roxa..."

Em resumo, a crítica que ele faz, no contexto do resto da reportagem, é no fato das pessoas os colocarem em um pedestal, o que vale para qualquer arte marcial. De fato, eu acho que esse tipo de mítica acaba levando mais cedo ou mais tarde àquilo que o próprio jiu jitsu acabou por mudar no pensamento moderno das artes marciais mistas, que é aquela crença de que há um mestre perfeito e invencível que pode fazer frente a qualquer cara que entrar na sua frente, levando à ascensão de vários charlatões com pseudo técnicas mirabolantes e coisas do tipo. Acho saudável fazer essa reflexão não só com o jiu jitsu mas com qualquer arte marcial.

Tem mais pontos polêmicos na reportagem que cita que recentemente o Rickson foi acusado de abrigar 3 condenados por abuso sexual na federação de jiu jitsu que ele preside e de outros caras que não concordam com as críticas que ele e outros do clã Gracie fazem ao jiu jitsu desportivo, dizendo que sem regras ninguém se interessaria em praticar a modalidade. Enfim, é bastante coisa para traduzir tudo, mas dá para quem não fala inglês ter uma noção melhor do que foi dito.

Edited by Rucci

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em relação ao Rickson, caras como Fábio Gurgel sempre dizem que quando fizeram um treino com ele, passavam mal, não conseguiam fazer nada. André Galvão e Marcelinho Garcia buscavam treinar com ele antes de caírem em grandes campeonatos. Sou cético ao Rickson sobre o MMA, acho que inventaram uma áurea que nunca existiu, mas no pano o maluco sempre foi um mago mesmo, e todos os grandes pretas da história dizem isso 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 minutos atrás, Lucas Timbó disse:

Em relação ao Rickson, caras como Fábio Gurgel sempre dizem que quando fizeram um treino com ele, passavam mal, não conseguiam fazer nada. André Galvão e Marcelinho Garcia buscavam treinar com ele antes de caírem em grandes campeonatos. Sou cético ao Rickson sobre o MMA, acho que inventaram uma áurea que nunca existiu, mas no pano o maluco sempre foi um mago mesmo, e todos os grandes pretas da história dizem isso 

 

 

E não será no Keenan que vamos acreditar, né?

Conseguiu a mídia que queria. Se não postassem aqui nem saberia que ele existia.

Já Hélio e Rickson conheço desde os 10/11 anos.

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, Toolbox disse:

Ele é livre para fazer esses comentários e eu sou livre para achar ele um idiota. Ele mesmo nunca fez parte do primeiro escalão do jiu jitsu atualmente. Só sabe lutar amarrando os adversários com a lapela do kimono. Bota ele em um MMA atual da mesma forma que o mestre Hélio e o Rickson fizeram em suas épocas. Ele vive do que os caras praticamente criaram do nada e hoje em com essa. Leandro Lo, Buchecha e tantos outros que te castiguem por essa heresia. 

Keeanan falou besteira, de fato, mas dizer que o cara não faz parte do primeiro escalão do jiu-jitsu é brincadeira. Venceu o Meregali no mundial desse ano, além de Mahamed Aly, Erberth Santos, Yuri Simões, Kaynan Duarte, Roberto Cyborg, etc

E ele não é amarrão, o jogo dele é de guarda, mas ele tá sempre buscando progredir, tanto que de 170 vitórias, 108 foram por sub

Share this post


Link to post
Share on other sites

Melhor ler isso do que ser cego. Coitado desse rapaz. Ele provavelmente não ouviu nunca a palavra respeito ou hierarquia. Nunca vi ninguém do judô criticar o Jigoro Kano ou um karateca criticar o Mas Oyama. Ninguém vai criticar o Santos Dumont pelo seu 14-bis porque voamos num A380 hoje. Lamentável senhores 

Share this post


Link to post
Share on other sites
36 minutos atrás, juniormgraus disse:

Melhor ler isso do que ser cego. Coitado desse rapaz. Ele provavelmente não ouviu nunca a palavra respeito ou hierarquia. Nunca vi ninguém do judô criticar o Jigoro Kano ou um karateca criticar o Mas Oyama. Ninguém vai criticar o Santos Dumont pelo seu 14-bis porque voamos num A380 hoje. Lamentável senhores 

Perfeita sua colocação. 

Depois desses exemplos, fecha o tópico.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this