Eder Jofre55

Memória Combate: há 10 anos, Anderson Silva encarnava Ali em sua melhor luta no UFC

Recommended Posts

Memória Combate: há 10 anos, Anderson Silva encarnava Ali em sua melhor luta no UFC

Em 8 de agosto de 2009, Spider subia de categoria e assombrava o mundo ao nocautear Forrest Griffin com show de esquiva no UFC 101, na Filadélfia

Por Combate.com 

andersonsilva-forrestgriffin-ufc-get-95.

 

Há exatos 10 anos, uma das mais belas obras de arte da história do UFC era pintada por Anderson Silva dentro do octógono. Em 8 de agosto de 2009, no co-evento principal do UFC 101, na Filadélfia, o "Spider" acrescentava mais um capítulo sagrado à sua lenda ao nocautear Forrest Griffin de forma espetacular aos 3m23s do primeiro round.

A luta, disputada no peso-meio-pesado (até 93kg), categoria da qual Griffin fora campeão e nove quilos acima da categoria de Anderson (peso-médio, até 84kg), reforçou o argumento do brasileiro como melhor lutador peso por peso do mundo na época, posto que ele disputava com Georges St-Pierre (que até então jamais havia lutado fora de sua divisão) e Fedor Emelianenko (que na época estava invicto havia nove anos). Mais: sua performance rendeu comparações ao ídolo do boxe Muhammad Ali, com direito a uma foto do final da luta que lembrava icônica imagem de Ali após nocautear Sonny Liston.

 

O baile

00:00/15:
UFC 101 - Anderson Silva X Forrest Griffin

UFC 101 - Anderson Silva X Forrest Griffin

Contra-golpeador nato, Anderson tinha em Griffin um parceiro de dança ideal: um lutador que gostava de ditar o ritmo e atacar. O americano até foi cauteloso no primeiro minuto, mas ainda assim foi quem mais andou para frente e atacou, com chutes baixos e altos que não encontraram o brasileiro. Aos poucos, Griffin foi se abrindo e soltando jabs e cruzados, sem encostar em Anderson. Com cerca de dois minutos de luta, o primeiro ataque do Spider rendeu o primeiro knockdown da luta, com um cruzado de direita.

Griffin se levantou rapidamente, e se abriu mais ainda nas trocas de golpes. Sentindo o bom momento, Anderson tomou o centro do cage e chamou o adversário para a briga. O americano aceitou o convite e pagou caro. Spider baixou a guarda e, após um show de esquiva, derrubou Griffin novamente com um direto de esquerda. No chão, o americano se defendeu com as pernas, e Anderson deu espaço para que ele se levantasse: queria acabar a luta usando o boxe. E assim o fez poucos segundos depois: Griffin o atacou todo aberto, e o brasileiro o derrubou pela terceira vez, agora com um jab de direita.

 

Contexto

 

Em 2009, Anderson Silva vivia o auge de sua carreira. Campeão do peso-médio desde 2006, já somava cinco defesas de cinturão e nove vitórias consecutivas, na época um recorde do UFC. Havia uma sensação que ninguém poderia derrotá-lo. Não só ele jamais havia sido ameaçado dentro do octógono até então, como suas últimas duas lutas haviam sido tediosas. "Spider" derrotou Patrick Côté e Thales Leites em performances que pareceu fazer com o "freio de mão puxado". As plateias vaiaram ambas as lutas.

Sem desafios aparentes na então rasa divisão dos médios, o UFC decidiu tentar novamente algo que já havia feito um ano antes: casar uma luta na divisão de cima. Em 2008, Anderson enfrentou James Irvin, meio-pesado de cartel irregular, e o despachou em apenas 1m01s. Desta vez, o sarrafo era mais alto: o adversário seria Forrest Griffin, vencedor do primeiro The Ultimate Fighter e ex-campeão do meio-pesado, com vitórias sobre nomes como Maurício Shogun e Rampage Jackson no currículo. Seria a primeira luta de Griffin após perder o cinturão para Rashad Evans.

 
A careta feita por Anderson Silva ao ser vaiado antes de enfrentar Griffin rodou o mundo — Foto: Reprodução

A careta feita por Anderson Silva ao ser vaiado antes de enfrentar Griffin rodou o mundo — Foto: Reprodução

Griffin era muito querido pelo público americano desde sua participação no TUF, onde cativou os espectadores com seu carisma irreverente. Somado à postura blasé de Anderson nas duas lutas anteriores, isso criou uma atmosfera hostil para o brasileiro na Filadélfia. A vaia que ele recebeu ao ser anunciado por Bruce Buffer foi tão forte que Spider inclusive fez uma careta, eternizada em memes desde então.

 

Repercussão

 

A luta ficou marcada por uma foto do fotógrafo oficial do UFC, Josh Hedges, que mostra Anderson em pé olhando para Forrest estatelado no chão. A imagem lembra a de Muhammad Ali em pé e provocando Sonny Liston após nocauteá-lo no primeiro round da revanche entre os dois, em 25 de maio de 1965. A própria performance, recheada de esquivas, jogo de pernas e golpes de boxe, rendeu comparações a Ali e Roy Jones Jr, dois dos maiores ídolos do Spider, que garantiu em sua biografia, "Anderson Spider Silva: o relato de um campeão nos ringues e na vida", que isso não foi mera coincidência.

"Enquanto eu me preparava para enfrentar Griffin, eu colocava um computador aqui, outro ali e, na televisão, o vídeo das lutas de Forrest. Eu pausava a imagem e olhava, pausava e olhava. Falava para mim mesmo que ia lutar da mesma forma que Ali e Roy Jones. Os caras tinham a habilidade de mexer com a cabeça dos adversários", diz o livro. Anderson acrescenta que a cabeça de Griffin foi abalada "por meu jogo de pernas, a cabeça, o gingado do corpo, as mãos baixas".

Anderson Silva recebeu um bônus de US$ 60 mil pela Luta da Noite e outro no mesmo valor pelo Nocaute da Noite. A performance também seria reconhecida como a "Surra do Ano" de 2009 pelo site especializado "Sherdog". Houve muita especulação depois disso de que Spider subiria permanentemente ao peso-meio-pesado, mas isso jamais se concretizou. Na coletiva de imprensa pós-evento, Dana White chegou a dizer que faria a luta entre Anderson e Lyoto Machida, então campeão da categoria, mas o brasileiro rejeitou a ideia no ato, citando sua amizade com Lyoto.

Após a luta, Forrest Griffin deixou o octógono correndo, antes mesmo do anúncio oficial da derrota. Ele foi flagrado no exame antidoping pós-luta por uso de Xanax, remédio para ansiedade e crises de pânico. Em entrevista ao Combate.com em 2013, Griffin afirmou que gostaria de "apagar" a luta com Anderson, ou voltar no tempo e lutá-la novamente.

image.jpeg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Lembro muitos no sherdog afirmando q essa luta foi armada pelo modo que o Forest caiu no show e jogou suas pernas para o ar...dando a impressão que era tudo armado.   Notem bem como ele joga as pernas para o ar.    Lógico q não foi armado mas também tive essa sensação quando vi .

Share this post


Link to post
Share on other sites
33 minutos atrás, ravi disse:

Lembro muitos no sherdog afirmando q essa luta foi armada pelo modo que o Forest caiu no show e jogou suas pernas para o ar...dando a impressão que era tudo armado.   Notem bem como ele joga as pernas para o ar.    Lógico q não foi armado mas também tive essa sensação quando vi .

Eu também tive.

Lógico que sabemos que no passado, tivemos alguns confrontos armados, isso acontecia mesmo. Nos dias atuais é um pouco mais difícil, e imaginar um lutador como ANDERSON SILVA fazendo parte disso é surreal - mas, também fiquei, na época, pensativo quanto à veracidade desse combate.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nao gosto do Anderson, mas nessa noite tudo deu certo, ele estava no auge técnico, time perfeito e a ajudinha do Forest que na verdade estava irreconhecível

Share this post


Link to post
Share on other sites

Lembro ate hj de assistir no combate e comentar auqi no PBP, foi épico demais

Share this post


Link to post
Share on other sites

Foi um gênio nessa luta, lembro que fiquei até com dó do Griffin kkk.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Essa luta foi foda!!

Anderson pra mim foi o maior stricker da história do MMA.

Porém tudo passa Anderson aí tinha quase 35 anos.

Ou seja o negão tava no auge já tarde.

Como disse todos iram perder Max parece invencível daqui alguns anos um jovem campeão o destronara , Cejudo , Ngannou etc.

Aonde o bader bateria o Fedor daquele jeito!!

Normal ontem eu era garoto , hj sou um homem amanhã serei um velho e estarei morrendo.

Nada é eterno e vamos aproveitar esses lutadores .

Outra coisa que eu noto MMA é um esporte profissional feito por amadores

Share this post


Link to post
Share on other sites
11 hours ago, Raphael Rezende said:

Eu também tive.

Lógico que sabemos que no passado, tivemos alguns confrontos armados, isso acontecia mesmo. Nos dias atuais é um pouco mais difícil, e imaginar um lutador como ANDERSON SILVA fazendo parte disso é surreal - mas, também fiquei, na época, pensativo quanto à veracidade desse combate.

pois é...ainda mais sendo nocauteado por um JAB...ANDANDO PARA TRAS

 

surreal né....e o jeito que ele caiu foi entranho, concorda?

 

aquela levantada de perna achei esquisita...mas acompanhando outros nocautes em outras lutas...as vezes ocorre algo similar

Share this post


Link to post
Share on other sites
11 hours ago, Paulo wand said:

Nao gosto do Anderson, mas nessa noite tudo deu certo, ele estava no auge técnico, time perfeito e a ajudinha do Forest que na verdade estava irreconhecível

ele vinha daquela performace pifia sobre o demian....  antes disse teve o thales e o cote que tbm foram lutas ruins

Share this post


Link to post
Share on other sites

Anderson foi um dos poucos que conseguiu fazer ou imitar alguma coisa DENTRO DO OCTÓGONO que seus ídolos faziam...kkk

Ele sempre gostou de imitá-los... Roy Jones Jr, Ali, Bruce... Vcs já perceberam que qdo ele mesmo se encurrala na grade faz defesa parecida com Wing Chun?!

Mas como o brother falou acima, tudo passa...uma hora a idade cobra...mas foi bom tê-lo assistido no auge...

Share this post


Link to post
Share on other sites
38 minutes ago, Genilson Lopes said:

Anderson foi um dos poucos que conseguiu fazer ou imitar alguma coisa DENTRO DO OCTÓGONO que seus ídolos faziam...kkk

Ele sempre gostou de imitá-los... Roy Jones Jr, Ali, Bruce... Vcs já perceberam que qdo ele mesmo se encurrala na grade faz defesa parecida com Wing Chun?!

Mas como o brother falou acima, tudo passa...uma hora a idade cobra...mas foi bom tê-lo assistido no auge...

a idade jaja chega no jones

as 2 ultimas lutas ele não pareceu tão imbatível como de costume

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now