Yuri09

Dana libera Cris Cyborg de contrato com UFC: "Pode ir para onde quiser"

Recommended Posts

1 hora atrás, NEGO DÁGUA disse:

Só fico meio frustrado pq não teve luta com Amanda no caso a revanche , mas no mais a fez CERTO , existe vida pós o UFC.

Lógico.

Tem que tirar a moral desse maluco, ele precisa ver que não é bem assim.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Estava falando em contratações futuras pro Rizin....e vi agora essa. Quem sabe...

Não curto tanto luta feminina, mas podia ser uma...

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 horas atrás, Odorico disse:

Mas salvo engano ela recentemente já disse que toparia a revanche, não?

No mais, acho até melhor pra Cyborg. Assim ao menos ela tem uma narrativa.

Não creio que ela vencesse a Amanda numa revanche. Amanda é forte como ela e mais técnica. Cyborg foi brutalizada e isso contaria numa revanche. Além disso, é só ver como a Amanda venceu a Holm e como a luta da mesma Holm com a Cyborg foi parelha. Tudo isso entra no 8.

Amanda é chata bagarai nas entrevistas, mas está em outro patamar!

Essa é uma verdade inconveniente por aqui. Rs

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, monstro disse:

Como que O Dana liberou ela do contrato com UFC se o contrato dela ja tinha acabado? E como se eu fosse demitido do me trabalho depois de pedir demissao.

Mentiu pra se enturmar hehehehe. Piá de prédio.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A Cyborg n quer essa luta. Pra mim, tudo leva a crer que  n quer. 

 Vejam só : ela recebeu propostas interessantes financeiramente; esse contexto de imbróglio com o evento, de alguma maneira conseguiu aplacar o impacto da derrota e, felizmente, seu  poder de barganha se manteve preservado na praça. Ante as investidas dos outros eventos,  o controle da situação continua sendo dela. O preço é ela quem dá. 

Agora, vamos pensar um pouco 

Pq que ela deveria lutar contra alguém cujas chances de derrota são gigantes -  e n seria surpresa se fosse de forma igualmente brutal( por questões de estilo e vícios)  -  e  arriscar perder por completo direção dos acordos, passando a ser o lado mais fraco das negociações?

Ainda que  n viesse a se tornar a parte fraca -  pelo nome que tem, provavemente conservaria os bons termos - mas concordam que em alguma parcela o seu passe se desvalorizaria? Ou não ?  Alguém tem dúvidas ?

Além disso, esqueçamos o financeiro. N é só sobre grana... E o brio ? E o ego e o emocional despedaçados  após uma  eventual segunda derrota?

A sensação de que eles estavam certos doeria eternamente. A imagem pública de deusa das lutas seria sobreposta pela de uma lutadora que pegou várias frangas e que n hora do vamo ver foi expulsa do evento na base da pancada.

Isso garantiria risadas eternas do Dana. Essas seriam as impressões do fã médio.

Lembrando que, ainda que se fale em fibra, chuteboxe e coisa e tal, existe um aspecto psicológico que deve ser levado em consideração: N estamos falando de um lutadora conhecedora dos tropeços   e já anestesiada por derrotas;  de alguém que encara um revés apenas como um dia ruim de trabalho- tipo o Vitor, o Lyoto ou Cigano.

Cyborg está em outro patamar e foi mimada por uma década. Caso as coisas tomassem esse rumo, n seria surpresa se ela aposentasse. 

Por tudo isso, o custo benefício dessa luta acaba sendo horrível.

E aí caímos na seguinte questão :  se mesmo num contexto de uma derrota acachapante ela  consegue examinar  com frieza os custos e os riscos e optar por n lutar,  talvez n seja tão old school assim, hein  ? Essa valentia desmesurada de quem nunca deixaria barato, acretido que faça parte  da mitologia criada pelos fãs.  O que n tem problema algum. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na hora vamo ver, quando o caldo engrossou, ela se mostrou muitíssimo inteligente e bem sagaz  no discurso:   1) Em público alega desejar a revanche -  o que de maneira alguma legitima um desejo real de lutar - na dá pra se apoiar no qué  é falado em público. Num contexto desses, o lutador joga com a galera mesmo .

2) Com isso, consegue cativar seus torcedores, joga a batata quente pra o UFC e faz  parecer que é maltrada, que o desacordo parte da empresa e que  o Dana a oprimi. Pra expressar o complô contra ela, evoca falas de 2014. Sendo que nesse meio tempo, os rendimemtos foram polpudos e, pelo menos em cifras, foi extremamente bem tratada.

Sairá bem pois deixará pra os fãs o benefício da dúvidas, uma galera nutrirá a ideia de foi um acidente de percurso e que a saída se deveu às presepadas do Dana e aos maltratos do evento.  Excelente jogada. Ta mais do que certa. Eu faria exatamente o mesmo. Arriscaria ser nocauteado brutalmente de novo e perder o poder de fala ? Jamais. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na hora vamo ver, quando o caldo engrossou, ela se mostrou muitíssimo inteligente e bem sagaz  no discurso:   1) Em público alega desejar a revanche -  o que de maneira alguma legitima um desejo real de lutar - na dá pra se apoiar no qué  é falado em público. Num contexto desses, o lutador joga com a galera mesmo .

2) Com isso, consegue cativar seus torcedores, joga a batata quente pra o UFC e faz  parecer que é maltrada, que o desacordo parte da empresa e que  o Dana a oprimi. Pra expressar o complô contra ela, evoca falas de 2014. Sendo que nesse meio tempo, os rendimemtos foram polpudos e, pelo menos em cifras, foi extremamente bem tratada.

Sairá bem pois deixará pra os fãs o benefício da dúvidas, uma galera nutrirá a ideia de foi um acidente de percurso e que a saída se deveu às presepadas do Dana e aos maltratos do evento.  Excelente jogada. Ta mais do que certa. Eu faria exatamente o mesmo. Arriscaria ser nocauteado brutalmente de novo e perder o poder de fala ? Jamais. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
41 minutos atrás, Luiz Melo disse:

Na hora vamo ver, quando o caldo engrossou, ela se mostrou muitíssimo inteligente e bem sagaz  no discurso:   1) Em público alega desejar a revanche -  o que de maneira alguma legitima um desejo real de lutar - na dá pra se apoiar no qué  é falado em público. Num contexto desses, o lutador joga com a galera mesmo .

2) Com isso, consegue cativar seus torcedores, joga a batata quente pra o UFC e faz  parecer que é maltrada, que o desacordo parte da empresa e que  o Dana a oprimi. Pra expressar o complô contra ela, evoca falas de 2014. Sendo que nesse meio tempo, os rendimemtos foram polpudos e, pelo menos em cifras, foi extremamente bem tratada.

Sairá bem pois deixará pra os fãs o benefício da dúvidas, uma galera nutrirá a ideia de foi um acidente de percurso e que a saída se deveu às presepadas do Dana e aos maltratos do evento.  Excelente jogada. Ta mais do que certa. Eu faria exatamente o mesmo. Arriscaria ser nocauteado brutalmente de novo e perder o poder de fala ? Jamais. 

 

 

43 minutos atrás, Luiz Melo disse:

Na hora vamo ver, quando o caldo engrossou, ela se mostrou muitíssimo inteligente e bem sagaz  no discurso:   1) Em público alega desejar a revanche -  o que de maneira alguma legitima um desejo real de lutar - na dá pra se apoiar no qué  é falado em público. Num contexto desses, o lutador joga com a galera mesmo .

2) Com isso, consegue cativar seus torcedores, joga a batata quente pra o UFC e faz  parecer que é maltrada, que o desacordo parte da empresa e que  o Dana a oprimi. Pra expressar o complô contra ela, evoca falas de 2014. Sendo que nesse meio tempo, os rendimemtos foram polpudos e, pelo menos em cifras, foi extremamente bem tratada.

Sairá bem pois deixará pra os fãs o benefício da dúvidas, uma galera nutrirá a ideia de foi um acidente de percurso e que a saída se deveu às presepadas do Dana e aos maltratos do evento.  Excelente jogada. Ta mais do que certa. Eu faria exatamente o mesmo. Arriscaria ser nocauteado brutalmente de novo e perder o poder de fala ? Jamais. 

Lá vem vc entrando na cabeça dos lutadores sabendo o que pensam sentem etc.

Pode ser isto daí que vc falou? Pode

Ou de repente ela apenas não queria mais ficar presa a uma empresa que não trata ela bem

De repente não era interessante msm se vencer Amanda ficar campeã de uma categoria que não existe

De repente ver vantagens em ser free agent poder fechar o patrocínio que quiser e ainda lutar em lugares que vc não vai no doping até por suplemento

Pode ser isto daí que eu falei é isto é decisão racional de mercado não tem que acreditar que leu os pensamentos da atleta quando ela chorava na cama de casa de noite

Abs

Share this post


Link to post
Share on other sites

Dana é um fdp.

Amanda seria favorita e hoje  concordo com quem diz que ela é a maior de todas. 

Cris sempre quis a revanche. So não é o estilo dela fazer teatro pra conseguir luta. O que ela não quer é ficar no UFC caso vença. É tão dificil entender isso?

Pq não so a revanche ? Pq ela teria que entender a necessidade do UFC em não ter uma campeã saindo como campeã, uma vez que ela nao se sente valorizada onde está? 

Eu nao poderia interpretar tb que Dana colocou a cláusula da campeã pra inviabilizar a luta? Pq inicialmente ele falou a imprensa que daria um contrato de uma luta. Uma luta é uma luta seja ela derrota ou vitória. Ponto

Dana tem Cris como desafeto desde sempre  Foda-se ele. Cris ta certa.

Tem coisas que dinheiro não deveria comprar. E  para algumas pessoas não compra. 

Agora, se eu sou ela desafiaria Amanda de onde estivesse. 

https://sportv.globo.com/site/combate/noticia/cris-cyborg-mantem-bom-humor-apos-derrota-mas-pede-revanche-e-discorda-de-amanda-melhor-da-historia.ghtml

Eu quero a revanche, é lógico. Você perde uma luta e você quer lutar a revanche. Se eu não quisesse a revanche e não quisesse lutar, não estaria aqui sentada, não estaria lutando - disse Cyborg.

A curitibana também comentou a declaração do presidente do UFC, Dana White, que Amanda Nunes teria se estabelecido como a melhor lutadora de todos os tempos com o triunfo sobre ela. Cyborg discordou do veredicto, e se disse mais uma vez pronta para uma revanche.

- Dana White disse que quem vencer hoje será a melhor. Amanda venceu hoje, OK, mas ela tem quatro derrotas, e eu só tenho duas derrotas. Como ela pode ser a melhor? E eu posso fazer uma revanche com ela, eu não sou o tipo de pessoa que desiste, eu nunca paro, eu continuo treinando. Para me parar, tem que fazer o que ela fez, porque eu continuo indo. Eu nasci para isso. Se ela bateu duro, eu bato mais duro. Eu amo isso - afirmou Cyborg.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
36 minutos atrás, MV8 disse:

 

 

Lá vem vc entrando na cabeça dos lutadores sabendo o que pensam sentem etc.

Pode ser isto daí que vc falou? Pode

Ou de repente ela apenas não queria mais ficar presa a uma empresa que não trata ela bem

De repente não era interessante msm se vencer Amanda ficar campeã de uma categoria que não existe

De repente ver vantagens em ser free agent poder fechar o patrocínio que quiser e ainda lutar em lugares que vc não vai no doping até por suplemento

Pode ser isto daí que eu falei é isto é decisão racional de mercado não tem que acreditar que leu os pensamentos da atleta quando ela chorava na cama de casa de noite

Abs

Bom post, disse tudo.

"Pode ser" que a Cyborg esteja grávida, e não consiga perder peso (tendo em vista que, na verdade, nos 9 meses que virão, só irá ganhar peso)... E com isso, esteja jogando pra galera, e contra o "sempre esperto" e "ótimo empresário" Dana White.

"Pode ser" também que Cyborg esteja, como Dana White alega, mudando de sexo, e com isso, descubram que a mesma é uma mentirosa, e que na verdade, deveria estar lutando entre os homens.

Na realidade? Por favor... Quantas teorias da conspiração, quanta baboseira. "Cyborg não aguentaria uma nova derrota", mas por quê??? GSP não superou? Minotauro?? Crocop??? BJ Penn???? "Faz parecer que é maltratada", putz, "Cyborg tem pênis", "parece o Wanderlei", "tá com medo de uma revanche", são frases bem profissionais, que a gente escuta de qualquer presidente de grande empresa, se dirigindo a seus funcionários.

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, Ominöser disse:

É você Dana? 

Cara, a Cyba quer a revanche e depois do caso de dopping ela foi uma das atletas mais testadas e nunca mais caiu.

 

E Jon Jones? Ele está preocupado com doping?

Esqueçam Dana!

Ele ficou muito preocupado com as declarações da Cyborg que eu entendi como uma ameaça de processo e etc...

Edited by Axiotis

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 horas atrás, alfred disse:

A amanda deveria se manifestar a respeito. Deveria manifestar qye estava aberta à revanche. 

Ja fez. Cyborg tá querendo tirar onda depois de ser atropelada no 1 round. Na moral...

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, MV8 disse:

 

 

Lá vem vc entrando na cabeça dos lutadores sabendo o que pensam sentem etc.

Pode ser isto daí que vc falou? Pode

Ou de repente ela apenas não queria mais ficar presa a uma empresa que não trata ela bem

De repente não era interessante msm se vencer Amanda ficar campeã de uma categoria que não existe

De repente ver vantagens em ser free agent poder fechar o patrocínio que quiser e ainda lutar em lugares que vc não vai no doping até por suplemento

Pode ser isto daí que eu falei é isto é decisão racional de mercado não tem que acreditar que leu os pensamentos da atleta quando ela chorava na cama de casa de noite

Abs

Tem gente que chegue ao ápice dos delírios né meu amigo...kkkk

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now