Walter Leão

Aos 40 anos, ‘Massaranduba’ se inspira em Urijah Faber para nocautear Hernandez

Recommended Posts

18 de julho de 2019
Felipe Paranhos, em Salvador (BA)
e440a63a16f77fab557d587081ec33bd.jpg

Veterano quer dosar o gás para não se cansar antes do rival Hernandez – Leandro Bernardes

Urijah Faber agitou o mundo do MMA ao derrotar Ricky Simón no último sábado (13), dois anos e meio depois de decretar a sua aposentadoria. E a vitória do peso-galo (61 kg) de 40 anos serve de inspiração para outro ‘quarentão’: Francisco ‘Massaranduba’ concedeu entrevista exclusiva à reportagem da Ag. Fight e explicou o que a experiência dentro do octógono lhe ensinou.

Neste sábado (20), no UFC San Antonio, ‘Massaranduba’ enfrenta Alexander Hernandez, 14 anos mais jovem. O piauiense lembrou que os cuidados com o corpo precisam ser reforçados aos 40, mas destacou que a qualidade da preparação para as lutas depende também de uma questão psicológica: saber até onde pode treinar, para evitar desgaste desnecessário.

“Tudo é maturidade, não importa a idade. É saber descansar, saber treinar. E viver uma vida regrada. Dependendo da idade da gente, a gente não pode viver igual jovem. O treinamento da gente é muito cansativo, então você tem que ter a vida regrada, bastante descanso, alimentação boa, e eu me sinto um molecão. Treino só com moleque mais novo que eu, e eles sabem o aperto que eles levam, né? Eu também não tenho ego, então faço meu treino junto com os molecões, e se não der pra mim, eu vou falar. Mas, graças a Deus, sempre deu”, declarou o brasileiro.

“Eu me preocupo com a noite. Porque o descanso é tudo, a noite bem dormida é boa, no outro dia você está zerado para o treino, e eu foco no meu descanso. Porque eu sei que o treino eu vou fazer. Pode mandar eu subir em qualquer morro, pode mandar eu fazer o que quiser, que eu vou fazer. Minha cabeça é programada para fazer o que o professor manda. E, se o Hernandez não tiver treinado igual a mim, ele não vai aguentar, não”, completou.

Diante de um atleta tão mais jovem, Francisco deixou claro que seu sucesso no duelo de sábado depende de quão capaz ele será de usar a experiência a seu favor. O brasileiro, que já tem 29 lutas profissionais e 13 anos de carreira, sabe que não pode tentar disputar quem tem mais capacidade cardiorrespiratória com Alexander.

“Você tem que botar força na hora certa. Explodir na hora certa. Não vou trocar juventude com ele, né? É não deixar ele me dirigir. Eu que tenho que dirigir ele. Eu não vou trocar o meu pulmão pelo dele. O pulmão dele está em dia, mas a inteligência está comigo”, destacou, em entrevista à Ag. Fight.

Desde 2017, ‘Massaranduba’ tem sido escalado ora com um lutador muito mais jovem, ora com um também experiente. Após perder de Kevin Lee, ele derrotou o veteraníssimo Jim Miller, perdeu para James Vick e ganhou de Evan Dunham naquela que foi a última luta da carreira do americano.

Share this post


Link to post
Share on other sites
33 minutos atrás, JOAO MIR JJ disse:

Deve ser o único que os brasileiros que acompanham mma torcem sem exceção.

Além de ser um cara humilde, faz boas lutas ,já venceu muitos caras bons e é pedreira pra qualquer um,  tenho muitas dúvidas se o Edson Barbosa por exemplo, que é top 10, venceria ele, visto que o Massaranduba nunca foi nocauteado e tem muito poder de nocaute.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cara Massaranduba e quase que unanimidade, todo mundo gosta dele, estava num ritmo bom , sete vitorias seguidas ai perdeu, a idade ja chega, mas e um cara que sempre tera nossa torcida

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 hours ago, Genilson Lopes said:

Vai lá e dá show como sempre Massara, perdendo ou ganhando mantenha esse espírito...

Que ganhe algum bônus no evento pra ajudar "as criança" lá...

Exemplo!

Não a toda tem 17 lutas no evento. Enquanto q a média dos brasileiros rua PASSAM  pelo evento  q posso acompanhar e de 3-7 

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, ravi disse:

Não a toda tem 17 lutas no evento. Enquanto q a média dos brasileiros rua PASSAM  pelo evento  q posso acompanhar e de 3-7 

17 lutas e 13 vitórias, uma das melhores médias vitórias/ derrotas no UFC entre os brasileiros.

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 hours ago, Walter Leão said:

17 lutas e 13 vitórias, uma das melhores médias vitórias/ derrotas no UFC entre os brasileiros.

Media top.    Só de ufc o Massaranduba tem 17 lutas.   O lendario tigre  , por exemplo, tem 19 lutas no total.    Massaranduba tem uma carreira ótima. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Das 17 lutas dele 13 foram no Brasil. Ele também tem sorte do Ufc adorar fazer evento aqui. E o típico lutador de evento do Ufc no Brasil. Sempre contra gringos

 Agora e a vez dele de ir p casa do oponente . 

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 minutos atrás, ravi disse:

Das 17 lutas dele 13 foram no Brasil. Ele também tem sorte do Ufc adorar fazer evento aqui. E o típico lutador de evento do Ufc no Brasil. Sempre contra gringos

 Agora e a vez dele de ir p casa do oponente . 

Das 5 derrotas só um cara o dominou os 3 rounds que foi Michael Chiesa, de resto perdeu só em luta parelha.

Share this post


Link to post
Share on other sites
19 minutos atrás, Walter Leão disse:

Das 5 derrotas só um cara o dominou os 3 rounds que foi Michael Chiesa, de resto perdeu só em luta parelha.

O próprio Kevin Lee ele ganhou o primeiro round pelo que eu me lembre, ai entrou aquele chute na cabeça no segundo e acabou sendo finalizado, mas estava sendo luta duríssima para o Lee. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now