Sign in to follow this  
Daniel Mendoza

Homenagem Pernell "Sweet Pea" Whitaker

Recommended Posts

 

Acabei de saber que o  ele morreu ontem (14/07) em um atropelamento*. Quem gosta de boxe certamente já o conhece, mas quem não o conhece, sugiro que procure conhecer. Figura importantíssima, empatou com o JCC quando este era P4P e invicto, e para muitos o embate foi injusto. Uma das melhores defesas da história do boxe moderno, excelentes contra golpes, ataques, movimentação, posicionamento. Um monstro. Vale a pena conhecer. O YouTube está cheio de lutas completas dele.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acabei de ver a notícia. Foi atropelado. Acompanhei muitas lutas dele naqueles longínquos anos 90, inclusive essa com o JC Superstar. Muito triste com a notícia.

Abraços

Share this post


Link to post
Share on other sites

Integrante do Hall da Fama do Boxe morre em atropelamento nos Estados Unidos

Ag Fight

Pernell Whitaker, integrante do Hall da Fama do Boxe, morreu no último domingo (14), em decorrência de um atropelamento na cidade de Virginia Beach. O ex-pugilista de 55 anos foi medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos de Los Angeles, em 1984, e conquistou os títulos dos leves (61,2 kg) da Federação Internacional de Boxe (IBF), do Conselho Mundial de Boxe (WBC) e da Associação Mundial de Boxe (WBA).

Por estas entidades, respectivamente, ele obteve ainda os cinturões dos superleves (63,5 kg), dos meio-médios (66,7 kg) e dos supermeio-médios (69,8 kg), alcançando o auge da carreira no fim da década de 1980, quando deu início a uma invencibilidade que durou de 1988 até 1997 – Pernell perdeu para Oscar de la Hoya na disputa do título meio-médio do Conselho Mundial de boxe.

Ao jornal Virginia Pilot, o filho mais novo de Pernell, Devon Whitaker, lamentou a morte do pai. Ele deu a entender que o acidente foi uma fatalidade, sem culpar diretamente o motorista que atingiu o ex-boxeador.

“Ele estava vestindo roupas escuras, a pista estava escura e o motorista não o viu”, declarou, destacando que o pai era um “cara legal”. “Isso é tudo o que eu posso dizer dele. Não posso falar nada sobre como estou me sentindo, porque estou chocado. Ainda estou tentando processar tudo o que está acontecendo. Mas ele era um cara legal”, acrescentou.

Whitaker foi indicado ao Hall da Fama do Boxe em 2007, pela ‘ala moderna’ da honraria. A entidade declarou que está com as bandeiras a meio mastro em tributo a ‘Sweetpea’, como o americano era chamado enquanto profissional.

“Do ouro olímpico aos títulos mundiais em quatro categorias diferentes, Pernell Whitaker foi um dos maiores boxeadores a já terem colocado um par de luvas. Todos neste Hall da Fama se juntam à comunidade do boxe ao lastimar a morte dele e oferecem nossas condolências à família”, afirmou o diretor executivo do Hall da Fama, Edward Brophy, em nota oficial.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this