Sign in to follow this  
Tempo_ruim

Rodolfo Vieira é contratado pelo UFC e estreia no Uruguai contra Oskar Piechota

Recommended Posts

Invicto no MMA, pentacampeão mundial na arte suave fará sua primeira luta no UFC no dia 10 de agosto, no peso-médio (até 84kg), contra Oskar Piechota.

Pentacampeão mundial de jiu-jítsu e invicto no MMA, Rodolfo Vieira é o novo contratado do Ultimate. A informação foi publicada primeiramente pelo "The Athletic" e confirmada pelo Combate.com com fontes ligadas à companhia. O lutador chega para o elenco de pesos-médios (até 84kg) da organização e fará sua estreia no card do Uruguai, dia 10 de agosto, contra Oskar Piechota.

Desde que migrou para as artes marciais mistas, Rodolfo, de 29 anos, fez cinco lutas profissionais e venceu todas elas. Nas últimas três, ele atuou no evento russo ACA (antes chamado de ACB) e bateu seus três oponentes no primeiro assalto. Em seu compromisso mais recente, finalizou o até então invicto em 10 confrontos Vitaliy Nemchikov em apenas 2m01s de duelo, com um mata-leão.

Piechota também tem 29 e cartel de 11 vitórias, uma derrota e um empate. No Ultimate ele fez três lutas e venceu as duas primeiras. Na última, foi finalizado por Gerald Meerschaert no segundo round, em julho do ano passado.

UFC Montevidéu
10 de agosto, no Uruguai
CARD DO EVENTO (até o momento):
Peso-mosca: Raulian Paiva x Rogério Bontorin
Peso-mosca: Taila Santos x Ashlee Evans-Smith
Peso-pesado: Raphael Bebezão x Ciryl Gané
Peso-galo: Chris Gutierrez x Geraldo de Freitas
Peso-médio: Oskar Piechota x Rodolfo Vieira

https://sportv.globo.com/site/combate/noticia/astro-do-jiu-jitsu-rodolfo-vieira-e-contratado-pelo-ultimate-e-estreia-no-uruguai.ghtml?fbclid=IwAR3UUiUffxIp820lr8wUYpSN1lV8DeSXKNQCkB7PJauvHsjoL57ljTmwgfw

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
30 minutos atrás, Lucas Timbó disse:

Eterno caçador de faixa preta. Saudade de ver esse cara lutando pano, um dos poucos que dá gosto de ver lutar

Também sinto falta

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mosntrão! Ganhou quase tudo de 2009 a 2014. Não sei como se adaptou ao MMA, pois não cheguei a ver nenhuma luta. Se tiver com o wrestling e judo em dia a adaptado, vai fazer um barulho!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Venceu sua ultima luta no leste europeu semana passada. Monstro do grappling. Alguém sabe a trocação a quantas anda? Vi no cartel que ele nocauteou um dos adversários. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que foi muito cedo. Mesmo não sendo mais um garoto acho que deveria ganhar mais um ou dois anos de experiência.

Mas em alguma dourar ele já mostrou una preocupação na transição de boxe para queda, o que ao meu ver é o caminho para os jiu jiteiro. 

Sucesso para ele!

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, Henry Chinasky disse:

Venceu sua ultima luta no leste europeu semana passada. Monstro do grappling. Alguém sabe a trocação a quantas anda? Vi no cartel que ele nocauteou um dos adversários. 

Trocação muito limitada ainda. Muito inferior a do Demian por exemplo. Tomara que trabalhem ele com o baixo clero primeiro senão ele fatalmente vai ser tirado pra nada e sair do evento. Boa sorte monstro. Oss

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se tiver treinando trocacao corretamente para fazer o que ele faz de melhor ele pode ir longe, se tiver treinando pra querer trocar vai tomar um nocautao logo logo...bem assessorado ele ta, treinando com o Liborio, Wrestling nos EUA mas vi uma luta dele no Shooto que foi muito ruim, acabou conseguindo finalizar no finalzinho um cara que nem é atleta profissional masque deu um sufoco nele em pé...espero que tenha aprendido e torço pra que vá longe, o Jiu Jitsu Brasileiro tá precisando de bons representantes.

Share this post


Link to post
Share on other sites
31 minutos atrás, Toolbox disse:

Trocação muito limitada ainda. Muito inferior a do Demian por exemplo. Tomara que trabalhem ele com o baixo clero primeiro senão ele fatalmente vai ser tirado pra nada e sair do evento. Boa sorte monstro. Oss

Valeu, irmão.

Ultima lura dele   Bem pouco a vontade em pe ainda...

 

Entrevista antes da última luta:

Sem lutar há um ano, Rodolfo revela que aprimorou o seu jogo e valoriza rival no ACA 96: ‘Vou me testar’

Por Diogo Santarém Um dos maiores nomes do Jiu-Jitsu, Rodolfo Vieira terá neste sábado (8), na Polônia, o quinto desafio no MMA – até o momento, são quatro vitórias e nenhuma derrota. O faixa-preta vai enfrentar o russo Vitaliy Nemchinov pelo ACA 96. À TATAME, o casca-grossa comentou sobre o período de um ano sem lutar.

Por Diogo Santarém

Um dos maiores nomes do Jiu-Jitsu, Rodolfo Vieira terá neste sábado (8), na Polônia, o quinto desafio no MMA – até o momento, são quatro vitórias e nenhuma derrota. O faixa-preta vai enfrentar o russo Vitaliy Nemchinovpelo ACA 96. À TATAME, o casca-grossa comentou sobre o período de um ano sem lutar. O carioca frisou que intensificou os treinos neste período e buscou aprimorar o seu jogo na Fusion X-Cell em Orlando (EUA).

“Esse período sem lutar foi bom. Eu tinha que repensar algumas coisas, depois da minha última luta, eu achei melhor tirar esse tempo pra mim. Claro que eu queria ter lutado antes. Mas aí, os caras marcaram a luta só em junho, está ótimo. Como eu falei, tive mais tempo ainda e foi bom. Estou bem preparado, melhorei pra caramba o meu jogo. Eu estou mais confiante. Esse um ano parado me fez muito bem. Eu acho que o tempo parado só lhe prejudica, se você tiver realmente parado. Agora, se você ficar da forma que eu fiquei, treinando sem parar, não prejudica, não. Ajuda até, pra falar a verdade”, destacou Rodolfo.

Sobre o oponente, que vem de dez vitórias seguidas, Rodolfo disse que está animado com o desafio. O lutador destacou a importância de encarar Nemchinov e disse que precisava de um oponente assim para se testar, de fato, dentro do MMA.

“Ele é quase um invicto né. Ele não é invicto, se não me engano, ele perdeu a primeira luta e depois ganhou dez seguidas. É um cara duro pra caramba, vai ser o atleta mais duro que eu vou lutar na minha carreira no MMA. Não me impressiona muito, não. Eu o respeito, da mesma forma que o cartel dele fosse ao contrário: uma vitória e dez derrotas. Isso, pelo contrário, estava precisando de uma luta dessa forma, de um cara como esse para me testar e ver se é isso mesmo que eu quero para a minha vida (risos). Vai ser legal, vai ser bom. Uma vitória em cima dele vai ser muito importante para a minha carreira”, destacou.

Confira outros trechos da entrevista de Rodolfo Vieira:

-Camp para o compromisso no ACA 96

O camp foi ótimo. Eu estou em uma fase muito boa. Estou me sentido bem. Estou preparado, porque venho treinando há muito tempo. A expectativa é boa, agora é chegar lá e tentar fazer o que eu estava fazendo nos treinos, que aí vai dá tudo certo.

-Foco nos treinos sem ter luta marcada

É muito difícil treinar sem ter luta marcada. Você tem que ter muita disciplina para seguir treinando, sem a perspectiva de lutar. Mas, como eu falei até em um vídeo que eu postei no meu canal, eu treino para tentar ser bom, para tentar ser o melhor. Eu treino para evoluir. Essa é a minha motivação, ser o melhor. A cada dia que passa, estou um pouquinho melhor. Não fico dependendo de luta só para treinar, assim como era no Jiu-Jitsu. Só que no Jiu-Jitsu era mais tranquilo, porque você sabia quando ia lutar, já tinha as datas certinhas. Mesmo assim, eu estava sempre treinando e pensando em melhorar e evoluir todos os aspectos do meu jogo.

-Análise do oponente Vitaly Nemchinov

Eu vi algumas lutas dele, ele luta bem em pé, derruba bem também. Usa um pouco o Jiu-Jitsu, mas não é um cara tão bom no chão. Tem uma trocação boa, um bom Boxe e chuta bem também. Vai ser um cara complicado. Mas, eu vou estar pronto e preparado para lutar com ele. A estratégia é fazer a mesma coisa que eu fiz nas outras: primeira oportunidade que eu tiver, colocar para baixo e tentar acabar a luta o mais rápido possível.

-Evolução nos treinos neste período parado

Uma boa evolução na parte em pé. Aqui eu fiz muito sparring. Estou desde dezembro fazendo sparring. Fiz bastante escolinha, estou me sentindo muito confiante, porque aqui tem muito cara do meu nível. Isso é bom pra mim, que aí eu consigo me soltar mais, tentar as técnicas que eu faço, tentar coisas novas, sem muito medo. É isso, eu não pretendo lutar em pé em nenhuma luta. Primeira oportunidade que eu tiver para levar para o chão e acabar a luta, eu vou fazer. É aquilo, eu tenho que tá preparado, porque se eu não conseguir derrubar, eu tenho que tá pronto para trocar em pé. Isso aí é o mais importante. Eu não quero provar nada pra ninguém que eu estou bom em pé. Se eu tiver que provar, será pra mim. Eu estou em uma equipe boa pra caramba, que é a Fusion. Os treinadores são bons, está tudo alinhado aqui. Estou me sentindo muito bem.

-Busca por sempre representar o Jiu-Jitsu no MMA

O meu objetivo vai ser sempre chegar lá e colocar o Jiu-Jitsu em prática. Só que as pessoas não entendem que é difícil. Não é porque somos faixas-pretas de Jiu-Jitsu que vamos chegar lá, botar pra baixo e finalizar. Os caras treinam isso, os caras que vão lutar contra gente, treinam muito as defesas de quedas, defesas para levantar, defesas para não serem finalizados. Não dá para você depender só do Jiu-Jitsu. É claro que esse vai ser sempre o meu objetivo. Mas lógico: eu vou sempre representar o Jiu-Jitsu, que está no meu sangue. Se eu fizer mais dez lutas e eu tiver a oportunidade de derrubar e finalizar, eu quero fazer. Eu quero me tornar um lutador completo.

-Chance de participar de torneios de Jiu-Jitsu

O (Black Belt) CBD acho que, infelizmente, não vai ter outro evento. Eles não falaram nada. Não sei, talvez no fim do ano eu faça uma luta de quimono. Se aparecer uma coisa boa, aí eu entro. Se o prêmio for bom, eu entro. Fora isso, eu vou mater o meu foco no MMA mesmo.

https://esportes.r7.com/tatame/sem-lutar-ha-um-ano-rodolfo-revela-que-aprimorou-o-seu-jogo-e-valoriza-rival-no-aca-96-vou-me-testar-08062019

Share this post


Link to post
Share on other sites

A trocação realmente é limitada demais ainda, como quase todo jiu-jiteiro que migra pro MMA. Rodolfo deveria aprimorar o shadow boxe como o Demian fez, o jogo é treinar boxe pra encurtar e botar pra baixo. O wrestling dele é de bom nível

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Toolbox disse:

Trocação muito limitada ainda. Muito inferior a do Demian por exemplo. Tomara que trabalhem ele com o baixo clero primeiro senão ele fatalmente vai ser tirado pra nada e sair do evento. Boa sorte monstro. Oss

Inferior a do Demian??? É  isso mesmo? Demian pra mim é  zero em trocação

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tem 29 bom vamos ver se vai até uns 37 aí sim terá tempo terá que aprender lutar em pé dentro do UFC.

Cara mágico pra isso é o Rafael Cordeiro sei que Katel é monstro mas cara do zero e virar um lutador de porrada é o Rafael

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this