Sign in to follow this  
Eder Jofre55

Lineker pressiona UFC por mais lutas: “Não posso sobreviver assim”

Recommended Posts

Lineker pressiona UFC por mais lutas: “Não posso sobreviver assim”

 
Ag Fight
lineker.jpg

Lineker sofreu um revés no seu último confronto, contra Sandhagen – Diego Ribas

John Lineker decidiu não mais esperar calado. Tendo feito apenas uma luta por ano em 2019, 2018 e 2017, o paranaense usou o Twitter para pressionar o UFC a marcar combates para ele, insinuando que a sua pouca atividade é uma decisão voluntária dos matchmakers da organização. Para provar seu ponto, ele comparou sua situação com a de Cory Sandhagen, seu mais recente adversário, que enfrentará Raphael Assunção em agosto — naquele que é o quarto compromisso do americano no octógono em um ano.

‘Mãos de Pedra’ apontou sua mira para Sean Shelby, executivo do UFC que organiza as lutas do peso-galo (61 kg). De acordo com Lineker, se é para continuar lutando tão pouco, é melhor ser liberado para assinar contrato com outra organização.

“Meu último adversário lutou quatro vezes em um ano. E ele já tem outra luta! Sean gosta dele! Eu lutei só quatro vezes desde 2016! Eu preciso lutar! Se vocês não gostam de mim ou do meu estilo, simplesmente me deixem ir embora!”, escreveu (veja abaixo ou clique aqui).

Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, o brasileiro afirmou que tem trabalhado em um pet shop para se manter enquanto não tem um novo combate marcado. Ele declarou ainda que não teve resposta do UFC às suas queixas.

“Lutei quatro vezes desde 2016. Tenho cinco filhos. Preciso pagar as minhas contas. Não posso sobreviver assim”, falou. “Não sei se existe algo pessoal contra mim. Se existir, basta me dizer e me deixar ir embora, porque tenho que lutar. Tenho de seguir em frente. É a minha carreira, a minha vida. Não posso ficar parado deste jeito”, completou.

Apesar de ter apenas 28 anos, Lineker já fez 40 lutas profissionais de MMA. O natural de Paranaguá (PR) tem 31 vitórias e somente nove derrotas. No Ultimate desde 2012, John obteve 12 triunfos e sofreu quatro reveses no octógono, o último deles contra Sandhagen, por decisão dividida.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os lutadores brasileiros ainda não entenderam que MMA não é um esporte igual basquete e futebol. MMA é um show de lutas que se sustenta pelo pay-per-view. 

Infelizmente ou felizmente o lutador tem que se vender e chamar a atenção, nem que seja na base do trash talking .  Veja a fortuna do Connor, que também luta uma vez por ano. 

Os lutadores bonzinhos e bem comportados sempre vão ter dificuldades para pagar as contas dentro do MMA. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

"Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, o brasileiro afirmou que tem trabalhado em um pet shop para se manter enquanto não tem um novo combate marcado"

Está aí a explicação do motivo de não termos tantos mais brasileiros campeões. a maioria dos lutadores ou ainda tem que dar aula/seminário para viver, ou ainda ter um emprego paralelo.

Pega os norte americanos por exemplo, os caras podem viver da luta. Shane Carwin era engenheiro, mas alguém duvida que se ele quisesse, ele lutaria mais vezes ao ano e ganharia bem mais?

 

 

36 minutos atrás, Ocram disse:

Os lutadores brasileiros ainda não entenderam que MMA não é um esporte igual basquete e futebol. MMA é um show de lutas que se sustenta pelo pay-per-view. 

Infelizmente ou felizmente o lutador tem que se vender e chamar a atenção, nem que seja na base do trash talking .  Veja a fortuna do Connor, que também luta uma vez por ano. 

Os lutadores bonzinhos e bem comportados sempre vão ter dificuldades para pagar as contas dentro do MMA. 

 

Concordo 100% com a afirmação de que o mma não é um esporte, mas na moral? ainda assim não justifica essa situação.

Edited by rivvithead

Share this post


Link to post
Share on other sites

A grande verdade é que depois que o Joe Silva saiu do UFC as coisas ficaram difíceis, Sean Shelby  não se da o trabalho nem de responder prontamente os emails. conheço vários managers com a mesma reclamação , enquanto ao mesmo tempo favorece outros lutadores com mais lutas ( na maioria americanos)

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 hours ago, rivvithead said:

"Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, o brasileiro afirmou que tem trabalhado em um pet shop para se manter enquanto não tem um novo combate marcado"

Está aí a explicação do motivo de não termos tantos mais brasileiros campeões. a maioria dos lutadores ou ainda tem que dar aula/seminário para viver, ou ainda ter um emprego paralelo.

Pega os norte americanos por exemplo, os caras podem viver da luta. Shane Carwin era engenheiro, mas alguém duvida que se ele quisesse, ele lutaria mais vezes ao ano e ganharia bem mais?

 

 

 

Concordo 100% com a afirmação de que o mma não é um esporte, mas na moral? ainda assim não justifica essa situação.

lineker ta morando nos EUA, não?

Share this post


Link to post
Share on other sites
38 minutos atrás, ravi disse:

lineker ta morando nos EUA, não?

Não sei, mas ainda é um brasileiro que trabalha paralelamente aos treinos rs.

Se fizer um levantamento, acredito que a maioria dos gringos não precisam.

Edited by rivvithead

Share this post


Link to post
Share on other sites

Realmente, ele tem lutado muito pouco. Imagina só? Pega o salário que ele recebe por luta, tira os gastos com camp e o que mais for relacionado, impostos, e ainda sobra uma família com 5 filhos pra manter! Tá doido!!

No aguardo de maiores informações sobre despesas habituais de lutadores em plena atividade...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se ele estava saudável realmente é muita pouca luta em muito tempo. Não me lembro dos contextos da categoria, mas ele tem um estilo que agrada o público. Estranho essa falta de atividade.

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, rivvithead disse:

"Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, o brasileiro afirmou que tem trabalhado em um pet shop para se manter enquanto não tem um novo combate marcado"

Está aí a explicação do motivo de não termos tantos mais brasileiros campeões. a maioria dos lutadores ou ainda tem que dar aula/seminário para viver, ou ainda ter um emprego paralelo.

Pega os norte americanos por exemplo, os caras podem viver da luta. Shane Carwin era engenheiro, mas alguém duvida que se ele quisesse, ele lutaria mais vezes ao ano e ganharia bem mais?

 

 

 

Concordo 100% com a afirmação de que o mma não é um esporte, mas na moral? ainda assim não justifica essa situação.

A maioria dos lutadores americanos têm ensino superior mesmo, do Brasil só me recordo de Lyoto, Bethe Correa e Demian

Share this post


Link to post
Share on other sites
35 minutes ago, Lucas Timbó said:

A maioria dos lutadores americanos têm ensino superior mesmo, do Brasil só me recordo de Lyoto, Bethe Correa e Demian

bethe e lyoto estudaram oq?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this