Sign in to follow this  
Henry Chinasky

Jessica Andrade revela quem ela acha que será a sua primeira desafiante

Recommended Posts

Jessica Andrade revela quem ela acha que será a sua primeira desafiante

 

No UFC 237, Jessica Andrade bateu abriu seu caminho para os livros de história do MMA, quando derrotou Rose Namajunas por TKO no segundo round em seu país natal do Brasil.

 
Ao fazer isso, Andrade tornou-se a segunda campeão brasileira na organização ao lado da   cham-champ  peso-galo e pena , Amanda Nunes. Ela tornou-se agora a quarta lutadora a conquistar o cinturão do peso no UFC.
 
Como campeãs elas defendem seus títulos, e com uma divisão tão profunda como a da categoria de 115 libras do UFC, há muitas  ameaças aguardando "Bate Estaca".
 
Mas quem exatamente  a campeã recém-coroado esperanda enfrentar em seguida? Ela compartilhou seus pensamentos na segunda-feira.
 
"A pessoa que eu realmente gostaria de lutar novamente seria definitivamente Rose", Andrade compartilhou no MMA Show de Ariel Helwani. “Porque ela fez um ato muito gentil comigo indo ao Rio para defender seu cinturão. Ela não tinha obrigação de fazer isso. E se ela quiser lutar novamente pelo cinturão, eu sei que ela está repensando algumas coisas, mas se ela quiser, eu ficarei feliz em ir para Denver e defender em sua cidade natal da mesma forma que ela fez comigo.
 
“Se Rose não quiser fazer isso, provavelmente o vencedor de Nina [Ansaroff] e Tatiana [Suarez] seria o mais digno à próxima luta pelo título. Mas no UFC você nunca sabe, então eu estou apenas treinando e me preparando, porque eu sei que há muitas garotas difíceis chegando muito em breve. ”
 
O duelo mencionado acima entre   Tatiana Suarez e Nina Ansaroff, acontecera em 8 de junho no UFC 238 em Chicago, Illinois. Como ambas são top três na divisão, o vencedor definitivamente parece ser a próxima opção mais lógica para a disputa de título.
 
No entanto, há ainda outra possibilidade, e trata-se da antiga e mais dominante campeã da divisão, Joanna Jedrzejczyk, que na verdade é a única mulher no peso palha  que já derrotou Andrade em suas oito lutas na divisão. A derrota veio na primeira disputa de título da carreira de Andrade no UFC 211, em maio de 2017.
 
"Por mais que eu deseje ter a revanche [com Jedrzejczyk], não acho que seria justo neste momento", explicou o campeão. “Porque ela tem 1-2  no peso da palha desde a última vez que lutamos e há tantas garotas trabalhando tanto e subindo na hierarquia que eu não acho que seria justo ela passar por cima de todo mundo. Mas você sabe como é o UFC. Eventualmente, isso vai acontecer, então eu só espero que as garotas que estão trabalhando na divisão e subindo na hierarquia tenham a chance antes dela. ”
 
Para Jedrzejczyk, sua última luta aconteceu em dezembro de 2018, quando ela retornou à categoria peso-mosca de 125 libras, na esperança de capturar ouro, superando Valentina Shevchenko. Infelizmente para o ex-campeão, não foi  como esperado e Shevchenko levou para casa o aceno unânime dos juízes, bem como o cinturão. Jedrzejczyk desde então deixou claro que ela retornará ao peso da palha.
 
Quanto à recém-coroada Jessica Andrade, quem quer que ela enfrente em seguida, ela espera fazê-lo por volta de setembro ou outubro.
 
 
Grande Jéssica ! É assim que se faz, garota! 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ótimas declarações. Ela precisa mover mais a cabeça/tronco em uma potência luta contra a Rose, treinar contra golpes, não dá para ficar parada e avançando com a cabeça em linha reta contra alguém que tem golpes retos como fortes.

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 minutos atrás, Daniel Mendoza disse:

Ótimas declarações. Ela precisa mover mais a cabeça/tronco em uma potência luta contra a Rose, treinar contra golpes, não dá para ficar parada e avançando com a cabeça em linha reta contra alguém que tem golpes retos como fortes.

Acho que onde ela treina não tem muito mais a oferecer em relação à game plan e evolução técnica. Esse seria o momento exato para buscar novos camps. O problema é que ela é muito grata a sua equipe. Não consigo ver ela dirimindo os buracos no seu jogo, treinando no mesmo lugar.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A Jessica tem tudo pra ser uma ótima campeã. Porém eu acho que o amor a PRVT Girls (Totalmente entendível, diga-se de passagem) vai cobrar seu preço num futuro próximo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Jessica nao poderia fazer intercâmbio? 

Teria que necessariamente sair da academia dela? Po, se ela conseguiu chegar lá com o Paraná, certamente ele tem algo a oferecer à outras atletas. Me equivoco na leitura?

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Dudu show disse:

TOP! Espera a Rose e faz com ela o mesmo que ele fez com a Joanna. Prova que não foi sorte!

Ela estava tomando um atraso e o bate estaca foi uma combinação de sorte com vacilo da Rose de não soltar a posição. Eu ainda acho a Rose bem favorita contra ela em uma nova luta. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 minutos atrás, fninja disse:

Ela estava tomando um atraso e o bate estaca foi uma combinação de sorte com vacilo da Rose de não soltar a posição. Eu ainda acho a Rose bem favorita contra ela em uma nova luta. 

Não concordo com sorte, mas concordo que o Rose é favorita em uma nova luta. Assim como a Joanna foi na revanche contra a Rose.

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, Dudu show disse:

Acho que onde ela treina não tem muito mais a oferecer em relação à game plan e evolução técnica. Esse seria o momento exato para buscar novos camps. O problema é que ela é muito grata a sua equipe. Não consigo ver ela dirimindo os buracos no seu jogo, treinando no mesmo lugar.

Mano fidelidade e tudo, acho lindo, so uma coisa que me deixou "cabreiro" foi o treinador dela dizer que nao havia plano para luta, era entrar la e ver o que dava, isso e meio estranho ouvir de um treinador, pois vc espera que tudo esteja traçado e detalhado, dessa vez deu certo , vamos ver das outras

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 minutos atrás, Paulo wand disse:

Mano fidelidade e tudo, acho lindo, so uma coisa que me deixou "cabreiro" foi o treinador dela dizer que nao havia plano para luta, era entrar la e ver o que dava, isso e meio estranho ouvir de um treinador, pois vc espera que tudo esteja traçado e detalhado, dessa vez deu certo , vamos ver das outras

Pois foi exatamente por ter ouvido isso que formei a minha opinião. Acho que deu certo até aqui, mas de agora em diante, na minha opinião, ou ela troca o time ou se divide entre o time dela e algum time de ponta.

Share this post


Link to post
Share on other sites
17 minutos atrás, Henry Chinasky disse:

Porra, sério que o treinador falou isso? 

Falou , mas no programa confraria da porrada ele disse que tinha certo plano de perder dois rounds e ganhar a partir do terceiro round crescer.

Cara ele tem estilo bem antigo e antiquado que dar certo, mas chega uma hora que não dará exemplo no MMA feminino dar pelo nível técnico baixo.

Tipo ele o professor de tudo, pq não gosta que outro professor direcione ao contrário dele.

Pô é cara homem, honesto , ensinou Jéssica a comer de garfo e faca.

Complicado isso mas pro MMA masculino não dar essa filosofia bonita porém antiquada.

Citou o Rudimar mas o mundo era outro naquela época

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this