Filipovic

Jessica bateu?

Recommended Posts

Com todo respeito aos foristas, parabenizando tbm o olhar clínico do colega, mas não passa de uma discussão estéril e inútil. 

Primeiro: o gesto de dar três tapas é sinal de desistência? Sim. Mas no contexto, foi desistência? Não. Ponto. Ela sinaliza a luva olhando pro juiz, onde a posição não acarretava nenhum risco de finalização. 

Se fosse no bjj ou submission, essa discussão ainda poderia existir, aqui no MMA, não. O juiz, diante do contexto, interrompe a luta quando um dos lutadores está inapto ou em condições claras de perigo. Não é o caso. 

Por exemplo, as situações de AS vs Sonnen e Lawler vs Asken: o primeiro caso Sonnen dentro do triângulo, claramente desconfortável, bate. Mesmo negando depois que bateu, pelo contexto, claramente foi finalizado. O segundo caso, Lawler está em situação de evidente risco, e nem chega a bater, e o Dean para a luta. Questão controversa que depois foi até alvo de desculpas pelo Dean. Também podendo citar o caso do Murilo Bustamante, em que ele claramente finaliza o adversário mas o juiz não vê. 

Portanto, não existe isso dos  três tapinhas da Jéssica totalmentes fora de contexto caracterizarem desistência.  

Share this post


Link to post
Share on other sites
23 minutos atrás, guig0 disse:

Com todo respeito aos foristas, parabenizando tbm o olhar clínico do colega, mas não passa de uma discussão estéril e inútil. 

Primeiro: o gesto de dar três tapas é sinal de desistência? Sim. Mas no contexto, foi desistência? Não. Ponto. Ela sinaliza a luva olhando pro juiz, onde a posição não acarretava nenhum risco de finalização. 

Se fosse no bjj ou submission, essa discussão ainda poderia existir, aqui no MMA, não. O juiz, diante do contexto, interrompe a luta quando um dos lutadores está inapto ou em condições claras de perigo. Não é o caso. 

Por exemplo, as situações de AS vs Sonnen e Lawler vs Asken: o primeiro caso Sonnen dentro do triângulo, claramente desconfortável, bate. Mesmo negando depois que bateu, pelo contexto, claramente foi finalizado. O segundo caso, Lawler está em situação de evidente risco, e nem chega a bater, e o Dean para a luta. Questão controversa que depois foi até alvo de desculpas pelo Dean. Também podendo citar o caso do Murilo Bustamante, em que ele claramente finaliza o adversário mas o juiz não vê. 

Portanto, não existe isso dos  três tapinhas da Jéssica totalmentes fora de contexto caracterizarem desistência.  

Perfeito!

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, MV8 disse:

 

Já foi explicado várias vzs neste msm tópico com exemplo é tudo mais de lutador que bateu sem golpe encaixado

Ninguém tá dizendo que tinha golpe encaixado e sim que o gesto ali é o gesto de desistência

 Seria a msm coisa de vc tá ganhando a luta e seu treinador jogar a toalha não faz sentido nenhum mas é o gesto de desistência

E se o juiz ver isto ela provavelmente não era campeã agora

Ninguém tá dizendo que ela ia ser finalizada

Deus sabe pq ela fez o gesto

Relativo... pega como exemplo esses dois gestos 👌🏻 🖕🏻

Se você tiver discutindo com uma pessoa e fizer isso 👌🏻, resta óbvio que você está mandando ela tomar naquele lugar...

Se você tiver colando uma peça pequena, quase invisível, no meio do seu polegar e indicador, pressionando os dedos dessa forma, quem passar por você não irá identificar uma ofensa. Não existe um contexto pra isso.

Se você brigar com alguém e mandar isso 🖕🏻, sabemos o significado.

Se você estiver abaixado lendo um livro, por exemplo, e fizer esse mesmo sinal arrumando seus óculos, ninguém que estiver vendo a cena vai pensar que seu intuito é ofender. Novamente, tudo é questão de contexto.

A explicação da Jessica, no meu entender, dirimiu qualquer polêmica acerca do gesto. 

Se o árbitro visse isso em tempo real, aposto todas as fichas que ele não iria interromper o combate. No mínimo iria esperar um sinal contundente da brasileira. Mais tapinhas, gritos, qualquer indicativo que estava realmente desistindo.

Agora ainda vem explicação mirabolante (que não foi sua, eu sei) sobre problema no ombro... como se isso tivesse sido causa pra alguma coisa... isso porque a Jessica não da um grito, não faz expressão de dor... pior, esse suposto tapa acontece antes do bate estaca final. Ou seja, a Jessica continua lutando, dando soco e ainda ergue mais uma vez a Rose nos ombros, sem problema algum pra jogar (ainda disse que parecia estar levantando algodão)... enfim, desculpa a insistência irmão, mas é que eu não to conseguindo enxergar uma divergência plausível nesse caso. Na minha visão, não foi nem um lance duvidoso que pode pender pra um lado ou pra outro... achei bem claro que não teve nada. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se o juiz tivesse visto e parado naonpoderia reclamar. Contra a imagem nao há argumentos. Ele que fique esperta e não de margem pra discussão.  Numa dessa ela perde a luta .

Share this post


Link to post
Share on other sites
20 minutos atrás, ravi disse:

Se o juiz tivesse visto e parado naonpoderia reclamar. Contra a imagem nao há argumentos. Ele que fique esperta e não de margem pra discussão.  Numa dessa ela perde a luta .

Acho que essa é a essência do tópico, que poucos entendem ahahhahaha

Share this post


Link to post
Share on other sites

Parece que bateu. Se não foi a intenção, só ela sabe, mas se param a luta, não dá para chorar... Se uma pessoa dá três tapinhas sem o "golpe encaixado", sei lá, pode estar enfartando, sentindo outro golpe... Aí, se o juiz não para e ela morre, todo mundo ia querer a caveira do juiz... Da mesma forma, se a outra larga e sai comemorando e o juiz não para, a luta continua e ela perde, ninguém mandou não esperar o juiz separar ... Quem manda é o juiz, por isso, a vitória foi legítima e indiscutível.... Se o juiz não parou, luta continua, e se a brasileira estivesse sem ar, em pior condições, a adversária ia continuar batendo (prova disso que não a soltou depois dos tapinhas) Então, se foi desistência ou não, se a luta prosseguiu, nada importa... Aguardem os juízes... Por isso muito lutador de JJ não solta até o juiz mandar... Não é putaria... Mas justamente por tudo isso, a responsabilidade de parar ou não é do juiz... Vai ser o primeiro a responder por qualquer que seja a decisão... Cabe ao atleta continuar lutando...

Edited by Aymoré

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, ravi disse:

Se o juiz tivesse visto e parado naonpoderia reclamar. Contra a imagem nao há argumentos. Ele que fique esperta e não de margem pra discussão.  Numa dessa ela perde a luta .

Se o juiz parasse um main event de disputa de cinturão por causa disso, esse cara não arbitrária mais nada em lugar nenhum.  

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 horas atrás, MV8 disse:

 

Já foi explicado várias vzs neste msm tópico com exemplo é tudo mais de lutador que bateu sem golpe encaixado

Ninguém tá dizendo que tinha golpe encaixado e sim que o gesto ali é o gesto de desistência

 Seria a msm coisa de vc tá ganhando a luta e seu treinador jogar a toalha não faz sentido nenhum mas é o gesto de desistência

E se o juiz ver isto ela provavelmente não era campeã agora

Ninguém tá dizendo que ela ia ser finalizada

Deus sabe pq ela fez o gesto

Vc já viu a declaração dela sobre esse ato? Ela demonstra que estava ajustando a posição.  Achei bem plausível! !!!

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 horas atrás, guig0 disse:

Com todo respeito aos foristas, parabenizando tbm o olhar clínico do colega, mas não passa de uma discussão estéril e inútil. 

Primeiro: o gesto de dar três tapas é sinal de desistência? Sim. Mas no contexto, foi desistência? Não. Ponto. Ela sinaliza a luva olhando pro juiz, onde a posição não acarretava nenhum risco de finalização. 

Se fosse no bjj ou submission, essa discussão ainda poderia existir, aqui no MMA, não. O juiz, diante do contexto, interrompe a luta quando um dos lutadores está inapto ou em condições claras de perigo. Não é o caso. 

Por exemplo, as situações de AS vs Sonnen e Lawler vs Asken: o primeiro caso Sonnen dentro do triângulo, claramente desconfortável, bate. Mesmo negando depois que bateu, pelo contexto, claramente foi finalizado. O segundo caso, Lawler está em situação de evidente risco, e nem chega a bater, e o Dean para a luta. Questão controversa que depois foi até alvo de desculpas pelo Dean. Também podendo citar o caso do Murilo Bustamante, em que ele claramente finaliza o adversário mas o juiz não vê. 

Portanto, não existe isso dos  três tapinhas da Jéssica totalmentes fora de contexto caracterizarem desistência.  

Vc conhece a regra pq pelo jeito vc estar confundindo a submissão/desistência com a submissão técnica

 Submissão (finalização):
Por Desistência: quando um lutador usa sua mão para indicar que não deseja mais continuar
Por Desistência verbal: quando um lutador anuncia verbalmente que não deseja mais continuar

 Submissão técnica: quando o árbitro interrompe a luta mesmo sem que o derrotado tenha indicado desejo de parar (utilizado normalmente em casos de desfalecimento)

http://mmabrasil.com.br/saiba-mais/regras-unificadas-de-conduta-do-mma

Ou seja em caso de desistência não tem isto de o juiz achar que o atleta pode continuar

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 horas atrás, Cesar_Rasec disse:

Relativo... pega como exemplo esses dois gestos 👌🏻 🖕🏻

Se você tiver discutindo com uma pessoa e fizer isso 👌🏻, resta óbvio que você está mandando ela tomar naquele lugar...

Se você tiver colando uma peça pequena, quase invisível, no meio do seu polegar e indicador, pressionando os dedos dessa forma, quem passar por você não irá identificar uma ofensa. Não existe um contexto pra isso.

Se você brigar com alguém e mandar isso 🖕🏻, sabemos o significado.

Se você estiver abaixado lendo um livro, por exemplo, e fizer esse mesmo sinal arrumando seus óculos, ninguém que estiver vendo a cena vai pensar que seu intuito é ofender. Novamente, tudo é questão de contexto.

A explicação da Jessica, no meu entender, dirimiu qualquer polêmica acerca do gesto. 

Se o árbitro visse isso em tempo real, aposto todas as fichas que ele não iria interromper o combate. No mínimo iria esperar um sinal contundente da brasileira. Mais tapinhas, gritos, qualquer indicativo que estava realmente desistindo.

Agora ainda vem explicação mirabolante (que não foi sua, eu sei) sobre problema no ombro... como se isso tivesse sido causa pra alguma coisa... isso porque a Jessica não da um grito, não faz expressão de dor... pior, esse suposto tapa acontece antes do bate estaca final. Ou seja, a Jessica continua lutando, dando soco e ainda ergue mais uma vez a Rose nos ombros, sem problema algum pra jogar (ainda disse que parecia estar levantando algodão)... enfim, desculpa a insistência irmão, mas é que eu não to conseguindo enxergar uma divergência plausível nesse caso. Na minha visão, não foi nem um lance duvidoso que pode pender pra um lado ou pra outro... achei bem claro que não teve nada. 

Seu post foi excelente

E se vc observa bem seus argumentos que são mto bons estão a favor da desistência

Três tapinhas em qqer outra situação pode ser um cumprimento de alguém certo? mas numa luta é desistência o adversário solta o golpe automaticamente e o juiz tb interrompe automaticamente se ver pq a decisão é fração de segundos

Eu não acho que ela desistiu por qualquer razão

Mas eu vi que ela fez o gesto de desistência se foi erro se foi ajustar pegada etc. só Deus sabe

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, Moicano79 disse:

Vc já viu a declaração dela sobre esse ato? Ela demonstra que estava ajustando a posição.  Achei bem plausível! !!!

 

Eu acho plausível tb

Eu não acho que ela desistiu

Mas por alguma razão ela fez o gesto de desistência

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 minutos atrás, MV8 disse:

Seu post foi excelente

E se vc observa bem seus argumentos que são mto bons estão a favor da desistência

Três tapinhas em qqer outra situação pode ser um cumprimento de alguém certo? mas numa luta é desistência o adversário solta o golpe automaticamente e o juiz tb interrompe automaticamente se ver pq a decisão é fração de segundos

Eu não acho que ela desistiu por qualquer razão

Mas eu vi que ela fez o gesto de desistência se foi erro se foi ajustar pegada etc. só Deus sabe

Então cara, não estão a favor da desistência por causa do contexto.

Por exemplo, se um cara usa o dedo do meio pra arrumar os óculos e alguém acha que foi um ofensa, eu vou pensar que quem está errado foi quem se sentiu ofendido. O gesto está ali, mas claramente  não foi utilizado pra esse propósito.

Se no caso o árbitro para a luta por causa desse toque (não consigo nem ver 3 tapas), eu iria achar que o juiz errou. Não tinha contexto pra ele interpretar aquilo como desistência. No mínimo diria pra esperar uma reação efusiva da Jessica, um grito, algum sinal para que aquilo fosse mais claro. Na dúvida segue o jogo, pq depois que para, não tem mais volta. 

Se por ventura ocorre um lance que o sujeito está pra ser derrubado e apoia a mão 3 vezes no tablado em sequência, eu não vou encarar isso como 3 tapas. Mas se você frisar a imagem, vai conseguir enxergar 3 toques em sequência. Tudo é uma questão de interpretação. 

Mas enfim, bola pra frente tbm... 

Acho que o assunto já rendeu bastante e nós não vamos chegar num acordo... faz parte, opiniões divergentes... 

Grande abraço, meu amigo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, Cesar_Rasec disse:

Então cara, não estão a favor da desistência por causa do contexto.

Por exemplo, se um cara usa o dedo do meio pra arrumar os óculos e alguém acha que foi um ofensa, eu vou pensar que quem está errado foi quem se sentiu ofendido. O gesto está ali, mas claramente  não foi utilizado pra esse propósito.

Se no caso o árbitro para a luta por causa desse toque (não consigo nem ver 3 tapas), eu iria achar que o juiz errou. Não tinha contexto pra ele interpretar aquilo como desistência. No mínimo diria pra esperar uma reação efusiva da Jessica, um grito, algum sinal para que aquilo fosse mais claro. Na dúvida segue o jogo, pq depois que para, não tem mais volta. 

Se por ventura ocorre um lance que o sujeito está pra ser derrubado e apoia a mão 3 vezes no tablado em sequência, eu não vou encarar isso como 3 tapas. Mas se você frisar a imagem, vai conseguir enxergar 3 toques em sequência. Tudo é uma questão de interpretação. 

Mas enfim, bola pra frente tbm... 

Acho que o assunto já rendeu bastante e nós não vamos chegar num acordo... faz parte, opiniões divergentes... 

Grande abraço, meu amigo.

Sim eu concordo com vc estaríamos debatendo se o juiz errou ou não neste caso

Igual debatemos o caso Lawler Askren e Faber Barão

É isto que faz este fórum tão bom nós podemos debater e aprender

Eu aprendo aqui todo dia

Abração

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 horas atrás, guig0 disse:

Com todo respeito aos foristas, parabenizando tbm o olhar clínico do colega, mas não passa de uma discussão estéril e inútil. 

Primeiro: o gesto de dar três tapas é sinal de desistência? Sim. Mas no contexto, foi desistência? Não. Ponto. Ela sinaliza a luva olhando pro juiz, onde a posição não acarretava nenhum risco de finalização. 

Se fosse no bjj ou submission, essa discussão ainda poderia existir, aqui no MMA, não. O juiz, diante do contexto, interrompe a luta quando um dos lutadores está inapto ou em condições claras de perigo. Não é o caso. 

Por exemplo, as situações de AS vs Sonnen e Lawler vs Asken: o primeiro caso Sonnen dentro do triângulo, claramente desconfortável, bate. Mesmo negando depois que bateu, pelo contexto, claramente foi finalizado. O segundo caso, Lawler está em situação de evidente risco, e nem chega a bater, e o Dean para a luta. Questão controversa que depois foi até alvo de desculpas pelo Dean. Também podendo citar o caso do Murilo Bustamante, em que ele claramente finaliza o adversário mas o juiz não vê. 

Portanto, não existe isso dos  três tapinhas da Jéssica totalmentes fora de contexto caracterizarem desistência.  

Guigo, vc diz que o tópico é estéril e inútil. Pois bem, meu caro,  tb com o devido respeito ao seu ponto de vista, gostaria de trazer aqui  a recomendação  existente na regral geral do fórum, a qual aconselha  à quem  achar que o assunto debatido em determinado tópico ( ou post)  é descabido, elementar demais  ou que   não traz nenhuma pertinência, ignora-lo e assim guardar a energia para opinar no que valha a pena ou, acrescento eu,  mostrar o caminho  trazendo material que considere de maior valor. E apesar da contradição entre crítica e ação, vc, cono os outros foristas, tb trouxe.seu ponto de vista. Otimo, amigo. Esse é o espirito! Por fim, mas nao com menor consideração a vc,  concluo afirmando que ,nesse universo de interlocuções que caracteriza um fórum, aquele tom desaprovador e convencido ( ao menos à mim pareceu) por ti trazido ao inicio do posicionamento, habita muito mais proximamente ao vazio e ao infértil do que de nosso desambicioso mas estimado  bate papo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now