Filipovic

Jessica bateu?

Recommended Posts

7 minutos atrás, (RVMS) disse:

Se não foi no sentido de desistência, não houve o tap out por finalização. Pela definição das regras unificadas, o término da luta por tap out pressupõe que o lutador utilize sua mão para indicar que não pretende mais continuar na luta, ou seja, que desistiu. Creio que restou claro que a Bate Estaca não desistiu da luta, portanto, tecnicamente, ela não bateu.

Abraços

X________________

Share this post


Link to post
Share on other sites
11 minutos atrás, (RVMS) disse:

Se não foi no sentido de desistência, não houve o tap out por finalização. Pela definição das regras unificadas, o término da luta por tap out pressupõe que o lutador utilize sua mão para indicar que não pretende mais continuar na luta, ou seja, que desistiu. Creio que restou claro que a Bate Estaca não desistiu da luta, portanto, tecnicamente, ela não bateu.

Abraços

Então, mas já aconteceu de no passado fazerem um sinal que não era de desistência, e sim de aviso, mas mesmo assim encerrarem a luta...

 

Daniel Sarafian vs  Antônio dos santos jr

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 minutos atrás, (RVMS) disse:

Se não foi no sentido de desistência, não houve o tap out por finalização. Pela definição das regras unificadas, o término da luta por tap out pressupõe que o lutador utilize sua mão para indicar que não pretende mais continuar na luta, ou seja, que desistiu. Creio que restou claro que a Bate Estaca não desistiu da luta, portanto, tecnicamente, ela não bateu.

Abraços

Acho que ele quis dizer que houve o gestual, mas não, necessariamente, a desistência.

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 minutos atrás, rivvithead disse:

Então, mas já aconteceu de no passado fazerem um sinal que não era de desistência, e sim de aviso, mas mesmo assim encerrarem a luta...

 

Daniel Sarafian vs  Antônio dos santos jr

Não lembro da luta, mas se aconteceu foi um erro. Os termos das regras unificadas do MMA dizem que o tap out é sinal de desistência, a finalização, o término da luta, só ocorre se o lutador utilizar sua mão para sinalizar a desistência (no caso físico, já que também pode haver a desistência verbal).

Abraços

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 minutos atrás, Henry Chinasky disse:

Acho que ele quis dizer que houve o gestual, mas não, necessariamente, a desistência.

Ok, mas o gestual só pode indicar o término da luta, se tiver sido como sinal de desistência. Isso que eu quis dizer. Pelas regras unificadas, para que se configure o tap out, este deve ser como sinal de desistência. Se não, tecnicamente, não é tap out.

Abraços

Edited by (RVMS)

Share this post


Link to post
Share on other sites
11 minutos atrás, Filipovic disse:

Exatamente.  Tu levanta um ponto não é pra querer dizer que a Jessica deveria ter sido punida pelo gestual, e sim todas as nuances que tangenciam o acontecimento. O bacana é a gente aprender e passar a enxergar as nuances de pensamento que cada forista apresenta, não fazer  um inquérito contra a Jéssica. 

Aqui é mais pra abrir a cabeça e menos pra fechar causa, penso eu. 

Tu é muito paciente, eu já teria apelado rsrs. Pra mim ficou claro isso desde o início, abraço!

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 minutos atrás, Bunito disse:

Tu é muito paciente, eu já teria apelado rsrs. Pra mim ficou claro isso desde o início, abraço!

Obrigado. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 minutos atrás, (RVMS) disse:

Ok, mas o gestual só pode indicar o término da luta, se tiver sido como sinal de desistência. Isso que eu quis dizer. Pelas regras unificadas, para que se configure o tap out, este deve ser como sinal de desistência. Se não, tecnicamente, não é tap out.

Abraços

Perfeito. Concordo com vc e com os outros que defendem esse panorama. Todavia, se visse, o arbitro poderia interpretar como desistência. A coisa acontece rápido, e a decisão, idem. Numa dessa o atleta pode vitimar a si mesmo. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 minutos atrás, rivvithead disse:

Então, mas já aconteceu de no passado fazerem um sinal que não era de desistência, e sim de aviso, mas mesmo assim encerrarem a luta...

 

Daniel Sarafian vs  Antônio dos santos jr

Opa, mas são situações diferentes. O cara pediu um tempo nessa luta, isso não existe. Pediu pra parar, similar aquela luta do Faber contra o Francisco Rivera, se não me engano. O Faber enfiou o dedo no olho do cara e ele parou indicando pro árbitro. Acabou finalizado. 

Ou então quando o atleta grita numa situação de finalização... o árbitro pode interpretar como desistência verbal.

A Jessica não fez cara, não gritou, não pediu interferência alguma do árbitro. 

Situações distintas. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, Filipovic disse:

Exatamente.  Tu levanta um ponto não é pra querer dizer que a Jessica deveria ter sido punida pelo gestual, e sim todas as nuances que tangenciam o acontecimento. O bacana é a gente aprender e passar a enxergar as nuances de pensamento que cada forista apresenta, não fazer  um inquérito contra a Jéssica. 

Aqui é mais pra abrir a cabeça e menos pra fechar causa, penso eu. 

Eu achei excelente sua iniciativa de abrir esse tópico. O que ficou claro é que nada foi, de fato, tão claro ou de conclusão tão elementar no episódio. Ele jáa rendeu 12 páginas, milhares de visitas e um bom debate. Abração, Filipo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, Cesar_Rasec disse:

Opa, mas são situações diferentes. O cara pediu um tempo nessa luta, isso não existe. Pediu pra parar, similar aquela luta do Faber contra o Francisco Rivera, se não me engano. O Faber enfiou o dedo no olho do cara e ele parou indicando pro árbitro. Acabou finalizado. 

Ou então quando o atleta grita numa situação de finalização... o árbitro pode interpretar como desistência verbal.

A Jessica não fez cara, não gritou, não pediu interferência alguma do árbitro. 

Situações distintas. 

Então cara, eu falei isso mais pra mostrar que não necessariamente precisa ser em desistência para um juiz  parar uma luta, se ele ver os 3 tapinhas.

Edited by rivvithead

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, Bunito disse:

Tu é muito paciente, eu já teria apelado rsrs. Pra mim ficou claro isso desde o início, abraço!

Não não. Abraço eu que encerro. Vc manda o "temás" , que houve? kkkkk

@Filipovic cara, foi uma bela discussão que vc nos proporcionou, o que me parece justamente a ideia de um fórum de debates. Já fazia um tempinho que não tínhamos um tópico, sem ser pbp claro, com tantas páginas. Achei show. Diferentes ideias, opiniões, e pra mim o mais importante: na sala do sofá, na pipoca e guaraná, já é difícil julgar, imagina lá na hora, na pressão, tendo de decidir em fração de segundo.

@Henry Chinasky, obrigado pelas palavras aqui e no outro tópico. Forte abs.

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, M.A.D disse:

Intenção de bater acredito que ela não teve mesmo. Mas que bateu, mesmo que sem querer, bateu. Se estava vendo de qual lado ia jogar, que fizesse de outro modo. Não dando 3 tapinhas marotos.

É isto

A vitória dela foi legitima

Mas que bateu bateu

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, rivvithead disse:

Acho que foi contra o Daniel Sarafian que um cara machucou o dedo, uma parada assim, e fez sinal de temp (famoso T com a mão) pq queria avisar que ele machucou o dedo e o árbitro encerrou a luta, mas na real ele só queria avisar que machucou o dedo. Foi no UFC barueri

Este eu não lembro

Mas é esta a questão

Ning tá dizendo que ela ia ser finalizada

Mas que ela fez o gesto maroto de desistência ela fez

Outro que fez foi Guy Metzger na primeira luta com Ortiz bateu e disse que não a luta continuou

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, Henry Chinasky disse:

Pra mim faz sentido. Bateu, temerariamente, mas em outro contexto, para ajustar a posição. mas não para desistiu. Agora, tentem, enteder, uma coisa é vc estar demostrando o que ocorreu, outra é como a coisa sai na hora e sob tal pressão fisica e, sobretudo, psicológica. 

O chato é que ao invés de debater, argumentar , alguns tentam ser donos da verdade, juizes e arremessam sobre outros colegas uma realidade que ninguém deveria sequer pensar em monopolizar. A coisa toda foi inusual e dicotômica. Existe uma bifurcação ( e com artérias em cada uma delas)  teórica clara e muitas vezes , nesses casos, a verdade pode ir tanto em um quanto no outro caminho. 

Tem gente que quer saber até o que a mina estava pensando na hora

Mano si pa nem ela msm sabe

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now