Daniel Mendoza

[UFC 236] Kelvin Gastelum x Israel Adesanya - Luta Completa

Recommended Posts

8 horas atrás, NEGO DÁGUA disse:

Você é hater do Anderson e ponto final!!!

falar que o cara nçao tinha precisão é totalmente fora do contexto, ou nçao tinha essa precisão toda...

 

Vc é fanático. Pegue as lutas e reveja. Bote uma do lado da outra. Mas são todas. Pega as lutas com o Frankiln. E bota as do Conor depois. Até mesmo o Aldo tem mais contragolpes que o Aldo se vc for comparar. Acontece q vc mede execelência pelo resultado. 

Mas eu te digo : ponha as lutas do lado e assista.

Share this post


Link to post
Share on other sites
25 minutos atrás, masterblaster disse:

Também tem isso, o Israel pareceu respeitar demais o AS. Mas depois dessa luta com o Gastelum, a gente pensa se ele poderia apresentar algo tão mais perigoso assim contra o Anderson, né?

respeitou pq viu que se fosse pra dentro poderia levar contra golpe que poderia levar o mesmo a lona.

Realmente o Anderson se divertiu na luta deu a cara pra bater sentiu que adversário não tinha punch pra ocorrer um nocaute, uma hora pareceu não se preocupar com o resultado,.

Essa história que nivel subiu absurdamente e blabla, pra mim o Anderson de 35 anos deitava todo mundo dessa categoria Gastelum não veria a cor da bola.

Anderson de linhagem de muay thai de Curitiba que faz frente a qualquer stricker de nível mundial

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 horas atrás, NEGO DÁGUA disse:

respeitou pq viu que se fosse pra dentro poderia levar contra golpe que poderia levar o mesmo a lona.

Realmente o Anderson se divertiu na luta deu a cara pra bater sentiu que adversário não tinha punch pra ocorrer um nocaute, uma hora pareceu não se preocupar com o resultado,.

Essa história que nivel subiu absurdamente e blabla, pra mim o Anderson de 35 anos deitava todo mundo dessa categoria Gastelum não veria a cor da bola.

Anderson de linhagem de muay thai de Curitiba que faz frente a qualquer stricker de nível mundial

Deixa de ma fé, pow. Pega a luta com o  Lee Murray a luta com o Coté, Franklin e compara. Sério.

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 minutos atrás, NEGO DÁGUA disse:

respeitou pq viu que se fosse pra dentro poderia levar contra golpe que poderia levar o mesmo a lona.

Realmente o Anderson se divertiu na luta deu a cara pra bater sentiu que adversário não tinha punch pra ocorrer um nocaute, uma hora pareceu não se preocupar com o resultado,.

Essa história que nivel subiu absurdamente e blabla, pra mim o Anderson de 35 anos deitava todo mundo dessa categoria Gastelum não veria a cor da bola.

Anderson de linhagem de muay thai de Curitiba que faz frente a qualquer stricker de nível mundial

Aí você está sendo fanático nego,  o Anderson sentiu um golpe do Israel que dobrou as pernas, sentiu muito os lowkicks e sentiu o gás também.

sobre o Anderson das antigas nos dias de hoje, não tem como saber. O jogo mudou os lutadores da época do Anderson a grande maioria hoje são obsoletos e o Anderson tem uma  deficiência Clara no wrestling, pode ter certeza que todos tirando o Adesanya iriam explorar essa deficiência.

Share this post


Link to post
Share on other sites
11 minutos atrás, Luiz Melo disse:

Acho que ele é pouco efetivo devido à falta de punch mesmo. N é algo mutável e dependente de técnica ou ajuste-  em partes até que é. 

É um cara  bem esguio - até demais pra categoria -  por isso carente de força/ punch - embora compense com um puta encaixe: mesmo sem força aparente,  todos os socos no Gastelum entraram secos demais  e o baixinho sentiu bastante, coisa que o Jacaré que é muito forte - e que acertou inúmeras bombas - n consegiu fazer.

O vejo mais técnico que o Aranha. Mais polido e ajustado em tudo: melhor timing  e maior destreza com as mãos, mais ativo socando, maior variação, os combos interessantes- coisas do Karatê inclusive, defesa - a evasão ,  os contragolpes. Execuções mais limpas e ,no geral, vejo que ele traz coisas mais complexas.

E acho que podemos  contextualizar melhor a tal " baixa efetividade ". Vejo duas coisas: o queixo do adversário em questão é  muito foda - Gastelum é dos caras que mais aguentam porrada do MMA moderno. A baixa efetividade tbm n diz respeito à comedimento ou excesso de prudência. Ele lança muitos golpes, até. N é um cara que espera demais - ao contrário do Anderson que, se fosse o caso, passava um round sem tentar um soco. 

E o segundo ponto é que - perdoe-me  o anacronismo - o nível  dos strikers aumentou absurdamente, sobretudo em postura.  Os caras, além de bem mais técnicos- pelo menos a  nata - e mais fortes que antes - Gastelum é exceção no quesito força - são ariscos e desrespeitosos num nível jamais visto.  É 0 receptividade ao jogo do outro. 

Um grappler de origem, baixinho e gordinho, com um 1.75 de altura e .181 de e vergadura, caindo pra cima sem pudor de um striker de excelcência e se propondo a lutar em pé sem nenhuma cerimônia ou temor. N temos paralelo no passado. 

O outro - Whitaker - sobe de categoria e enfrenta um monstro que desceu - cara de punch monstruoso, wrestler olímpico - e n se intimida com as quedas, contrapartidas, nada: cai pra dentro o tempo todo e é o ofensor.  Anderson nunca lidou com esse tipo de cenário. A premissa dos adversários sempre foi de muita cautela beirando a inação.

 Hoje, n vemos ngm se acovardando se intimidando ou perdendo antes mesmo de lutar...  a coisa ta bem mais nivelada, por isso a dificuldade.  Ngm é receptivo ao jogo de ngm. Tanto é q os caras perdem entre eles.  Pra mim, isso revela o nível  altíssimo em q a divisão  chegou, e n ausência de qualidade de quem está no topo ou inferioridade 3m relação ao passado . Obs: sei q o senhor n deixou isso expresso.  

O q sintetiza e expressa tudo que falei: Anderson vs Lee Murray, Anderson vs Franklon 1 e  2. Gastelum vs Adesanya, Whitaker vs Romero 1 e 2. Anderson vs Weidmab 1 e 2. Notem a mudança brutal de postura e ímpeto dos lutadores. 

 

 

Tudo bem Luiz? Por isso que você precisa postar mais, sempre excelentes opiniões e pontos de vista bem fundamentados. E acho que as discordâncias são muito referentes a pontos de vista.

Se se considerar a técnica purista, como execução de golpes e combinações, realmente Adesanya se sobressai. Mas levando-se em conta que a técnica pode ser interpretada como o uso dos melhores meios ou valências para se atingir determinado resultado, acho objetivamente o AS bem melhor. Igualmente evasivo, mas sem dúvida muito mais efetivo no ataque. Todos os golpes medidos, executados com maestria e, principalmente, mostrando muito efeito, como por exemplo aquele chute espetacular no Belfort. 

E o AS venceu gente de categorias superiores também, como o Bonnar e o Forrest, esse último com um jab que foi a coisa mais linda que já vi, primor de técnica e efetividade.

 E creio que comparar adversários seja uma contextualização que não ajuda nesse ponto. AS enfrentou quem estava disponível na época, como Adesanya está fazendo agora. Se daqui a 5 anos a coisa evoluir ainda mais e aparecer um lutador mais eficiente para a época (que é o previsível), não há que se tirar o mérito do nigeriano pelos adversários que enfrentou, já que era o que havia na ocasião. 

E lembrando que considero o Adesanya excelente, técnico demais sim. 

Acho que a diferença é em alguns pontos de vista. E o Gastelum, com toda a diferença de estilo, creio que teria vencido, se não fossem duas falhas táticas absurdas. Mas não venceu e e mérito total do Israel.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Falaê PVT!

Sobre a luta - Gastelum muito guerreiro, mas pra mim só colocou o Adesanya em risco naquele chutaço, poderia ter tentado uma blitz ali dps, mas tirando isso o Nigeriano dominou a luta, muito mais efetivo e excelente esquiva, apresentou uma defesa de quedas eficiente contra o Gastelum, mas pra mim precisaria ser melhor testado nesse quesito (contra um wrestler mais forte), não mostrou um jj eficiente na chance que teve, tem que trabalhar mais por aí tb. Mas no striking, pra mim já mostrou que é o melhor da categoria. Pode ser batido pelo campeão, sim, mas acho que o Robert tem que vir com uma estratégia mais completa do que se basear na trocação.

Sobre comparativos com o AS - AS foi o melhor stricker da sua época, Israel é o melhor stricker hoje. Tb acho que o Spider tinha mais precisão e melhor jj, mas uma defesa de quedas pior.

Témas!!

Share this post


Link to post
Share on other sites
37 minutos atrás, bigby disse:

Não tem como saber na verdade, a falta de punch do adesany foi suficiente para dar vários knockdowns no Kelvin, Que tem um queixo foda, o Anderson já levou knockdown de dois mãos de pantufa bisping e sonnen.

como falei estilos fazem lutas, talvez o adesanya n conseguisse nocautear o Anderson pois ficaria temeroso com os contra golpes, mas talvez conseguisse minar o Anderson ao ponto de conseguir terminar a luta devido ao acúmulo de dano sofrido pelo Anderson, lembre que no último round o Anderson já sentia os lowkicks que a propósito machucam mesmo pois o Kelvin também sentiu muito. Eu acredito de verdade que o Adesanya lutou com freio de mão puxado ali contra o Anderson, foi uma luta bem técnica onde o maior volume foi evidente e o Anderson teve que sair do jogo dele p ser efetivo

Aí tanto eu quanto você estamos na zona de especulação! Do meu ponto de vista AS brincou ali, tanto que deixou bater na cara.  Nem tentou esquivar, deixou mesmo. E não foi por causa dos low kicks, porque não o impediriam de mexer a cabeça. E numa luta de 3 rounds te que ser low kicks devastadores e em grande quantidade para fazer efeito. Acho que o Adesanya lutou mais contido realmente, mas por receio dos contragolpes imprevisíveis do Spider. Mas estamos na área da suposição, então é mais interpretação mesmo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
17 minutos atrás, Bunito disse:

Falaê PVT!

Sobre a luta - Gastelum muito guerreiro, mas pra mim só colocou o Adesanya em risco naquele chutaço, poderia ter tentado uma blitz ali dps, mas tirando isso o Nigeriano dominou a luta, muito mais efetivo e excelente esquiva, apresentou uma defesa de quedas eficiente contra o Gastelum, mas pra mim precisaria ser melhor testado nesse quesito (contra um wrestler mais forte), não mostrou um jj eficiente na chance que teve, tem que trabalhar mais por aí tb. Mas no striking, pra mim já mostrou que é o melhor da categoria. Pode ser batido pelo campeão, sim, mas acho que o Robert tem que vir com uma estratégia mais completa do que se basear na trocação.

Sobre comparativos com o AS - AS foi o melhor stricker da sua época, Israel é o melhor stricker hoje. Tb acho que o Spider tinha mais precisão e melhor jj, mas uma defesa de quedas pior.

Témas!!

Salve Bunito! 

Muito bom post, so não concordo quanto ao Whittaker, pois o vejo como favorito. E acho que o @MV8  lembrou bem também, o Gastelum poderia ter vencido mantendo o Israel no chão quando teve chance. De resto concordo e acho que foi um lutao.

Grande abraço!

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 minutos atrás, masterblaster disse:

Aí tanto eu quanto você estamos na zona de especulação! Do meu ponto de vista AS brincou ali, tanto que deixou bater na cara.  Nem tentou esquivar, deixou mesmo. E não foi por causa dos low kicks, porque não o impediriam de mexer a cabeça. E numa luta de 3 rounds te que ser low kicks devastadores e em grande quantidade para fazer efeito. Acho que o Adesanya lutou mais contido realmente, mas por receio dos contragolpes imprevisíveis do Spider. Mas estamos na área da suposição, então é mais interpretação mesmo.

Pois é o fato do Anderson brincar poderia ter sido tb p ver se o Adesanya daria alguma abertura,  é complicado especular quando os 2 são gênios haha

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 minutos atrás, bigby disse:

Pois é o fato do Anderson brincar poderia ter sido tb p ver se o Adesanya daria alguma abertura,  é complicado especular quando os 2 são gênios haha

Falou tudo! E muito obrigado pelo debate!

Share this post


Link to post
Share on other sites
53 minutos atrás, bigby disse:

Aí você está sendo fanático nego,  o Anderson sentiu um golpe do Israel que dobrou as pernas, sentiu muito os lowkicks e sentiu o gás também.

sobre o Anderson das antigas nos dias de hoje, não tem como saber. O jogo mudou os lutadores da época do Anderson a grande maioria hoje são obsoletos e o Anderson tem uma  deficiência Clara no wrestling, pode ter certeza que todos tirando o Adesanya iriam explorar essa deficiência.

Cara não estou, realmente eu exagero em alguns elogios ficam muito enfáticos.

Mas vejo só anderson é um cara de 44 anos, lutou e sentiu golpes do Adesanya , e gás pela idade pegou um cara no auge o cara com maior currículo de stricker da categoria , jovem , nivel world no seu prime e Anderson deu show!!

Com essa luta, Derek que defendeu bem as quedas se o cara velho fez isso imagine jovem e não vejo ele com wrestlig pior que o Nigéria que campeão interino.

então não fanatismo é realidade de fatos e dentro de minha opinião que ele faria frente sim, com desempenho já velho ele ainda é top , imagine jovem que na verdade o Anderson sempre foi velho no Ufc ele evoluiu junto cm esporte , adaptação que só gênios fazem, como o Rafael Cordeiro fez no seu método de treinamento 

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, masterblaster disse:

Excelente análise MV8. Realmente Gastelum ficou com um jogo muito simples e previsível (tanto que a mão de trás foi mapeada), e mesmo assim fez muito estrago. E tinha mesmo que ter segurado o Adesanya no chão. Perdeu duas oportunidades de levar o cinturão para casa e, no patamar em que estão, um erro tático custa uma luta.

E concordo com sua definição do Israel, muita plasticidade para pouca efetividade. No que me lembra o Jones, é no carro chefe de joelhos, cotovelos e chutes e falta de punch.

Mas vencendo o Gastelum derrotou o adversário mais forte que teve até agora, e bem ranqueado, deu um up na reputação. Só que agora é title shot com o Whittaker, e o buraco é muito, mas muito mais embaixo. Não creio que Adesanya vença o australiano. Esse é tático demais, e não comete esses erros.

Talvez ele melhore Mestre. Pode ainda não ae sentir totalmente confiante pra soltar o jogo no MMA contra adversários do topo da categoria

Mas se Whitaker voltar tão bom como era a cinta continuar com ele.

Só é complicado pq hérnia demora a recuperar a barriga fica fraca fica difícil fazer mtos exercícios no começo e ainda tem chance dela voltar

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, TNT disse:

Pergunta sincera maveco.

 

Esse "geral" que acha o Adesanya diferenciado na luta em pé não é do PVT, certo?  A esmagadora maioria que se manifesta aqui no fórum em relação a ele vai contra isso. Aliás ele é um dos lutadores que mais tem hater atualmente no PVT.

 

Aparentemente eu sou um dos poucos do Fórum que acha o Israel realmente diferenciado na luta em pé.  Inclusive me surpreendi com a atuação do Gastelum, afinal achei que seria um enorme passeio do nigeriano.

Eu vejo gente aqui e mtos amigos meus falando que ele é excepcional que vai ser campeão etc.

Ele é muito bom mas não é este fenómeno

Pelo menos não ainda

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Luiz Melo disse:

Acho que ele é pouco efetivo devido à falta de punch mesmo. N é algo mutável e dependente de técnica ou ajuste-  em partes até que é. 

É um cara  bem esguio - até demais pra categoria -  por isso carente de força/ punch - embora compense com um puta encaixe: mesmo sem força aparente,  todos os socos no Gastelum entraram secos demais  e o baixinho sentiu bastante, coisa que o Jacaré que é muito forte - e que acertou inúmeras bombas - n consegiu fazer.

O vejo mais técnico que o Aranha. Mais polido e ajustado em tudo: melhor timing  e maior destreza com as mãos, mais ativo socando, maior variação, os combos interessantes- coisas do Karatê inclusive, defesa - a evasão ,  os contragolpes. Execuções mais limpas e ,no geral, vejo que ele traz coisas mais complexas.

O Aranha tinha o fator X. Mas sou cauteloso quanto a isso. As vezes pode dar a falsa impressão de perícia.  Em alguns casos , notei mais como senso de oportunidade e feeling do q algo que aparecia  regularmente.

N acho q o Anderson n tinha essa precisão socando. Nem que era fenomenal nos contragolpes. Em várias situações o conter punch entraia e ele n usou. Coisa q Adesanya e Thompson fazem direto...e o Conor então. Cheguei nessa conclusão revendo as lutas dos citados.

E acho que podemos  contextualizar melhor a tal " baixa efetividade ". Vejo duas coisas: o queixo do adversário em questão é  muito foda - Gastelum é dos caras que mais aguentam porrada do MMA moderno. A baixa efetividade tbm n diz respeito à comedimento ou excesso de prudência. Ele lança muitos golpes, até. N é um cara que espera demais - ao contrário do Anderson que, se fosse o caso, passava um round sem tentar um soco. 

E o segundo ponto é que - perdoe-me  o anacronismo - o nível  dos strikers aumentou absurdamente, sobretudo em postura.  Os caras, além de bem mais técnicos- pelo menos a  nata - e mais fortes que antes - Gastelum é exceção no quesito força - são ariscos e desrespeitosos num nível jamais visto.  É 0 receptividade ao jogo do outro. 

Um grappler de origem, baixinho e gordinho, com um 1.75 de altura e .181 de e vergadura, caindo pra cima sem pudor de um striker de excelcência e se propondo a lutar em pé sem nenhuma cerimônia ou temor. N temos paralelo no passado. 

O outro - Whitaker - sobe de categoria e enfrenta um monstro que desceu - cara de punch monstruoso, wrestler olímpico - e n se intimida com as quedas, contrapartidas, nada: cai pra dentro o tempo todo e é o ofensor.  Anderson nunca lidou com esse tipo de cenário. A premissa dos adversários sempre foi de muita cautela beirando a inação.

 Hoje, n vemos ngm se acovardando se intimidando ou perdendo antes mesmo de lutar...  a coisa ta bem mais nivelada, por isso a dificuldade.  Ngm é receptivo ao jogo de ngm. Tanto é q os caras perdem entre eles.  Pra mim, isso revela o nível  altíssimo em q a divisão  chegou, e n ausência de qualidade de quem está no topo ou inferioridade 3m relação ao passado . Obs: sei q o senhor n deixou isso expresso.  

O q sintetiza e expressa tudo que falei: Anderson vs Lee Murray, Anderson vs Franklon 1 e  2. Gastelum vs Adesanya, Whitaker vs Romero 1 e 2. Anderson vs Weidmab 1 e 2. Notem a mudança brutal de postura e ímpeto dos lutadores. 

 

 

Sim Anderson exitava em atacar muitas vezes mas quando atacava geralmente era com precisão

Olhe a quantidade de golpes que Adesanya errou na luta também

Quanto a enfrentar caras que não respeitam Anderson enfrentou Leben (péssimo mas cai pra dentro), Hendo no começo da carreira e Sonnen e Weidman no final.

Ainda teve Demian que foi pra cima na trocação e ganhou um round.

Griffin e Bombar tb caíram pra dentro como puderam resultado: caíram babando

Eu concordo com vc Anderson tem falhas não tem um boxe de Mayweather nem a pau etc etc mas mantenho que pelo que mostraram até agora Anderson é um melhor striker pra MMA

Esta versatilidade toda que vc ver no Adesanya e ele não foi capaz nem de variar os ataques na perna de Gastelum que é um cara que não sabe lutar com a base invertida

Isto Anderson teria feito com certeza

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só pra lembrar, já que estão nessa comparação, o Anderson passou o trator no Henderson, no auge do banguela. Era a mesma pegada do Gastelum... tinha um bom jogo de wrestling, mas com predileção por sair na mão. Os dois com socos potentes... a diferença é que o Henderson não conseguiu trocar com o brasileiro, enquanto o Gastelum fez frente e quase nocauteou. Isso porque o Henderson lutava de médio ou meio pesado, tendo inclusive nocauteado o Fedor no peso pesado. Enquanto o Gastelum é um meio médio que gosta de comer tanto quanto o Shogun e por isso luta com pança nos médios.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now