Daniel Mendoza

[UFC 236] Kelvin Gastelum x Israel Adesanya - Luta Completa

Recommended Posts

4 horas atrás, Daniel Mendoza disse:

@masterblaster

Vou repostar aqui para ouvir a opinião dos colegas também

Tendo a pensar que se o Gastelum vier esperando vamos ter uma luta morna no começo com o americano perdendo a linha depois de comer muito jab na distância. O Israel tem um jab comprido que bate e já sai com o corpo muito bem. E se o Gastelum perder a paciência e atacar, o que acho que pode ocorrer nesse cenário, abriria espaço para contra golpes do Israel. Ele está em uma situação ruim, vai lutar contra um cara bem maior, mais habilidoso em pé, com uma movimentação melhor, que evade muito bem. Acho que ele dar esse espaço ao esperar vai favorecer o Israel. Mas ele pode estar treinando entrar em cima desse jab do Israel... vamos ver... não me lembro do Gastelum ter contra golpes bons. Talvez pegar o Israel voltando. Mas acho que é uma missão ingrata pelas características dos dois, isso sem contar os joelhos e cotovelos do Israel caso o Gastelum vença. Eu estou achando que se ficar na trocação tradicional o Israel vai vencer, passando talvez um ou outro sufoco por conta dessa explosão do Gastelum que é muito respeitável mesmo. Não sei, sempre acho que esperar alguém que se movimenta melhor é uma boa opção, mas nesse cenário, um boxer 'curto' x um kickboxer de nível mundial esguio e comprido que joga na distância e se movimenta bem, acho que favoreceria muito o Israel. Acho que o Gastelum deveria fazer pressão, mudando os nível, ameaçando entrar nas pernas sempre, fintando queda e entrando com overhands, clinchando e jogando golpes retos explosivos na saída do clinch, tentar quedar mesmo, segurar ele e o atavar quando ele tentar sair, ou insistir na queda. A merda é que não sei se o Gastelum tem gás pra isso...

O AS eu acho que saia bem dos golpes virando o rosto, mexendo a cabeça evitando que pegasse em cheio e algumas vezes acho que sentia mas fingia que não, o que abala o psicológico, né. Impossível ele não ter sentido um ou outro golpe ali, teve um que se eu não me engano que ele tomou, balançou por um breve instante, fez sinal de não com a cabeça e continuou indo pra cima e o Israel recuou. Ele sentiu. Essa inclusive é uma das formas que o AS desestabiliza, né... faz o oponente acreditar que nada está funcionando. Me lembra o Floyd sempre fazendo sinal de não com a cabeça e cara de desdém depois que leva um ataque, isso irrita demais o cara, faz ele se expor. Mas Israel, experiente em pé, não perdeu a paciência e não se expôs atacando de qualquer jeito. Mas naquela luta ele dominou o AS com tranquilidade no jogo do AS, em 15 minutos o AS teve um ou outro momento e mesmo assim quando saiu correndo atrás praticamente. Foi uma bela apresentação do AS, mas acho que o fato do AS ter se saído muito melhor que imaginávamos fez com que a atuação do Israel fosse ofuscada, mas foi uma boa apresentação também. Conservadora, preferiu não se expor a riscos em nenhum momento, mas muito boa.

Daniel, depois de uma análise perfeita como essa, não me resta quase nada para falar. Concordo com absolutamente tudo. Vou tentar o que me parece impossível, que é complementar um post irretocável.

Gosto muito do Kelvin, mas confesso que perdi a confiança nele quando, naquele TUF que ele fez com o Whitaker, fizeram uma prova dos líderes que consistia numa corrida de aproximadamente 5 km. Eram 13 voltas numa pista. Rober1 venceu mantendo a cadência e acelerando no final, ao passo que o Gastelum parou vomitando na 5a volta. E 5km só! Como te disse no outro tópico, não confio muito em lutadores que só se preparam em camp, acredito mais naqueles que sempre se mantém condicionados. É um tema polêmico. Mas se o Kelvin vier bem preparado, traz uma explosão que, aliada a seu punch, fazem dele um boxeador bastante perigoso.

Esse cenário que você descreveu é muito possível e até bem provável de acontecer, só não sei se ele vai perder a calma facilmente, porque sempre se apresenta calmo e controlado. Acho que não vai se cansar perseguindo o Israel, até porque creio que não irá encontrá-lo, com aquela movimentação propositalmente irregular. Acredito que esperará e dependerá muito de alguma entrada ou recuo do oponente para encaixar um golpe ou levar a luta para o solo, o que creio, seria o ideal para ele. Não acredito que será afetado pelos jabs do Israel, devido a ausência de punch deste. Creio que será paciente, mesmo que a luta passe a não ter ação, o que transferirá a responsabilidade do ataque para o oponente. E não duvido dele encaixar um cruzado ou overhand eficiente na entrada ou saída do rival. Também não acho que este nocauteara com socos, mas em contrapartida terá seus chutes, cotoveladas e principalmente as joelhadas favorecidos pela diferença de altura a seu favor. Tem movimentação não ortodoxa, surpreendente e rápida, capaz de avançar subitamente, executar uma sequência rápida e sair sem ser muito atingido. Uma boa opção para o Gastelum seria usar um low kick na entrada do Israel e emendar com direto ou cruzado. Opção melhor ainda seria interceptar um avanço do Adesanya e levar a luta para o chão, onde teria todo o favoritismo. 

Vale lembrar que o Gastelum já enfrentou strikers maiores e até com mais punch, como o Uriah Hall, que estava voando na época. Mas o Adesanya talvez represente um perigo bem maior, principalmente pela imprevisibilidade.

Ufa! Tive que suar aqui para tentar expor alguma coisa que complementasse sua análise, com a qual concordo integralmente.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gastelum tem bastante confiança, se aproxima bem de lutadores com maior envergadura e acredito que pode ganhar, casaria um DIN nas casas de apostas. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que o Gastelum precisa estar com o plano de jogo muito bom pra se aproximar,seja pra trocar socos ou quedar porque a diferença de envergadura é razoável! 1,82 vs 2,03... E Adesanya é um lutador muito técnico em pé... Prevejo os dois testando vem o queixo um do outro e nesse quesito o Gastelum é resistente, Adesanya vão ter de ser bastante certeiro e bater muito ali

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 horas atrás, afterforever disse:

Acho que o Gastelum precisa estar com o plano de jogo muito bom pra se aproximar,seja pra trocar socos ou quedar porque a diferença de envergadura é razoável! 1,82 vs 2,03... E Adesanya é um lutador muito técnico em pé... Prevejo os dois testando vem o queixo um do outro e nesse quesito o Gastelum é resistente, Adesanya vão ter de ser bastante certeiro e bater muito ali

o rafael cordeiro deve ter montado um plano bom, tem q ver se o gastelum segue

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 4/12/2019 at 12:27 AM, Henry Chinasky disse:

Gastelum irá para cima ,como sempre. E cairá, como nunca. Contragolpe com o cotovelo. 

Já que lá no topico do PBP comentaram.meu fracasso ao apostar no Max , me presenteio mostrando meu acerto aqui.  Alô @PancadaF8 😁

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 4/11/2019 at 10:02 PM, masterblaster disse:

Daniel, depois de uma análise perfeita como essa, não me resta quase nada para falar. Concordo com absolutamente tudo. Vou tentar o que me parece impossível, que é complementar um post irretocável.

Gosto muito do Kelvin, mas confesso que perdi a confiança nele quando, naquele TUF que ele fez com o Whitaker, fizeram uma prova dos líderes que consistia numa corrida de aproximadamente 5 km. Eram 13 voltas numa pista. Rober1 venceu mantendo a cadência e acelerando no final, ao passo que o Gastelum parou vomitando na 5a volta. E 5km só! Como te disse no outro tópico, não confio muito em lutadores que só se preparam em camp, acredito mais naqueles que sempre se mantém condicionados. É um tema polêmico. Mas se o Kelvin vier bem preparado, traz uma explosão que, aliada a seu punch, fazem dele um boxeador bastante perigoso.

Esse cenário que você descreveu é muito possível e até bem provável de acontecer, só não sei se ele vai perder a calma facilmente, porque sempre se apresenta calmo e controlado. Acho que não vai se cansar perseguindo o Israel, até porque creio que não irá encontrá-lo, com aquela movimentação propositalmente irregular. Acredito que esperará e dependerá muito de alguma entrada ou recuo do oponente para encaixar um golpe ou levar a luta para o solo, o que creio, seria o ideal para ele. Não acredito que será afetado pelos jabs do Israel, devido a ausência de punch deste. Creio que será paciente, mesmo que a luta passe a não ter ação, o que transferirá a responsabilidade do ataque para o oponente. E não duvido dele encaixar um cruzado ou overhand eficiente na entrada ou saída do rival. Também não acho que este nocauteara com socos, mas em contrapartida terá seus chutes, cotoveladas e principalmente as joelhadas favorecidos pela diferença de altura a seu favor. Tem movimentação não ortodoxa, surpreendente e rápida, capaz de avançar subitamente, executar uma sequência rápida e sair sem ser muito atingido. Uma boa opção para o Gastelum seria usar um low kick na entrada do Israel e emendar com direto ou cruzado. Opção melhor ainda seria interceptar um avanço do Adesanya e levar a luta para o chão, onde teria todo o favoritismo. 

Vale lembrar que o Gastelum já enfrentou strikers maiores e até com mais punch, como o Uriah Hall, que estava voando na época. Mas o Adesanya talvez represente um perigo bem maior, principalmente pela imprevisibilidade.

Ufa! Tive que suar aqui para tentar expor alguma coisa que complementasse sua análise, com a qual concordo integralmente.

Luta foi isso aí mestre

Share this post


Link to post
Share on other sites

O fato de ser um destro e outro canhoto (algo que vergonhosamente não levei em conta) dificultou mais ele colocar curas baixos e o jab, o deixaria mais vulnerável, já que usando muito o jab, poderia levar um direto de esquerda de encontro do gastelum, que podia ser fatal. Mas foi uma ótima luta. Gastelum fez mais frente que pensei, mas no fim, o melhor striker se sobressaiu. Se não fosse aquele chute alto inesperado e as consequências dele (ótima carta na manga), acredito que os rounds finais teriam sido dominado com mais facilidade pelo Israel, que pós inicio da luta já tinha pego a distância e esta a controlando melhor. Aquele chute foi foda.

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 minutos atrás, Daniel Mendoza disse:

O fato de ser um destro e outro canhoto (algo que vergonhosamente não levei em conta) dificultou mais ele colocar curas baixos e o jab, o deixaria mais vulnerável, já que usando muito o jab, poderia levar um direto de esquerda de encontro do gastelum, que podia ser fatal. Mas foi uma ótima luta. Gastelum fez mais frente que pensei, mas no fim, o melhor striker se sobressaiu. Se não fosse aquele chute alto inesperado e as consequências dele (ótima carta na manga), acredito que os rounds finais teriam sido dominado com mais facilidade pelo Israel, que pós inicio da luta já tinha pego a distância e esta a controlando melhor. Aquele chute foi foda.

Vc ver que Gastelum tava jogando a mão de trás o stricker superior marcou a mão e forte e brincou.

Lembro de uma derrota do Popó logo no início quando comecei a treinar , o cara marcou a direita acabou o Popó .

Mas a canelada foi um melhor golpe pq o que vc não ver e não espera esses derrubam até um mamute

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 minuto atrás, NEGO DÁGUA disse:

Vc ver que Gastelum tava jogando a mão de trás o stricker superior marcou a mão e forte e brincou.

Lembro de uma derrota do Popó logo no início quando comecei a treinar , o cara marcou a direita acabou o Popó .

Mas a canelada foi um melhor golpe pq o que vc não ver e não espera esses derrubam até um mamute

Pois é, sacada de mestre, depois de 3 rounds e meio o lutador já está no automático, nao está mais esperando surpresas como nos primeiros. Se ela não tivesse entrado ali, acho que o Israel continuaria dominando o 4 e sobraria no 5 mais do que sobrou, talvez a luta tivesse acabado antes. 

Popó inclusive é muito criticado pelos fãs gringos de boxe, pq quando pegou um adversário mais duro e perdeu, aposentou. Estou ansioso para ver até onde nossa 'geração olímpica" que migrou para o profissional vai chegar. Tem um outro rapaz aí que foi campeão mundial no amador que foi para os profissionais também. Vamos ver... 

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, NEGO DÁGUA disse:

Luta foi isso aí mestre

O erro mortal do Gastelum foi tentar levar o Adesanya para o chão depois daquele chute que entrou. O nigeriano ficou acuado na grade, era hora de mandar uma blitz de cruzados e ganchos, principalmente com a mão esquerda, do lado que entrou o chute. Aí o Adesanya caía. Mas foi inventar de derrubar e perdeu a luta ali. Nunca vou entender umas atitudes absurdas dessas, principalmente o cara treinando com o Cordeiro. Mas foi uma senhora luta.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now