Sign in to follow this  
rivvithead

OUTRA entrevista de IGOR VOVCHANCHYN

Recommended Posts

Boa noite! Havia traduzido uma entrevista de Igor aqui, mas não estava satisfeito com ela. Conforme apontado pelo @Valderazzi, era de fato uma entrevista fraca. Depois de muito procurar, finalmente achei uma entrevista (Em 4 partes) completa, aonde Igor fala bastante. Farei como o relato de Nick Nutter, e soltarei as partes conforme eu for traduzindo.

 

 

Igor Vovchanchyn Entrevista.

Parte I de IV.

Ele é um lutador único, e eu o considero o melhor do mundo. Ele se lembra de tudo, e é praticamente impossível pegar ele com o mesmo golpe duas vezes.


 

Alexei Oleinik, Amigo de Igor e antigo parceiro de sparring.

Nós combinamos de encontrar Igor em Cracóvia, e ele chegou para nosso encontro sem nenhum atraso. Ele estava dirigindo uma BMW 5 e estava vestido como um atleta profissional. Concordamos em ir ao seu escritório, aonde poderíamos conversar calmamente. Igor tem um restaurante chamado “Pharaoh”, então estávamos lá. O restaurante é muito bom, e de um lado, tinha uma sala de bilhar que ainda estava em construção quando chegamos lá. Um momento interessante: Igor apertou a mão de todos os trabalhadores que estavam realizando a construção da sala de bilhar.

Num geral, ele é muito natural e legal, se comunicou conosco como se fossemos amigos a muitos anos.

HF = Hybrid Fighting

IV = Igor Vovchanchyn.

HF: Bem, primeiro de tudo, poderia nos dizer alguma coisa sobre você, pois seria muito interessante finalmente ouvir alguma verdade sobre você, pois tem tantos rumores sobre sua pessoa, que as pessoas não sabem no que acreditar.

IV: Falando francamente, eu estou ficando um pouco cansado de falar sobre as mesmas coisas toda vez (Sorrisos)

HF: Sim, você está certo, nós lemos muitas de suas entrevistas, então seria interessante conhecer alguns detalhes sobre você, deixando de lado questões como “nos diga sobre sua infância” ou “quais seus planos para o futuro”.

IV: OK. A propósito, falando em meus planos para o futuro próximo, eu não posso dizer nada com certeza. Existe uma situação dupla no Pride agora mesmo, aonde eles não estão conseguindo se entender com o pessoal do K-1. Os chefes destas organizações são parentes ou coisa parecida, e estão tentando dividir algo entre eles, mas sem sucesso. Eu tenho um contrato de mais 4 lutas, mas quando eu lutarei novamente eu não sei, planejo lutar em dezembro no PRIDE 24.

HF: Por causa da sua lesão nas costelas?

IV: Sim, na costela também. Mas tem outros pequenos problemas com meu cotovelo direito, então eu preciso de algumas sessões de fisioterapia.

HF: É uma lesão séria?

IV: Eu apenas preciso pegar um tempo para descansar e me recuperar. Então, se eu lutar no Pride em dezembro, pegarei umas férias de 3 meses. Eu quero cuidar de minha saúde. Eu tive um ótimo descanso no último verão, minha esposa e eu fomos para Transcarpátia, e andamos pelas montanhas 15 km por dia. Você sabe o caminho de Dovbush? Eu vim de lá bem descansado, mas eu tenho que cuidar das minhas lesões seriamente.

HF: Claro, saúde é o principal. Na verdade, muitas pessoas estão surpresas de como você tem tantas lutas.

IV: Sim, acho que eu sou o único com tantas lutas no PRIDE.

HF: Igor, qual é a luta que você considera a que foi a mais difícil?

IV: Das últimas lutas, acho que foi a luta contra o Herring. Você a viu?

HF: Sim, nos vimos. Você o derrubou algumas vezes mas acabou levando um cartão amarelo, e por causa disso perdeu na decisão em uma luta muito boa.

IV: Sim, foi uma luta difícil. O Árbitro argumentou que eu estava muito passivo, e me deu um cartão amarelo. A propósito, agora eles estão pensando em abolir estes cartões amarelos. Deveriam dar eles para alguma violação séria das regras, como dar um soco no saco por exemplo.

HF: Falando em golpes baixos. Se lembra de sua luta contra Telligman?

IV: Claro, lá não foi um golpe baixo, mas eu ainda assim pedi desculpas. Ele percebeu rapidamente o ocorrido e simulou um golpe baixo. O árbitro acreditou nele e eu tive um aviso. Depois da luta, um pessoal de outros times vieram pra mim e perguntaram: Igor, por que você pediu desculpas por um golpe baixo que você não deu? O que eu posso dizer? (Sorrisos)

HF: Eles estão certos, especialmente sabendo contra quem você estava lutando. Em nossa opinião, o time inteiro do Shamrock não é exatamente conhecido por ter integridade.

IV: Ouvi dizer que Telligman está no boxe agora.

HF: Sim, ouvimos isso também. Também sabemos que você começou sua carreira no boxe também.

IV: Sim, em esportes de combate. Eu tenho também uma candidatura em mestre de esporte em boxe. Mas antes disso eu fazia atletismo. Não era ruim nos 100 metros, e também jogava disco.

HF: Um homem de muitos talentos. Mas como você decidiu sair do kickboxing e se aventurar no vale tudo?

IV: Em 1995… a propósito, eu ganhei o campeonato mundial de kickboxing, na dinamarca, e o campeonato C.I.S de kickboxing… E eu então não lutei kickboxing por quase um ano. Teve um torneio na Cracóvia chamado “Honour of the warrior 2” Eu fui convidado e decidi dar uma chance.

HF: Você se lembra desse torneio? Quem você lutou? Eu soube que você perdeu para Besedin naquele tempo.

IV: Sim, eu ganhei a primeira luta por KO, contra Sasha Mandrick. Na segunda nocauteei de novo contra Sergey Bondarochitch, e perdi a terceira luta para Andrey Besedin. Naquele tempo eu não tinha ideia de como fazer grappling, então quando fomos para o chão eu não sabia o que fazer (sorrisos), então eu perdi por uma chave de perna.

HF: Besedin é da Cracóvia?

IV: Sim, Andrey é da Cracóvia também. Ele é um lutador de Sambo muito forte.

HF: Depois disso você lutou no AFC1 em Moscou. E então lutou em Donetsk e Minsk certo?

IV: Sim, está certo, primeira luta em Moscou, aonde eu venci Akinen e Lima, e perdi para Illiuhin. Então veio Minsk e depois Donetsk.

HF: Sasha Mandrik nos disse que ele estava no vestiário do time brasileiro e viu que eles deram alguma injeção no nariz quebrado de Lima, que voltou para a luta como um zumbi. Sasha tinha isso em video, mas essa fita foi perdida. Sim, vimos todos estes torneios, Grandes lutas!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Valeu pela entrevista, obrigado! Me lembro que o Igor era o cara a ser derrotado, tendo espancado o Kerr, nao vou esquecer aquela luta nunca. 

Edited by Gurkha

Share this post


Link to post
Share on other sites

Parte II.

IV: Depois destes campeonatos, teve o primeiro campeonato sem regras na Ucrânia, em Kiev. Ganhei duas lutas e me tornei campeão dos pesos pesados. Sasha Mandrick se tornou o campeão dos meio pesados.

HF: Você se lembra do nome dos seus oponentes?

IV: Não, receio que não me lembrarei. Apenas me lembro que venci um cara de Stahanov, mas não me lembro o nome dele.

HF: Igor Ahmetov?

IV: Sim, ele mesmo. Vocês o conhecem?

HF: Não Pessoalmente, apenas ouvimos falar dele.

IV: Este torneio era como um concurso de eliminação para o IFC 1, então eu e Mandrick lutamos nele. Eu me lembro de um amigo meu e eu estarmos em frente ginásio, e um ônibus com os americanos chegou. Todos eles tinham uns 2 metros de altura. Meu amigo disse: Igor, sai correndo antes que te matem! Olhe esses monstros!”. Como você sabe, eu ganhei esse torneio, mas eu nunca recebi o prêmio (25.000,00 dólares),

HF: Sim, não é a primeira vez que ouvimos falar que Kobiliansky (Mais conhecido como George, você pode ver ele no WVC 5,7 e outros eventos) enganou um monte de pessoas nesse torneio. É verdade?

IV: Neste torneio, todos foram enganados. Ninguém ganhou nada. Os americanos apenas viraram as costas e foram pra casa. E você sabe, eu não acho que Kobylyansky é a chave dessa enganação. Não acho que ele pegou todo o dinheiro para ele.

HF:  Achamos que você nunca vai ver esse dinheiro e deveria esquecer disso.

IV: Eu já esqueci, mas isso as vezes volta a tona e eu me sinto mesmo ofendido (rindo). Depois disso, eu lutei em Donetzk de novo. Eu ganhei uma luta por nocaute e outras duas finalizando. Na segunda luta eu derrotei Ahmetov de novo. Não me lembro quais foram os outros dois oponentes. Depois disso, teria outro torneio na Carcóvia. Lutei em uma super luta contra um cara de Donetzk e ganhei por nocaute.

HF: Nós ouvimos falar deste torneio. Foi esse que foi chamado de INTERPRIDE?

IV: Não, o INTERPRIDE aconteceu bem mais tarde. Depois desse torneio na Carcóvia, eu lutei em Moscou no AFC2. Era uma luta contra Castello Branco. Depois disso, teve um torneio em Odessa – Copa das estrelas 97 (cup of stars 97).

HF: Ouvimos sobre isso, mas não muito. Nós só sabemos que era em duas fases. Poderia nos falar mais sobre isso, por favor?

IV: Claro. Era um torneio de U-shu Sanda com duas fases. Eu comecei em maio, e ganhei duas lutas, mas esse torneio não foi um sucesso para mim pois quebrei meu braço direito (Igor então puxa a manga da camiseta e mostra a cicatriz em cima do antebraço).

HF: Aprendemos muitos detalhes interessantes de você hoje!

IV: Sem problemas. Devo continuar?

HF: Sim, por favor.

IV: Depois disso tudo, teve uma copa na Russia no Pilot Night Club, o último de Vassily Kudin.

HF: Sim, nós vimos esse torneiro, mas não todo ele. Vimos apenas sua luta com Kudin, mas as suas duas outras lutas (contra Gerus e Menzihov), foram tiradas da fita VHS.

IV: (Rindo) Não, vocês estão se confundindo Eu ganhei a primeira luta contra Kudin. Ele não quis continuar devido aos low kicks. Então eu devia lutar contra Gerus na semifinal,Mas ele também tinha saído por conta de uma lesão. Eu fui para a final sem ter lutado a semifinal, e fiquei esperando minha luta que seria contra o vencedor de Mikhail Avetisyan e Menzihov. Vocês viram essa luta deles?

HF: Sim.

IV: Se lembram de como eles estavam depois dessa luta? Foram 30 minutos de luta, for a o tempo extra. Na final eu devia lutar contra Avetisyan (Até pensei que era um empate entre ele e Menzihov), Mas ele não pode continuar e não lutou na final. Então eu não lutei contra Gerus e Avenisyan.

HF: Em todos os cartéis seu que se tem notícia, dizem que você lutou contra eles.

IV: Não lutei não.

HF: E o que aconteceu depois? O torneio em Israel?

IV: Não. Depois eu lutei mais 3 vezes em Donetzk e ganhei todas por nocaute. Depois disso ai sim eu fui para Israel no AFC 3. Vocês viram minha luta contra Nick Nutter?

HF: Sim, vimos, foi ótima!

IV: Eu quebrei seu nariz com minha cabeça e ele desistiu (sorrindo). (Nota do Rivvithead, Nick Nutter clama, e com razão, que Igor bateu nessa luta em duas oportunidades – ver MEMÓRIAS DE NICK NUTTER)

HF: E sua luta contra Avetisyan? O que você acha de Mikhail?

IV: Foi uma luta difícil, ele era um wrestler muito forte. Ele não luta mais, depois que ele pegou hepatite infecciosa e ter suas pernas comprometidas.

HF: Deus, não sabíamos disso. Ele é um bandido?

IV: Não, pelo contrário, ele é um assistente de promotor público.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Valeu @Gurkha e @masterblaster, a parte 2 tá aí, em breve sai a 3 e a 4. Obrigado pelos elogios!

Share this post


Link to post
Share on other sites

@Henry Chinasky @masterblaster @Duff @Gurkha

 

Parte III.

HF: O que veio depois?

IV: Depois fui ao Brasil, no Vale Tudo (WVC5). Ganhei o torneio nocauteando Nutter novamente na final, desta vez com os joelhos. Foi prometido um premio de 10.000,00 mas só pe pagaram 6.000,00. Lapenda, você ja ouviu falar dele? Começou a chorar e me disse que pagaria os 4.000 depois. Claro que eu hoje em dia posso esquecer desse dinheiro, mas aqui vai uma história que aconteceu antes daquele torneio. Eu fui para o hotel, o torneio era para ser, supostamente, no dia seguinte. Então eu decidi ir dar uma volta na praia, o hotel era bem próximo dela, 5 minutos de distância. Quando voltei para meu quarto, eu não podia me relar pois tive uma queimadura horrível! E a luta era no dia seguinte. Mas os organizadores vieram ao hotel e disseram que o torneio havia sido adiado por alguns dias. E isso foi bom!

HF: Interessante!

IV: Foi interessante no Brasil, eu lutei duas vezes lá depois do Pride 4, E vi o Pelé (nota do Rivvithead, não sei se ele se referia ao lutador Pelé Landi, ou ao jogador Pelé), e Don the Dragon Wilson.

HF: Nós realmente queriamos perguntar sobre sua luta com o Edson Carvalho.

IV: (Rindo) Sim! Eu me lembro disso. Eu cortei a cara dele toda. Conforme a luta passava eu fiquei meio encanado: Eu continuava a bater nele, ele estava coberto de sangue, e a luta não acabava nunca. Depois, enquanto ele estava sendo examinado pelo doutor, me disseram que ningém gostava do Edson Carvalho, e eles prolongaram a luta de propósito, só para verem ele ser proibido de continuar a luta. Era a super luta do torneio.

HF: Por que Carvalho não ficou caído apenas?

IV: Você sabe como muitos lutadores ganham no Brasil? 300 dolares de participação, e 1000 para ganhar o torneio. Fazem filas de lutadores para lutar em cada torneio, provavelmente uns 70 lutadores. Então se Carvalho ficasse caído, ele provavelmente nunca mais conseguiria lutar novamente.

HF: Vimos todas as suas lutas no Brasil e no Japão. A luta contra Bueno foi a mais impressionante.

IV: Sim, uma luta rápica. Depois dessa luta, o presidente do K-1 veio até mim e me deu 1000 dolares de seu próprio bolso dizendo: Eu já vi de tudo, mas nada igual a esse nocaute.

HF: O que aconteceu no torneio INTERPRIDE, em 1999?

IV: Ganhei duas lutas nesse torneio, e no final eu venci um lutador da Georgia (Bardanashvili) com um estrangulamento.

HF: Igor, como você foi parar no RINGS, da Lithuania?

IV: Fui convidado. Dias antes da minha luta, meu oponente se machucou, então ele foi sunstituído por um lutador que não lutava fazia um bom tempo. Então os termos dele eram, sem soco. Então não foi uma luta muito interessante. Eu não estava acostumado a isso, e tive que fazer força para não dar nenhum soco, então eu só mandei low kicks mesmo.

HF:  Vimos sua entrevista em Vilnis. Você disse que quando você começou a fazer grapling, seu boxe piorou, isso é verdade?

IV: Sim, é verdade. Eu ganhei muito peso quando comecei a fazer wrestling, e também senti algumas mudanças na minha trocação. O sentimento de distancia mudou também. Agora quero praticar novamente a trocação. Eu tenho um bom parceiro de sparring no boxe. Esse cara até derrotou Vitaly Klitchko um tempo atrás. Meu sparring em grappling é Igor Kovaliov. Ele é um bom wrestlerm mas ele vai ter que trabalhar suas habilidades na trocação.

HF: Quantas vezes você treina por dia?

IV: A mesma que antigamente, duas vezes ao dia. Também faço as vezes musculação (mostra sorrindo um haltere de 70 kg que estava la perto). Estou pensando em descer de categoria, você sabe, aonde (Wanderlei) Silva e Sakuraba estão. Eu acho que tenho boas chances de me tornar campeão!

HF: E sobre Silva, o que você acha dele?

Share this post


Link to post
Share on other sites
22 minutos atrás, masterblaster disse:

Sensacional @rivvithead, parabéns! Agora, parar logo na pergunta sobre o Wandeco? Aí me quebrou! Kkkkk!

Sacanagem mesmo he he! 

Edited by Gurkha

Share this post


Link to post
Share on other sites

@masterblaster @Gurkha hahahahahahahahaha, mas não foi eu que fiz isso, o site que peguei de fonte que dividiu assim kkkkkk. De qualquer forma...

 

Parte IV - Fim.

IV: Silva? É, ele não é ruim, mas é o tipo de lutador que eu mais gosto de ter como oponente. Ele luta com força e coloca pressão nos seus oponentes; Mas eu não fico com medo disso, meu contra ataque é muito bom, e meu psicológico é bom também.

HF: E sobre seu último oponente, Quinton Rampage Jackson?

IV: Não vi essa luta ainda. Me lembro de ter tentado uma guilhotina, talvez esse foi meu erro. Ele me ergueu e fez um bate estaca.

HF: O que você pode dizer sobre o controle anti-dopping no Pride?

IV: Claro que tem um Nós temos exame de sangue 3 dias antes da luta, e exame de urina antes e logo depois da luta.

HF: Igor, honestamente, qual sua opinião sobre esteroides?

IV: Honestamente, eu não uso eles. Eu uso complexos de vitamina uma vez ao ano na primavera. Faço uma mistura que renova o sangue. Eu também consumo uma dieta com muitas ervas que compro no mercado. Mas usar algo químico? Não obrigado.

HF: Você ouviu algo sobre seus futuros oponentes?

IV: Ainda não. Na verdade, eles nos falam com quem vamos lutar um mes antes da luta, mas também podem falar a uma semana da luta. Então você não tem muito tempo para se preparar. Falando de minha luta com Kerr, eu me preparei totalmente para ele. Eu fiquei obcecado por ele. Então antes de nossa luta, eu estudei as lutas dele com meu treinador, nós desenvolvemos minha estratégia para aquela luta.Agora, quando descobrimos a poucas semanas da luta, quem será nosso oponente, é impossível fazer uma estratégia.

HF: Depois do Pride 7, o resultado de sua luta foi considerada sem resultado. O que aconteceu?

IV: Dei uma joelhada nele enquanto ele estava no chão. Basicamente isso era proibido. Mas isso foi erro do juíz, ele deveria ter acabado a luta mais cedo. Como resultado eu fui declarado vencedor, e depois do evento o resultado foi alterado.

HF: Igor, os vencedores ficam com os troféus do Pride? Você deve ter uma tonelada desses.

IV: Sim, ficamos com todos os troféus que ganhamos. Eu tenho um grande do GP do Pride.

HF: Poderia nos falar sobre esse GP do Pride? Muitas pessoas acharam que a final não foi em pé de igualdade, o que você tem a dizer?

IV: Tive uma luta muito dura com Goodridge, o nocauteei apenas no fim da luta (depois da luta, Gary disse que depois de levar um soco meu, não iria mais querer lutar comigo nunca mais (rindo)), e tive outra luta difícil com Sakuraba. Eu estava esgotado na luta final. E o corner do Fujita jogou a toalha antes mesmo da luta com Coleman começar. Então fomos avisados que precisaríamos fazer a semifinal. As regras dizem que ninguém pode jogar a toalha até que os lutadores entrem no ringue e a luta comece. Mas decidimos por não reclamar, não precisamos disso. E você sabe, eu notei que os fãs japoneses torcem por mim mesmo quando eu perco (sorrindo)

HF: Isso por que você é uma pessoa decente, como todo bom lutador deve ser.

IV: Bem, eu não sei. (sorrindo)

HF: Vamos, não seja modesto! Um amigo holandês nosso estava em um seminário seu e disse que você ficou dando autografos e tirando fotos com quem quisesse até tarde da noite, e você não se recusou a fazer isso com ninguém. Existem lendas sobre sua camaradagem!

IV: (sorri silenciosamente)

HF: Com quais lutadores você troca uma idéia, e qual a situação do MMA aqui na Carcóvia?

IV: Gerus vem aqui as vezes, Liosha Oleinik, também. Eu tenho um bom relacionamento com todo mundo. Existe alguns planos para se fazer torneios de MMA aqui, mas não tenho as informações precisas ainda. Uma vez teve um programa aqui na Carcóvia, sobre MMA e o clan Minamoto, mas eles nem mencionaram meu nome. Talvez eu os tenha ofendido de alguma maneira.

HF: Tem muito papo sobre você ir lutar nos EUA, e no UFC. O que você tem a dizer sobre isso?

IV: Não tem ofertas concretas. Tem alguma coisa referente a eu ir fazer seminários lá, mas eles conversam com o Pride sobre isso. E você sabe, eles pagam os lutadores menos que o Pride paga. Apenas os campeões chegam perto de receber igual ao que paga o Pride. Então eu não estou necessariamente me esforçando para chegar a um acordo com eles.

HF: E sobre sua luta na Holanda?

IV: Sim, é verdade. Eu concordei em lutar lá, mas não sei exatamente a data ainda. Provavelmente vai acontecer no fim da primavera e começo do verão.

HF: Como estão indo seus negócios com o restaurante? Esse imóvel é alugado?

IV: (Alegremente) Não! Eu ganhei algum dinheiro lutando, e comprei este lugar. Você precisava ver como isso daqui estava antes dos reparos que estou fazendo.

HF: Igor, obrigado pelo seu tempo! Essa conversa foi muito interessante e importante para nós. O que você nos diz se nós ligássemos para você de vez em quando para ouvir as novidades sobre você?

IV: Claro, sem problemas! Vocês tem meu número, só ligar a qualquer hora!

Edited by rivvithead

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sensacional! Que matéria bacana! Mais uma vez agradeço @rivvithead por enriquecer o espaço com material de tão alta qualidade e tradução tão primorosa. Parabéns!

Ah, e uma luta dele com o Wand poderia acontecer no escuro, as faíscas iluminariam o ambiente inteiro! Kkkk.

Muito obrigado pela excelente matéria, grande abraço!

Share this post


Link to post
Share on other sites

@Henry Chinasky @masterblaster e a todos, obrigado pelos elogios!

 

Só uma curiosidade.

Esse cara que eu coloquei em destaque no começo da entrevista, que foi sparring dele, o Alexei Oleinik, ele hj é lutador do UFC mesmo lutando desde 1996!!!! Na última dele em setembro do ano passado, ganhou do Mark Hunt por finalização. O cartel dele no UFC é 6-2.

 

https://en.wikipedia.org/wiki/Alexey_Oleynik

 

E pra quem quiser socar igual ao Igor nos treinos... Eu já peguei mta dica boa daí, mesmo sendo o básico rs.

 

 

Edited by rivvithead

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this