Entre para seguir isso  
Eder Jofre55

Georges St-Pierre revela que tem medo do fracasso: “Odeio lutar”

Recommended Posts

Georges St-Pierre revela que tem medo do fracasso: “Odeio lutar”

Diego Ribas

Ex-campeão dos pesos-médios (84 kg) e dos meio-médios (77 kg) do UFC, Georges St-Pierre é considerado por parte da imprensa especializada como o maior atleta de MMA de todos os tempos. Porém, em declaração polêmica ao site australiano ‘ABC.net’, o canadense chocou a todos ao revelar que odeia lutar e sente medo toda vez que entra no octógono.

A declaração por si só se opõe as habituais aspas cheias de confiança de lutadores de MMA. No entanto, por ter vindo por parte de ‘GSP’, um dos atletas mais vitoriosos da história do esporte, a postura surpreendeu ainda mais. Ao longo de sua carreira, St-Pierre perdeu apenas dois combates e se encontra invicto há 11 anos.

“Eu odeio lutar. Nunca aproveito um segundo. Há sempre uma parte do seu trabalho que você não gosta O que eu odeio é a parte da luta por causa da incerteza do fracasso –  vou falhar, vou ter sucesso? O estresse é insuportável, dá medo”, admitiu Georges.

Lutador do ano em 2009 e três vezes eleito de forma consecutiva melhor atleta canadense (2008, 2009 e 2010), GSP definiu o medo como algo “normal” de qualquer profissão, inclusive a dele. No entanto, de acordo com ele, o profissional deve encarar este sentimento como “um amigo”. Além disso definiu a confiança como algo imprescindível em sua carreira e definiu alguns exemplos de sucesso no meio esportivo.

“A maneira como você pode trabalhar em sua confiança é agir. Você age assim com confiança até conseguir. Michael Jordan, Usain Bolt, LeBron James, Floyd Mayweather. Eles são todos personagens diferentes, mas todos têm uma coisa em comum. Eles começaram a agir como um campeão antes de se tornarem campeões”, opinou o canadense.

“Todo campo de trabalho tem uma situação estressante, tem medo de fracassar. Se você realmente se importa com o que faz, quer ser bom nisso, e consequentemente tem medo do fracasso. Então, esse medo do fracasso, é uma relação de ódio e amor ao mesmo tempo. Porque eu amo meu trabalho, mas eu odeio isso de uma certa maneira”, completou.

Recentemente, o ex-supercampeão do Ultimate, que se recuperou de problema de saúde, declarou que gostaria de retornar ao esporte e enfrentar o vencedor de Khabib Nurmagomedov e Conor McGregor. Apesar de todo o prestígio do canadense com a organização, Dana White afastou essa possibilidade, mas deixou as portas abertas para o atleta voltar à ativa no UFC Toronto (Canadá), no dia 8 de dezembro.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O GSP é massa por causa disso... não tem medo de mostrar o seu lado humano.

Uma frase que me impactou mto foi no TUF 12, onde ele fala para os lutadores: Tanto o corajoso e o covarde sentem medo, mas o primeiro resolve encara-lo.(algo assim) 

Normalmente a gente ouve  a comparação de uma forma mais folclórica e ele sendo campeão a humanizou. Alias, acho que ele falou de uma forma mais pé no chão ainda 

Editado por Castor troy

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu entendo a contradição de sentimentos, mas o medo do fracasso em um esporte de combate pode estar muito mais ligado a um orgulho  exagerado do que à natureza competitiva inerente aos lutadores. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Entendemos isso desse a derrota pro Matt Serra, por isso escolhe lutas à dedo. Lutador de verdade não escolhe, ainda mais quando um lutador (Anderson) domina por tanto tempo uma categoria e quando a cinta vai pra outro surge como personagem secreto pra disputa. Excelente lutador, mas desde o nocaute do Serra, é cagão...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, Ominöser disse:

Entendemos isso desse a derrota pro Matt Serra, por isso escolhe lutas à dedo. Lutador de verdade não escolhe, ainda mais quando um lutador (Anderson) domina por tanto tempo uma categoria e quando a cinta vai pra outro surge como personagem secreto pra disputa. Excelente lutador, mas desde o nocaute do Serra, é cagão...

Cara vc está viajando. O GSP encarou todos os desafiantes dos meio-medios e venceu todos, deve ser o maios campeão da história do ufc 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, Ominöser disse:

Entendemos isso desse a derrota pro Matt Serra, por isso escolhe lutas à dedo. Lutador de verdade não escolhe, ainda mais quando um lutador (Anderson) domina por tanto tempo uma categoria e quando a cinta vai pra outro surge como personagem secreto pra disputa. Excelente lutador, mas desde o nocaute do Serra, é cagão...

O cara limpou a categoria, quem escolhia alguns adversarios a dedo quando era campeao era o Anderson e nao ele.

 

Agora depois de aposentado ele ta certo em escolher a dedo, ta só aumentando o pé de meia.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, 100kilos disse:

Cara vc está viajando. O GSP encarou todos os desafiantes dos meio-medios e venceu todos, deve ser o maios campeão da história do ufc 

Mas quis dizer na hora de super lutas. Nunca quis encarar o Anderson por exemplo, só subiu pra enfrentar o Bisping e pela cinta.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ele não é tão louco quanto a Ronda.. mas acho que não saberia lidar com a derrota como alguns outros lutadores renomados.  Vejo ele se despedindo assim que vier a primeira derrota.  Embora já esteja em tempo de pensar em parar definitivamente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Ominöser disse:

Mas quis dizer na hora de super lutas. Nunca quis encarar o Anderson por exemplo, só subiu pra enfrentar o Bisping e pela cinta.

Anderson desafia um lutador mais leve, e você critica o desafiado por não aceitar? Não tem como defender o brasileiro nessa. Era o GSP que se tivesse interesse tinha que tê-lo desafiado e nunca o fez(até onde me lembro), portanto não podemos julgar.

O desafio que o Anderson tinha que ter feito era outro, para outro campeão dominante que infelizmente esta afastado. Mas desse ele era "amigo", né?

Editado por Caleb

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 horas atrás, Ominöser disse:

Entendemos isso desse a derrota pro Matt Serra, por isso escolhe lutas à dedo. Lutador de verdade não escolhe, ainda mais quando um lutador (Anderson) domina por tanto tempo uma categoria e quando a cinta vai pra outro surge como personagem secreto pra disputa. Excelente lutador, mas desde o nocaute do Serra, é cagão...

Anderson??

Aquele que recusou o Weidman, pq dizia que não conhecia o garoto? Aquele que desafiou McGregor e GSP?

Anderson me surpreendeu quando foi lutar com Cormier... Mas fora isso... Sempre escolheu as lutas.. 

 

GSP é o lutador mais estratégico que já vi... Se supera em toda luta, as pessoas valorizam apenas lutadores que sobram... Dão um passeio no adversário... GSP lutou contra os desafiantes na sua época... E vencia devido a sua estratégia, sempre se superando e mostrando um QI de luta acima do normal.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

GPS sempre manteve a áurea de bom moço, nunca foi pego no doping,reinou em uma categoria embaçada, apoiado por um país grande como o Canadá etc...  Tudo isso reforça essa "licença " que muitos acham plausível  (me incluo fora disso)para que ele fure a fila ao seu bel prazer e decida aonde ,a categoria e contra quem disputar a cinta!

A entrevista mostrou um cara que aos poucos vai perdendo o medo de expor algo que eu sempre achei que ele carregava, o peso de ser campeão por tanto tempo ,agora que pode escolher a data e o adversário fica mais fácil de encarar esses fantasmas, ele sempre foi o sonho de consumo de qualquer evento de mma ,além das qualidades que citei acima ele passa um ar de seriedade e algo próximo a um esporte ao UFC ,um pacote quase completo! 

Quase porque ao optar por lutas estratégicas e cerebrais ficava faltando algo que os seus contemporâneos, AS e JJ sempre tiveram de sobra ,a diversão de nos proporcionar lutas com alto grau de emoção e imprevisibilidade ,não se pode ter tudo, ainda bem ...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 horas atrás, Caleb disse:

Anderson desafia um lutador mais leve, e você critica o desafiado por não aceitar? Não tem como defender o brasileiro nessa. Era o GSP que se tivesse interesse tinha que tê-lo desafiado e nunca o fez(até onde me lembro), portanto não podemos julgar.

O desafio que o Anderson tinha que ter feito era outro, para outro campeão dominante que infelizmente esta afastado. Mas desse ele era "amigo", né?

Não, critico por não buscar novos desafios quando tinha limpado a categoria.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, cleidson disse:

Anderson??

Aquele que recusou o Weidman, pq dizia que não conhecia o garoto? Aquele que desafiou McGregor e GSP?

Anderson me surpreendeu quando foi lutar com Cormier... Mas fora isso... Sempre escolheu as lutas.. 

 

GSP é o lutador mais estratégico que já vi... Se supera em toda luta, as pessoas valorizam apenas lutadores que sobram... Dão um passeio no adversário... GSP lutou contra os desafiantes na sua época... E vencia devido a sua estratégia, sempre se superando e mostrando um QI de luta acima do normal.

Mas não quis saber de usar seu QI de luta para subir e tomar a cinta do Anderson.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso