Lucas Timbó

Khabib Nurmagomedov faz "brincadeira" com mendigos e é criticado

Recommended Posts

2 horas atrás, cabrió disse:

Finalmente alguém que entende a diferença entre esquerda x esquerda e costume (progressismo x conservadorismo)! 

Sobre o facebook, posicionamento ideológico dos funcionários

o que os fatos dizem é que Zuckerberg não é conservador, mas não quer dizer que seja esquerda. Foi como você disse, nesses países têm um monte e é isso o que eu estou tentando dizer aqui. 

Pra mim ele gosta é de dinheiro e sabia que os dados estavam sendo roubados e usados nas eleições. Se o vazamento tivesse ajudado a eleger o Sanders, creio que a reação aqui no fórum seria outra (de confirmação).

https://www1.folha.uol.com.br/amp/mercado/2018/03/cometemos-erros-diz-mark-zuckerberg-sobre-vazamento-de-dados.shtml

E não acho que colar lemas progressistas seja o mesmo que colar foto de generais ou ditadores.

E até onde sei, baniram perfis conservadores e de fake news - por óbvio, mais ligados à direita. 

Se você tiver algum texto falando que ele é esquerda na economia (papel do Estado, política fiscal etc.) eu agradeceria. 

A Globo ñ para de falar de fake news - rs...a globo, olha q piada - junto daquele Fux, discutindo como eles podem combater as fake news. Se isso ñ é um redflag, eu ñ sei mais o q é. E espalharam equivocadamente q esses perfis foram e estão sendo banidos por fake news. Pois bem, isso é fake news. O motivo segundo o facebook foi q esses perfis estavam causando "divisão social" (na boa, se tivessem me contratado eu arranjava uma desculpa melhor). 

Olha, e ñ é só facebook. O twitter suspendeu recentemente a página Ódio do Bem, q literalmente só printava discursos de ódio de perfis alinhados à esquerda. 

Em relação a essa histeria de fake news, as elites, q sempre tiveram na grande mídia e em alguns veículos alternativos seus porta- vozes, está desesperada por ver, nos discursos conservadores q se proliferam nas redes sociais e na internet como um todo, uma ameaça ao seu discurso hegemônico, às suas narrativas construídas.

E sério q "MBL é finaciado por milionários americanos" ñ é fake news?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, cabrió disse:

Esses links deixam claro que a guinada à esquerda aconteceu a partir do quarto mandato e para não perder sustentação. Como diz na reportagem, os políticos do partido dela afirmavam que não existia partido à direita deles. Com essa guinada, e principalmente com a política migratória (que Merkel cedeu não porque gosta, mas porque entende de relações exteriores e onde o calo apertaria enquanto principal líder europeia), o partido dela percebeu que deu espaço para o fortalecimento de partidos extremistas e ultra nacionalistas ainda mais à direita. 

Dizer que Merkel não é conservadora é piada. Ceder em alguma coisa, todos vão ceder. Inclusive o Bolsonaro, se eleito. Se não, não há governabilidade. A realidade não é opcional. 

E dizer que ela é esquerda é ainda pior. É só ver o pacote de austeridade que ela empurrou para a Grécia.

Milhares de gregos fazem manifestação contra medidas de austeridade e Merkel

https://www.terra.com.br/noticias/milhares-de-gregos-fazem-manifestacao-contra-medidas-de-austeridade-e-merkel,9ff9a418851ca310VgnCLD200000bbcceb0aRCRD.html

Portugal desafiou isso aí e tá colhendo os frutos positivos. 

Portugal está superando crise econômica sem recorrer a fórmulas de austeridade, diz Economist

https://www.bbc.com/portuguese/internacional-39501022

Em relação aos costumes, tudo o q ela defende são pautas progressistas: identidade de gênero, diversidade cultural, imigração e inclusive aborto, q só não foi mais pra frente por conta da ala mais conservadora do partido dela (parece q o aborto já é legalizado, mas existem restrições em relação a divulgação). 

Como exatamente isso faz dela uma conservadora? 

Aqui talvez, vc esteja enxergando ao contrário e ela seja verdadeiramente uma progressista q por conta da política tenha q abrir mão de algumas coisas.

Já na economia, o caso da Grécia é apenas uma questão de ter q encarar a realidade uma hora. Posso estar errado, mas me parece q a crise da Grécia era muito pior q a de Portugal. E o q estamos vendo em Portugal é apenas a boa e velha montanha russa keynesianista. Sabe, keynesianismo tem disso, ele faz o caminho pro precipício ser um jardim de beleza exuberante.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
27 minutos atrás, mourninghall disse:

A Globo ñ para de falar de fake news - rs...a globo, olha q piada - junto daquele Fux, discutindo como eles podem combater as fake news. Se isso ñ é um redflag, eu ñ sei mais o q é. E espalharam equivocadamente q esses perfis foram e estão sendo banidos por fake news. Pois bem, isso é fake news. O motivo segundo o facebook foi q esses perfis estavam causando "divisão social" (na boa, se tivessem me contratado eu arranjava uma desculpa melhor). 

Olha, e ñ é só facebook. O twitter suspendeu recentemente a página Ódio do Bem, q literalmente só printava discursos de ódio de perfis alinhados à esquerda. 

Em relação a essa histeria de fake news, as elites, q sempre tiveram na grande mídia e em alguns veículos alternativos seus porta- vozes, está desesperada por ver, nos discursos conservadores q se proliferam nas redes sociais e na internet como um todo, uma ameaça ao seu discurso hegemônico, às suas narrativas construídas.

E sério q "MBL é finaciado por milionários americanos" ñ é fake news?

Infelizmente as fake news fazem parte do nosso dia a dia e afetam a economia, e a política, influenciando as expectativas dos agentes econômicos, resultados de eleições e atuação política. 

A Abin ia fazer um trabalho sério nisso, mas infelizmente a mídia contaminou a discussão e influenciou o próprio TSE.

https://politica.estadao.com.br/noticias/geral,tse-defesa-e-abin-tracam-acoes-para-barrar-fake-news,70002066861

https://epocanegocios.globo.com/amp/Tecnologia/noticia/2018/06/ministros-do-tse-criticam-proposta-da-abin-contra-fake-news-nas-eleicoes.html

Outro exemplo, cuja definição talvez não seja fake news, mas talvez  interferência externa, foi aquela operação carne fraca. Ela estourou justo quando a friboi estava entrando no mercado americano de carnes processadas, é no mínimo estranho.

Enfim, as fakes são uma realidade e boa parte é inofensiva, mas muitas causam estrago. E, na contramão, muitas "denúncias" são desacreditadas como sendo fake news justamente porque partem de mídias alternativas (sempre difícil separar o joio do trigo).  É um problema que o mundo ainda está aprendendo a lidar. 

Sobre o MBL, hoje pouco importa. hehehe

O que eu sei é que Kim e companhia fizeram estrago enquanto metade do país achava que eles eram os portadores da verdade. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
26 minutos atrás, mourninghall disse:

Em relação aos costumes, tudo o q ela defende são pautas progressistas: identidade de gênero, diversidade cultural, imigração e inclusive aborto, q só não foi mais pra frente por conta da ala mais conservadora do partido dela (parece q o aborto já é legalizado, mas existem restrições em relação a divulgação). 

Como exatamente isso faz dela uma conservadora? 

Aqui talvez, vc esteja enxergando ao contrário e ela seja verdadeiramente uma progressista q por conta da política tenha q abrir mão de algumas coisas.

Já na economia, o caso da Grécia é apenas uma questão de ter q encarar a realidade uma hora. Posso estar errado, mas me parece q a crise da Grécia era muito pior q a de Portugal. E o q estamos vendo em Portugal é apenas a boa e velha montanha russa keynesianista. Sabe, keynesianismo tem disso, ele faz o caminho pro precipício ser um jardim de beleza exuberante.

Pode ser que você tenha razão, parece que sabe mais do que eu sobre a atuação dela nesse campo. O que eu sei é que o partido dela é conservador e de direita, então acho difícil ela enganar todo mundo por tanto tempo. Tendo a achar que as reformas progressistas são parte de um governo de coalizão - libera a fiscalização do cu alheio para focar no que realmente importa para o grande capital, que é o controle hegemônico sobre a economia e o fluxo de comércio. 

Sobre a crise da UE, eu até desconfio que a Grécia estava em situação pior (apesar de Portugal ser parte dos PIIGS). Mas o que eu sei é que o remédio prescrito pelos liberais foi o mesmo, só que Portugal resolveu desafiá-lo: vem fazendo exatamente a política keynesiana condenada pelos manuais clássicos. Vem gastando e parece que vem gastando direito, onde importa (é isso é fundamental).

Aliás, essa é a minha grande crítica aos liberais no campo econômico. Claro que austeridade é importante, mas mesmo ela deve ser dosada. O remédio é quase sempre dado em doses cavalares e, nessas condições, ele acaba virando veneno. E como não acreditam na política fiscal ativa, ficam sem saída, esperando pela mão invisível do mercado - que por vezes não aparece porque há um diferencial competitivo entre os Estados Nações que é difícil quebrar sozinho, sem a participação ativa justamente do Estado, fomentando setores estratégicos. 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Questão de pouco tempo pra Portugal quebrar totalmente também, como todo bom governo que adota políticas keynesianas demasiadas. Lá a população tá envelhecendo cada vez mais, escolas fechando pela falta de crianças, jovens indo trabalhar em outros países da Europa

Portugal vem seguindo a onda keynesiana do Banco Central Europeu e também na onda do ajuste feito nos anos passados. Somado a uma facilidade de empreender, a economia cresce, embora muito pouco. A impressora uma hora precisa parar e Portugal vai sofrer com uma disparada da taxa de juros, e os 130% de dívida/PIB vão implodir 

https://www.quandl.com/data/ODA/PRT_GGX-Portugal-General-Government-Total-Expenditure-USD-Billions

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 8/17/2018 at 12:13 PM, cabrió disse:

Master, assim como o Barbas você é um cara que sabe conversar, por isso vou te perguntar: sua revolta é contra o quê? Corrupção, pautas progressistas ou situação econômica e social? Ou os três? 

Tudo bem Cabrio! Desculpe demorar tanto para responder, mas esses últimos dias estive ocupado demais, nem estava postando, só acompanhando. Mas é sempre um prazer debater com você.

Mas antes, quero agradecer ao @NEGO DÁGUA os elogios, mas eu e que admiro um cara com sua capacidade de superação. É uma honra dividir o PVT com um colega desse nível.

Bom, do que você perguntou, minha revolta e tristeza é com tudo. Parabéns pelo seu filho! Tenho uma de seis anos e, mesmo que tenhamos ideias diferentes, temos essa preocupação em comum, quanto ao futuro deles.

Veja bem, acho que as três coisas que você mencionou, corrupção, pautas progressistas e situação econômica e social explodiram de uma forma monstruosa nos últimos anos, e tudo sob a mesma égide.

A corrupção nunca esteve num nível tão descarado e absurdo, lógico que isso reflete na situação econômica e social. Lembra que sob a batuta do Itamar Franco com o FHC como ministro, a gasolina custava R$ 0,50 o litro? Hoje é quase R$ 6,00, ou seja, 12 vezes mais. Isso é só um exemplo a grosso modo. O que, senão descaso e corrupção, justificaria tal aumento? Poxa, vou deixar para dar minha opinião política no fim, mas nos últimos 4 mandatos presidenciais a coisa descambou. Criticavam a educação, saúde e segurança da época, mas quem viveu aquilo sabe que hoje está mil vezes pior.

Pauta progressista, acho que não tem que ser imposta. Hoje a maioria é obrigada a aceitar a vontade de uma minoria que também é manipulada. Cara, no meu tempo os exemplos para a molecada eram o Schwarzenegger e o Stallone, hoje é o Pablo Vitar. Naquela época existiam homossexuais tanto quanto hoje, mas era cada um na sua, ninguém tentava impor nada para ninguém. Violência contra eles existiu e ainda existe. Mas vou te falar, deve ter até piorado, porque a rejeição aumentou. Ninguém é burro de não entender que eles têm direito a viver como querem e com quem querem, mas a partir do momento em que começam a se agarrar na sua frente, de uma forma ascintosa como você nunca fez com sua mulher e nem é razoável esperar, aí já fica entendido como provocação e gera antipatia com a “categoria”. E quando a mídia apoia massivamente você percebe que não tem valor ou ética ali e se revolta. Quando eu era adolescente tinha amigos que gostava muito e íamos para todo lado juntos, amizade normal. Hoje, o jovem que vê novelas e sofre influência da mídia perversa já se vê compelido a buscar mais que uma amizade com um colega que vê muito, não tem mais aquela inocência, entende? Fora que, se você levanta uma bandeira pedindo reconhecimento de forma respeitosa pode ser aceito, mas se o fizer de forma agressiva, pisando em crucifixo, defecando na rua ou impondo seu estilo só vai gerar rejeição e antipatia.Ninguem com o minimo de vergonha na cara aceita isso.

E isso tudo nos últimos 4 mandatos do PT! Nem vou falar de direita/esquerda porque TODOS no Brasil estão na mesma lixeira, mas como o @Valderazzi falou, está na hora de tomarmos as rédeas para mudar isso, passou da hora.

Ha uns 5 anos o Bolsonaro era um político folclórico, cima boca solta, etc. Hoje, devido ao nível medonho da concorrência, foi alçado ao nível de contender principal. E não à toa. Quando você vê um debate onde Ciro e Alckmin fazem jogo de comadres um com o outro, os outros nada dizem e ninguém pergunta nada para o Bolsonaro, da a impressão que eles têm medo do que ele fala. E está em primeiro nas pesquisas, então o certo seria tentarem questiona-lo, né? Mas para mim esse isolamento já depõe a favor dele. E PRECISA uma mudança drástica agora, para que nossos filhos tenham ao menos a chance de pensar em continuar este país.

Mas quando você vê que há cegos que não conseguem desencarnar de um criminoso, julgado e condenado, que veneram o sujeito e querem vê-limo presidente; quando você vê que esse sujeito tinha tudo para ser um dos maiores estadistas do mundo, porque começou do nada e chegou a presidente com apoio gigantesco do povo, mas preferiu render-se ao crime e à corrupção, pelo próprio caráter e despreparo; e quando você vê um idiota como o Boulos defendendo a manutenção no debate da cadeira de um criminoso condenado, tentando vender a ideia de perseguido político, ou você desiste de vez ou luta até cair e tenta algo, mesmo que não seja o que considera ideal. Eu vou tentar fazer isso em outubro, mesmo que sem esperança.

Desculpa a resposta imensa, Cabrio, mas você é um colega que merece todo o respeito. Grande abraço!

E @mourninghall, a esperança é a última que morre, né?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora