Entre para seguir isso  
Eder Jofre55

Dana White garante Mario Yamasaki fora do UFC São Paulo; CABMMA e árbitro rebatem

Recommended Posts

Dana White garante Mario Yamasaki fora do UFC São Paulo; CABMMA e árbitro rebatem

Diego Ribas, em Las Vegas (EUA), e Felipe Paranhos, em Salvador (BA)

Mario Yamasaki continua ‘persona non grata’ no UFC. Seis meses após errar ao encerrar tardiamente a luta entre Valentina Shevchenko e Priscila ‘Pedrita’, ele deve ficar fora do segundo evento seguido do Ultimate no Brasil. Isso porque, questionado pela reportagem da Ag. Fight em Las Vegas (EUA), Dana White garantiu que o árbitro não trabalhará no UFC São Paulo.

No UFC Belém, em fevereiro, Yamasaki demorou demais para interromper o massacre que a quirquistanesa aplicava sobre Pedrita e acabou sendo duramente criticado por Dana, que prometeu retirá-lo de qualquer escala de arbitragem no Ultimate. Não foi a primeira vez que o mediador brasileiro se envolveu em polêmicas. Em 2016, o presidente da organização reclamou de uma suposta desatenção de Mario na finalização de Donald Cerrone contra Alex ‘Cowboy’; em fevereiro de 2017, o árbitro reconheceu outro encerramento tardio, no duelo contra Derrick Lewis e Travis Browne; e em junho do mesmo ano, Michael Chiesa reclamou de Mario ter parado precocemente seu confronto diante de Kevin Lee.

Durante a entrevista coletiva após o episódio 8 da segunda temporada do ‘Contender Series’, programa que revela lutadores para a maior organização de MMA do mundo, a Ag. Fight perguntou a Dana se Mario estaria no UFC São Paulo, já que não trabalhou no UFC 224, no Rio de Janeiro.

O presidente da organização, então, respondeu com outra indagação. “Mario? Você quer vê-lo?”. Novamente questionado, White retrucou: “O que você acha que eu acho? Você sabe o que eu penso. É por isso que está me perguntando”. Por fim, o dirigente deixou clara qual é a sua vontade. “Ele não estará lá. Posso te garantir. Ele pode estar em algum lugar na arquibancada. Se comprar um ingresso”, falou.

O outro lado

Ag. Fight entrou em contato com Cristiano Sampaio, diretor executivo da Comissão Atlética Brasileira de MMA (CABMMA). Em uma curta mensagem, o dirigente afirmou que é a entidade que escolhe os árbitros dos eventos do UFC no Brasil e que o Ultimate não tem o poder de vetar Yamasaki ou outro profissional.

Em entrevista à reportagem da Ag. Fight, Mario afirmou que está à disposição da CABMMA e que “quem manda são eles [da comissão], e não o UFC”. No entanto, reconheceu que a entidade pode sucumbir ao desejo de White. “O Dana deve bloquear. E, se o Cristiano não for forte, cederá para as vontades dele”, declarou.

Confira, aos 10min, a declaração de Dana White:

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O Dana é um cuzão e o trabalho de árbitro, assim como em outros esportes, é cruel e difícil. Com isso levado em consideração, preciso dizer que essa cova, na minha opinião, o Yamasaki cavou sozinho. Muitos erros graves em sequência. Vamos ver o que acontece.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Quero vê esta comissão fajuta bate o pé e o UFC simplesmente ir lá e fazer o evento sem ela.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Que ele cumpra isso, outro que não tenho visto mais é o Steeve Mazagatti, alguém sabe que fim levou esse sujeito? No mais, Mário é um dos piores árbitros centrais de toda a história do MMA, espero que nunca mais atue em nenhuma organização de MMA.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Realmente... a cova do Yamasaki foi ele quem cavou... Dos casos citados acima.. vi alguns ao vivo, e fiquei revoltado, afinal, os lutadores podem ter suas carreiras fortemente afetadas com um revés por erros na arbitragem.  E acho sim, que as entidades promotoras de eventos poderiam ter o poder de "vetar" um ou outro árbitro, que tenha histórico negativo com as mesmas.  Vejo isso pelo lado de "não dar chance para o azar" de reincidência da influência negativa no resultado do combate.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gosto de lutas tipo briga no açougue com facas por todo lado,onde o sangue invade a rua,mas,na luta em questão,o Mário deu mole,no segundo round já deu pra ver que não iria rolar luta,somente espancamento.

Editado por Derly Minakov

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Blz PVT!

Acredito que a vontade do DW irá prevalecer, não iria soltar uma dessas sem saber que tem poder pra pressionar a Comissão. E sim, acho que o UFC deveria sim ter poder de participar de alguma forma, não da escolha, mas pelo menos de veto de algum juiz. 

Témas!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O problema maior do Mario Yamasaki é a incoerência nos erros, parecia até má vontade dele.  Foi criticado por interromper lutas importantes precocemente e decidiu chocar ao deixar um espancamento rolar.  Dana tá certo! Se alguma tragédia tivesse ocorrido o dano seria quase irreversível.   

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
4 hours ago, Peludo_SAS said:

Realmente... a cova do Yamasaki foi ele quem cavou... Dos casos citados acima.. vi alguns ao vivo, e fiquei revoltado, afinal, os lutadores podem ter suas carreiras fortemente afetadas com um revés por erros na arbitragem.  E acho sim, que as entidades promotoras de eventos poderiam ter o poder de "vetar" um ou outro árbitro, que tenha histórico negativo com as mesmas.  Vejo isso pelo lado de "não dar chance para o azar" de reincidência da influência negativa no resultado do combate.

Carreira afetada com revés é o menor dos problemas. Uma surra como a que a Valentina deu pode ter deixado sequelas permanentes na outra moça, que poderiam ser evitadas.....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
22 minutos atrás, Capitão América disse:

Carreira afetada com revés é o menor dos problemas. Uma surra como a que a Valentina deu pode ter deixado sequelas permanentes na outra moça, que poderiam ser evitadas.....

Inclusive...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Rappa Hemp disse:

O problema maior do Mario Yamasaki é a incoerência nos erros, parecia até má vontade dele.  Foi criticado por interromper lutas importantes precocemente e decidiu chocar ao deixar um espancamento rolar.  Dana tá certo! Se alguma tragédia tivesse ocorrido o dano seria quase irreversível.   

Acho que pior que isto foi a arrogância dele

Nunca admiti um erro

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso